Redação Pragmatismo
Rio de Janeiro 08/Jun/2018 às 13:52 COMENTÁRIOS

Repórter da GloboNews leva pedrada ao vivo

Equipe da GloboNews é atacada com pedras ao vivo em frente à favela da Rocinha. Repórter e cinegrafista foram atingidos. Em nota, a Rede Globo repudiou o episódio

globonews repórter Edivaldo Dondossola
O repórter Edivaldo Dondossola

Uma equipe da GloboNews que estava em frente à favela da Rocinha para reportar uma ação policial na comunidade foi atacada com pedras.

O repórter Edivaldo Dondossola foi atingido na perna enquanto falava ao vivo e o cinegrafista Henrique Lima levou uma pedrada na mão.

Segundo os profissionais da Globo, uma van ainda não identificada passou no local e os ocupantes atiraram pedras contra a equipe.

Dondossola falava com a apresentadora Cecília Flesch, quando a a van passa na rua. No vídeo é possível ver quando a câmera, que estava focada no profissional, trepida e perde o foco. “Perdão, jogaram uma pedra aqui na nossa equipe, Cecília”, diz ele ao vivo.

Cecília Flesch, que apresentava o noticiário, comentou o acontecimento: “Nossa equipe acabou de ser atacada, durante uma entrada ao vivo no Jornal da GloboNews, com uma pedrada. Dondossola sentiu a pedrada na perna e o cinegrafista, na mão. Não podemos admitir ataques a jornalistas dessa forma! Uma pedrada!”

Em nota emitida pela sua assessoria de comunicação, a Rede Globo repudiou o episódio de violência. “Eventos como esse atrapalham o trabalho dos repórteres, que estão cumprindo a importante missão de informar”, diz a nota.

A emissora disse entender o direito de cidadãos se manifestarem, desde que dentro da lei. A Globo afirmou que busca cobrir os fatos com isenção (sic) e profissionalismo.

No Twitter, o repórter Donsossola se pronunciou: “Obrigado pela solidariedade de todos. Apesar do susto ao vivo, estamos bem. A pedra — atirada contra nossa equipe — acertou a mão do repórter cinematográfico Henrique Lima e a minha perna. Felizmente, nada grave. Mas não deixa de ser lamentável ver do que as pessoas são capazes”.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários