Redação Pragmatismo
Compartilhar
Juristas 20/Jul/2014 às 11:50
57
Comentários

Luiz Fux mata no peito para filha marcar gol

Ministro Luiz Fux mata no peito e centra para a filha marcar gol, protagonizando o mais vergonhoso episódio da história recente da Justiça brasileira

luiz fux filha marianna
Luiz Fux e a filha, Marianna Fux (Pragmatismo Político)

O Ministro Luiz Fux protagonizou o mais vergonhoso episódio da história recente da Justiça brasileira. Com seu “mato no peito” desnudou o jogo de interesses e de lisonja que cerca as nomeações para tribunais superiores.

Na nomeação, o que pesou foi a lisonja, a trapaça, os acordos com aliados influentes, de políticos federais e estaduais a nacionais a grandes escritórios de advocacia.

Sua nomeação – fundamentalmente política – alijou do cargo outro candidato que poderia ter sido Ministro por mérito. Adiou a indicação de Teori Zvaski e Luiz Roberto Barroso, impediu a nomeação de Lucia Valle ou Cesar Asfora, de outros candidatos que construíram sua reputação manifestando respeito permanente pelo poder judiciário e batalhando apenas pelo reconhecimento de seus pares.

Fux passou a encarnar o fura-fila, a malandragem explícita dos carreiristas. Passou a perna não apenas em Lula e Dirceu – ao prometer “matar no peito” – mas a outros candidatos ao cargo que se mantiveram dignos e distantes da politicagem rasteira.

Agora, a indicação de sua filha Mariana Fux para uma das vagas do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro será o coroamento definitivo da pior politicagem, a exposição completa da pequenez dos conchavos de quem não respeita nem o país e muito menos o Poder Judiciário. E exposição da própria incapacidade do Judiciário, através de seus porta-vozes, de reagir contra a desmoralização do poder.

Uma moça de 32 anos, sem experiência jurídica, sem nenhuma obra relevante, candidata-se a um cargo vitalício em um Tribunal superior unicamente devido à capacidade de articulação política de seu pai. A OAB-Rio de Janeiro a coloca no topo da lista dos candidatos ao quinto constitucional.

Qual a contrapartida dessa manobra? A quem a OAB Rio serve, quando comete esse desatino?

Luis Nassif, GGN

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 19/Jul/2014 às 22:02

    Já pensou se fosse com a filha da Dilma?

    • Vera Ciuffo Postado em 20/Jul/2014 às 11:37

      Se fosse filha da Dilma , a fábrica de coxinhas já teria caído matando e chamando o povo de petralhas...

      • Jonas Postado em 20/Jul/2014 às 16:41

        E os esquerdosos diriam que é complexo de vira-lata.

      • Ciao dilma Postado em 20/Jul/2014 às 16:49

        Nao é filha dela, mas entrou lá nomeado por ela...

      • Paulo Postado em 20/Jul/2014 às 17:50

        Acho que você não sabe o significado de complexo de vira lata, amigo.

  2. Robson Postado em 19/Jul/2014 às 22:20

    Mas porque o espanto? Qual a novidade que há nisso? Não perceberam que o judiciário brasileiro é uma grande família? Que todos consanguíneos são tão competentes quanto o ministro, o desembargador? Que a lei dos mais fortes, é muito mais clara no judiciário? Pois bem, para mim, isso é mais do mesmo, não me surpreende!

    • Fabricio Postado em 20/Jul/2014 às 00:07

      Faço minhas as suas palavras, e acrescento ainda que as pessoas que se "acham" muito bem informadas sobre a politica brasileira não fazem a mínima ideia do quão difícil - ou quase impossível - é vencer essa teia de interesses e alianças, isso vem desde o inicio do nosso país e não será mérito de nenhum governo acaba-la e sim do amadurecimento politico da sociedade.

      • Leandro Postado em 21/Jul/2014 às 04:59

        Gostei do escreveu Fabrício. Essa mentalidade está enraizada na sociedade brasileira. É a maldicao dos 300 anos de colonialismo e coronelismo. O que nós temos que fazer é tentar educar/abrir a mente das geracoes mais novas do nosso país, para no futuro, isso acabar.

    • Vinicius Postado em 20/Jul/2014 às 00:41

      Sim, o judiciário brasileiro ainda mantem um regime monárquico, com os seus cargos mais importantes e de alto escalão vitalício e hereditário.

      • So óio Postado em 21/Jul/2014 às 17:06

        Aliás estes senhores do Judiciario são uma figura, faz até vergonha dizer que pagamos muito caro para ter justiça. Se é q se pode dizer que estes senhores fazem justiça, só se for por eles. Se´não vejamos, aquele senhor Joaquim Barbosa que se achava o paladino da justiça, está se aposentando aos 59 anos, com 30000 de salário, foi de férias com dinheiro público. Alem disso, é o unico cargo que é vitalicio, inamovivel, tem irredutibilidade de salario et... Tenho vergonha de dizer q estes senhores defendem alguem a não ser que não seja de sua familia. O caso Fux ninguem deveri se admirar isso ocorre desde 1500. Nao foi assim, Martim Afonso ao chegar no Brasil pediu terra aos seus . Essas pessoas que falam censurando gostariam talvez fizessem a mesma coisa, vejamos o caso Ana Arraes parente de Eduardo Campos que foi pro Tribunal de Contas. E assim amigos brasileiros.Por isso concordo com Vinicius.

    • Toni Postado em 20/Jul/2014 às 22:59

      Gostei !!! É isso mesmo

  3. luisa valdorf Postado em 19/Jul/2014 às 22:24

    Não é só no reino da CBF que há algo de podre.

    • Eduardo Postado em 20/Jul/2014 às 07:19

      A CBF é uma instituição privada, o judiciário deveria ser público

      • Edmilson Postado em 21/Jul/2014 às 07:01

        Mas a fatura é pública, não é Eduardo?

  4. Tomaz E.Robinson Postado em 19/Jul/2014 às 23:21

    A campanha já esta rolando, quem mandou desobedecer o chefe!!

  5. Fabia Postado em 19/Jul/2014 às 23:27

    Mas nos 3 poderes é só isso... Legislativo, Executivo e Judiciário na lama. Agora, criticar alianças e dizer que passou a perna em Dirceu e Lula foi piada...rs. Os reis das alianças erradas!

  6. André Postado em 19/Jul/2014 às 23:37

    Bem vindos ao Brasil!

  7. Patrícia Postado em 19/Jul/2014 às 23:39

    Não entendo a surpresa. Os cargos de ministros são cargos de indicação política. E não vejo problema na indicação dessa moça, muito antes pelo contrário... quem disse que experiência jurídica faz com que o juiz seja bom, justo? Nosso querido JB, também chamado de "Batmam" é um exemplo disso. Pois ele apesar de todo seu conhecimento jurídico julgou politicamente transparecendo seu ódio pelo PT.

    • João Postado em 21/Jul/2014 às 14:45

      O mínimo que se espera para um cargo jurídico dessa natureza é experiência. Você ao que me parece é mais uma das que esperam indicações de pai ou mãe.

  8. Mothé Postado em 20/Jul/2014 às 00:20

    Luiz Fucks.... lá de Madalena.

  9. Riquewake Postado em 20/Jul/2014 às 00:30

    Lula e Dirceu queriam passar a perna em quem ao nomear esse que o Marco Aurélio chama de fuquese.

  10. Augusto Postado em 20/Jul/2014 às 00:39

    Eleiçöes para o Judiciario,pelo fim das indicaçöes!!!

    • Thiago Teixeira Postado em 20/Jul/2014 às 18:35

      Augusto ... a ideia até que é boa, mas desta forma a instituição se tornaria legalmente partidária (ela é de fato, mas uma eleição iria leitimá-la). Infelizmente temos que dar credibilidade ao terceiro poder ou até mesmo mudar o critério ... um concurso ... sei lá ...

    • angela Postado em 23/Jul/2014 às 02:21

      eleições pra o judiciário, na atual situação cultural em que se encontra o brasil, não é a melhor saída...

  11. paulo gomes Postado em 20/Jul/2014 às 00:40

    banalizou geral!

  12. Marcos Postado em 20/Jul/2014 às 02:30

    Um "poder" que deveria ser imaculado pela finalidade institucional, infelizmente possui em seus quadros algumas pessoas que fazem politicagem, conduta típica de em um país culturalmente de conchavos políticos. O Ministro Luiz Fux, desprestigiou a magistratura devido ao modo como ingressou no Supremo Tribunal Federal. Certamente, o modelo constitucional atual que atribui ao chefe do poder executivo nacional a prerrogativa de nomear os membros da mais alta corte de justiça do estado brasileiro,corrobora com a manutenção de "politicagem". Urge uma reforma constitucional, com vistas a assegurar o acesso democratizado as cadeiras do STF, de modo a evitar o favorecimento e tentar com isso coibir o mal exemplo que vem do próprio governo.

  13. Aristóteles Postado em 20/Jul/2014 às 03:38

    É mesmo, Robson. Qual a novidade, em se tratando do judiciário brasileiro?

  14. Raul Ferreira Postado em 20/Jul/2014 às 04:31

    Qual a novidade em se tratando de Brasil!!!

  15. thiago Postado em 20/Jul/2014 às 08:07

    um absurdo como se dá a nomeação para os tribunais no pais. a história do mata no peito, trás pra cena do crime a elite petista. também eles se utilizam dos mais sórdidos critérios para fazerem suas nomeações. quanto á furar fila e não ter saber júrídico para ocupar o cargo taí o tofoli novamente pra nos lembrar do descalabro da coisa toda.

  16. ulises Postado em 20/Jul/2014 às 09:10

    E o banheiro do Joaquim Barbosa; para fazer suas necessidas fisiológicas precisa de gastar tanto na reforma dele??. Safadeza!!

    • Rodrigo Postado em 20/Jul/2014 às 13:09

      (Outro Rodrigo) Ulises, assim como o banheiro do apartamento funcional (público), usado por Barbosa foi reformado, com orçamento de mais de R$ 90.000,00, o gabinete, também público, do Governador Jaques Wagner, tem reforma orçada em mais de R$ 540.000,00. E então, ambos devem ser criticados negativa ou positivamente?

  17. luiz corcino Postado em 20/Jul/2014 às 11:10

    O absurdo é a forma como o judiciário atua. Suas prerrogativas, seus direitos inalienáveis. Juiz teria que ser um servidor publico como outro qualquer. E o ministério publico? São inatacáveis. Seus empregos vitalícios. Seu poder acima do bem e do mal. Quem os fiscaliza? Quem os pune? O sistema judiciário brasileiro é uma grande mentira. Uma grande farsa. Aos amigos, a justiça... Aos inimigos, a lei.

  18. Rodrigo Postado em 20/Jul/2014 às 13:05

    (Outro Rodrigo) Teori Zavascki é processualista (escritor de Direito Processual Civil) conhecido e com posições importantes. Atualmente Luiz Fux é menos citado, mas também já fiz citações importantes do mesmo em minhas petições. Barroso é um constitucionalista que teve maior exposição que os outros dois, atuando em casos importantes, como no julgamento da "ADPF da anencefalia" e também dono de notável conhecimento jurídico. Assim, juridicamente, todos têm mérito, "credenciais" para estar aonde estão, eu lamentando unicamente nomeação, sim de MInistros, para a mais alta Corte, sem qualquer expressão maior no cenário jurídico, sem um Mestrado, um Doutorado, sem a colocação à prova de suas teses (o mesmo cuidado que se deve ter, quando da formação de listas de indicação para o 1/5 constitucional, tanto a OAB e Ministério Público, para TJs, TRFs ou STJ, quanto pelo respectivo Chefe do Executivo - Governador ou Presidente - responsável pela nomeação do escolhido). No mais, temos de ter cuidado ao falar que este ou aquele Ministro teria entrado por jeitinho, pois assim estaríamos a proferir graves acusações não apenas contra o mesmo, mas contra quem o nomeou ou lutou pela sua nomeação. P.S.: se Lula e Dirceu eventualmente o nomearam pensando em ter um artilheiro no STF, estaríamos admitindo tráfico de influência e prevaricação, no mínimo, de todos os envolvidos, então não sendo a hipótese de falarmos em "passar a perna", mas do brocardo "A ninguém é dado alegrar a própria torpeza em seu proveito" (muito antigo, latino: "Nemo auditur propriam turpitudinem allegans") - "ah, eu nomeei porque ele prometeu me ajudar, mas depois não cumpriu o acordo e me enganou".

  19. poliana Postado em 20/Jul/2014 às 13:35

    hahahahahahahah!!! queridos companheiros do pp, vcs estão chocados com essa historinha???!!!! n se chokem, é algo absolutamente normal no dia a dia do poder judiciário brasileiro! ESQUEÇAM MÉRITO! ele apenas existe num plano utópico. de resto, a realidade do judiciário brasileiro é exatamente essa podridão vergonhosa q vcs estão tendo acesso agora. acreditem,. é apenas a ponta do iceberg! acho lindo, uma menina de 32 anos virar desembargadora!! uau!! orgulho desse país! depois os sudestinos falam do coronelismo do nordeste!! é isso aí! parabéns justiça carioca! tô doida pra ver uma decisão dessa futura jovem desembargadora do tjrj!

  20. Annibal Botto Postado em 20/Jul/2014 às 13:43

    E foi esse juiz que FERROU o magistério do Estado do Rio de Janeiro quando da greve em 2013...Como não havia possibilidade de acordo pelo fato do governo Sérgio Cabral ter se RECUSADO A RECEBER O SINDICATO, o ministro Fux chamou para si uma "mediação". Mandou o sindicato terminar a greve sob risco de multa diária de 300 mil e não fez nada contra o governo que desobedece a Constituição Federal no artigo em que manda os estados e a união a terem uma DATA-BASE anual...é o tal "Estado democrático de DIREITA"...

    • poliana Postado em 20/Jul/2014 às 14:19

      as famosas multas diárias são sempre a pedra no caminho de qq sindicato! n adianta fazer greve, gritar, tentar negociar ou ter pancandaria. qto mais o tempo passa, mais o governo ganha tempo pra fazer surgir a ameaça das multas aos sindicatos. e como nosso judiciário é uma corte POLÍTICA, pouco importa pra ele fazer justiça. os interesses políticos sempre falarão mais alto!!! por isso é uma luta perdida a do magistério e a de tantos outros sindicatos! vai ser assim eternamente!

  21. Deisi Postado em 20/Jul/2014 às 16:44

    Muito normal no judiciário brasileiro, o JB o Batman do STF, que mesmo antecipando sua aposentadoria, porque sabe que a casa ia cair, resolveu sair em agosto para receber as férias, afinal o santo não é de ferro um dinheiro a mais não faz mal a ninguém. Mas o pior não é isso, e sim sua tentativa de manter os 46 funcionários de seu gabinete, sendo em funções gratificadas e cargos de confiança mesmo após sua aposentadoria na corte, entre eles seis sem nenhum vínculo com STF. O que esperar de pessoas, que deveriam ter ética, mas seu poder proporciona essa falta de transparência. O STF no Brasil tudo pode!

  22. Paula Postado em 20/Jul/2014 às 18:38

    Dá licença. O cara é mto bom. Excelente jurista. É perseguição. Qto a filha dele, a OAB indicou que ela quis.,

    • Hebe Postado em 20/Jul/2014 às 21:06

      Pelo amor d Deus.....

  23. Douglas Postado em 20/Jul/2014 às 20:20

    Bem vindos ao mundo do excremento do FORO DE SÃO PAULO. Bem vindo ao comunismo disfarçado...

    • Thiago Teixeira Postado em 20/Jul/2014 às 21:11

      E veio fazer o que aqui?

    • Felipe P Postado em 22/Jul/2014 às 11:15

      Comuni......? O que?

  24. Hebe Postado em 20/Jul/2014 às 21:04

    Famílias de gênios. Porque a surpresa. Ê assim que funciona. Todos gênios

  25. Betania Postado em 20/Jul/2014 às 22:26

    PODER JUDICIARIO NO BRASIL = …. (interpretac,ao livre) !!

    • Aleluia Postado em 21/Jul/2014 às 12:00

      Isso é corrupção nada mais. Enquanto isso, eu como advogado, estudo 8 horas por dia, 6 dias por semana, para passar num concurso e ganhar $5 mil. Revoltante ser cidadão da república das bananas.

      • poliana Postado em 21/Jul/2014 às 18:45

        aleluia, já passei por isso. sei exatamente como é a nossa realidade de concurseiro pra vencer e conseguir sua 1º aprovação! a minha veio depois de 4 anos e meio de luta e 23 concursos. mas lembre-se q a recompensa é eterna! n desista! continue lutando! n desista!

      • Deisi Postado em 25/Jul/2014 às 14:41

        Meu filho como advogado, também prestou alguns concursos, foi aprovado em um, está feliz trabalhando, mas vai continuar estudando, para conquistar o seu objetivo. Mas é assim que funciona, o poder abre portas, mas te digo, não perca a esperança, continue estudando, pois é muito melhor quando às conquistas são por capacidade e mérito, do que uma indicação de um que tem o poder para tal.

      • Aleluia Postado em 08/Aug/2014 às 11:34

        Poliana e Deisi! De coração, obrigado pela mensagem de apoio!!

    • Thiago Teixeira Postado em 21/Jul/2014 às 12:06

      Lixo !!

  26. gaudério Postado em 21/Jul/2014 às 14:24

    Essa é a vergonhasa hereditariedade do judiciário. Quem moral tem esse fanfarão para julgar qualquer processo. Simplesmente lastimável. O pior disso tudo é a vassalagem da OAB/RJ com esse os fanfarrões do tal bom vivant, tocador de guitarra.

  27. Gavinho Postado em 21/Jul/2014 às 15:43

    Meu Deus! Como gostam de escrever besteiras por aqui esquecendo -se do que realmente é importante e tem significado para nós os brasileiros, o povo alegre dessa nação. A questão primordial é saber se a playboy já convidou a moça...o resto é besteira e em nada acrescenta ao debate !!!!

  28. Lellis Postado em 22/Jul/2014 às 02:20

    O mais Triste na verdade e ver que a muitos se interam da verdade, discordam mas acham natural, porque faz parte da historia politica do Pais. Este condicionamento de aceitacao da corrupcao precisa mudar. Acredito na Educacao dos mais jovens para um futuro melhor mas, estamos aqui agora.

  29. Flavio Postado em 22/Jul/2014 às 13:55

    "Sambarilove" entre os poderosos...

  30. Ricardo Postado em 24/Jul/2014 às 12:22

    Por que quando o Toffoli, q tomou bomba em dois concursos p juiz, foi alçado ao STF não houve gritaria? Enfim, não defendo q ela consiga a vaga, mas se candidatar não há problema algum.

  31. Júlio Postado em 25/Jul/2014 às 14:12

    Apenas seguiu o seu colega Marcos Aurélio de Mello. E convenhamos, no Brasil é assim mesmo, como se consegue um cargo político ? Com o pistolão. E quem é ele ? Luís Fux. Tem maior pistolão ? Duvido. Ministro do STF, que já sabe o caminho das pedras, pois chegou ao STF. Quem desbanca ? Ninguém meu camarada. E quanto a filha, espero que ela seja pelo menos estudiosa, culta e preparada. Porque teve a sorte de ser filha do douto Ministro Luís Fux e a vida ficou branda para seus passos. Amém.

    • poliana Postado em 31/Jul/2014 às 17:43

      por mais estudioso ou culto q se seja, um indivíduo com 32 anos, n tem a menor condição de exercer a função de desembargador de um tribunal de justiça! em nenhum lugar do mundo! é uma vergonha!!!!! mas enfim..é brasil né?! paciência!

  32. André Luiz Postado em 28/Jul/2014 às 18:58

    Um erro não compensa o outro, e o Juiz Fux perdeu a oportunidade de se manter diferente daqueles a quem ele julga. Entretanto, a crítica pontual ao Ministro, pelo pragmatismopolítico sem embasa apenas no fato dele haver se posicionado contra os réus do Mensalão. Por ter exigido a cassação deles e o cobrado do legislativo. A mudança no panorama político do país, vira utopia quando a posicionamento partidarista sobrepuja o posicionamento cidadã. Errou o Ministro Fux. Erramos nós que aceitamos, e tendemos a transformar a politica do Brasil, em politicagem. Uma mera disputa de torcidas entre PT X PSDB. Enquanto isso, o barquinho vai...