Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 12/Jan/2016 às 18:19
11
Comentários

Valor corrigido de propina recebida pelo governo FHC é de R$ 1 bilhão

lava jato propina fhc cervero
Imagem: Pragmatismo Político

O ex-diretor da área Internacional da Petrobras e um dos primeiros delatores da Operação Lava Jato, Nestor Cerveró, disse que uma das negociações envolveu uma propina de US$ 100 milhões ao governo tucano de Fernando Henrique Cardoso (1995-2003). As informações são parte de um resumo do depoimento que Cerveró prestou ao MPF antes de fechar seu acordo de delação premiada. Só vieram à tona com o mandado de busca e apreensão no gabinete do senador Delcídio Amaral (PT-MS), no dia 25 de novembro – entre os documentos, estava esse resumo.

O acordo de delação premiada de Cerveró com os procuradores foi acertado no dia 18 de novembro, a nível de última instância, nas investigações que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) para os detentores de foro privilegiado, e não com a equipe do juiz de primeira instância do Paraná, Sergio Moro.

O vazamento de que a venda da petrolífera Pérez Companc envolveu propina ao governo FHC de US$ 100 milhões, o equivalente a R$ 1,033 bilhão em valores atualizados, ocorreu somente após a apreensão de investigadores no gabinete do senador petista Delcídio Amaral, ex-líder do governo no Senado. Á época, suspeitava-se que o parlamentar estava tentando impedir o acordo de Cerveró, obstruindo investigações e com o oferecimento de dinheiro para a família do ex-diretor da estatal. Delcídio continua detido em Brasília.

O documento ainda inclui o envolvimento de Oscar Vicente, principal operador do ex-presidente argentino Carlos Menem (1989-1999), que teria se beneficiado com US$ 6 milhões.

A venda da Pérez Companc envolveu uma propina ao Governo FHC de US$ 100 milhões, conforme informações dos diretores da Pérez Companc e de Oscar Vicente, principal operador de Menem e, durante os primeiros anos de nossa gestão, permaneceu como diretor da Petrobrás na Argentina”, disse Cerveró.

Cada diretor da Perez Compancq recebeu 1 milhão de dólares como prêmio pela venda da empresa e Oscar Vicente 6 milhões. Nos juntamos a Perez Compancq com a Petrobras Argentina e criamos a PESA (Petrobras Energia S/A) na Argentina”, contou o ex-diretor já condenado na Lava Jato.

De fato, a estatal sob o comando do presidente Francisco Gros comprou 58,62% das ações da Pérez Companc e 47,1% da Fundação Pérez Companc, em outubro de 2002, representando um total de US$ 1,027 bilhão de remessa para a então maior empresa petrolífera independente da América Latina.

Em fevereiro do último ano, Fernando Henrique Cardoso disse que a corrupção da Petrobras começou com o PT. “Trata-se de um processo sistemático que envolve os governos da presidente Dilma (que ademais foi presidente do Conselho de Administração da empresa e ministra de Minas e Energia) e do ex-presidente Lula. Foram eles ou seus representantes na Petrobras que nomearam os diretores da empresa ora acusados de, em conluio com empreiteiras e, no caso do PT, com o tesoureiro do partido, de desviar recursos em benefício próprio ou para cofres partidários”, havia afirmado.

Agora, FHC defendeu que declarações “vagas como essa, que se referem genericamente a um período no qual eu era presidente e a um ex-presidente da Petrobrás já falecido (Francisco Gros), sem especificar pessoas envolvidas, servem apenas para confundir e não trazem elementos que permitam verificação”.

Jornal GGN

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. enganado Postado em 12/Jan/2016 às 22:59

    Não é segredo pra NINGUÉM que o ""maior larápio"" da História do BRASIL, não poderia ser menos que o FHC=Corno da Amante, aliás quem é amiguinhos dos Anglo-Sionistas=Semitas, não podia ser outra coisa, senão ___ """L A D R Ã O'""" ___ . Esses Anglo-Sionistas só sobrevivem de achaques. Exemplos é que não faltam: UE/CCG/OTAN/ÁSIA/A. Latina/ ... et cetera. Enfim com essa o juizeco MORO não está só desmoralizado e também como fez com toda pinta de levar muita grana como no julgamento do BANESTADO=132 bilhões de DÓLARES, cujo inquérito __ "Não deu em NADA""__, ou seja, tá na cara que muita muita muita muita muita muita muita grana, isto fora como advogado do prefeito de Londrina que roubou 2bi e também saiu VENCEDOR. E agora o que será que fará com o PATRÃO=FHC? Caro Sr. REQUIÃO a bola é sua, por favor sem perdão!

    • vinicius Postado em 13/Jan/2016 às 11:33

      Serveró tambem delatou Dilma e Lula sabia?

      • enganado Postado em 13/Jan/2016 às 18:48

        Onde estão as provas? Nos cofres da gRoubo? Publiquem?!? Vamos! É só discurso? Ou será que os dois que NÃO tem contas no exterior/apartamentos/quintas estão escondendo a grana em contas no Bco. do BRASIL? Olha fico tranquilo porque o agente japonês da PF_DB ainda descobriu NADA, porque é mais um factoide da Direita. E a revista "O Esgoto" ainda não inventou NADA e esse respeito, pois tá difícil acreditar em VC.

  2. Joao Postado em 13/Jan/2016 às 09:17

    Assim é bom , verborragia , faça como o Rodrigo . Resuma emocionalmente a complexidade dos fatos em duas linhas e poupe o tempo do leitor.

    • enganado Postado em 13/Jan/2016 às 18:51

      Caro Joao, qdo descobrem mais roubalheira do ídolo=FHC, os coxinha ficam desesperados querendo tirarem as calças pela cabeça. Normal!

  3. Eduardo Ribeiro Postado em 13/Jan/2016 às 10:46

    "hiperinflação"....esse sabe bem do que tá falando....esse manja....falar de "hiperinflação" hoje é ridículo...é acender um fósforo e sair contando pra todo mundo que detonou a Tsar Bomba...vai estudar..

    • vinicius Postado em 13/Jan/2016 às 11:35

      Vai fazer compras no supermercado com a mesma quantia de dinheiro uma vez por mês que você vai conhecer essa hiperinflação que ele está falando

    • vinicius Postado em 13/Jan/2016 às 11:37

      Sabiam que Cerveró também Delatou Lula e Dilma? oque dizem sobre isso, esquerdalha ?

    • Márcio Ferreira Postado em 13/Jan/2016 às 13:11

      Já que se tocou em hiperinflação, vamos falar um pouco dela. A praga de quem mais a classe média se queixa. Essa gente mal agradecida e despeitada, que só reclama de barriga cheia. Talvez em breve ela volte para a classe debaixo e recupere a simpatia de alguns por aqui que só fazem criticá-la. Muitos já voltaram, mas espero que isso se reverta. Boa parte da crise está nas barbeiragens políticas e econômicas do próprio governo, muitas das quais não é possível atribuir culpa a mais ninguém. E nem assim é capaz de assumir os próprios erros. É cômico assistir como os defensores cegos ficam apenas se queixando da "mídia desonesta" quando o governo age desonestamente na contabilidade das contas públicas, na arrecadação de fundos de campanha, no controle do mercado e da inflação... E por falar em inflação, é sempre um mimimi dos anos 90. Sim, era um inferno e ninguém quer voltar a viver daquele jeito. Mas vamos ser honestos? Vamos ver os fatos? A inflação, em 1994, era descontrolada. Índices oficiais do INPC: 2.741% em 12 meses. IPCA: 2.693% em 12 meses. O PT assumiu o governo com uma inflação de 9,77% de INPC e 7,62 de IPCA!!! CUMÉQUIÉ? SAIU DE 2.700 PARA 7,6???? Isso que em 1999 chegou a 1%. "Aiinn, mas a que preço? Eles quebraram o Brasil!" Veja de novo os índices da inflação! E sim, foi preciso muito arrocho, muito menos do que precisamos fazer agora. O Brasil tem jeito e o governo tem muito trabalho a fazer, principalmente para reverter as burradas que cometeu. E meto o pau porque sempre votei no PT, defendi em discussões familiares e cobrei dos parlamentares que ajudei a eleger ou tive acesso. Sou rigoroso e exigente, mas sou justo, honesto e tenho caráter. Fonte dos índices de inflação: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/precos/inpc_ipca/defaultseriesHist.shtm

    • Eduardo Ribeiro Postado em 13/Jan/2016 às 14:32

      Menino Vinicius...."hiperinflação" é uma palavra que se refere a um contexto extremamente específico. Não é porque aumentou o preço da gasolina que você pode sair falando de "hiperinflação". Estou tentando preservar um pouco do que resta de respeito ao termo, para que não banalize-se palavras que estão atreladas a um cenário de profundo caos, desespero amplo e irrestrito, e terra arrasada. Você quer reclamar de inflação? Ok. Use "baita inflação". Use "puta inflação". Use "inflação alta pra c***". Mas não use "hiperinflação", porque você é MAIS UM que não sabe o que é "hiperinflação".

    • Thiago Teixeira Postado em 14/Jan/2016 às 12:33

      Esse não viveu o plano Cruzado. Sem sabe quem foi José Sarney e suas fiscais donas de casa que acompanhavam a inflação mensal acima de 50%.