Redação Pragmatismo
Copa do Mundo 13/May/2014 às 14:21 COMENTÁRIOS

Copa 2014: propaganda polêmica reacende debate sobre turismo sexual

Restando um mês para o início da Copa do Mundo, um outdoor que insinua uma mulher praticando sexo oral em um jogador reacende debate sobre turismo sexual no Brasil

Faltando um mês para o início da Copa do Mundo, um outdoor que insinua uma mulher praticando sexo oral em um jogador gerou polêmica e suscitou a rejeição do governo e de várias ONGs que consideram que este tipo de iniciativa representa um passo atrás na luta contra o turismo sexual.

A propaganda, colocada em algumas das principais rodovias de São Paulo, foi lançado pela Boate Bahamas, que funciona com a licença de “hotel e serviços pessoais”, uma das maiores da cidade a fim de promover o local perante a chegada de turistas durante os jogos.

A ONG Plan, que há décadas luta contra a exploração sexual no Brasil, ressaltou que este tipo de publicidade associa a imagem do país ao sexo e destrói os esforços para combater o turismo sexual.

“Este tipo de publicidade dificulta a luta contra o turismo sexual. É o tipo de propaganda que não queremos. Está em jogo a imagem do país. Estamos trabalhando pela prevenção contra o turismo sexual e estas ações destroem nossos esforços”, afirmou à Agência Efe a diretora nacional da ONG, Anette Trompeter.

O Ministério do Turismo também se posicionou,e ressaltou em resposta à Agência Efe que a propaganda “vai em sentido oposto ao da política de promoção nacional do país realizada pelo governo”.

Oscar Maroni, proprietário da Boate Bahamas e responsável pela publicidade em que se vê uma mulher, sentada em uma bola de futebol, com a blusa levantada e um short jeans abaixando o calção de um jogador, disse à Efe que “falar de turismo sexual é moralista e vai contra a sexualidade”.

Na opinião de Maroni, “o governo deve se preocupar mais em combater a exploração sexual infantil nos arredores dos estádios”, do que com o turismo sexual que chega aos clubes.

“O que eu faço é incentivar meu produto. Não só vai aumentar o turismo sexual, também vai aumentar o gastronômico, por exemplo”, acrescentou Maroni.

No entanto, não se trata da primeira publicidade que associa o futebol e Brasil com o sexo. Em fevereiro deste ano, a Adidas se viu obrigada a retirar do mercado as camisas lançadas por causa da Copa por sua conotação sexual.

Em uma delas, de cor verde, aparecia a frase “I love Brasil”, mas dentro do coração havia um triângulo fazendo alusão a um bumbum feminino com um biquíni. Em outra, de cor amarela, se via uma mulher de biquíni junto à legenda “Lookin’ to score in Brazil” (Buscando marcar gols no Brasil), o que podia ter duplo sentido.

Após o lançamento das camisas, a presidente Dilma Rousseff afirmou em sua conta no Twitter que o Brasil está preparado para receber os turistas que chegarão para a Copa, mas informou que também o está para combater o turismo sexual.

De acordo com a ONG Plan, tanto o anúncio da Adidas quanto o da boate “vendem uma imagem do Brasil” que não corresponde à realidade.

“A marca esportiva deu a entender que, além do futebol, o Brasil tem suas mulheres como ponto de atrativo. Isto (o outdoor) é o mesmo. Há pessoas que querem vender uma imagem do país que não é. O Brasil floresce em muitas áreas”, disse Anette.

Segundo o Ministério do Turismo, uma equipe se encarrega de realizar periodicamente um acompanhamento na internet a fim de “detectar sites que relacionem ícones de turismo nacional com imagens de conotação sexual”.

O Brasil espera a visita de 600 mil turistas estrangeiros durante a Copa, e tanto o governo quanto diversas ONG acionaram suas maquinarias para tentar evitar casos de exploração sexual durante o evento.

EFE

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários

  1. paulo cesar Postado em 13/May/2014 às 14:37

    Esse cara é dono de um bordel, todo mundo sabe, com ou sem copa. se esta utilizando a bola da copa é uma jogada de marketing dele. Prostituta também é profissão!

  2. Pereira Postado em 13/May/2014 às 14:39

    Ué ???? o Heroi da esquerda falida Jean BBB wilis não tem projeto para a legalização da prostituição ???? qual o ranço agora ? ????

    • Thamires Postado em 14/May/2014 às 15:39

      Esquerda falida??? Vc votou em quem na ultima eleição???

  3. Thiago Teixeira Postado em 13/May/2014 às 14:47

    Sexo é demonstração de poder ou submissão. Os gringos vem fazer turismo aqui com segundas intenções, pois sabem que nossas prostitutas submeterão a seus caprichos em troca de 100, 200, 300 e até 500 reais. Enquanto o sexo proporcionar 5.000,00 reais e o mercado varejista, educacional, hospitalar oferecer 1.200,00, será difícil impedir o turismo sexual.

  4. Douglas Postado em 13/May/2014 às 14:50

    Disseste bem quando cita:" Há pessoas que querem vender uma imagem do país que não é". Realmente começa-se pela presidANTA ao querer vender um Brasil fifa quando temos um Brasil muquifa e a bdm da verdade o nosso país, infelizmente, é mais frequentado pelo turismo sexual e bem mais conhecido pelas roubalheiras escancaradas desses políticos marca BOSTA que temos.

  5. Carlos Postado em 13/May/2014 às 15:38

    O que tem errado com o sexo? ...nada...o dono da boate esta certíssimo em querer vender seu produto

    • Raíssa Postado em 13/May/2014 às 15:55

      e mulher virou produto agora?!?! Parabéns Carlos ...

      • Carlos Postado em 13/May/2014 às 16:03

        a mulher n..... mas o sexo pode ser um produto

      • rosa Postado em 16/May/2014 às 00:20

        O proprietário bem que podia ter colocado a genitora dele na propaganda, pois alem de fantasiosa ficaria bizarra, e como tem louco pra tudo, o lucro dele poderia ser bem maior, esse BOSTOFILO!!!!

      • junior Postado em 16/May/2014 às 08:47

        virou sim. elas se portão como produto se vendendo. já que elas querem dar que de por dinheiro mesmo.

    • leandro Postado em 13/May/2014 às 17:06

      Não há nada de errado com sexo, a discussão aqui é sobre prostituição, banalização da imagem da mulher como objeto e propaganda pornográfica explícia exibida no meio da rua. Se você é chegado numa "sacanagem", não respeita nada nem ninguém, vá em frente, mas acontece que este outdoor está na rua pra qualquer um ver.

      • Marina Postado em 14/May/2014 às 10:58

        o que as pessoas esquecem é que no bolo do turismo sexual também há crianças.

      • Jonas Postado em 14/May/2014 às 17:19

        verdade leandro... qualquer um ver, e de repente sua filha de 06 anos pergunta... pai o que ela está fazendo???? e vc responde o que??? está jogando com as bolas dele filha... ou... estuda filha, essa é a profissão do futuro... pro inferno! é pra lá que o mundo está se encaminhando a passos largos!

    • JULINHO PLAY Postado em 16/May/2014 às 13:02

      AMIGOS, A QUESTÃO DE PROSTITUIÇÃO, VENDA E SEXO, ETC.. ENTÃO, PQ LEGALIZARAM A PROFISSÃO DE PROSTITUTA??? SEI NÃO VIU... OH POVO HIPOCRITA...

    • Caroline Postado em 17/May/2014 às 03:35

      Como se o sexo q vc compra de uma mulher, e que vc diz que "pode ser um produto", viesse desvinculado da própria mulher em si. Se o dono da boate quer vender "seu produto", deveria era ele ir se prostituir e vender o próprio, err, sexo, ao invés de explorar outras mulheres.

    • brasa Postado em 26/May/2014 às 16:03

      todo estrangero vai pensar q somos todos filho d p

  6. Raíssa Postado em 13/May/2014 às 15:59

    Nada a ver com o assunto, mas é de suma importância para o Brasil: "Ruralistas entram na Justiça contra ‘lista suja’ Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária tenta acabar com cadastro de empregadores flagrados com trabalho escravo" http://www.brasildefato.com.br/node/28486

  7. Leandro Postado em 13/May/2014 às 17:05

    E como ficam as famílias tradicionais e religiosas do Brasil (que alías são maioria)? Como se sente um pai de família passando pela frente de um outdoor destes com seus filhos? Oh! esqueci! Pra os esquerdistas, essa coisa de família e tradição é besteira, o ideal é todo mundo transando numa grande orgia, inclusive sexo entre pais e filhos, como já começa a ser discutido na europa. (Isso mesmo, não é piada, legalização e banalização do incesto). Se tiver gay pelo meio então é que tudo fica melhor.

    • Nikitenko Postado em 14/May/2014 às 11:59

      Uma criança de uma família conservadora não entenderia o que se passa no outdoor.

    • Danilo Postado em 14/May/2014 às 13:10

      nunca vi tanta merda escrita junta. tanta mistura de fatos com interesses sórdidos de quem esta escrevendo, e ainda pre conceito e deturpação de conceitos. Parabéns, você é um idiota.

      • Alexandre Postado em 14/May/2014 às 22:24

        eu já vi, na minha privada.

    • Aline Postado em 14/May/2014 às 15:16

      Comentário mais imbecil e desconexo. É uma propaganda imunda, escrota... Mas não é pelas "familias tradicionais" não, é por objetificar a mulher. Sexo nunca foi errado, mas objetificar mulheres à fim de atrair turistas é nojento. É absurdo!

    • Thamires Postado em 14/May/2014 às 15:36

      Nossa!! Quanta ignorância. Quase fiquei cega só de ler essa barbárie!

  8. jo silva Postado em 13/May/2014 às 20:02

    Que absurdo! Estou enojada com isso! O Ministério Publico não poderia agir? Isso é kncentivo ao turismo sexual !!

    • Nikitenko Postado em 14/May/2014 às 12:00

      É tão incentivador quando o carnaval que ocorre anualmente.

  9. Maria das Gracas Rua Postado em 14/May/2014 às 12:12

    Para os que defendem o outdoor com o argumento de que "sexo é um produto"..., por favor, cedam suas fotos pessoais - e de suas mães, irmãs e filhas - para fazer vários outdoors fazendo sexo oral em um jogador de futebol, afinal...não tem nada errado... todos e todas serão apenas um produto ou parte dele

  10. Depauster Postado em 14/May/2014 às 12:23

    O turismo sexual não seria um problema se a prostituição fosse regularizada. Ela, no Brasil, só não é crime, mas não comporta regra nenhuma. Desse modo, as trabalhadoras e os trabalhadores dessa área podem, e são, explorados. Se fosse regularizada, elas e eles teriam seus direitos trabalhistas garantidos, aí o turismo sexual seria muito bom todos os trabalhadores do sexo, sejam mulheres, homens ou travestis.

  11. Sandro Postado em 14/May/2014 às 13:49

    Ahhhh, mas no carnaval pode tudo!!!

