Redação Pragmatismo
Lula 07/Apr/2018 às 13:41 COMENTÁRIOS

Após discurso histórico, Lula diz que se apresenta à PF de cabeça erguida

Em discurso que entrará para a história, Lula anunciou que se apresentará à Polícia Federal em Curitiba. Lula, como disse, não é mais uma pessoa. É uma ideia. Uma ideia de um Brasil justo. Em seu último ato público, ele saiu carregado nos braços do povo

Depois de muita expectativa e resistência de mais de 40 horas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou por quase um hora, neste sábado (7), em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, após a missa em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia.

Lula afirmou que iria se entregar à PF, mas que sairia de cabeça erguida porque voltaria de peito estufado, após provar sua inocência.

O ex-presidente criticou Dallagnol, Moro e os acusou de parcialidade. Lula também reclamou da perseguição que sofre da grande imprensa brasileira, sobretudo da Rede Globo.

“O sonho de consumo deles é a fotografia do Lula preso. Eu fico imaginando o tesão da Veja, da Globo. Eles vão ter orgasmos múltiplos.”

“Eu vou enfrentá-los no olho por olho. Quanto mais dias eles me prenderem, mais Lula vai ter nesse país. Se dependesse da minha vontade, não iria, mas eu vou. Eu não estou escondido e vou lá nas barbas deles, para que eles saibam que eu não tenho medo”, discursou.

Lula disse não ser contra a Operação Lava Jato. “Tem que pegar bandido que roubou. Todos nós queremos isso, só prendiam pobre. E quero que continuem prendendo rico. O que você não pode fazer é julgamento subordinado à imprensa. Quem quiser votar com base na opinião publica, largue a toga e vá ser candidato.”

Sofrimento

Lula dedicou especial atenção à Dilma Rousseff, a quem se disse “eternamente grato”. “Possivelmente uma das mais injustiçadas mulheres que ousaram um dia a fazer política nesse País”, disse.

O ex-presidente lembrou do sofrimento de seus filhos e de Dona Marisa, morta no ano passado. “A antecipação da morte foi a safadeza e a sacanagem que a imprensa e o Ministério Público fizeram contra ela. Essa gente não deve ter filho e nem alma”, afirmou.

No fim, Lula saiu carregado nos braços do povo:

Leia também:
Arrogância de Moro em prender Lula se transformou em tiro no pé
Julgamento de Lula no STF é o caso Dred Scott brasileiro
Condenação de Lula não se sustentaria em nenhum sistema judicial sério
A democracia brasileira (e não só ela) está morta
Decisão ilegal de Sergio Moro torna legítima a desobediência civil
Gilmar Mendes classifica como “absurda” prisão de Lula e culpa PT
Lula está sendo vítima de processo de exceção, admite jornalista de direita
Sergio Moro cometeu desespero em busca de seu troféu maior

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários