Redação Pragmatismo
Mulheres violadas 27/Nov/2013 às 12:27 COMENTÁRIOS
Mulheres violadas

Projeto de Romário torna crime divulgação de material particular na web

Publicado em 27 Nov, 2013 às 12h27

“Nossa sociedade julga as mulheres como se o sexo denegrisse a honra”, diz Romário

Chocou o país o caso de Júlia Rebeca, a adolescente de 17 anos, que morava no litoral do Piauí e, depois de ter um vídeo íntimo compartilhado pelo celular, caiu em uma profunda depressão e se suicidou.

[listaposts tipo=”relacionadosportags” titulo=”Leia também” total=”4″ posicao=”direita”]

Na última semana, mais uma história veio a público: a da aluna de letras da USP que teve fotos íntimas publicadas no Facebook. Thamiris Mayumi Sato, de 21 anos, denunciou o ex-namorado, um búlgaro de 26 anos, estudante do mesmo curso na USP, por colocar no ar as imagens e ameaçá-la de morte após o fim do namoro.

Casos como esses estão se tornando comuns e adivinhe quem são as principais vítimas? “Nossa sociedade costuma julgar as mulheres. É como se o sexo denegrisse a honra delas”, diz Romário.

O deputado federal apresentou, no último dia 23 de outubro, um projeto de lei que transforma em crime a divulgação indevida de material íntimo. “O criminoso se aproveita da vulnerabilidade gerada pela confiança da pessoa”, diz ele. Romário afirma que o projeto já teve 80% de aprovação da sociedade, e diz o que faria se isso acontecesse com uma de suas quatro filhas: “Procuraria a justiça”.

com Marie Claire

Recomendações

COMENTÁRIOS