  12. Adriano Postado em 14/May/2014 às 14:26

    É engraçado como, hoje em dia, perde-se facilmente o foco principal das coisas. No Brasil o turismo sexual existe, é muito forte, é de conhecimento mundial e gera milhões e milhões de dolares aos que estão direta ou indiretamente envolvidos. Assim como existe também o preconceito, a violência, a miséria, a marginalidade, a corrupção, a fome, a desigualdade, enfim, uma lista enorme. Não entendo as pessoas debatendo uma propaganda de Outdoor e não debatendo a questão principal: Porque isto existe? Senhores, só se faz propaganda explícita do que existe e do que vende com certa autorização (vistas grossas), do contrário, a propaganda é desnecessária e geraria muito prejuízo. Não temos que crucificar a propaganda e sim a existência das coisas e o porquê existem. Perguntas que considero interessantes: Se o favorecimento a prostituição é crime, porque existem tantos "puteiros" em funcionamento e ninguém consegue fechá-los? A resposta todos nós sabemos, não é? Preciso relacionar aqui que lucra com isto? Para quem interessa mantê-los abertos e para quanta gente vai o dinheiro destes estabelecimento? Seria impossível relacionar mas creio que todos saibam. Quanto em propinas e subornos são pagos para manter os estabelecimentos abertos? Uma fábula! E, ainda assim, sobra o suficiente para deixar o dono do estabelecimento rico. Deixa a porra da propaganda para lá! Combatam o causa e a consequência não existirá. Num país onde a Bruna Surfistinha vira celebridade, escritora e tem sua bela e exemplar carreira relatada em um filme, é ilusão achar que combatendo um Outdoor se combate a exploração do sexo. Quem exaltou e deu tanto "poder" a Surfistinha? Será que foram os clientes dela? Será que foi quem a ajudou a escrever o livro? Será que foi o Diiretor do filme? Não! Foi cada cidadão brasileiro que comprou o livro, que foi assistir ao filme ou que simplesmente compartilhou, mesmo com indignação, algum comentário em redes sociais sobre esta pessoa. O estrelato não existe sem público, mas é este mesmo público que reclama, como está acontecendo aqui (com certeza há muitos aqui que ajudaram na fama da Bruna). Bom... vamos esperar a próxima matéria sobre o "Funk Ostentação", onde está acontecendo o mesmo. O lixo está se tornando "cultura" aqui. Continuemos celebrando todo o lixo que este país possui e ao mesmo tempo criticando, ao invés de simplesmente "virarmos as costas" para este lixo, não alimentá-lo e e deixá-lo "morrer no berço". Hoje há muita gente contra a Copa do Mundo (inclusive eu), porém, reavaliando com sensatez, me considero um cara omisso neste assunto. Admito meu grande erro. Há aproximadamente 7 anos, quando o "papelzinho" mostrou que o Brasil seria sede da Copa de 2014, muita gente comemorou. Penso que as manifestações deveriam ter início naquele momento e não agora. Agora é tarde para reclamar. Estou pegando para mim esta experiência como exemplo para futuras situações não me omitir novamente. Minha sugestão é que todos nós fizéssemos isto. Reajam logo que o mal nascer e não terão do que reclamar no futuro. Minha maior satisfação e sonho neste ano de 2014, seria vver NINGUÉM indo às urnas. Eu não vou. Já estou decidido. Não há no mundo, protesto e oportunidade melhor do que esta para começar a mudar muitas outras coisas erradas, começando por uma legislação muito mais rigorosa para quem caminha às margens da Lei.

  13. Alexandre Luna Postado em 14/May/2014 às 15:30

    O selo é a melhor coisa do mundo, mas pra tudo tem lugar e hora.

  14. Andre Postado em 14/May/2014 às 21:44

    Foge por um instante do homem irado, mas foge sempre do hipócrita. -- Confúcio A hipocrisia é o ato de fingir ter crenças, virtudes, ideias e sentimentos que a pessoa na verdade não as possui. A palavra deriva do latim hypocrisis e do grego hupokrisis ambos significando a representação de um ator, atuação, fingimento (no sentido artístico). Essa palavra passou mais tarde a designar moralmente pessoas que representam que fingem comportamentos. Um exemplo clássico de ato hipócrita é denunciar alguém por realizar alguma ação enquanto realiza a mesma ação. Para o linguista e analista social Noam Chomsky, a hipocrisia, é definida como a recusa de "... aplicar a nós mesmos os mesmos valores que se aplicam a outros", é um dos males da nossa sociedade, que promove a injustiça como guerra e as desigualdades sociais, num quadro de auto-engano, que inclui a noção de que a hipocrisia em si é um comportamento necessário ou benéfico humano e da sociedade. François duc de la Rochefoucauld revelou de maneira mordaz a essência do comportamento hipócrita: "A hipocrisia é a homenagem que o vício presta à virtude". Ou seja, todo hipócrita finge emular comportamentos corretos, virtuosos, socialmente aceitos. Calem-se . olhem para vosso rastro.

