Redação Pragmatismo
Mercado 15/Dec/2017 às 13:48 COMENTÁRIOS

Netflix envia e-mail para assinante depressivo que assistia série sem parar

Assinante com depressão assiste série sem parar, e Netflix pergunta por e-mail se estava tudo bem com ele

netflix envia email assinante depressivo assistia séries

Após a Netflix publicar um tuíte brincando com assinantes que assistiram repetidamente a um especial de Natal por dias a fio, criou-se uma discussão na internet sobre privacidade, quanto acesso a plataforma tem sobre os dados dos usuários que assinam o serviço e se é justo usar esses dados para fazer piadas com as pessoas.

Um usuário do Reddit fez um comentário em um post sobre o assunto contando que a Netflix mandou um e-mail para ele perguntando se estava tudo bem após seus hábitos de consumo mudarem drasticamente por conta de uma crise na saúde mental. “Eu estava em uma crise de depressão, sem trabalhar e de férias da faculdade. Acabei não fazendo nada além de assistir à Netflix e assisti a The Office inteiro em um período de cinco a dez dias”, escreveu.

Então eu recebi um e-mail da Netflix perguntando se estava tudo bem porque meus hábitos de consumo haviam mudado – eu estava com a minha conta logada por mais de uma semana sem parar, o que era bem mais frequente do que eu usava”, continuou. “Honestamente, mesmo sendo um e-mail padrão de um estranho no serviço ao usuário da Netflix, isso me fez sentir melhor, porque pelo menos uma pessoa estava se importando comigo”, concluiu, explicando que hoje já está melhor e que o fato ocorreu há cerca de três anos.

Veja abaixo o comentário:

Comment from discussion At least they care..

Procurada pelo E+, a assessoria de imprensa da Netflix enviou a seguinte nota:

A Netflix não aborda proativamente seus assinantes para verificar seus hábitos de visualização. Ocasionalmente enviamos e-mails para nossos assinantes com recomendações de títulos que possam ser do interesse deles.”

Agência Estado

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários