Redação Pragmatismo
Eleições 2018 19/Sep/2017 às 14:46 COMENTÁRIOS

A nova pesquisa CNT/MDA para as eleições de 2018

Lula vence em todos os cenários avaliados para a disputa presidencial de 2018. Os números são da nova pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (19) para Presidente da República. Confira as simulações

eleições de 2018 pesquisa para presidente

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP) lidera todos os cenários analisados pela pesquisa CNT/MDA para a eleição de 2018, tanto no primeiro quanto no segundo turno. Isso inclui tanto pesquisas espontâneas quanto estimuladas.

Na pesquisa estimulada para primeiro turno, Lula tem 32,4% das intenções de voto. Nesse cenário, seguem Bolsonaro (19,8%), Marina Silva (12,1%), Ciro Gomes (5,3%) e Aécio Neves (3,2%).

Se o nome do PSDB é Alckmin e não Aécio, as intenções de voto passam a ser de 32% para Lula, 19,4% para Bolsonaro, 11,4% para Marina Silva, 8,7% para Alckmin e 4,6% para Ciro Gomes.

O terceiro cenário estimulado de primeiro turno põe Doria como o candidato tucano. Nesse caso, Lula tem 32,7% das intenções de voto, Bolsonaro tem 18,4%, Marina Silva aparece com 12%, Doria tem 9,4% e Ciro Comes possui 5,2%.

Na pesquisa espontânea para primeiro turno, o petista aparece em primeiro com 20,2% das intenções de voto. O resultado é maior do que os 16,6% apurados na pesquisa de fevereiro.

No mesmo cenário, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) vem em segundo, com 10,9% (ante 6,5% no levantamento anterior).

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB-SP) aparece em terceiro, com 2,4% das menções na pesquisa realizada em setembro. Em fevereiro, o nome do tucano foi lembrado por 0,3% das pessoas que responderam a pesquisa.

Em quarto lugar na pesquisa de setembro está Marina Silva (Rede), com 1,5% das intenções de voto. Ela é seguida pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PTB), ambos com 1,2% dos votos.

O atual presidente Michel Temer (PMDB) ficou em nono com 0,4% das intenções de voto.

VOTO ESTIMULADO (aquele em que os nomes dos candidatos são apresentados ao entrevistado)

Lula — 32,7%
Bolsonaro — 18,4%
Marina Silva — 12%
João Doria — 9,4%
Ciro Gomes — 5,2%

Ps.: Se o candidato do PSDB for Aécio, ele teria 3,2%. Se o candidato for Alckmin, o governador de SP somaria 4,6%.

VOTO ESPONTÂNEO (aquele em que nenhum nome é apresentado ao entrevistado)

Lula — 20,2%
Bolsonaro — 10,9%
João Doria — 2,4%
Marina Silva — 1,5%
Ciro Gomes — 1,2%

SEGUNDO TURNO

Lula tem seu pior desempenho nas pesquisas de intenção de voto para o segundo turno em um possível enfrentamento com sua ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (Rede). Nesse cenário, fica com 39,8% das intenções de voto contra 25,8% de Marina. Na comparação com fevereiro, o ex-presidente melhorou nesse cenário, já que naquela pesquisa ele teve 38,9% das respostas e Marina, 27,4%.

Por outro lado, Lula tem seu melhor desempenho contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Nesse cenário, o petista fica com 41,8% das intenções de voto contra 14,8% do tucano. Em fevereiro, Lula teve 39,7% e Aécio, 27,5%.

Já o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) seria o adversário com o melhor desempenho contra Lula. Ele aparece com 28,5% de intenções de voto enquanto Lula teria 40,5%.

Contra o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), Lula ficaria com 40,6% das intenções de voto enquanto o tucano teria 23,2%. Com Doria candidato pelo PSDB, o ex-presidente tem 41,6% contra 25,2% do prefeito de São Paulo.

Contratado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), o instituto MDA ouviu 2.002 pessoas em 137 municípios entre os dias 13 e 16 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários