Redação Pragmatismo
Geral 28/Jun/2017 às 15:05 COMENTÁRIOS

Funcionário que filmou ator global 'transtornado' é demitido

Funcionário que filmou Fábio Assunção 'transtornado' em hospital é demitido. Ator foi detido por dano qualificado ao patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência à prisão, mas pagou fiança e foi liberado

Fábio Assunção preso vídeos
Fábio Assunção protagonizou barraco em hospital antes de brigar em festa de São João e ser preso

O Hospital Memorial Arcoverde demitiu o funcionário que filmou e divulgou vídeos do ator Fábio Assunção durante confusão no município pernambucano na última semana.

Nas imagens, o artista paulista discute com enfermeiras e pacientes da instituição horas antes de ser detido por autoridades locais acusado de dano qualificado ao patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência à prisão.

Em nota, a casa de saúde afirma que o funcionário agiu sem o conhecimento da diretoria, que condena tal atitude.

O Hospital Memorial Arcoverde vem a público esclarecer os fatos ocorridos na ocasião da passagem do ator Fábio Assunção por este serviço, onde um funcionário filmou e divulgou nas redes sociais imagens dele e de outros clientes presentes. O fez sem o consentimento e ou conhecimento desta diretoria, que lamenta profundamente essa infeliz iniciativa, condenando veementemente tal atitude, decidindo de imediato pelo afastamento definitivo deste funcionário que feriu o código de ética, a imagem da instituição e do referido ator“, diz o comunicado publicado nas redes sociais da instituição e compartilhado pela namorada do artista, Pally Siqueira, natural de Arcoverde.

Entenda o caso

O ator Fábio Assunção foi detido por desacato na madrugada deste sábado (24), na festa de São João de Arcoverde, cidade natal da namorada, Pally Siqueira, no sertão pernambucano, depois de uma discussão com policiais militares.

A Polícia Militar de Pernambuco informou ter sido acionada por duas jovens, que afirmaram estar sendo ameaçadas pelo ator, na própria festa. Os policiais tentaram levá-lo à delegacia para esclarecer os fatos, mas Assunção ficou agressivo e se negou a entrar na viatura.

O ator acabou algemado e, na discussão, quebrou o vidro traseiro do carro policial.

Assunção foi à cidade para o lançamento do documentário “Eu sonho para você ver”, dirigido por ele e pela cineasta e namorada Pally Siqueira, que trata da tradição do samba de coco no sertão de Pernambuco. Ele foi exibido na própria festa de São João, na noite de sexta (23).

Em vídeo que circula nas redes sociais, já dentro do carro da polícia, Assunção reclama da prisão e afirma que não é criminoso. “Desacato é ele [policial] que fez agora; me algemou”, diz.

O ator foi ouvido na delegacia e liberado após pagar uma fiança de dez salários mínimos –cerca de R$ 9.000.

Ele deve responder pelos crimes de dano ao patrimônio público, desacato, desobediência e resistência.

Nas redes sociais, Assunção pediu desculpas pelo ocorrido e disse que errou ao se exceder, mas negou ter usado qualquer tipo de droga.

“Lamento muitíssimo o ocorrido em Arcoverde. Infelizmente aconteceu uma briga. Errei ao me exceder”, afirmou o ator.

VÍDEOS:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários