Redação Pragmatismo
Eleições 2014 02/Dez/2013 às 10:41 COMENTÁRIOS
Eleições 2014

Randolfe Rodrigues vence Luciana Genro e será candidato do PSOL em 2014

Publicado em 02 Dez, 2013 às 10h41

Randolfe Rodrigues será candidato a presidente pelo PSOL em 2014. Senador pelo Amapá venceu ex-deputada Luciana Genro no 4º Congresso Nacional da sigla

randolfe rodrigues psol 2014
Randolfe Rodrigues será candidato a presidente da república pelo PSOL em 2014. O senador venceu as prévias da legenda contra a ex-deputada Luciana Genro (reprodução)

O atual senador do PSOL pelo Amapá, Randolfe Rodrigues, será o candidato do partido à presidência da República em 2014. A decisão foi tomada por maioria entre os delegados que participam do 4º Congresso Nacional da agremiação em Luziânia, Goiás, que está sendo realizado neste final de semana.

[listaposts tipo=”relacionadosportags” titulo=”Leia também” total=”3″ posicao=”direita”]

Randolfe venceu a ex-deputada federal do Rio Grande do Sul, Luciana Genro, outra pré-candidata inscrita. Antes da votação, os delegados, por 201 votos a 186, decidiram aprovar a escolha do candidato à Presidência já no Congresso, evitando levar a disputa para prévias no ano que vem. O senador representa o estado que tem o único prefeito de capital do PSOL, Clecio Luis, de Macapá.

Na noite de abertura do Congresso, sexta (29), Randolfe já havia sido recebido com fortes aplausos ao citar um trecho do hino da Internacional Comunista em sua fala: “paz entre nós e guerra aos inimigos”. O parlamentar ressaltou na ocasião que o partido precisa trabalhar para aumentar a sua bancada no Congresso Nacional. “A nossa bancada na Câmara é de longe a melhor. São três deputados, mas que valem por 30, 60 e até por 100 deputados. Quando ampliarmos essa nossa bancada, imaginem o trabalho que vamos dar ao agronegócio, aos ruralistas e aos grandes empresários.”

Ainda na tarde de hoje serão eleitos os membros da nova direção nacional do partido. Durante o Congresso, foi aprovada resolução que assegura 50% de vagas na direção partidária para mulheres.

com Agências

Recomendações

COMENTÁRIOS