Redação Pragmatismo
Barbárie 25/Jul/2018 às 17:17 COMENTÁRIOS
Barbárie

Mãe estupra filho de 4 anos, grava o crime e envia a outra pessoa

Publicado em 25 Jul, 2018 às 17h17

Mãe confessa ter abusado sexualmente do filho de apenas 4 anos. Ela gravou o crime e enviou as imagens para um homem com quem mantinha relacionamento pela internet

Uma mulher de 19 anos foi presa nesta terça-feira (24) na cidade de Areia, na Paraíba, por estuprar o próprio filho, uma criança de apenas 4 anos.

Segundo a delegada do município, Simone Rosemberg, responsável pelo caso, o crime foi gravado pela mãe. Em depoimento, a mulher contou que realizou a gravação a pedido de uma pessoa que mora em São Paulo e com quem ela estaria se relacionando virtualmente.

“Na verdade, é um relacionamento por mensagem. A investigação vai continuar, a gente vai tentar encontrar essa pessoa, através de outros recursos. Porque ela [a mãe] não sabe o nome completo dele, não sabe o endereço, não sabe onde mora. Ela só tinha um número de celular que ele trocava constantemente”, disse a delegada.

É possível que o caso tenha alguma ligação com uma rede de pedofilia. “Pode não se tratar de um fato isolado. Ela, ao ser interrogada, disse que praticou isso uma única vez a pedido dele, mas isso ainda é muito superficial”, relatou Simone Rosemberg.

A delegada Simone Rosemberg informou ainda que a denúncia foi feita por uma pessoa que mora no município e apresentou o vídeo à delegacia: “Disse que conhecia a pessoa que estava no vídeo, que morava aqui na cidade e que a vítima se tratava do próprio filho da pessoa que estava praticando o ato sexual”.

O Conselho Tutelar e avó da criança foram ouvidos. Segundo a delegada, a confissão foi realizada pela jovem durante o depoimento. A mulher está presa.

Maus tratos

Além do abuso sexual, a mãe já havia sido denunciada antes por maus tratos contra a criança e negligência. O presidente do Conselho Tutelar de Areia (PB) diz que chegou a ir quatro vezes até a casa onde a mãe morava sozinha com o filho, mas nunca ninguém abriu a porta.

“Iríamos entrar com um pedido judicial, porque não temos permissão para invadir nenhuma casa sem a autorização do residente, sem um mandado judicial”, explicou Alfredo Pereira.

Ainda de acordo com Alfredo Pereira, uma equipe multidisciplinar do Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas), composta por assistentes sociais e psicólogos, está acompanhando a criança em paralelo ao trabalho do próprio Conselho Tutelar.

“Estamos acompanhando e avaliando também se a avó materna terá condições de ficar com a guarda da criança. Ao final deste trabalho faremos um relatório que servirá de base para a Justiça. Quem decide com quem a criança vai ficar é a Justiça”, explicou

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendações

Comentários

  1. Rodrigo Postado em 06/Jul/2019 às 13:42

    Mulher heterossexual e etc. Segundo os entendedores que sempre associa a pedofilia a homossexualidade, como eles reagem a este tipo de abuso, mulher, heterossexual e etc... Crime hediondo e o mais incrível é que as pessoas sabem, ouvem, e nunca denunciam, pois o ser humano é egoísta.

  2. Rosa Monteiro Postado em 06/Jul/2019 às 00:39

    Gente o que é isso? Que monstro é esse? Já tinha ouvido falar de pai abusar do seu filho (a), mas uma mãe que carregou seu bebê no ventre! Isso é demais. Fosse a mãe dessa mulher batia nela até criar bicho nos couros. Vagabunda. Pobre criancinha. Dá medo viver nesse mundo.

  3. Mone Postado em 06/Jul/2019 às 00:39

    Essas falhas trágicas , vividas ,experimentadas na e pela sociedade , impõe urgência , da revisão de leis que comtemplem, e referendem , mudanças substanciais em todo sistema de punição , Foucault, em seu livro Vigiar e Punir ,(Edt.Vozes) Freud , em seu texto , Criminosos e o Sentimento de Culpa "( Imago)e outros autores, abordam , as leis como base , fundamento e estrutura , para uma sociedade harmoniosa e pacífica ,em que a paz seja presente. Vai aqui o resumo de uma fala que fiz ,para recém formados em Direito e Psicologia na universidade que lecionei por 20 anos a convite da mesma: Pena de morte é retrocesso, involução, trevas Cientificamente a origem da terra, e do homem, apontam para uma evolução como condição da própria vida, suscitando questões como: 1- Ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém. 2-Se a pena de morte é instituída, se legaliza o assassinato, 3- alguém tem que matar o assassino. 4 -Alguns países que tem pena de morte, arranjaram leis de matar o condenado sem que se saiba quem foi o assassino, colocando sua autoria no estado, um exemplo.:escolhe-se algumas pessoas com armas, todas elas com balas, que ao atirarem conjuntamente o grupo não sabe de que arma saiu a bala que matou, pois é proibido se investigar,( ferindo letalmente, o princípio democrático da transparência) o estado não divulga, mas como pessoas em nome do estado ,atiraram e uma delas matou, ficam com graves desequilíbrios, matam a si, matam outras pessoas ou ficam inutilizadas.Cada estado ou país institui sua maquiagem.Vale lembrar que todas as ditaduras tiveram como ação estratégica a pena de Morte, também, para a criminalidade (Salazar em Portugal,Franco na Espanha ,De Gaulle na França , as Ditaduras no Brasil.etc 5 -A pena de morte não resolveu o problema da criminalidade 6-A humanidade a duras penas saiu das trevas, superou o Código de Hamurábi,e através de varias ações ,estratégias , criou normas , leis , que civilizou e trasformou o homem ,buscando sempre empatia e amor ao próximo 7 -A humanidade já foi antropófaga, e tem essa memória assassina adormecida no cérebro reptiliano., se tivemos milênios para adormecer o desejo de matar, por que agora você vai legaliza-lo e institui-lo via lei, acordando-o e estimulando-o com a pena de morte? 8-Sei o quanto dói ver os absurdos que ocorrem todos os dias, os crimes mais hediondos sendo vitima nós, pois também já fui vitima ,individualmente , e continuo vítima do ponto de vista social . 9-Esses indultos esse prende e solta, essa penas diminuídas onde o criminoso sabe que sera solto, alguns deles extremamente politizados, sem nunca ter sido escolarizado pedagogizado, (a maioria dos criminosos sequer são alfabetizados) mas sabem os artigos e leis na ponta da língua , e os artigos que não são decorados ,tem "os direitos humanos"para lembra-los, defendê-los.Os direitos humanos são fundamentais , e não está em questão , mas sim , os equívcos que grupos ,em nome desses direitos ,cometem . Sociopátas , psicopátas, são incompatíves com a liberdade e a vida na sociedade . 10-Prisão Perpétua é uma resolução coletiva onde uma sociedade decidi, o indivíduo não tem objetividade para tal. 11-O governo com seu desgoverno não tem interesse de resolver nada que atinja o povo ,a transparência não existe o governo, se protege e o resto que se dane 12-Precisamos de Leis, que sejam LEIS, Crimes Hediondos deve ser punido com Prisão perpétua 13-Não é com armas que se resolve a questão grave da violência , do assassinato e da criminalidade , ma sim com EDUCAÇÃO ,PUNIÇÃO, LEI . PRISÃO PERPÉTUA PARA CRIMES HEDIONDOS COMO ESTE,