Redação Pragmatismo
Lula 24/Jan/2018 às 16:27 COMENTÁRIOS
Lula

Reinaldo Azevedo, detrator de Lula, diz que voto de Gebran foi "lamentável"

Publicado em 24 Jan, 2018 às 16h27

Um dos principais detratores de Lula na mídia brasileira, Reinaldo Azevedo deixou as diferenças com o ex-presidente de lado para criticar o voto do desembargador Gebran Neto no TRF-4: “Uma das coisas mais lamentáveis do ponto de vista jurídico”

Reinaldo Azevedo Lula TRF-4 Gebran
Reinaldo Azevedo

O jornalista Reinaldo Azevedo surpreendeu ao fazer duras críticas ao voto do desembargador Gebran Neto, relator do processo contra Lula sobre o triplex do Guarujá no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Segundo ele, o voto de Gebran “trata-se de uma das coisas mais lamentáveis do ponto de vista jurídico”, já que o desembargador apontou apenas indícios de que o triplex pertence a Lula, sem apresentar nenhuma prova.

Azevedo é conhecido por suas posições abertamente conservadoras e é, na mídia brasileira, considerado um dos principais detratores de Lula. Ex-revista Veja, hoje o jornalista trabalha para o jornal Folha de S.Paulo e também comenta na rádio BandNews FM e na Rede TV!.

O julgamento de Lula no TRF-4

Pouco antes das 14h, o desembargador João Pedro Gebran Neto proferiu o primeiro voto do julgamento.

Relator do processo, ele manteve a condenação de Lula por Sergio Moro, mas aumentou a pena do ex-presidente para 12 anos e 1 mês de reclusão.

A pena inicial determinada por Moro havia sido de 9 anos e 6 meses. O julgamento continua e mais dois desembargadores irão votar.

Leandro Paulsen, segundo desembargador a votar, já antecipou que se posicionará favoravelmente à condenação de Lula sentenciada pelo juiz Sergio Moro.

O JULGAMENTO AO VIVO:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendações

Comentários