Redação Pragmatismo
Juristas 29/Mar/2018 às 13:05 COMENTÁRIOS

Gilmar manda editor da Folha "enfiar pergunta na bunda"

Abordado por repórter da Folha, ministro Gilmar Mendes rebate: “Devolva essa pergunta a seu editor, manda ele enfiar isso na bunda. Isso é molecagem, esse tipo de pergunta é desrespeito”

Gilmar Mendes Lisboa Folha
Gilmar Mendes está em Lisboa

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, rebateu um repórter do jornal Folha de São Paulo após classificar o questionamento feito pelo profissional como ‘molecagem’.

O episódio aconteceu durante a viagem para participar do seminário de Direito organizado pelo IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público), do qual é um dos sócios, que acontece em Lisboa.

Ao ser questionado sobre os custos com a passagem aérea para Portugal, Gilmar Mendes disparou: “Devolva essa pergunta a seu editor, manda ele enfiar isso na bunda. Isso é molecagem, esse tipo de pergunta é desrespeito, é desrespeito”, disse.

HC de Lula

A viagem para Lisboa criou incertezas sobre a presença do ministro Gilmar Mendes no julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No dia 4 de abril, depois de uma série de reviravoltas, o STF deve enfim julgar o pedido de liberdade preventiva feito pela defesa de Lula.

Segundo o próprio jornal Folha de S.Paulo, Gilmar Mendes deverá voltar a tempo para apresentar seu voto. De acordo com o jornal, o ministro antecipará seu retorno para poder participar das discussões.

A volta antecipada de Mendes importa, pois há impasse no STF sobre a concessão do habeas corpus à Lula. Nas contas dos advogados do ex-presidente, cinco ministros são votos certos à favor do pedido de liberdade: Celso de Mello, Marco Aurélio, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e o próprio Gilmar Mendes.

Outros cinco juízes devem se opor ao pedido: Cármen Lúcia, Edson Fachin, Luiz Fux, Barroso e Alexandre de Morais. Assim, o voto de desempate ficaria com Rosa Weber.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários