Redação Pragmatismo
Corrupção 17/Mar/2017 às 13:34 COMENTÁRIOS

Nestor Cerveró paga R$ 6 milhões e Sergio Moro devolve apartamento em Ipanema

Após Cerveró pagar R$ 6 milhões, Moro devolve apartamento em Ipanema que havia sido sequestrado durante a operação da Lava Jato. O pagamento foi imposição do Ministério Público Federal e depositado em conta judicial

Nestor Cerveró paga milhões moro apartamento ipanema
Nestor Cerveró e Sérgio Moro (Imagem: Pragmatismo Político)

Jornal GGN

Condenado por Sergio Moro a cinco anos de prisão por lavagem de dinheiro, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró conseguiu reaver com o juiz de Curitiba um apartamento em Ipanema que havia sido sequestrado durante a operação da Lava Jato.

A coluna Radar publicou nesta quarta (8) que, em troca do apartamento, Cerveró teve de depositar em uma conta judicial o valor de R$ 6 milhões. O pagamento foi imposição do Ministério Público Federal.

A coluna observou que, pelo visto “as finanças da figura não minguaram no pós Lava Jato“. A sentença contrasta com a polêmica em torno da suposta compra de silêncio de Cerveró pelo senador cassado Delcídio do Amaral. O episódio rendeu a Lula um processo por obstrução de Justiça, em Brasília.

Delcídio, que fez delação premiada para sair da cadeia, disse à Lava Jato que foi Lula quem ordenou a compra do silêncio de Cerveró, para evitar que ele fizesse acordo de colaboração com os procuradores. Porém, depoimentos colhidos pelas testemunhas do caso indicam que Delcídio, na verdade, estava preocupado com a possibilidade de Cerveró revelar as transações realizadas por ambos na Petrobras durante a gestão FHC.

Durante o processo, Cerveró alegou que passava por crise financeira porque perdera o emprego na Petrobras e a estatal também havia suspendido os pagamentos a seu advogado.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários