Redação Pragmatismo
Eleições 2014 09/Dez/2013 às 18:38 COMENTÁRIOS
Eleições 2014

Aécio e Campos são flagrados em restaurante em Ipanema

Publicado em 09 Dez, 2013 às 18h38

Governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e o senador mineiro Aécio Neves (PSDB), ambos pré-candidatos à Presidência da República, encontraram-se para um jantar neste domingo

aécio neves eduardo campos ipanema
Aécio Neves e Eduardo Campos deixam o restaurante Gero, em Ipanema, no Rio de Janeiro (Foto: Marcos Pinto / UOL)

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), jantaram juntos na noite deste domingo (8). Eles foram fotografados no momento em que saíam do restaurante Gero, restaurante do grupo Fasano em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro. As assessorias dos políticos não divulgaram detalhes sobre o encontro.

Nesta segunda-feira (9), Aécio cumpre agenda em Florianópolis. Segundo informações de sua assessoria, há chance de que ele se pronuncie a respeito do jantar com Campos.

[listaposts tipo=”relacionadosportags” titulo=”Leia também” total=”5″ posicao=”direita”]

A assessoria do tucano informou ainda que o encontro não envolveu a participação de terceiros. Já a assessoria do governador pernambucano informou não ter conhecimento da viagem de Campos à capital fluminense.

Ambos são pré-candidatos de seus respectivos partidos à Presidência da República no ano que vem. Segundo pesquisa do Datafolha, divulgada na última terça-feira (3), o senador mineiro aparece em segundo lugar com 19% das intenções de voto, atrás da presidente Dilma Rousseff (47%).

Campos, por sua vez, tem 11% das intenções de voto. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Campos desconversa sobre encontro com Aécio

Eduardo Campos disse que o encontro com Aécio Neves não foi planejado.

“Fui gravar ontem à tarde [domingo] o programa do PSB no Rio de Janeiro, e eu só podia voltar hoje [9] de manhã porque o aeroporto daqui [Recife] está fechando às 23h. Quando terminei [a gravação], próximo do hotel, fui jantar, e lá encontrei Aécio, que tinha ido jantar. E aí sentamos na mesa, conversamos um pouco, tomamos um café”, disse.

Questionado sobre o conteúdo do diálogo, Campos desconversou.

O governador de Pernambuco também classificou como “muito importante” o indicativo do PPS de apoio à sua candidatura em 2014 e disse que o partido deve ajudar na elaboração de seu programa de governo.

Folhapress e UOL Notícias

COMENTÁRIOS