Redação Pragmatismo
Compartilhar
EUA 20/Aug/2014 às 15:31
44
Comentários

Jornalista dos EUA é decapitado e Obama diz que resposta será 'implacável'

Barack Obama confirma decapitação de jornalista dos EUA e diz que será “vigilante e implacável” com os extremistas do Estado Islâmico

obama jornalista decapitado
Imagem do youtube mostra o jornalista James Wright antes da execução (Edição: Pragmatismo Político)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, confirmou que o vídeo divulgado na terça-feira (19/08) pelo Estado Islâmico com a decapitação do jornalista americano James Wright Foley feita pelo grupo EI (Estado Islâmico) é verdadeiro. Durante um pronunciamento feito nesta quarta-feira (20/08), ele classificou o gesto como “brutal” e afirmou que será “vigilante e implacável” com os terroristas, mas não precisou que ações serão tomadas.

O grupo EI (Estado Islâmico), que proclamou um califado em parte do Iraque e da Síria, reivindicou a autoria da decapitação, justificada pela recente intervenção dos EUA no Iraque.

VEJA TAMBÉM: EUA financiaram Estado Islâmico e agora querem dizimá-los

O mandatário garantiu à nação norte-americana que “justiça será feita”. E ressaltou que “não há lugar para o ISIL [antigo nome do grupo] no século 21”. Outro jornalista norte-americano é ameaçado pelo EI: a vida dele “depende da próxima decisão de Obama”, ameaçam.

Decapitação

No vídeo divulgado ontem, Foley se despede da família e acusa o governo americano de ser o culpado de sua execução por conta da recente intervenção no Iraque.

A gravação começa com o discurso do presidente americano, Barack Obama, em 7 de agosto, no qual anunciou o começo dos bombardeios sobre o EI no norte do Iraque, para frear seu avanço rumo ao Curdistão e permitir a assistência humanitária a milhares de deslocados.

Posteriormente, Foley aparece pedindo à família e amigos que se levantem contra as autoridades norte-americanas, sobre quem diz terem sido os responsáveis por colocar “o último cravo em seu caixão” pelos bombardeios no Iraque.

“Desejaria ter mais tempo, desejaria ver minha família de novo, mas esse barco já zarpou. No fim das contas, acredito que desejaria não ser americano”, diz Foley, sereno e vestido com uma roupa laranja em um local desértico não especificado.

Neste momento, o homem encapuzado, em um inglês com sotaque britânico, ameaça os Estados Unidos e garante que “os muçulmanos de todo tipo e condição aceitaram o Estado Islâmico como seus líderes”.

“Qualquer tentativa sua, Obama, de negar aos muçulmanos o direito de viver em segurança sob o califado resultará no derramamento de sangue de seu povo”, diz o jihadista, que aparece segurando uma faca. Em seguida, ele degola Foley.

Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 20/Aug/2014 às 15:43

    Os EUA se intimidar com isso? Foley foi forçado a dizer estas palavras. Que barbaridade, que nojo desses terroristas. Tomara que matem e expurguem esse câncer da sociedade. O EI deve ser detido porque nem a Al qaeda era tão radical assim. Enfim uma ogiva nuclear faria toda a diferença. Ogiva neles!

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 20/Aug/2014 às 15:46

      Obviamente foi forçado a dizer as palavras contra os EUA.

    • Denisbaldo Postado em 20/Aug/2014 às 16:18

      É estranho ver as pessoas tomarem partido em uma situação tão complexa como esta. Se fosse tão simples assim por que estes conflitos são intermináveis? Vocês se lembram do dia 11 de setembro de 2001? Foi há quase 13 anos e parece que nada melhorou. Uma ogiva ia resolver tudo...Haja incoerência, o mundo está realmente perdido. Faz o seguinte Jonas, dá uma ligada pro Obama e diga a ele a sua opinião genial. Até ele vai rir da sua cara.

      • Jonas Schlesinger Postado em 20/Aug/2014 às 16:55

        Denisbaldo eu que estou rindo com seu comentário. Nossa isso que é torcer pra terroristas não é mesmo? Rio porque fui irônico no meu comentário, claro que sempre irão aparecer um ou outro se doendo pelo que eu disse. Eu acredito que os EUA não farão isso óbvio, mas se você quer se sentir mais confortável então eu te confortarei: tomara que a Rússia jogue uma ogiva nuclear nas cabeças dos ucranianos. Ogiva neles! (Melhorou?)

      • Denisbaldo Postado em 20/Aug/2014 às 18:23

        Torcer pra terroristas? Agora eles têm time de futebol também? Você além de tomar partido sem nada saber também julga os outros sem os conhecer. E parece que não consegue estabelecer um diálogo sem ofensas e ataques odiosos. Para o seu conhecimento eu estava em NYC no dia 11 de setembro, morei 9 anos lá e fui casado com uma judia filha de Israelenses. Tenho diversos amigos americanos com os quais até hoje mantenho contato. Pare de ser criança, isso é briga de cachorro grande, não é para o seu bico. Os dois lados são inflexíveis. Com relação a ogiva, você sim iria vibrar e muito se os EUA matassem milhares de muçulmanos inocentes para vingar a morte de um americano.

      • Tom Postado em 20/Aug/2014 às 19:05

        Denisbaldo, você está "confundindo" totalmente as coisas, ou defendendo o indefensável. Você está afirmando que esse terrorista representa os ideais de islâmicos inocentes? Você ultrapassou em muito a colocação do bombardeador para minimizar a covardia de um carrasco medieval que merece nascer morto. E isso nada tem a ver com amigos ou inimigos judeus. Isso não "é briga de cachorro grande". É briga contra marginal que deve ser massacrado. Além do mais, não acresça o tamanho de cachorro vira-lata que vai pro paredão. Cruzadas já!

    • rafael Postado em 20/Aug/2014 às 18:52

      jonas schlesinger, seus comentários são os mais estúpidos que eu já vi... a única coisa que você deixa claro com suas palavras em vários artigos é que você é desinformado....

    • Thiago Teixeira Postado em 20/Aug/2014 às 18:58

      Ogiva? E os civis que estão perto? Dane-se? Belo raciocínio, porque não se alista no exercito de Israel?

    • Antonio Palhares Postado em 21/Aug/2014 às 10:48

      Jonas. O tempo que voce ficou no ventre da baleia, o fêz esquecer que estes terroristas,pulhas assassinos são crias dos Estados Unidos para assassinarem pessoas na Siria.Quando o monstro cresce fica incontrolável. É o velho conselho que toda boa mãe ensina. "Diga-me com quem andas e te direi quem és".Me diga apenas uma intervenção Americana no mundo que deu certo. Em todas o lugar ficou pior do que estava.Ou é mentira?

    • eu daqui Postado em 21/Aug/2014 às 12:59

      Tem gente que não serve nem pra homem bomba.............

    • renato Postado em 22/Aug/2014 às 18:44

      "que matem e expurguem esse câncer da sociedade" teve um alemão de bigodinho engraçado que fez uma nação inteira acreditar que esse era o caminho...

  2. eu daqui Postado em 20/Aug/2014 às 15:43

    affffffffffff Que coisa macabra ! Não importa de que lado se veja: a civilização está chegando ao fim !

    • João Postado em 20/Aug/2014 às 15:59

      sem dar razão aos assassinos, mas na história da humanidade e das civilizações, assassinatos, principalmente por razões políticas, ocorreram com frequência. Mas o problema é ter acontecido com os EUA tocar nos americanos é tocar na ferida...

      • eu daqui Postado em 21/Aug/2014 às 12:53

        Se vc acha que só é problema quando fere os eua, fique com os eua todos pra vc. Uma coisa é bem feito PARA OS EUA: a última frase de um estadunidense foi renegar sua nacionalidade e culpar seu país por sua desgraça.

    • Alisson Rosa Postado em 20/Aug/2014 às 17:51

      Em toda história da humanidade sempre houve execuções, até por motivos mais banais que fossem. E muito mais cruéis que essa daí, diga-se de passagem.

    • Alisson Rosa Postado em 20/Aug/2014 às 17:51

      Em toda história da humanidade sempre houve execuções, até por motivos mais banais que fossem. E muito mais cruéis que essa daí, diga-se de passagem.

      • eu daqui Postado em 21/Aug/2014 às 12:50

        Isso não me tira o direto de me sensibilizar, indignar, aterrorizar e enojar. Se a sangrenta história da civilização te transfromou num psicopata sem empatia, azar o seu que o merece !

  3. Jonas Schlesinger Postado em 20/Aug/2014 às 16:23

    O EI é algo mais bárbaro que bárbaro. Eles matam americanos, matam homens,mulheres, crianças, árabes, muçulmanos, terroristas e até quem é aliado. Eles são piores que terroristas. Como compará-los com outros grupos? Não acredito que ainda vai aparecer gente pra passar a mão na cabeça dessas pessoas. Por isso quando um terrorista desse é torturado eu tento não sentir um pingo de pena.

    • Gavinho Postado em 20/Aug/2014 às 16:32

      Aí Jonas, EI é o Estado de Israel ? Porque os judeus também matam homens,mulheres, crianças, árabes, muçulmanos, terroristas e até quem é aliado. Eles são piores que terroristas.

      • Jonas Schlesinger Postado em 20/Aug/2014 às 16:47

        Em nome de Ala hein Gavinho. boa. Vai lá apoiar esses caras e levar um tiro na cabeça. Daí volta pra cá dizendo que é moleza apoiar extremistas.

      • Leandro Postado em 20/Aug/2014 às 18:16

        Na verdade existe uma diferença enorme, Israel atinge inocentes pois eles são colocados por esse tipo de gente no meio da guerra, não misture as coisas. No Brasil bandidos fazem esse tipo de coisa do vídeo o tempo todo e são protegidos pelos "direitos humanos."

    • rafael Postado em 20/Aug/2014 às 18:57

      Por acaso os EUA nunca mataram [afro]americanos, homens, mulheres, crianças árabes, muçulmanos, "terroristas"? por acaso eles não são a sociedade mais violenta e misógina do planeta e ao mesmo tempo com maior numero de população carcerária? por acaso eles não pregam o terror comunista, negro, imigrante, latino?

    • Debate Contundente Postado em 20/Aug/2014 às 21:22

      Pelo seu depoimento, você só pode ter sido integrante do grupo terrorista, afirma coisas do tipo com tanta certeza. A sei, a mídia noticiou ! se a televisão fala e verdade, como diz homer simpson num episodio, a tv nunca mente.

  4. Gavinho Postado em 20/Aug/2014 às 16:27

    Os EUA devem cuidar de sua vida e basta! Se no outro lado do mundo existem ditaduras, califados ou o "raio que parta" não é problema estadounidense. Os terroristas existem na medida em que os EUA se metem onde não são chamados e querem "implantar" uma democracia de conto de fadas. Se os EUA querem mesmo "salvar" o mundo comecem pela Africa, lá tem muito trabalho para os de boa vontade, mas lá os cínicos não querem ir, não é mesmo?

    • Renato Postado em 20/Aug/2014 às 16:33

      Quando interessou aos EUA,eles financiaram os Islâmicos,e então quem são os culpados?

    • Carlos Postado em 20/Aug/2014 às 18:17

      É o único país com coragem para atuar em todo mundo se depender de outras potencias não fazem nada e não ajudam ninguém.

      • cristiano gomes Postado em 20/Aug/2014 às 18:21

        ajudam? kkkkk

      • Denisbaldo Postado em 20/Aug/2014 às 18:49

        Por que será que eles não acabam com a fome na África então? Afinal, só querem ajudar segundo o coxinha aí de cima.

      • Carlos Postado em 20/Aug/2014 às 23:12

        É o país que mais doa alimentos para a Africa, estudem mais.

      • Denisbaldo Postado em 20/Aug/2014 às 23:30

        Eles doam tanto que a fome nunca acaba...

      • Carlos Postado em 20/Aug/2014 às 23:45

        Os Africanos são os culpados pela sua fome, a ajuda vem de todo mundo, essa é a verdade doa a quem doer, os governo Africanos são corruptos e assassinos. Culpar o Japão ou a França pela fome da Africa é mera pregação ideológica.

      • Jonas Schlesinger Postado em 20/Aug/2014 às 23:54

        Nossa Denisbaldo contou a história da sua vida em poucos cliques. Enfim não vou me alargar mais nessas conversas porque nesta vida existem pessoas pseudo moralistas que acham que têm dignidade para tratar um assunto achando que está sendo imparcial. Certo os EUA não são nenhum santo, porque não faz nada para acabar com o conflito Israel-Palestina(no caso Hamas) e de certa forma são covardes. Também pode não ajudar na África. Todavia se eles, mesmo que isso seja propaganda imperialista, têm o poder(talvez ganância) de intervir nesse cenário que está ocorrendo no OM, que intervenham. Se eles não ajudam a Africa, sinto muito é a política medonha deles, mas se está ao alcance acabar com o terrorismo naquela região que sejam bem vindos e atuem lá. O mais engraçado é que as pseudo moralistas que chamam EUA de parcial são mais parciais ainda. Exemplo: querer uma intervenção na Faixa de Gaza e não querer no Iraque. Já disse e repito se a pessoa quer ter senso de moralidade que o tenha por completo, não pela metade. Ps: desculpa se te ofendi de alguma forma, mas às vezes ninguém pega leve. Não que eu não aguente, mas como já disse o lance sobre a Ogiva foi uma ironia. Claro que não vou torcer que uma bomba dos EUA seja acionada nem vc com a Rússia. Mas no quadro mundial é mais fácil esta última lançar sim uma bomba. É a velha política que não deu certo. Leck mich am arsch

      • eu daqui Postado em 21/Aug/2014 às 13:00

        Ainda bem que meu país e um dos sem coragem.......

  5. Alessandro Postado em 20/Aug/2014 às 16:42

    O líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, na realidade é um agente da Mossad chamado Elliot Shimon com treinamento especializado em guerra psicológica.

  6. Hetor Postado em 20/Aug/2014 às 16:53

    A decapitação foi com aquella faca pequena? bem louco isso. deve ter acontecido primeiro um talho na jugular do pobre jornalista, para morrer,depois cortaram o resto do pescoço. Mesmo assim é surpreendente essa ação, não deve ser muito fácil de realizar. É um terrorista sangue frio, ruim e ideológicamente preparado para morrer do mesmo jeito. Vai de retro capeta islãmico.

  7. Andrebas Postado em 20/Aug/2014 às 17:21

    A verdade é que essa gangue decapitadora mexeu em cacho de abelha.

  8. Thiago Teixeira Postado em 20/Aug/2014 às 18:57

    Quero que se dane se o cara é americano, brasileiro, argentino, somaliano ou do Siri Lanka. Decapitar pessoas que estão trabalhando é covardia e babaquice, merecem ser retalhados sim. Lembrando que os civis que convivem com estes idiotas nada tem a ver com isso.

    • Claudia P. Bezerra Postado em 20/Aug/2014 às 22:08

      É isso ai Thiago, esses terroristas, são os piores covardes, criminosos do planeta, matam, estupram, não respeitam ninguém nem origem ou idade. A ruindade já esta no DNA deles, não se importam com a vida, tanto faz morrer ou viver. Matar pra eles é fácil, sentem prazer nisso.

    • eu daqui Postado em 21/Aug/2014 às 12:56

      Finalmente alguém entendeu que, lá em cima, deixei um post de sensibilidade e soliedarieda A UM HUMANO TRABALHADOR independente de nacionalidade. Tem lamberrabo aqui achando que eu só me sensibilizei pq foi um estadunidense que morreu. É ser muito fracassado até pra ser psicopata !

  9. Patrícia Postado em 21/Aug/2014 às 07:19

    Á a velha história de sempre. Os EUA financiam os grupos radicais para que eles façam o trabalho sujo no que lhes interessa e depois quando eles começam a agir por conta própria, aparece o também velho discurso de que é preciso atacar os terroristas e dizimá-los para o bem da humanidade e infelizmente levando a vida de milhares de civis. Sou muçulmana e tenho muita preocupação com a possível generalização que as pessoas possam fazer da religião. O mundo tem mais de 1 bilhão de muçulmanos e a maioria vive em paz, em quase todos os países do mundo. O que estamos assistindo não tem ligação com a religião embora seja feita em nome dela e líderes muçulmanos de vários lugares se manifestaram contra o tal Estado Islâmico, fruto da loucura e da intolerância de uns poucos.

    • Thiago Teixeira Postado em 21/Aug/2014 às 08:39

      Muito bom o texto Patrícia. Bem pragmático.

    • eu daqui Postado em 21/Aug/2014 às 12:57

      A maioria realmente não consegue enxergar que esse problema aí em cima é muito mais político do que religioso.

  10. Deborah Postado em 21/Aug/2014 às 10:12

    Os estados unidos financiam e depois pedem paz! Oi? Tem algo estranho nisso tudo aí! De qualquer forma, EUA sempre, desde da história, lucram com guerras, com massacres... e depois dão de bonzinhos. Agem por trás dos bastidores e no "palco" encenam paz e justiça social. Não sei realmente, quem são os verdadeiros terroristas deste mundo...

    • Ivo Mendes Postado em 17/Sep/2014 às 13:08

      Parabens! Ate que enfim encotrei alguem que penso da mesma maneira que eu! Honestamente falando acho que os americanos sao os veradeiros terroristas! Usam seus filmes para promover sua cultura eles sempre sao os mocinhos, e os demais sao os bandidos. Lebro -me de um soldado americano expresando sua ignorancia sobre tudo qdo disse que nao entendia os iraquianos pois eles foram libertar eles da opressao de sadan rusen e os iraquianos nao os recebiam como os Herois.