Redação Pragmatismo
Compartilhar
Europa 29/Jun/2016 às 17:11
2
Comentários

Refugiado sírio encontra 150 mil euros na Alemanha e devolve dinheiro

Alemanha: refugiado sírio encontra 150 mil euros e devolve dinheiro às autoridades. O jovem de 25 anos disse que “não pensou duas vezes” antes de devolver o dinheiro, que foi entregue a um funcionário do Departamento de Imigração da região

refugiado sírio alemanha euros
Refugiado sírio devolve 150 mil Euros

Um refugiado sírio de 25 anos encontrou 150 mil euros em um armário que ele ganhou de uma organização de caridade e devolveu a quantia às autoridades locais em Minden, na Alemanha.

O refugiado, identificado como Muhannad M., chegou ao país no fim do ano passado.

O jovem disse que “não pensou duas vezes” antes de devolver o dinheiro, que foi entregue a um funcionário do Departamento de Imigração da região.

Após o episódio, o jovem virou uma espécie de herói local. “É um exemplo para todos”, disse um agente de segurança.

O refugiado disse que quer permanecer na Alemanha, onde estuda, e trazer sua família.

Segundo a Polícia de Minden, ele achou 50 mil euros em dinheiro e o restante em cheques escondidos embaixo de um fundo falso do móvel.

De acordo com as autoridades locais, apesar de ser comum que pequenas quantidades de dinheiro sejam devolvidas, “a devolução de tanto dinheiro é uma exceção absoluta”.

A Polícia local agora investiga a origem do dinheiro.

ANSA

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 29/Jun/2016 às 22:29

    Um grande exemplo de honestidade. Em cada canto do globo existem pessoas desse tipo. Você tem que ser honesto consigo mesmo e depois com as demais pessoas, 2 tipos de honestidades. Normalmente as pessoas são honestas para as outras e esquecem de si. Por exemplo, se ele não fosse honesto consigo mesmo ele teria surrupiado um pouco e ninguém daria falta, porém ele pensou na família, em suas convicções (religiosas, éticas etc). Assim como existem bandidos em qualquer lugar, existem tais pessoas. E sua recompensa é alguém que decide criminalizar um povo por causa de uma minoria, um país xenófobo, pessoas te autointitulando de terrorista e um "own". Que isto sirva de exemplo. Radicalismo não só existe no Oriente Médio. Aqui mesmo no Brasil um radical está sendo penalizado por todas as atrocidades que fez (adivinhem de quem estou falando)

    • eu daqui Postado em 30/Jun/2016 às 13:39

      Ainda faltam muitos radicais daqui serem penalizados.