Luis Soares
Colunista
Eleições 2014 18/Abr/2013 às 12:20 COMENTÁRIOS
Eleições 2014

Ciro Gomes detona Eduardo Campos e defende reeleição de Dilma

Luis Soares Luis Soares
Publicado em 18 Abr, 2013 às 12h20

Ciro Gomes critica linha de campanha de Eduardo Campos à presidência em 2014: “Está bom mas podemos fazer melhor? Isso é conversa de marqueteiro. O Brasil precisa de debate profundo de ideias”; ao lado do irmão Cid, Ciro defende o apoio do partido à reeleição de Dilma

ciro gomes eduardo campos 2014

Ciro Gomes (esq.) e Eduardo Campos, possível candidato do PSB para a Presidência da República em 2014 (Foto: aBr)

Considerado como inimigo íntimo de Eduardo Campos dentro do PSB, o ex-ministro Ciro Gomes voltou a se posicionar contra a possível candidatura presidencial do governador de Pernambuco em 2014.

“Se meu partido tiver candidato, depois que fizer minhas ponderações, vou acompanhar. Mas vou fazer uma discussão dizendo que a candidatura é inoportuna”, disse.

O ex-ministro critica ainda o tom de campanha que Campos tem adotado. “Está bom mas podemos fazer melhor? Isso é conversa de marqueteiro. O Brasil precisa de debate profundo de ideias”, disse, segundo a Folha. « O Governador faz um discurso também reacionário quando vai conversar com empresários reacionários de São Paulo. Vamos disputar com a Dilma pela direita?”, completa.

Ao lado do irmão Cid, governador do Ceará, ele defende o apoio do PSB à reeleição de Dilma Rousseff. “Qual a explicação para mudar de posição agora?”, questiona.

Em meio a esta disputa interna, o PT e a presidente Dilma estariam trabalhando para evitar que o PSB apoie de forma fechada uma eventual candidatura do governador pernambucano, lançando o senador Eunício Miranda (PMDB-CE) como candidato.

Leia também

De acordo com a colunista da Folha de São Paulo, Mônica Bergamo, a presidente Dilma estaria negociando a construção de um palanque único no Ceará, juntando o PT e o PSB sob o mesmo guarda-chuva. Pelo arranjo que estaria em curso, Cid Gomes sairia candidato ao Senado, enquanto o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) seria o candidato ao Governo do Estado. O vice seria indicado pelo Partido dos Trabalhadores. O único porém a esta solução estaria na petista Luizianne Lins. A ex-prefeita tem nos irmão Gomes seus principais desafetos políticos, desde os tempos em que era prefeita da capital.

Brasil 247

COMENTÁRIOS