Redação Pragmatismo
Eleições 2018 24/Aug/2017 às 17:35 COMENTÁRIOS

A previsão acertada de Olavo de Carvalho sobre o MBL

A frase 'Olavo tem razão', tão utilizada por seus seguidores, finalmente ganhou sentido. Previsão do 'guru da direita brasileira' sobre o MBL acaba de se concretizar: "eles vão dar a b*** para os políticos"

Olavo de Carvalho MBL
Olavo de Carvalho

O jornal Folha de S.Paulo noticiou, nesta quinta-feira (24), que o PSDB e o MBL (Movimento Brasil Livre) estão muito próximos de formalizar uma aliança para as eleições de 2018.

O movimento, que tem como figuras mais famosas nomes como Kim Kataguiri e Fernando Holiday, surgiu nas manifestações que pediam o impeachment de Dilma Rousseff. O grupo ganhou projeção afirmando ‘ser apartidário’ e ‘contra a corrupção’.

Nas eleições municipais do ano passado, o MBL lançou mais de 100 candidatos a vereador em todo o Brasil. A maioria das candidaturas estava ligada a partidos como PSDB e DEM. Ainda assim, Kataguiri e seus comandados continuavam se definindo como ‘independentes’.

O que está prestes a acontecer agora, porém, é a oficialização do que já ocorria por debaixo dos panos. O atual presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), chegou a enviar uma mensagem de áudio para os coordenadores do MBL afirmando que vê com satisfação a aproximação do grupo com o partido.

O cacique tucano afirma estar de “braços abertos” para o MBL. Tasso também diz que o partido está passando por mudanças e estimula o diálogo com o movimento visando 2018.

“Ver esse tipo de abertura mostra um amadurecimento de um setor do PSDB”, afirma o coordenador do MBL Renan Santos. “Esses novos atores do PSDB têm algo a falar, porque a classe política no geral está desconectada das ruas”, diz.

A abertura do casamento entre PSDB e MBL é puxada pelos chamados “cabeças pretas” — ala jovem dos tucanos na Câmara dos Deputados.

Curiosamente, este é um cenário que já havia sido traçado por Olavo de Cavalho, indivíduo que é considerado uma espécie de ‘guru’ da direita brasileira.

Ainda na época das manifestações pelo impeachment de Dilma Rousseff, Olavo previu que o futuro do MBL residiria na submissão aos caprichos dos caciques políticos em troca de dinheiro.

“Os menininhos vão todos lá pra Brasília oferecer as bundinhas para os políticos… para poder serem comidos por figuras ilustres, como Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr., Fernando Henrique Cardoso, José Serra, Aécio Neves”, diz trecho do vídeo.

Assista:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários