Wallison Ulisses Silva dos Santos
Economia 29/Nov/2017 às 12:14 COMENTÁRIOS

O curioso caso da Inflação Brasileira

curioso caso inflação brasileira governo temer gasolina

Wallison Ulisses Silva dos Santos*, Pragmatismo Político

Segundo o boletim focus do Banco Central prevê a inflação de 2017 irá fechar o ano em XX . Todavia os brasileiros nas ruas e nas redes sociais parecem duvidar deste indicador. Isso está ocorrendo devido aos aumentos consecutivos no preço dos combustíveis, do gás de cozinha e da energia.

A inflação no país realmente é baixa e estranho seria se assim não estivesse. Essa afirmação que pode parecer estranha em um primeiro momento é mais uma das curiosidades da economia atual.

Embora o gás de cozinha, energia e combustíveis tenham aumentado muito neste ano de 2017 as vendas em geral caíram ou diminuíram devido ao baixo consumo dos brasileiros. Em outras palavras a inflação é baixa porque as empresas estão sendo obrigadas a baixar os preços de seus produtos e serviços para conseguir vender e isso vem ocorrendo por causa da diminuição da renda das famílias no Brasil.

A renda dos brasileiros está forçando os preços para baixo e isso ocorre devido a vários motivos. Primeiramente podemos citar a alta taxa de desemprego do país. Brasileiros desempregados diminuem o seu consumo e quanto mais tempo passam desempregados menos tendem a consumir.

Temos que lembrar que o governo vem reduzindo os gastos com programas sociais o que afeta a população mais carente e é essa parcela da população que tem uma propensão maior ao consumo dado ao baixo valor da sua renda que tende a impossibilitar a poupança.

Analisemos uma pessoa que ganha Bolsa Família ou um bolsista de graduação ou pós-graduação que não seja da classe A ou B. Esses indivíduos quando recebem suas rendas vindas do governo tendem a gastar tudo com o consumo o que faz movimentar a economia.

A redução na abertura de concursos públicos também contribui para a redução da renda dos brasileiros e da inflação. Servidores públicos possuem mais facilidade para conseguir crédito para o consumo e a redução no número de concursos diminui uma parcela da população que é responsável por uma grande parte do consumo nacional. A substituição de concursados por comissionados não possui o mesmo efeito, pois geralmente os indivíduos indicados a funções públicas vem da classe A e B e por isso tendem a poupar uma parte da renda e também não possuem a mesma facilidade de obter crédito, pois seu vínculo não é permanente como o servidor estável por concurso público.

Leia aqui todos os textos de Wallison Ulisses Silva dos Santos

Para finalizar podemos dizer que os brasileiros possuem menos renda e isso diminui o consumo o que força as empresas a baixar o preço dos produtos para tentar vender. Os aumentos na energia, combustíveis e gás de cozinha não são o suficiente para o país ter uma inflação alta dado o empobrecimento dos brasileiros e do receio de consumir daqueles que ainda possuem renda, a incerteza e a concentração de renda em nosso país vem criando casos curiosos e tristes em nossa sociedade, como essa inflação baixa que em outras situações seriam motivo de alegria, mas no momento é apenas mais um resultado de uma economia voltada para poucos.

*Wallison Ulisses Silva dos Santos é economista e mestre em economia pela UFMT, especializando-se em Direito Trabalhista pela UNOPAR, professor de economia no Instituto Cuiabano de Educação (ICE), assessor econômico da Associação dos Revendedores de Veículos do Estado de Mato Grosso (AGENCIAUTO MT), membro da Associação Sustentabilidade para Todos MT e colabora para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários