Redação Pragmatismo
Corrupção 18/Nov/2016 às 14:46 COMENTÁRIOS

O vídeo de Garotinho resistindo à transferência para Bangu ganhou as redes sociais

Filha e esposa afirmaram que Garotinho foi tratado com desumanidade. Ex-governador tentou resistir e teve que ser levado à força para Bangu. A despeito do sofrimento de familiares, episódio gerou série de memes nas redes sociais

Garotinho preso resiste bangu
Ex-governador Anthony Garotinho foi transferido para Bangu

O ex-governador Anthony Garotinho foi transferido para o Complexo Penitenciário de Gericinó (Bangu) na noite desta quinta-feira (17), onde deverá ficar na unidade de Bangu 8, para presos com nível superior – onde também está Sérgio Cabral.

A saída de Garotinho do Hospital Municipal Souza Aguiar, onde se encontrava internado desde ontem (16), foi muito tumultuada, pois a família queria impedir sua transferência, alegando que a unidade de saúde do presídio não tem condições para tratar o ex-governador, que estaria com problemas cardíacos.

A Polícia Federal (PF) foi acionada pela Justiça de Campos dos Goytacazes para fazer a transferência de Garotinho, o que só ocorreu às 22h45. Ele saiu amparado pelos bombeiros do Samu, mas recusou-se a entrar na ambulância, levantando-se por duas vezes da maca onde estava, precisando ser contido pelos profissionais de saúde.

A ex-governadora Rosinha Garotinho, atual prefeita de Campos, quase desmaiou por duas vezes, precisando ser amparada por assessores. Ela gritava “Meu marido não é bandido” e tentava acompanhar o marido dentro da ambulância.

A ordem para levar Garotinho foi dada pelo juiz eleitoral Glaucenir Silva de Oliveira, da 100ª Zona Eleitoral de Campos. O juiz alegou que o ex-governador estaria tendo regalias e determinou sua imediata transferência para o presídio.

‘Desumano’

Clarissa Garotinho, filha do ex-governador, criticou a prisão do pai e disse considerar desumano sua transferência.

“Quer dizer que você tem um paciente médico com um laudo do hospital Souza Aguiar, dizendo que precisa de uma transferência pra um lugar em que ele não pode ser atendido pra ter uma ambulância pra sair correndo caso ele precise, não queremos privilégio nenhum, nós queremos que ele tenha toda a assistência médica que ele tem direito”, disse Clarissa.

Telefonei agora há pouco para o deputado Marcelo Freixo, presidente de direitos humanos da Alerj, que também considerou essa decisão absurda. Não é questão de descumprir uma ordem judicial, todas as ordens judiciais estão sendo cumpridas, é uma questão de que a justiça não pode ser desproporcional. Transferir um paciente pra um lugar onde ele não tem condições de ser atendido, isso é uma desumanidade”, completou a filha do ex-governador.

Memes

Nas redes sociais, a resistência de Garotinho à transferência para Bangu rendeu uma série de memes. Confira abaixo:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários