Luis Soares
Colunista
Barbárie 07/Ago/2013 às 17:34 COMENTÁRIOS
Barbárie

Ex-chefe de Andréia Pesseghini afirma que ela denunciou colegas

Luis Soares Luis Soares
Publicado em 07 Ago, 2013 às 17h34

Andréia Pesseghini, morta em chacina, havia feito denúncias contra colegas da PM. Ex-chefe afirma que poucos sabiam das denúncias e diz “não estar convencido” de que o menino seja responsável pelas execuções

Andreia Pesseghini PM chacina

Ex-chefe de Andreia Pesseghini, Coronel Wagner Dimas afirma que ela havia feito denúncias contra colegas da PM (Foto: Divulgação)

Em entrevista à rádio Bandeirantes, o coronel Wagner Dimas, comandante do 18º Batalhão da PM, afirmou que a cabo Andréia Regina Pesseghini, morta em chacina na última segunda-feira (5), havia feito denúncias contra colegas policiais por envolvimento com roubo a caixas eletrônicos.

O coronel, que era chefe de Andréia, afirmou à rádio que apenas um grupo muito restrito de oficiais sabia das denúncias feitas por ela. Ele afirma “não estar convencido” da versão da PM de que o filho da oficial, Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13, tenha executado a mãe, o pai, a avó e uma tia-avó.

Dimas também assegurou que a investigação a partir da denúncia feita por Andréia não chegou a nenhuma conclusão, mas que alguns policiais foram transferidos para o setor administrativo ou até para outros batalhões. No entanto, o coronel também relata que sua subordinada nunca havia citado qualquer tipo de ameaça.

Leia também

Questionado sobre o assunto, o delegado Itagiba Franco, titular do Departamento de Homicídio e de Proteção à Pessoa (DHPP) de São Paulo, responsável pela investigação do crime, disse que desconhece essa denúncia. Para o delegado, “não há dúvidas no caso”: a polícia afirma estar convencida de que o adolescente matou a família e depois se suicidou.

com Rádio Bandeirantes

Recomendações

Comentários

  1. renato Postado em 07/Ago/2013 às 18:05

    http://revistaforum.com.br/blog/2013/07/exclusivo-em-entrevista-policiais-revelam-como-agem-os-grupos-de-exterminio-em-sao-paulo/ Tem alguma coisa haver.

  2. Farley Postado em 07/Ago/2013 às 21:20

    Me assuta tanta certeza partindo de um delegado, antes mesmo da conclusão do inquérito policial ou dos laudos da perícia.... A quem interessa tanta celiridade?

  3. Macedo Postado em 07/Ago/2013 às 21:34

    Tentar fazer o moleque de laranja nessa história é a maior cafajestagem que eu já vi em toda minha vida, mais de 48 anos!!!

  4. Nathália Postado em 08/Ago/2013 às 10:50

    Concordo plenamente com você Macedo, é uma das maiores sacanagens que já vi. Com certeza tem muita coisa por trás desse caso, todos estes depoimentos corroborando para o incriminar o menino para mim são pura armação. Se a policia quiser, como vemos neste caso, pode encobrir, apagar, inventar e manipular facilmente as provas e informações. Não sei se saberemos tão cedo, ou algum dia, a verdade mas para mim é pouco provável que seja realmente o menino. Tá difíííícil de engolir essa "estória".

  5. DANIELA Postado em 08/Ago/2013 às 10:51

    LÓGICO QUE FOI VINGANÇA POR ELA TER DEDURADO OS CARA, E AGORA É FÁCIL COLOCAR A CULPA EM QUEM NÃO PODE SE DEFENDER!

  6. marco Postado em 08/Ago/2013 às 13:42

    E Brasil! tanta corrupção, agora mais um indício com tentativa de despistar os verdadeiros culpados. Mas não a nada que esteja encoberto que não seja descoberto.

  7. anderson Postado em 08/Ago/2013 às 16:04

    Temos que investigas em todos as linhas de hipoteses cabíveis e nao cabíveis. Ai tem!

  8. Romulo Postado em 08/Ago/2013 às 21:36

    Bom como pode não ter pólvora na mão do menino?, Ele não se suicidou?, como fez depois de morto tirou as luvas e jogou fora? Realmente uma baita covardia!!!!!!!!!

  9. aguimar Postado em 08/Ago/2013 às 22:06

    Ninguém quer acreditar que foi o menino, mas as evidencias mostradas, principalmente a que ele vai ate a escola "tranquilamente" ' assiste a aula e volta para casa sem ninguém desconfiar de nada...

  10. luiggi Postado em 09/Ago/2013 às 11:01

    A mãe denunciou colegas envolvidos com ROUBO DE CAIXAS ELETRÔNICOS - coisa de quadrilhas bem organizadas que lidam até com dinamite. O pai era sargento da ROTA, uma força especial imersa em todas as formas de truculência, escândalos administrativos e irregularidades. Os dois sabiam demais. Daí aparece a figura do menino, povavelmente condenado a uma vida curta pela doença genética que tinha e então é armado o plano. Os "colegas" que são do lado negro da força vão reunindo detalhes da vida de todos e montam essa presepada - que é grande e enolve gente muito graúda não só da PM uma vez que o delegado já declara o garoto culpado pelas mortes mesmo diante do absurdo de algumas provas. Estudam bem a rotina da família, provavelmente se infiltram na vida do garoto para criar o álibi da página violenta do facebook e todo um universo de games de violência para que o garoto pareça um desequilibrado. Os familiares deveriam ir atrás do amigo de Marcelinho e tirar a limpo a história das declarações que fez sobre o amigo. Elas são perfeitas demais para terem saído da cabeça de um garoto de 13 anos, ainda mais se declarando como o maior amigo do provável assassino. Se mexerem bem neste angu o que não vai faltar são caroços: roubo, assalto a caixas eletrônicos, tráfico de drogas, roubo de cargas, etc, etc. tudo feito sob a proteção de agentes do Estado ou diretamente por eles. E isto, num país civilizado, seria mais do que suficiente para acabar de vez com esta aberração que são as nossas polícias e recomeçar do zero com uma polícia desmilitarizada (PM) e descartelizada (civi).l

  11. Mirna Postado em 09/Ago/2013 às 16:51

    Será a maior vergonha para a PM,seus comandantes e governo estadual de São Paulo,se deixarem isso ficar assim,ninguém vai cair nessa que foi o menino,pelo amor de Deus,ninguém é tão burro assim.Aí Governador,coronéis ,comandantes da PM,vão atras da verdade,não deixem ficar mais desmoralizada do que já esta a PM.

  12. Marcos Postado em 21/Ago/2013 às 15:34

    Foi o menino os próprios colegas confessaram, crianças matam e matam muito, menores no Brasil matam milhares de pessoas por ano e o pior são completamente impunes graças a esquerda.

  13. Hudyson Postado em 22/Ago/2013 às 11:03

    Não retirando o que o Marcos falou sobre tantos menores sair matando... mas cá entre nós... Como o Marcelo Pesseghini ia dar o tiro na própria kbça e colocar a mão para baixo do seu corpo, sendo que é impossível a pessoa se mexer depois de levar tiro na kbça (SISTEMA NERVOSO CENTRAL)??? O que acontece é que como o Macedo falou, estão tentando fazer o moleque de laranja. E quem comanda a investigação é o delegado Itagiba Franco (que para mim é outro safado envolvido nisto)...