Redação Pragmatismo
Eleições 2014 17/Dez/2013 às 19:16 COMENTÁRIOS
Eleições 2014

Pensando em 2014, Joaquim Barbosa quer contratar agências de publicidade

Publicado em 17 Dez, 2013 às 19h16

Pensando em 2014, Joaquim Barbosa coloca em pauta uma proposta inacreditável: contratar agências de publicidade para divulgar atividades do Judiciário e até criar uma rede nacional de rádio

Nesta terça-feira, na última sessão do Conselho Nacional de Justiça em 2013, ou seja, no apagar das luzes desse exercício, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, colocará em pauta uma proposta inacreditável.

[listaposts tipo=”relacionadosportags” titulo=”Leia também” total=”5″ posicao=”direita”]

Ele quer contratar agências de publicidade para divulgar as atividades do Poder Judiciário e até criar uma rede nacional de rádio. Como o próprio Barbosa é um potencial candidato à presidência da República e tem até março para decidir se concorre ou não na disputa de 2014, ele poderá ter recursos para se promover ainda mais – além do que já fez na condução da Ação Penal 470.

Como relator do chamado “mensalão”, Barbosa liderou a condenação de um ex-presidente da Câmara dos Deputados, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), em razão de um suposto peculato num contrato de publicidade da casa. Barbosa considerou como desvios valores que foram pagos por veículos como Globo, Abril e Folha de S. Paulo à agência de publicidade SMPB – uma prática normal do mercado publicitário por anúncios que, efetivamente, foram veiculados. Recentemente, João Paulo Cunha desafiou publicamente o presidente do STF a apontar onde houve o peculato (leia mais aqui).

A proposta de Joaquim Barbosa é surreal. O Poder Judiciário brasileiro busca recursos para divulgar, sem a fixação de um teto, suas atividades, numa iniciativa liderada pelo presidente do STF. Uma atitude típica de quem se comporta como político – e não como juiz.

Leia mais aqui o documento que Barbosa leva hoje ao CNJ.

Brasil 247

Comentários

  1. renato Postado em 17/Dez/2013 às 22:38

    Então ele não sabe que existe a voz do Brasil. A TV Justiça, O site da Justiça, o correio amigo da Justiça. O Diário Oficial.O Ministério da Justiça, a Policia da Justiça, etc...e tais. MAS....para que tudo isto se a JUSTIÇA, não funciona...

  2. Junnyperos Postado em 18/Dez/2013 às 07:17

    não posso afirmar com certeza, mas talvez essa seja uma transição de juiz para politico inedita no país. estaria ele sugerindo uma nova forma de poder?

    • Leon Postado em 20/Dez/2013 às 09:43

      é tipo Juiz Dredd

  3. luiz carlos ubaldo Postado em 18/Dez/2013 às 07:34

    Plano B da direita sendo colocado em platica, como a candidatura de Aébrio Never não decola, Marininha é só vento que passa, não restou outra alternativa a não ser a do serviçal da elite começar uma cruzada país a fora, Feliciano de vice e teremos uma chapa puro sangue azul, o meu sangue só teram, quando estiver morto!

  4. Ibanez Postado em 18/Dez/2013 às 09:30

    Este senhor é intocavel por acaso? A OAB e a associação dos magistrados já entraram com ações contra ele, e ai deu em que?E os outros ministros do STF também não agem contra as arbritariedades deste "coronel"?! As vezes tenho a impressão que a democracia no Brasil vai entrar em colapso e o país vai "implodir!"

  5. Valdumiro Galindo Postado em 18/Dez/2013 às 10:10

    Quanto a políticos se encontrarem vamos deixar de radicalismo porque é legítimo em democracias. Quanto a Joaquim Barbosa é necessário cortar as asas desse cidadão antes que seja tarde demais. Ele é um PERIGO para a justiça brasileira, porque sem escrúpulos, arbitrário, pedante, mentiroso, etc.

  6. Eduardo Abreu Postado em 18/Dez/2013 às 11:15

    até quem foi o maior presidente que o Brasil já teve, errou. Se indicar esse moço para este cargo fosse considerado improbidade administrativa, Lula deveria ser preso sem julgamento.

  7. wesley Postado em 18/Dez/2013 às 12:57

    "Recentemente, João Paulo Cunha desafiou publicamente o presidente do STF a apontar onde houve o peculato (leia mais aqui)." Está sem o link!

  8. Pedro L. Postado em 18/Dez/2013 às 16:34

    Pegue corrupção,adicione tirania e salpique propaganda...Deixe de 3 a 12 meses no forno e você terá um fascismo pronto para uso imediato.

  9. Alexandre Lopes Postado em 18/Dez/2013 às 22:55

    Não contraditem o Joaquim Barbosa !!! Todos os acertos morais concebíveis estão no âmbito de sua personalidade , somente em sua personalidade, nada fora dela . Ele é praticamente o Mussolini do judiciário !!

  10. Frederico Postado em 06/Jan/2014 às 19:42

    Se ele já quer chegar lá no Top of the Top é porque já não tá mais pensando como Juiz já tem um tempo. Digo e repito: ele não é infalível nem indiscutível! Ele é um sujeito como qualquer um e nós, com boas e más índoles na mesma medida. Se chegar ao topo do País, vai fazer mais ações irrelevantes do que relevantes, como boa parte dos nossos Governantes já fez e ainda faz, por isso questiono sua chegada ao poder, caso ocorra. Fortíssimo candidato à Titanic no poder.

  11. Taiguara Postado em 07/Mar/2014 às 14:11

    Essa matéria é tendenciosa. Faz crer que agências serão criadas para promoção individual do ministro Joaquim Barbosa. Que ruim isso..