Redação Pragmatismo
Tecnologia 22/Mar/2018 às 11:20 COMENTÁRIOS

O vídeo do Uber autônomo que matou uma mulher nos EUA

Polícia divulga vídeo gravado a partir do carro autônomo da Uber que atropelou e matou uma pedestre nos EUA

Uber autônomo mata pedestre

O vídeo que mostra o momento exato em que o carro autônomo da Uber atropela e mata uma pedestre nos Estados Unidos foi divulgado nesta quinta-feira (22) pela Polícia da cidade americana de Tempe, Arizona.

O carro integra a frota usada pela Uber de serviço de transporte sem motoristas nos Estados Unidos. O vídeo mostra o registro de duas câmeras do veículo: uma localizada na parte frontal, mostrando a via, e outra no interior, com imagens do condutor.

Na câmera frontal, é possível ver a vítima Elaine Herzberg, de 49 anos, cruzar a estrada conduzindo uma bicicleta. Ela surge de uma região com sombra poucos segundos antes de ser atingida. O carro, no entanto, não parece reduzir a velocidade até o momento da colisão.

No interior, é possível ver a condutora, Rafaela Vasquez, olhando várias vezes para baixo. O carro da Uber se dirige sozinho, mas as leis americanas exigem que haja uma pessoa ao volante para assumir o controle em caso de emergência. Instantes antes do atropelamento, Rafaela demonstra ter sido surpreendida pelo aparecimento de Elaine.

A Uber suspendeu os testes com veículos autônomos após o acidente. Além de Tempe, a empresa tinha programa similar em São Francisco (Califórnia) e Pittsburgh (Filadélfia). A polícia de Tempe disse que está investigando o caso, e que divulgará novas informações conforme estiverem disponíveis.

Além da Uber, os carros autônomos da Tesla Motors e do Google também já se envolveram e acidentes, mas não havia, até o momento, registro de morte de pedestres.

Nota da Uber

“É um vídeo muito difícil e triste de se assistir, nossa solidariedade e nossos sentimentos continuam voltados aos familiares e entes queridos da Elaine. Nossos carros permanecem parados e estamos cooperando ativamente com as autoridades locais de todas as maneiras que podemos”, disse a empresa em nota oficial.

VÍDEO:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários