Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 20/Feb/2015 às 11:43
9
Comentários

Gays são recebidos por um Papa pela primeira vez na história

Pela primeira vez na história, Papa recebe grupo gay no Vaticano. Francisco convidou 50 católicos homossexuais para participar de uma audiência e de uma cerimônia; no mês passado, pontífice recebeu um transexual

papa francisco gays
Papa Francisco (Imagem: France Press)

O Vaticano fez algo sem precedentes nesta quarta-feira ao dar a um grupo de lésbicas e gays católicos assentos especiais na audiência geral semanal com o papa Francisco. Porém, em um sinal que a recepção não era total, os peregrinos norte-americanos do ministério New Ways foram identificados na lista de assistentes como um “grupo de laicos acompanhados por uma freira de Loreto”. De todo modo, Francisco demonstrou mais uma vez que procura ser um líder religioso com uma postura distinta de seus antecessores.

SAIBA MAIS: Papa Francisco recebe transexual no Vaticano

Os representantes da New Ways se mostraram satisfeitos de terem sido convidados para se sentar à frente da audiência pelo monsenhor Georg Gaenswein, o prefeito da Casa Pontifícia, que entrega os cobiçados bilhetes reservados para as audiências com Francisco.

Durante anos, Gaenswein foi o principal assistente do papa emérito Bento XVI. Quando Bento dirigia a Congregação para a Doutrina da Fé, proibiu permanentemente os fundadores do Ministério New Ways, a freira Jeannine Gramick e o padre Robert Nugent, de celebrar para gays depois de determinar, em 1999, que não eles não haviam absorvido suficientemente os ensinamentos da Igreja sobre o “mal intrínseco” dos atos homossexuais.

Nugent, que morreu no ano passado, obedeceu a diretiva. Gramick, no entanto, continuou seu ministério e mudou para a ordem religiosa Irmãs de Loreto, e na quarta-feira estava presente na audiência. “O papa Francisco me dá esperanças”, disse Gramick à Associated Press. “Para mim, é um exemplo da classe de sacerdotes que procuram dar apoio aos que estão alijados do centro de poder na Igreja.”

O diretor executivo do grupo, Francis DeBernardo, disse que o New Ways já havia tentado sem sucesso obter assentos exclusivos para os seus peregrinos que viajam a Roma.

VEJA TAMBÉM: Papa Francisco vira alvo de fundamentalistas brasileiros

com Associated Press e Fórum

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2015 às 12:03

    Nossa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Os bisnetos (as) da nobreza europeia e Casa Grande Latino Americanas somados com os baba ovos defensores da moral e bons costumes vão cortar os pulsos!!!!!!!

  2. Dalina Postado em 20/Feb/2015 às 12:15

    A esperança.

  3. Marcos Vinicius Postado em 20/Feb/2015 às 12:56

    Sempre esteve aberta? Sei!!

  4. Alvaro Postado em 20/Feb/2015 às 13:12

    ELE É FALSO! MEDIÁTICO! QUEREM QUE EU DIGA MAIS O QUE? CHEQUEM BEM ANTES DE PUBLICAR ALGO SOBRE ELE!! "Papa Francisco compara personas trans con armas nucleares: “No reconocen el orden de la creación”" "“El diseño del Creador está escrito en la naturaleza. (…) Si fracasamos en esta responsabilidad, si no nos ocupamos de nuestros hermanos y de toda la creación, la destrucción avanza», añadió." http://comunicacionpopular.com.ar/papa-francisco-compara-personas-trans-con-armas-nucleares-no-reconocen-el-orden-de-la-creacion/

  5. Robson Pereira Postado em 20/Feb/2015 às 13:14

    Que engraçado Sr Carlos Prado!!!! A Igreja aceita os gays e não aceita que sejam felizes é isso que quis dizer?? Ou seja ,Deus cria seres humanos pra serem infelizes, meio sem sentido não acha....

  6. Mauricio Vieira Postado em 20/Feb/2015 às 13:29

    Jogo: procure a contradição na frase.

  7. ELVIS OLIVEIRA Postado em 20/Feb/2015 às 13:42

    Ai está mais uma atitude digna de elogios ao Papa Francisco, o mesmo vem rompendo os preconceitos que a anos estavam empregados na Igreja Católica, pois em sua história a mesma foi responsável por escravizar índios, vender indulgencias e ate pouco tempo atrás era forte o preconceito contra os homossexuais. Claro que para alguns extremistas essa atitude do Papa não tem relevância nenhuma pois vão querer persistirem no discurso politico e moralista de blá blá blá..... Por fim meus elogios ao Chefe de Estado Francisco é que por mais que todos nos sabemos das doutrinas onde o mesmo é cercado de normas tantos morais como religiosas, ele tem o cunhão de ir e dar espaço para discussões que até então eram vistas com olhar de preconceito e repugnação pela entidade.

  8. Jack Salles Postado em 20/Feb/2015 às 17:12

    O deus cristão diz claramente ( levíticos ) que os gays devem ser assassinados por causa de suas práticas homossexuais ! Os cristãos seguem um deus que manda matar outras pessoas por causa de suas escolhas pessoais ! O deus cristão também diz que a mulher é um ser inferior e deve se manter submissa ao homem . O deus cristão diz que pessoas com deformidades não devem ofertar diante do altar de deus ! O deus cristão ordena que seja assassinado o homem que trabalhar no sábado ! Estas são apenas algumas das muitas insanidades contidas na bíblia --- Pessoas que aceitam esse tipo de coisa e seguem estas aberrações escritas na bíblia são todas doentes mentais !

    • ELVIS OLIVEIRA Postado em 20/Feb/2015 às 19:52

      Antes é preciso esclarecer algumas coisas, a primeira essas citações das quais você utilizou em seu comentário são do Velho testamento, se você as fez o mínimo que voce deve saber é a diferença entre o Velho e o Novo Testamento. Concordo que o Velho Testamento em seu contexto teológico e histórico é carregado de preconceitos e muitas vezes de histórias fictícias teologicamente comprovadas. O que é preciso entender no Velho Testamento é que o mesmo tinha por sua essência o “olho por olho, dente por dente” (Êxodo 21:24). Conta a história da libertação dos povos. Também não comungo com a dinâmica do Velho Testamento, porém o Novo Testamento teologicamente analisado vem para romper com essa ideia de escravidão, preconceitos e ódio; assim você encontrará nos Evangelhos as parábolas falando de amor, paz e fraternidade. Deve-se tomar muito cuidado ao fazer uma crítica desse teor, pois você tem todo direito de não ter crenças, porém chamar as pessoas de doentes mentais acaba sendo preconceito contra quem de fato sofre com problema mental e não faz mal a ninguém estudar um pouco mesmo não tendo crença, pois evita essa defecação verbal que você fez.