Redação Pragmatismo
Dilma Rousseff 22/May/2013 às 11:13 COMENTÁRIOS

Dilma é a 2ª mulher mais poderosa do mundo, aponta Forbes

'Forbes' aponta Dilma Rousseff como a 2ª mulher mais poderosa do mundo. Presidente brasileira ficou atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel. Ranking anual da revista 'Forbes' foi divulgado hoje

dilma mulher mais poderosa do mundo forbes

Dilma é a 2ª mulher mais poderosa do mundo, aponta Forbes

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, é a segunda mulher mais poderosa do mundo, atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel, segundo o ranking anual da revista ‘Forbes’.

Dilma, que ficou na terceira posição por dois anos consecutivos, alcançou o segundo lugar após a saída de Hillary Clinton do posto de secretária de Estado americano, o que fez a ex-primeira dama dos Estados Unidos cair para o quinto lugar. A lista deste ano foi divulgada pela revista nesta quarta-feira (22).

Outra brasileira aparece entre as 20 primeiras da lista da revista americana: a presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, no 18º lugar.

A chanceler alemã Angela Merkel lidera a lista da revista pelo terceiro ano consecutivo.

Depois da presidente brasileira aparecem Melinda Gates – que preside ao lado do marido a Bill and Melinda Gates Foundation -, e a primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama.

Leia também

A presidente argentina Cristina Kirchner caiu 10 posições na lista e aparece na 26ª posição.

Sobre Dilma, a Forbes ressalta que a presidente, com sua “ênfase no empresariado” tem inspirado “uma nova geração de empreendimentos”, apesar de muitos a criticarem por “favorecer políticas de desenvolvimento acima das preocupações humanitárias”.

Confira aqui a lista completa da Forbes

Na metade de seu mandato, Dilma Rousseff tem “a tarefa de levar o país adiante após dois anos com as taxas de crescimento mais lentas em mais de uma década”.

Dilma, primeira mulher presidente do Brasil, ocupava o 95º lugar no ranking da revista há três anos.

A lista anual inclui mulheres influentes na política, negócios, imprensa, entretenimento, tecnologia e organizações sem fins lucrativos, classificadas por “fortuna, presença na mídia e impacto”, segundo a revista.

“A ascensão de marcas pessoais e o esforço de empreendedorismo na lista deste ano de mulheres poderosas são tendências excitantes quando celebramos o 10º ano de publicação da lista”, disse Moira Forbes, presidente e editora da ForbesWoman.

“De Cingapura a Arábia Saudita, do Reino Unido aos Estado Unidos – e além -, as 100 mulheres mais influentes em nossa lista têm um impacto indelével e duradouro no mundo em que vivemos”, completou.

Merkel foi considerada a mulher mais poderosa em oito dos 10 anos da lista.

Entre as empresárias da lista estão a CEO da Hewlett-Packard Meg Whitman (No. 15) – que está na capa da revista -, assim como uma das principais diretoras do Facebook, Sheryl Sandberg (No. 6), e a CEO do Yahoo! Marissa Mayer (No. 32).

A lista da Forbes conta com representantes de 26 nacionalidades, mas com um claro domínio americano.

A mais jovem do ranking continua sendo a cantora americana Lady Gaga (27 anos, 45ª) e a mais velha a rainha Elizabeth II da Inglaterra (87 anos, 40ª).

France Press

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários

  1. dinio Postado em 22/May/2013 às 12:15

    Chupa AAAAAAAAAAAÉÉÉÉÉÉÉÉÉCIO , com teu discurso chorão, decadente, derrotista, velho, bêbado, sem histórico, querendo bancar o novo, com o velho discurso de salvador. Isso não é pesquisa do PIG.

  2. César Postado em 22/May/2013 às 14:41

    Acho engraçado a Forbes também não publicar os países com maior índice de corrupção, quais são os mandatos com maiores e menores e as punições.

  3. Victor Senna Postado em 22/May/2013 às 16:24

    Que que Aécio tem a ver com isso?!

  4. Matheus Machado Postado em 23/May/2013 às 15:14

    Dinio, ao invés de usar apenas argumentos ad hominem, procure se informar melhor. Não banque o imbecil ignorante, se fazendo de esquerdista bam bam bam. A matéria em momento algum ao Áecio Neves. Ser poderoso não significa ser bom político muito menos uma boa pessoa. Lênin e Stalin mandaram um abraço. Não vou tentar argumentar com pseudo-socialistas, pois esse site carrega esse adjetivo nas costas, assim como os seus seguidores. Matéria exaltando Dilminha bang bang, bolsa-família, atacando qualquer tipo de imprensa, artista ou pessoa que vá contra os ideais esquerdistas é o que não falta aqui.

  5. JOÃO ARAÚJO Postado em 10/Jul/2013 às 12:36

    Matheus, deverias te orgulhar porque é a Presidente do teu país que é a segunda mulher mais poderosa do planeta. Quem considera isto é uma revista americana de extrema direita. Para considerar Dilma como influente, uma mulher com ideologia socialista é porque a mulher não é fraca! E outra: ser socialista não é crime para pejorares de modo como fazes.

  6. Jailson do Recife Postado em 13/Aug/2013 às 19:31

    Sou brasileiro e reconheço que ela foi eleita democraticamente, mas não tenho orgulho de uma governante que fracassou na administração, que protege as safadezas do ex presidente Lula e sua gang, além de impedir a CPI da copa. Votei no PT, por que pensei como a maioria do povo brasileiro, exigindo mudanças, mas a única mudança que aconteceu vou na legenda e nomes, saiu o PSDB e entrou o PT. Na verdade os petista são mais safados e corruptos que os tucanos. Perderam a chance de desenvolver uma política séria, voltada aos anseios da população e ficarem marcados como grandes governantes da história política do país.