Redação Pragmatismo
Compartilhar
Lula 10/Mar/2016 às 14:55
7
Comentários

O que impediu Sergio Moro de levar Lula a Curitiba?

Polícia da Aeronáutica impediu o plano inicial da Lava Jato (PF, MPF, Moro) de levar Lula a Curitiba na última sexta-feira – onde deputados de oposição, incluindo Jair Bolsonaro e Fernando Francischini, já estariam comemorando e esperando a chegada do ex-presidente

Lula congonhas polícia aeronáutica Moro
(Imagem: O ex-presidente Lula, na última sexta-feira, 4 de março)

O plano de levar Lula a Curitiba Lula poderia ter acabado em tragédia. Cem soldados da Polícia da Aeronáutica cercaram o jatinho que levaria o ex-presidente ao Paraná. A equipe da lava-jato desiste do plano A

O que teria, de fato, atrapalhado os planos de levarem o ex-presidente Lula para Curitiba é umas das questões mais levantadas após a última tentativa da equipe de Moro.

Aeroporto de Congonhas, sexta-feira, 04 de março, cedo da manhã.

Soldados da Polícia da Aeronáutica estranham a movimentação de outros policiais armados.

Bloqueiam a entrada e não deixam eles entrarem no aeroporto. Não teriam reconhecido a farda que foi usada pela Polícia Federal, que estava fortemente armada.

Um dos soldados avisa ao coronel o que está ocorrendo.

O coronel fica furioso.

O reforço é chamado. Em poucos minutos a polícia da aeronáutica está preparada com centenas de homens para, se preciso for, confrontar os policias da PF.

A confusão é enorme, então descobre-se que o ex-presidente estava sendo conduzido. Neste momento, o coronel assume o comando do aeroporto e dá ordens para que cem homens da Polícia da Aeronáutica cerquem o jatinho que, segundo lhe informaram, levaria o ex-presidente Lula para Curitiba.

Mais tensão.

Sabe-se então que Lula está na sala da PF para interrogatório. Neste instante é aventada a decisão de invadir a sala para resgatar o ex-presidente. Há uma negociação, mas o coronel, que segundo consta é legalista, teria perguntado: “O que vocês pensam que estão fazendo com um ex-presidente?”.

Em meio a isso, o ex-deputado, professor Luisinho já estaria protestando contra a detenção de Lula e há uma baderna enorme defronte a sala da PF. Manifestantes contra Lula entram em êxtase.

Desmentidos surgem, mas o coronel do aeroporto não dá sinais de recuar. A PA permanece a postos, pronta para qualquer tentativa de condução de Lula.

A equipe da lava-jato desiste do plano A, que seria levar Lula à Curitiba – onde deputados de oposição já estariam comemorando.

(Ver abaixo. Curiosamente, o deputado Jair Bolsonaro e o seu filho já estavam em Curitiba na manhã de 4 de março na frente da Polícia Federal a espera de Lula):

Além disso, decidem reduzir o tempo do interrogatório, que era pra ser bem mais longo e, consequentemente, mais cansativo ao ex-presidente.

A Polícia da Aeronáutica, sob o comando do coronel, não arreda pé.

Diante do impasse, o juiz Sergio Moro teria dado ordens para abortar a operação.

O ex-presidente Lula é libertado.

A operação fracassou.

Quem forneceu essas informações, relatou tudo isso, exatamente desta forma.

Provavelmente quem esteve no local, naquela fatídica manhã de sexta-feira, possa ter visto parte desse impasse.

Sobre a veracidade desta versão, cabem duas questões:

De fato aconteceu desta maneira, a partir da ótica do narrador.

Ou, como disse a personagem do filme “Cortina de Fumaça”, Paul Benjamin, interpretado por William Hurt, após ouvir a história de natal de Auggie Wren (Harvey Keitel):

“Para se contar uma boa história tem-se que saber apertar as teclas certas. E nisso, você é mestre”.

Quando o narrador dessa história terminou de contar, me disse: “Podia ter acontecido uma tragédia. Foi muito tenso”.

A mim coube apenas a fidelidade do relato sem o uso de qualquer recurso literário.

Jari Mauricio da Rocha, Carta Maior

(Adendo)

Leitores enviaram a Pragmatismo Político um comentário do jornalista Leandro Fortes acerca do conteúdo abordado nesta publicação. Consideramos que as ponderações são pertinentes e reproduzimos, integralmente, abaixo.

Eu desconfio muito dessa história de que a Polícia da Aeronáutica, sob o comando de um coronel legalista, tenha frustrado os planos do juiz Sérgio Moro de levar o ex-presidente Lula para Curitiba.

A FAB é um ambiente incrivelmente reacionário, onde o antipetismo patológico substituiu o anticomunismo da Guerra Fria graças a um processo de envenenamento ideológico levado a cabo por várias gerações de oficiais.

