Redação Pragmatismo
Copa do Mundo 03/Jul/2018 às 19:30 COMENTÁRIOS

Vídeo de Tite sobre Neymar em 2012 viraliza após reclamação de Osorio

Em 2012, Tite concordava com Osorio. Internautas resgatam imagens em que o atual treinador da seleção brasileira se irrita e classifica Neymar como um "mau exemplo" por conta de suas simulações

Tite Neymar críticas

A discussão em torno da postura de Neymar na Copa no Mundo, especialmente na partida contra o México, fez com que viralizasse nas redes sociais um vídeo de 2012 do técnico Tite (assista abaixo).

Então técnico do Corinthians, o treinador também chamou Neymar de “mau exemplo” devido a simulações. Nesta segunda-feira, o técnico mexicano Juan Carlos Osorio atacou o brasileiro e foi rebatido por Tite.

Depois de uma partida entre Corinthians e o Santos de Neymar, Tite se irritou com o então craque santista. Incomodado com supostas simulações, o treinador se mostrou decepcionado com a postura do atacante em clássico pelo Campeonato Brasileiro, vencido pelo time do litoral paulista por 3 a 2.

“Falando de forma categórica. Tivemos algum lance deslealdade do Corinthians? O Emerson foi expulso na Libertadores, pois ele deu um carrinho imprudente, aí o Neymar caiu. Quando ele foi expulso, Neymar se levantou e… estava bom. Houve alguma coisa errada. Perder ou ganhar é do jogo. Simular situação, levar vantagem…isso é mau exemplo para o garoto, para quem está crescendo, para o meu filho, levar vantagem nas coisas…”, reclamou Tite.

As simulações de Neymar acabaram potencializadas com a classificação brasileira para as quartas de final na Rússia. Após a vitória por 2 a 0 sobre o México, o astro do Paris Saint-Germain recebeu críticas pela postura dentro de campo, especialmente sob a acusação de exagerar ao ser pisado por Miguel Laýun.

Na Itália, o “Corriere dello Sport” estampou: “Neymerola”. O nome faz referência a Mario Merola, famoso ator napolitano. Segundo a publicação, Neymar teve atuação decisiva, mas também “interpretou uma cena que nada lhe honra” — citando a reação do atacante após ser pisado pelo mexicano Layún.

Jornal do país em que Neymar defende o Paris Saint-Germain, o “L’Equipe” usou a manchete “furiosos” para destacar tanto a classificação brasileira como a da Bélgica, que virou nos acréscimos a partida contra o Japão. Ao comentar o desempenho do jogador, uma leve alfinetada: ” Neymar foi artilheiro, passador e um maravilhoso ator”.

Ex-goleiro e ídolo da seleção da Dinamarca, Peter Schmeichel disse que atuação de Neymar foi “lamentável” e fez um apelo à Fifa.

“Meu Deus, Neymar até ganhou o prêmio de melhor jogador da partida, mas a Fifa tem de olhar para a maneira como ele se comportou nesse jogo. Não consigo achar outra maneira de descrever que não seja lamentável”, disparou.

“É muito irritante de assistir. A maneira com que ele tenta forçar cartões nos adversários. Parecia que ele estava morrendo. Pensei que ele seria colocado numa maca, então numa ambulância, e nunca mais o veríamos de novo”, completou Peter, que é pai de Kasper Schmeichel, atual goleiro da seleção dinamarquesa.

O ex-goleiro ainda cobrou providências: “Eu faço esse apelo à Fifa. Não é algo que a gente queira ver no futebol. Temos o VAR, temos de ser poupados dessas simulações. Ele atrai tanta atenção, e todas as crianças vão ver. Não é bom, não é o que queremos no futebol”.

VÍDEOS:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários