Redação Pragmatismo
Política 26/Mar/2018 às 21:59 COMENTÁRIOS

Editor de site fake news, 'Luciano Ayan' é piada há muito tempo na internet

Homem que passou a ser levado a sério nestes tempos estranhos em que vivemos é um velho conhecido dos debates virtuais da época do Orkut. Parceiro do MBL, ele publicou a fake news mais compartilhada da internet brasileira. Pouquíssimos da 'geração Facebook' sabem o que ele fazia

Luciano Ayan ceticismo político MBL
Carlos Augusto de Moraes Afonso é o homem por trás do pseudônimo ‘Luciano Ayan’ e da página Ceticismo Político. Há mais de 15 anos ele mente profissionalmente na internet. Nos tempos atuais, foi adotado e levado a sério pelo MBL, grupo com o qual firmou parceria

‘Luciano Ayan’ era o pseudônimo usado por Carlos Augusto de Moraes Afonso, o homem responsável pela maior fake news sobre a morte da vereadora Marielle Franco. Nesta semana, o Facebook anunciou a retirada do ar de sua páginaCeticismo Político‘ e de outros perfis ligados a ele.

O que muitos não sabem, no entanto, é que ‘Luciano Ayan’ não caiu de paraquedas no universo da manipulação da informação e das mentiras virtuais.

Com distintos pseudônimos, ele era figura carimbada em comunidades do Orkut que discutiam política, ideologia, Ciência, religião e outros temas. Foi banido de quase todas elas por ser considerado o ‘troll’ mais chato e caricato da finada rede social, além de um mentiroso profissional. Ninguém, de nenhum espectro político ou de qualquer campo religioso e científico o levava a sério.

Muitos anos depois do fim do Orkut, já esquecido por todos que o conheciam, ‘Luciano Ayan’ enxergou na ascensão do conservadorismo adolescente brasileiro a oportunidade para se fazer ser ouvido (e lido) e criou o ‘Ceticismo Político’.

Passou a ser parceiro do Movimento Brasil Livre (MBL) e, com isso, suas publicações ganharam cada vez mais amplitude à medida que o grupo de Kim Kataguiri as compartilhava.

Um texto resgatado de 2012, de autoria de um também veterano de debates do orkut, revela de onde veio Luciano Ayan. Leia abaixo.

LUCIANO AYAN: UMA BREVE BIOGRAFIA – DE TROLL NO ORKUT A “LÍDER” CONSERVADOR FAKE

Neste post vou fazer uma breve biografia do “líder” conservador revolucionário auto-intitulado Luciano ‘Ayan’ Hanrique. Seus dados biográficos contados por ele mesmo podem ser encontrados em doses homeopáticas nas internets a fora e o post Luciano Ayan: Idiota Savant, Analfabeto Funcional e Cristão Enrustido que foi ao ar no domingo mostra algumas das mais interessantes, como seu passado abusivo de psicotrópicos, sua família desestruturada e sua época ateu-comunista. Quem ler o post O grande pseudocético e pseudocientista Luciano também poderá descobrir como ele assume ser um boçal que cai que em qualquer propaganda e que por isso precisa catalogá-las para poder evitá-las. Mas estes detalhes são contados por ele mesmo e por isso não têm muita graça. Bons mesmo são os detalhes que ele não conta. Esses sim são legais e é por isso que trago aqui a vocês! E para quem não leu o artigo Bypass Político para pregações apologistas, leia agora. Alguns trechos aqui só fazem sentido para quem o leu.

Observação: Salvei quatro páginas da internet para me certificar de que não serão alteradas: WikiUploads.

Capítulo 1 – O forista troll begins

Que o infeliz frequentava comunidades de orkut (usando inclusive o perfil atual dele no orkut) desde meados de 2004, quase todo mundo sabe. Mas o que ele fazia nestas comunidades, pouquíssimos sabem. Os que tiveram o desprazer de topar com ele naquelas épocas hoje sabiamente o ignoram, o que acaba sendo lucrativo para o Luciano também pois ajuda a enterrar seu passado longe de sua atual seita de seguidores anencéfalos que nunca questionam quem está escrevendo coisas agradáveis aos seus olhos.

Vamos fazer uma viagem pelo Orkut? Possuir login da rede social (e estar logado) ajuda bastante, pois visitar as páginas sem estar logado é possível, mas os comentários ficam anônimos e isso dificulta o entendimento.

Fiquei emocionado quando descobri estes tempos para trás que o início dele no orkut foi bem parecido com o meu. Uma de suas primeiras atitudes foi criar a comunidade • Ciência sem fanatismo. Hoje, a comunidade não está mais no nome dele, mas no de um de seus (incontáveis) fakes. Mas se alguém duvida é só visitar o índice(cópia certificada) da comunidade e ver quem escreveu os 30 primeiros tópicos. Vocês verão como a proposta dele era similar à WatchGOD, a diferença é que ele se dedicava à STR naquela época […]

CONTINUE LENDO O TEXTO AQUI.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários