Redação Pragmatismo
Compartilhar
Rio de Janeiro 15/Jan/2015 às 12:56
14
Comentários

Mulher é agredida pela PM durante ato contra aumento de tarifas; vídeo flagra tudo

Mulher é jogada no chão e arrastada durante o ato realizado contra o aumento da tarifa do transporte público no RJ. Policiais Militares estavam sem identificação. Vídeo flagrou série de arbitrariedades

passe livre violência rio de janeiro

Brasil de Fato

Divulgado pela ONG Justiça Global na sua rede social, neste final de semana, um vídeo flagrou uma série de arbitrariedades na abordagem da Polícia Militar do Rio de Janeiro, durante o ato realizado contra o aumento da tarifa do transporte público na cidade carioca, na última sexta-feira.

O vídeo é uma gravação do material registrado pelo Coletivo Tatu. Nele uma mulher negra é arrastada e agredida pelos PMs que tentam isola-la na Travessa dos Poetas de Calçadas, entre a Rua Treze de Maio e a Avenida Senador Dantas, no Centro do Rio.

Apesar da tentativa de afasta-la, jornalistas e manifestante acompanharam a ação dos policiais, que estavam sem identificação, e registraram a ação. Jogada no chão, repetidas vezes a mulher gritou “ele quebrou meu braço”, enquanto um dos policiais tentava algema-la.

A mulher foi encaminhada a 17ª Delegacia de Polícia. Não há confirmações sobre sua identificação e seu estado de saúde, mas, segundo a Justiça Global, os advogados do Instituto de Defensores de Direitos Humanos (DDH), da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Coletivo de Advogados do Rio de Janeiro (CDA-RJ) acompanham o caso.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Priscila Postado em 15/Jan/2015 às 14:42

    Cadê aquele povo que justificam atos como este por causa do salário e condições baixas??? O que tem a dizer sobre isso??

  2. Alexandre Luna Postado em 15/Jan/2015 às 15:18

    Para reacionários adeptos da família Bolsonaro é uma "vagabunda" que não gosta de trabalhar. O engraçado é que quando criticam o governo (na cabeça desses desgraçados o PT ainda é de esquerda) eles atribuem os altos impostos ao tamanho da máquina do estado, e quando alguém protesta contra o aumento da tarifa dos ônibus aí a PM trata assim e os reacionários defendem. #hipocrisia

  3. Paulo Rozendo Ferreira Postado em 15/Jan/2015 às 16:26

    Políticos e policiais devem respeitar o povo, porque o povo é a nação, o povo é que faz a folha de pagamento dos estados e municípios, o povo é o patrão de todo o funcionário público, se todo o povo Brasileiro vir a rua não tem policiais que contenha o povo, estão tratando o povo como escravos, se o povo parar de trabalhar cinco dias , o brasil vai passar um ano para consertar. TODO O FUNCIONÁRIO PÚBLICO, FEDERAL ESTADUAL E MUNICIPAL É EMPREGADO DO POVO, pois é o povo que trabalha para si próprio e para pagar ao funcionário público .

  4. Thiago Teixeira Postado em 15/Jan/2015 às 16:57

    Protestos só aumentam a alegria da oposição e audiência dos veículos golpistas de comunicação. Nada mais que isso.

  5. Priscila Postado em 15/Jan/2015 às 17:13

    Não concordo Thiago, protesto é capaz de fazer grandes mudanças, pois resumindo o que o Paulo Rozendo escreveu, o povo é quem manda!

    • Eduardo Postado em 16/Jan/2015 às 09:54

      onde estão os protestos a respeito da negação do congresso de aprovar os conselhos populares.... este é o forum correto para protestar.... não concordo com agressão mas também é notório... entrou numa manifestação que venha quebrar a rotina e a vida da cidade, corre se o risco de acontecer atos como este de parte a parte... a história mostra.

  6. Rodrigo Postado em 15/Jan/2015 às 18:29

    (Outro Rodrigo) Ainda bem que ela não é tucana, né? Aí, sim, ela terá atenção quanto a reclamar pelo necessário e devido respeito à sua integridade física e psíquica.

  7. Jonas Schlesinger Postado em 15/Jan/2015 às 18:37

    E se fosse tucana, caro (outro rodrigo), não estaria sendo defendida por este site. pq aqui, como tbm na veja, há o desejo seletivo que fala mais alto de qq midia brasileira.

  8. luc de vries Postado em 15/Jan/2015 às 20:24

    É a PM de volta ao batente...

  9. Neto Postado em 15/Jan/2015 às 23:12

    Os policiais estavam sem identificação, ou seja, foram com intenção de agredir. Se é que realmente eram policiais. Acredito que tenham sido enviados e não por conta própria. A raiva louca contra negros e pobres tá tomando novas dimensões. Precisamos ficar atentos a isso e preparados para fazer campanha.

  10. poliana Postado em 16/Jan/2015 às 14:37

    Mais uma pra conta desse lixo de corporação! Mas q nada! Eh apenas uma minoria, pragmatismo...

  11. poliana Postado em 16/Jan/2015 às 19:56

    Falou o revoltadinho!!!! Mimimimimimi

    • poliana Postado em 17/Jan/2015 às 01:06

      Mais uma vez...mimimimimimimi

  12. Carlos Postado em 16/Jan/2015 às 20:45

    Pior que é verdade, essa vergonha de governo em países de verdade já tinha caído.