Redação Pragmatismo
Direita 11/Apr/2018 às 17:09 COMENTÁRIOS

Homem que saiu de dentro da PF para agredir Manuela é policial civil

Homem que saiu de dentro da PF para agredir Manuela D'Ávila e depois voltou escoltado para dentro do prédio é policial civil

homem PF para agredir Manuela d'Ávila é policial civil

RBA

A pré-candidata do PCdoB à Presidência, Manuela d’Ávila, foi vítima de agressões verbais nesta segunda-feira (9) durante ato no acampamento Lula Livre, em frente à sede da Polícia Federal em Curitiba. De acordo com a deputada, um homem saiu do prédio da PF em direção a ela.

É um provocador que já estamos acostumados. Se ele vier, não caiam na provocação. Esse babaca saiu do prédio da PF e voltou para lá, escoltado por dois policiais militares. Se a PF não esclarecer quem ele era, posso achar que ele é um agente“, declarou a deputada logo em seguida.

Por volta das 16h30, a senadora e presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, informou que o homem já havia sido identificado como policial civil do Paraná e definiu a situação como “muito grave“. “Se um agente da polícia tem uma atitude como essa, o que vamos esperar, em termos de segurança, do acampamento e do próprio presidente Lula?“, questionou a senadora.

Na manifestação realizada na manhã de hoje em frente à PF estiveram também os deputados Zé Geraldo (PT-PA), Patrus Ananias (PT-MG), Paulo Pimenta (PT-RS), o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) e outras lideranças políticas.

Manuela, que também esteve na vigília em São Bernardo do Campo, disse que a prisão de Lula não pode ser tratada como “algo normal“, mas como um dos golpes mais duros dados durante o período democrático. “Quando gritamos que queremos Lula livre, estamos pedindo o Brasil Livre. Isso que está em jogo. Hoje eu tinha uma agenda em Teresina, como eu ia discutir programa de governo em um país que não tem democracia?“, questionou.

Às 18h será realizado um novo ato político na vigília em Curitiba, com todos os movimentos sociais que estão na cidade.

Desabafo de Manuela

Eles dizem ‘aqui é Bolsonaro, chupa’. Eles têm obsessão pelo tal do ‘chupa’. O problema é que esse babaca saiu do prédio da PF e voltou para a PF. Se a PF não esclarecer rapidamente quem ele é, podemos começar a achar que ele é uma agente. A gente tem o direito de estar preocupado com a integridade física do ex-presidente Lula. Aí vem um cara lá de dentro aqui e desfila?” Assista:

Segurança

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara, deputado federal Paulão (PT-AL), viajou para a capital paranaense para cobrando de autoridades medidas que garantam a segurança dos manifestantes que estão em Curitiba para prestar apoio a Lula e também a segurança do ex-presidente.

Segundo nota da CDHM, o parlamentar cobrará providências quanto à atuação dos agentes federais envolvidos na ação contra os manifestantes, questionando o motivo de permitirem a soltura de rojões em cima do helicóptero e a repressão aos manifestantes que não estavam fazendo nada que prejudicasse a segurança de nenhum dos envolvidos.

Paulão encaminhou ainda ofícios à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, chefe da Polícia Federal, para que tomem providências quanto às denúncias relatadas e comprovadas em fotos e vídeos produzidos de violações de direitos dos manifestantes e de Lula.

Manuela divulga texto

Entenda o que aconteceu em Curitiba. Isso é sobre a segurança do Ex-presidente Lula. #LulaLivre

Uma publicação compartilhada por Manuela d'Ávila (@deputadamanuela) em

Leia também:
Defender Lula é defender a democracia
Arrogância de Moro em prender Lula se transformou em tiro no pé
Condenação de Lula não se sustentaria em nenhum sistema judicial sério
A democracia brasileira (e não só ela) está morta
Sergio Moro cometeu desespero em busca de seu troféu maior
Por que escândalos de corrupção envolvendo tucanos não avançam na Justiça?
A corrupção e os lugares de fala do PSDB
PT e PSDB: o fim da farsa de tratamento igual para denúncias iguais
As maquiagens para omitir o PSDB da corrupção na Petrobras

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários