Pragmatismo Político (P)
Política 02/Ago/2011 às 22:38 COMENTÁRIOS
Política

Todos os vereadores do PT votaram contra Dia do Orgulho Hétero

Pragmatismo Político (P) Pragmatismo Político (P)
Publicado em 02 Ago, 2011 às 22h38
PT registra voto contrário ao projeto que cria Dia do Orgulho Hétero. Confira a lista completa dos votos.

Em nome dos 11 vereadores do partido, o líder da Bancada do PT, Ítalo Cardoso, registrou o voto contrário de todos em relação ao projeto (PL 294/05) que cria o Dia do Orgulho Heterossexual, aprovado hoje na Câmara Municipal.

A proposta, de autoria do vereador Carlos Apolinário (DEM), depende ainda da sanção do prefeito Gilberto Kassab para virar lei. Pelo texto do projeto, a data será comemorada todo terceiro domingo do mês de dezembro.

Leia mais:
Casal de militares gays responde à Jair Bolsonaro
Homossexuais e Nordestinos são os grupos mais atacados no Twitter
Rede Globo volta para o armário e veta cenas gays em novela
Juíza Sônia Moroso é a primeira magistrada a casar-se com outra mulher no Brasil 
Magno Malta defende a ‘entidade família’, mas a sua está atolada em corrupção

O autor, que é evangélico, alega que a proposta é para combater excessos e privilégios em relação aos gays, como a realizada da Parada LGBT na Avenida Paulista, enquanto a Marcha para Jesus não pode ser realizada ali.

Carlos Apolinário (DEM): autor do projeto pelo Orgulho Hétero

“Não sei no que esse projeto ajuda. A Parada LGBT não é privilégio. A culpa de a Marcha ter sido transferida da Avenida Paulista não é culpa dos gays nem responsabilidade dos gays”, afirmou Ítalo Cardoso.

Antes da votação, o líder do PT exibiu aos vereadores uma reportagem da TV Globo sobre o pai que foi agredido em uma festa no interior de São Paulo apenas porque estava abraçado ao filho. Os agressores confundiram os dois com um casal gay.

Informação: PT na Câmara de SP

COMENTÁRIOS