Redação Pragmatismo
Política 24/Nov/2016 às 17:40 COMENTÁRIOS

Caso do helicóptero da cocaína completa 3 anos e ninguém está preso

Apreensão do helicóptero dos Perrella com 450 kg de pasta base de cocaína faz aniversário de 3 anos e ninguém foi punido. Horas antes da apreensão pela PF, a aeronave parou para abastecer na fazenda da família de Aécio Neves. Dono do helicóptero é hoje Secretário Nacional do Futebol no governo Temer

helicóptero cocaína aécio Perrella ninguém preso
Aécio Neves, Zezé e Gustavo Perrella e o helicóptero com 450kg de cocaína (Imagem: Pragmatismo Político)

Revista Fórum

Era um domingo, 24 de novembro, quando a Polícia Federal fez a apreensão de 450 kg dentro de um helicóptero perto da cidade de Afonso Cláudio, no interior do Espírito Santo. A aeronave pertencia à Limeira Agropecuária, empresa do deputado estadual por Minas Gerais Gustavo Perrella (SDD), filho do senador e ex-presidente do Cruzeiro Zezé Perrella (PTB-MG).

A aeronave da família Perrella era um Robinson 66 (R-66) – à venda por 2 milhões de reais. Estavam na aeronave o piloto Rogério Almeida Antunes, o copiloto Alexandre José de Oliveira Júnior, Everaldo Lopez Souza e Robson Ferreira Dias.

O piloto Rogério, o copiloto e os dois interceptadores da droga chegaram a ficar presos, foram liberados em abril de 2014 e aguardam julgamento em liberdade.

Aeroporto de Cláudio

Três horas e meia antes da apreensão pela polícia, o helicóptero teria parado para abastecer a 14 quilômetros da pista de Cláudio, que pertence à família de Aécio Neves. O aeroporto foi construído pelo governo de Minas Gerais na gestão de Aécio Neves, que gastou 14 milhões de reais, num município de 25 mil habitantes.

3 anos depois

Sem muito destaque na mídia tradicional, o caso do “helicoca” como ficou conhecido na internet, ficou esquecido, sem que houvesse respostas para a origem e destino da cocaína. O portal Diário do Centro do Mundo recebeu ordem judicial para retirar do ar suas reportagens investigativas sobre a apreensão. Um estudante chegou a ser expulso de um debate onde o ex-candidato à Presidência da República Aécio Neves participava, ao perguntar sobre o caso.

Saiba mais:
“Candidato de Lindsay Lohan tem helicóptero cheio de cocaína”, diz site americano
Tráfico de cocaína, familiares de Aécio e o aeroporto de Cláudio-MG
Piloto do “helicóptero do pó” diz que tem medo de morrer
Aécio e Alckmin são ligados a dono do helicóptero da cocaína
Dono do helicóptero do pó ganhou 3 contratos sem licitação de Aécio Neves
Manifestantes realizam ‘farinhaço’ em protesto contra ‘helicóptero do pó’
A história dos 450 kg de cocaína ‘virou pó’ na grande mídia
O poder da “República do Pó”

Zezé Perrela foi indicado para compor a comissão que avaliou o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff no Senado. Ele ainda fez campanha em apoio à Polícia Federal.

O ex-deputado estadual Gustavo Perrella é o novo secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor. A nomeação foi publicada na edição de 17 de junho do Diário Oficial da União. Vale lembrar que seu pai é um dos representantes da bancada da bola no Congresso Nacional.

Leia também:
Por R$ 56 mil, Ayres Britto disse que aeroporto de Aécio era legal
Cláudio silencia sobre aeroporto de Aécio
“Aeroporto de Aécio é só a ponta do iceberg”
Aécio, o aeroporto e os esclarecimentos pendentes
“Experimentei maconha, mas não recomendo”, diz Aécio Neves
Vídeo de Aécio Neves bêbado se espalha na internet
Por que escândalos de corrupção envolvendo tucanos não avançam na Justiça?

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários