Redação Pragmatismo
Lula 24/Jan/2018 às 14:01 COMENTÁRIOS

Julgamento de Lula: depois de antecipar resultado, Band pede desculpas

Após repercussão negativa nas redes sociais, Band pede desculpas por antecipar resultado do julgamento de Lula no TRF-4

band pede desculpas julgamento de Lula

Em transmissão ao vivo, a Band pediu desculpas após antecipar o resultado do julgamento do ex-presidente Lula no Tribunal Reginal Federal de Porto Alegre (TRF-4).

Às 10h da manhã, antes mesmo que qualquer desembargador proferisse o seu voto, a emissora havia cravado a condenação de Lula por três votos a zero.

Internautas flagraram a antecipação e o episódio repercutiu mal para a Band nas redes sociais. Muitos sugeriram que as grandes emissoras receberam informações privilegiadas sobre o julgamento. No pedido de desculpas, a emissora limitou-se a dizer que houve “falha técnica”.

No Twitter, o jornalista Rodrigo Vianna escreveu: “Ansiosa, emissora que sobrevive com ajuda de repasses do governo Temer antecipa resultado do julgamento. Isso antes mesmo dos votos serem proferidos no TRF. Ficou escancarada a farsa”. A legenda acompanhava uma captura de tela (ver aqui).

O resultado de ‘3 a 0’ é aguardado com ansiedade não somente pela mídia corporativa, mas também pelo mercado financeiro.

Colunistas dos grandes jornais alardeiam que até mesmo um resultado de ‘2 a 1’ contra Lula não seria bom para a economia brasileira. Os argumentos, evidentemente, são subjetivos. Há quem ganhe muito dinheiro com toda essa especulação.

Primeiro voto

Pouco antes das 14h, o desembargador João Pedro Gebran Neto proferiu o primeiro voto do julgamento. Relator do processo, ele manteve a condenação de Lula por Sergio Moro, mas aumentou a pena do ex-presidente para 12 anos e 1 mês de reclusão.

A pena inicial determinada por Moro havia sido de 9 anos e 6 meses. O julgamento continua e mais dois desembargadores irão votar. Assista aqui.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários