Redação Pragmatismo
Juristas 06/Dec/2016 às 14:00 COMENTÁRIOS

Sergio Moro presenteia delator que disse que Lula era dono do Itaquerão

Delator que "deu" Itaquerão a Lula se livra de prisão em regime fechado. Emílio Odebrecht foi agraciado por Sergio Moro com uma proposta de pena que se resume a seis meses de regime domiciliar e mais seis meses em regime aberto

sérgio moro delator lula itaquerão odebrecht

Jornal GGN

O delator que, segundo a Folha de S. Paulo do domingo, 23 de outubro, disse que o Itaquerão foi uma “espécie de presente” da Odebrecht a Lula foi agraciado com uma proposta de pena que se resume a seis meses de regime domiciliar e mais seis meses em regime aberto.

Segundo informações do Valor, o empresário Emílio Odebrecht, de 71 anos, deve cumprir essa pena como “parte do acordo de delação premiada negociado na Operação Lava Jato e que envolve cerca de 80 pessoas ligadas ao grupo.”

Filho de Emílio, Marcelo Odebrecht, preso a mais de um ano pela Operação Lava Jato, “deve cumprir um mínimo de três anos e meio em regime fechado, progredindo em seguida para o domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica. O tempo de prisão de Marcelo até agora será abatido do total da pena acordada. Ele está preso preventivamente desde 19 de junho de 2015.”

O jornal O Globo divulgou que após oito meses de negociações, mais de 50 executivos, incluindo Marcelo, conseguiram fechar acordo de delação com a força-tarefa da Lava Jato.

A ideia é que os depoimentos sejam detalhados entre o final de 2016 e começo de 2017. Depois, serão apresentados à Justiça para homologação e, somente após isso, serão usados em pedidos de inquéritos.

A imprensa tem noticiado que a delação da Odebrecht tem potencial para derrubar o governo Michel Temer e atingir vários outros partidos, de maneira “democrática“.

Em troca dos depoimentos, os delatores devem, ainda de acordo com o Valor, “cumprir algum tipo de pena. Os promotores ainda querem que os delatores paguem de 20% a 30% dos valores que receberam como remuneração durante todo o período em que mantiveram vínculo trabalhista com a companhia.”

Leia também:
Quem vai escapar das delações da Odebrecht?
Procurador da Lava Jato admite que Temer pode comprometer delação da Odebrecht
Por que a Globo tentou abafar a “superplanilha” da Odebrecht?
Quem realmente ganha com a corrupção?
Viagra, Lindinho, Caranguejo: Os apelidos dos políticos no listão da Odebrecht
Sergio Moro explica por que a Lava Jato só atinge o PT

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários