Redação Pragmatismo
Eleições 2018 12/Dec/2016 às 11:12 COMENTÁRIOS

Lula lidera nova pesquisa Datafolha para a eleição de 2018

Lula lidera a mais recente pesquisa Datafolha para a eleição presidencial de 2018. Confira os números e os cenários avaliados

Lula lidera nova pesquisa datafolha

O Datafolha divulgou nesta segunda-feira (12) a sua mais recente pesquisa para a eleição presidencial de 2018. A pesquisa foi originalmente publicada no jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com o instituto, Lula lidera a disputa com dez pontos de vantagem sobre a segunda colocada, Marina Silva.

Em seguida aparecem nomes como Aécio Neves, Jair Bolsonaro e Ciro Gomes, seguidos por Michel Temer, Ronaldo Caiado e Luciana Genro.

Confira abaixo os números do cenário em que Aécio Neves é o candidato do PSDB:

— Lula (PT): 25%
— Marina Silva (Rede): 15%
— Aécio Neves (PSDB): 11%
— Jair Bolsonaro (PSC): 9%
— Ciro Gomes (PDT): 5%
— Michel Temer (PMDB): 4%
— Luciana Genro (Psol): 2%
— Ronaldo Caiado (DEM): 2%
— Eduardo Jorge (PV): 1%
Branco/nulo: 20%
Não sabe: 6%

Lula também lidera em outros três cenários de primeiro turno simulados pela pesquisa. Em um desses cenários a pesquisa acrescentou o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Ele fica com 8%. Marina tem 17% e Lula tem 26%.

No cenário com o ministro das Relações Exteriores José Serra (PSDB), o tucano aparece com 9%. Marina com 16% e Lula com 25%.

SEGUNDO TURNO

O ex-presidente Lula vence todas as simulações de segundo turno contra os três candidatos do PSDB: Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra, mas perde quando enfrenta a ex-senadora Marina Silva.

Lula (38%) Aécio (34%)
Lula (38%) Alckmin (34%)
Lula (37%) Aécio (35%)

Marina Silva, portanto, é vitoriosa em todas as simulações de segundo turno.

Marina (43%) Lula (34%)
Marina (47%) Aécio (25%)
Marina (48%) Alckmin (25%)
Marina (47%) Serra (27%)

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para cima ou para baixo e índice de confiança de 95%. O Datafolha ouviu 2.828 pessoas nos dias 7 e 8 de dezembro.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários