André Falcão
Colunista
Compartilhar
Eleições 2014 04/Sep/2014 às 10:40
13
Comentários

E se Marina Silva ganhar?

marina silva ganhar eleicao

André Falcão*

Ou por outra: E se as duas últimas pesquisas estiverem corretas? ― naturalmente já abstraindo que pesquisas eleitorais retratariam o momento em que são realizadas, além dos conhecidos históricos fracassos de algumas delas, inexplicáveis e surpreendentes, responsáveis por suspeitas eternamente consolidadas no imaginário; abstraindo meu próprio ceticismo.

Mas… e se forem confirmadas?

Nessa hipótese, o cenário não é nada alvissareiro.

Primeiro, porque Marina Silva vai se eleger na qualidade de “hóspede” de um partido político, que apesar de histórico, tem inexpressiva representação no Congresso Nacional, além de integrar coligação eleitoralmente pouco significativa. Não bastasse, o partido apresenta fissuras importantes quanto à aceitação de seu nome. É sabido, além disso, que não se pode governar sem o apoio do legislativo.

Imaginar-se outra coisa é desconhecer o que a história e a ciência política ensinam, ao menos em se tratando de democracias ocidentais e de regime presidencialista.

Leia aqui todos os textos de André Falcão

Segundo, porque assim o diz seu próprio programa de governo. Embora é verdade que conhecido pastor metido a fundamentalista já lhe ordenou que fosse de lá retirado texto de apoio aos homossexuais, no que foi dócil e prontamente atendido. Terceiro: porque sua história política é inconsistente. Mais:

A principal coordenadora e mentora de sua campanha integra família proprietária de um dos maiores bancos privados do país, que mais do que doar para a sua campanha, é um dos responsáveis pelo seu financiamento (o outro é uma indústria de cosméticos com conhecidos interesses diretos no governo federal). Naturalmente, quem financia quer retorno. Ou não?

E o corte nos gastos públicos?

Dá pra imaginar uma política econômica ditada pelo capital financeiro?

Dá pra imaginar o que será de nós com a volta dos Armínios Fragas da vida, com o Banco Central independente (e o governo dele refém)?

Dá pra imaginar o que ocorrerá com os salários, as políticas sociais (dezenas de programas que vêm promovendo uma verdadeira revolução social neste país, em todos os níveis e atingindo a todas as classes econômicas), o emprego, as taxas de juros, os concursos públicos, o pré-sal, a Petrobrás, e consequentemente com a saúde e a educação?

Se estas últimas, apesar dos inéditos e importantes avanços, ainda não estão como merecemos (nem poderiam), dá pra imaginar como estarão?

Ou você acha que enxugar gastos é cortar “mordomia” e cargo comissionado?

*André Falcão é advogado e autor do Blog do André Falcão. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 04/Sep/2014 às 18:18

    Falcão, é exatamente isso que os Marinetes coxinheitor querem: A volta de Armínio Fraga, Fim dos projetos sociais (aposto a minha vida se parcela desse eleitorado no passado não foi um beneficiário do bolsa família, cotista, bolsista, proprietário de casa própria graças aos programas de Dilma, que ganhou e ganha dinheiro com as Obras do PAC, ou seja, que embalou no oportunismo desleal e cospe no prato que comeu), do respeito conquistado na política internacional, da aproximação e forte comércio com os países do Brics, etc.

    • jaganhou-flwdiumazord Postado em 04/Sep/2014 às 18:42

      "Forte comércio..." que inclusive reflete bem no crescimento: abaixo da média dos vizinhos; abaixo do teto, abaixo de tudo! ...inclusive abaixo do seu nariz, que talvez seja grande e não permita que você veja esse (estupendo!) crescimento. "Crescimento negativo" ... já já vão adotar essa pra maquiar a vaca no brejo. Sério mesmo, não entendo o mimimi... Vai ser Marina 4 anos e depois o molusco volta... Eita povo com ciúmes das tetas!!!!

      • Antonio Carlos Postado em 05/Sep/2014 às 20:16

        isso já virou mantra.... Cresceu menos que os vizinhos!