Recentemente, um vídeo divulgado nas redes sociais mostrou alunos da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar) entoando uma ode à tortura enquanto faziam exercícios físicos.

Meninos com idades entre 15 e 18 anos.

Mas, se for mesmo verdade, se tiver havido um coronel que impediu um ex-presidente de ser aprisionado de forma arbitrária, a FAB terá honrado a história de dois de seus maiores heróis: os capitães Alfredo Daudt e Sérgio Ribeiro de Carvalho, o Sérgio Macaco.

O capitão Daudt foi um dos oficiais que impediram a decolagem dos jatos da FAB que bombardeariam o Palácio Piratini, em Porto Alegre, na Campanha da Legalidade, em 1961.

Ele e alguns companheiros furaram os pneus das aeronaves que pretendiam matar o então governador do estado, Leonel Brizola.

O capitão Sérgio Macaco, oficial do grupo de salvamento da FAB, o Parasar, recusou-se a cumprir as ordens de um psicopata, o brigadeiro João Paulo Burnier, de explodir o gasômetro do Rio de Janeiro, em 1968.

Burnier, apontado como um dos mais sádicos torturadores da ditadura, pretendia colocar a culpa das mortes – estimadas em 100 mil pessoas – nos comunistas.

Mas não se enganem.

Daudt e Sérgio Macaco são heróis do Brasil, mas não são reverenciados na FAB.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Alan Kevedo Postado em 10/Mar/2016 às 15:29

    COM A MISCIGENAÇÃO POLÍTICO-RELIGIOSA, O BRASIL TÁ QUE BRINCA DE ROLETA-RUSSA, PODE?

    • Alexandre Postado em 15/Apr/2016 às 11:51

      Hein?

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 10/Mar/2016 às 17:17

    O que significa os Bolsonaros esperando em Curitiba já com os foguetes prontos pra estourar na chegada de Lula preso? Será que tem relação com a ejaculação precoce do jornalista lá da Época as 2 da manhã, todo faceiro, que feito um adolescente apaixonado de 14 anos não conseguiu segurar a novidade e "precisava extravasar e contar pra alguem na redissossiau"? É tudo uma grande piada, uma patranha das mais cínicas e descaradas que o povo brasileiro já assistiu. Se a história da PA for verdadeira, que bom que alguém teve culhão pra fazer o que é certo e botar freio, mesmo que momentaneo, nesse trem descarrilhado da LJ.

  3. Onda Vermelha Postado em 10/Mar/2016 às 18:31

    Será mesmo Naro Solbo(ou Bolsonaro ao invertido)? Ao que parece "seu ídolo" ( e a trupe aí de cima) chegou na quinta-feira noite da semana passado em Curitiba, véspera do fatídico "dia festivo". Ao que parece a data do "sequestro do Lula" não vazou "somente" para os repórteres da Globo e da Folha. Eles inclusive fizeram um minicomicio no aeroporto de cidade….Tem dezenas de vídeos no YouTube que comprovam isso. Quem acredita em coincidência? Postei um deles com 36 minutos de duração. Foi um show fascista que contou também com a presença do ex-lutador Wanderlei Silva, um "troglodita" já bastante conhecido por postar ofensas a Lula nas redes sociais, e já nomeado “ministro de direitos humanos” do "futuro governo" do Bolsomito. Alerto que as cenas são deprimentes. Não recomendado para quem ter horror a fascista! A máscara e mística da Operação Lava-Jato caiu! Só não vê quem não quer…https://www.youtube.com/watch?v=LpD_m1j75uM

  4. Alex Postado em 10/Mar/2016 às 21:13

    Dá nojo ver esses vermes da política, ele Francischini é responsável pelo massacre de professores no ano passado aqui no PR e Bolsonaro é o verdadeiro demônio.

  5. enganado Postado em 11/Mar/2016 às 02:16

    Não confio nos militares do BRASIL, são TODOS ""americanizados"" e se fossem PATRIOTAS jamais se venderiam aos dólares dos EUA para darem o Golpe de 1964. O BRASIL não vai ao caso! Os Patriotas como PHA/LULA/Mino Carta/Jandira/ eu=enganado/ ... vamos pra vala, não se enganem, essa Direita mata sempre seus desafetos, esse foi um motivos que o Bigode não se rendeu, pois sabia muito bem com quem estava lidando, já naquela época! Rasgaram (DIREITA) a Prostituição do BRASIL, fizeram dela um GIBI. Será que ALGUÉM vai tomar providências? Com a palavra os guardiões da PROStituilção.

  6. Rodrigo Postado em 11/Mar/2016 às 16:27

    (Outro Rodrigo) E aí, é fanfic ou não?