  15. Alexandre Postado em 14/May/2014 às 22:23

    Vindo desse indivíduo que tem a ficha mais suja que pau de galinheiro não surpreende, ele é um CAFETÃO de marca maior, se as pessoas quiserem vender sexo que o faça, só não concordo com safados querendo explorar a prostituição de terceiros.

  16. Maria Postado em 15/May/2014 às 11:23

    Fico indignada com este outdoor. No entanto, temos que lembrar que o próprio governo disponibilizou cursos gratuitos de inglês e espanhol para as prostitutas atenderem melhor ao clientes que visitariam o Brasil durante a copa... É o país em que vivemos...

  17. Adelmo Postado em 15/May/2014 às 11:35

    o turismo sexual existe no mundo todo. Acontece que la fora: A prostituicao e legalizada e paga impostos. Aqui se mata se rouba se estupra se escraviza se tortura.Fazem bilhoes com o dinheiro publico. No fim das contas vem com ipocrezia. As .nossas mentes sao lavadas quase que diariamentes com mentiras e promessas. Entao! Pergunto: O que se espera de um pais como este?????

  18. tais Postado em 15/May/2014 às 13:19

    Depois os brasileiros nao sabem , porque so se tem essa ideia do Brasil, " Aqui tudo mundo so quer saber de futebol, o povo e ignorante, os politicos sao corruptos e as mulheres sao putas" Por que sera que os estrangeiros teem esse cliche do brasileiro, ehn???

  19. Talarico Postado em 17/May/2014 às 11:56

    Qual o problema da prostituição ? Faço programa com mulher de marido "tradicional" porque o corno não queria pagar um almoço chique ou vestido e eu tenho grana sobrando. Alias, minha diversão é fazer programas com mulheres casadas, o que tem de chifrudo nesse país não é bolinho.

  20. ELENICE Postado em 19/May/2014 às 19:58

    pessoas do gênero masculino também se prostituem. Quando as pessoas sitam as mulheres parece que querem colocá-las como coitadas. muitas mulheres e homens fazem sexo em troca de dinheiro, e fazem de forma profissional.acredito que a exploração deve ser combatida quando o sujeito é forçado por outros ou pela falta de opção de trabalho, crianças e adolescente, mas se levarmos em consideração que o bolsa família tem amparado a todos que necessitam e tem resolvido os problemas, a nossa presidANTA não precisa se preocupar, principalmente se for na boate do moroni ele disse que as funcionarias chegam a ganhar mais de 8 mil por mês ou programa (não sei bem). se a mulher ou o rapaz se acha bem e satisfeito com a profissão, qual o problema? o patrão que está explorando -os não ser do partido dos trapaceiros? somos explorados e o nosso salário mal dá pra suprir nossas necessidades. Essa estória é lorota! não vai mudar só porque é copa do mundo? Se alguém quiser combater essa prostituição deve começar pelos inocentes.no mais cada qual com seu cada um .

  21. Hellen Marques Postado em 03/Jun/2014 às 19:40

    Deixem de falar o que não sabem... O termo turismo sexual estar TOTALMENTE incorreto. O que existe de fato é a “exploração sexual por meio do turismo”, É necessário que haja uma linguagem adequada para ser debatidos temas/assuntos como esses.

  22. Mr. Jefferson Postado em 13/Aug/2014 às 13:47

    Propaganda irresponsável, a rua não pode ter acesso a essas propagandas, as crianças não estão sendo protegidas. O Brasil faz turismo sexual por causa das condições de educação e se tivesse em uma posição melhor com qualidade de vida, não se renderia a prostituição!!!!!