    • Ycaro Postado em 10/Sep/2014 às 14:18

      Respondendo aos dois comentários que acompanham a opinião de Thiago Teixeira... Qualquer um, com mínimas noções de economia política, sabe que o crescimento do país é relativo, e que, em determinadas ocasiões, crescer menos é mais significativo do que crescer mais (veja o exemplo da China que acelerou seu crescimento a tal ponto que agora o governo tentar desesperadamente desacelerar esse crescimento para que a economia não entre em colapso). Esse mantra repetido pela direita e tolamente, propagado pelas classes mais baixas, de que o Brasil creceu menos do que os seus vizinhos é tão reaça quanto a propria base do PSDB e nossa (nojenta) elite. O momento economico do Brasil é de estabilidade, um crescimento acima dos 4,5% ao ano poderia nos levar de cabeça a uma crise financeira sem precedentes, pois de nada adianta crescer 20% ao ano se nossa PEA não corresponde a esse mesmo crescimento... O resultado seria um páis com muito dinheiro, poucos produtos, poucos consumidores, resultado disso seria uma desvalorização tremenda da moeda e pouca ou nenhuma competitividade internacional de marcado. Tem que ser muito inocente ou muito manipulado para entrar nesse discursinho do crescimento (que aliás, a mídia propaga aos quatro ventos porque sabe do pouco ou nenhum conhecimento da população em relação ao tema, desse modo, crescer 4,5% ao ano pode mesmo parecer uma coisa ruim). Um conselho gereal para os adptos desse discurso é: Informem-se, parem de ser papagais da TV e não saia replicando essas bobagens, peguem os dados oficiais (inclusive os da ONU) e estudem antes de sair vomitando tudo que veem na TV.

  2. Deisi Postado em 04/Sep/2014 às 18:42

    O texto diz exatamente o que eu penso, mas o pior que ter dois sonegadores, Itaú e Natura, é ter Malafaia ditando ordens, com poder. Vi em uma entrevista do Collor, que a Marina está cometendo o mesmo erro dele, querer governar sem o congresso por pura arrogância. Ele admitiu que esse foi o maior motivo dele ter caído. Alguém dúvida que essa fundamentalista é o Collor de saia?

  3. Vitor Postado em 04/Sep/2014 às 18:53

    O povo brasileiro em sua maioria é egoísta, cada um pensando por si próprio, e só convêm pensar no próximo quando serve pra atacar os adversários políticos ou pra se fazer de bom samaritano. Os programas sociais são importantes sim pra população de baixa renda, e embora alguns usufruam de maneira exploradora, outros necessitam realmente dessa ajuda governamental. É evidente que Marina cederá aos caprichos de seus aliados políticos e econômicos, pois ela será tola se achar que seus mentores e "amigos" estão ao lado dela por puro conceito ideológico. Temo pelo Brasil com Marina, temo pela nossa população carente e temo ainda mais por um país governado por gigantes empresas

    • Suzana Kusabara Postado em 05/Sep/2014 às 06:53

      Vitor, seu comentário é interessante e oportuno. Gostaria de ver postado com mais evidência para que mais pessoas tenham acesso. Gostei. Ah, com seu nome completo, por favor. Obrigada.

  4. Pereira Postado em 05/Sep/2014 às 09:38

    Nada mudará, a esquerda continuará no poder.

  5. RafaeL Postado em 05/Sep/2014 às 12:07

    O Pragmatismo agora tá com todas as armas apontadas para a Marina!hahehwaehawhehawehawh! Eita medo lascado! Antes atacavam a tucanada de todas as maneiras, agora que viu que o cenário mudou completamente, ficam buscando maneiras para derrubar a Marininha! hehwahehaheaheha!!! A Marina vai ser a melhor coisa que ja aconteceu neste país! Esperem e aguardem Lulazetz!

    • Marcos Vinicius Postado em 08/Sep/2014 às 11:18

      Vai pensando meu amigo! Vai quebrar a cara lindamente!

    • marcelo_X Postado em 08/Sep/2014 às 15:25

      tb estou impressionado como este site está contra a Marina!!

    • marcelo_X Postado em 08/Sep/2014 às 15:27

      A única esperança que tenho é que se a Marina ganhar o governo será diferente do atual. Ponto. Se vai ser melhor ou pior é uma incognita. O que eu e muitas pessoas querem é mudança. Ponto.

  6. João Batista Postado em 08/Sep/2014 às 15:03

    É mesmo? que fala vazia! Você já viu empreiteira e banco se preocupar com o povão, com a classe D, com arrumar verba para subsidiar habitação pro povão, bolsa família, pronatec? Que banco e que empreiteira você conhece que está a favor do governo? este governo fez um verdadeiro milagre.. tendo que ser mais social do que a própria oposição.. tendo que se preocupar em minimizar os privilégios da "zelite" mais que a própria oposição jamais pensou em tentar fazer... cara, vc é ignorante! Só isso.