Redação Pragmatismo
Compartilhar
Redes Sociais 04/Jun/2014 às 16:52
16
Comentários

Mamilos censurados no Instagram

Fundador do Instagram disse que as regras do aplicativo sobre nudez são "justas". Rede Social tem enfrentado críticas após remover fotos de mulheres com mamilos à mostra

O cofundador do Instagram Kevin Systrom disse que as regras do aplicativo sobre nudez são “justas”. A empresa tem enfrentado críticas depois de remover fotos de mulheres com mamilos à mostra.

A política é semelhante a do Facebook, que nesta terça-feira apagou dois posts da página da BBC Brasil que continham a mesma imagem de uma jovem sem camisa, que participava de uma “Marcha das Vadias” em protesto contra o machismo.

O Facebook comprou a rede social de fotos em 2012 por US$ 1 bilhão (R$ 2,28 bilhões).

Systrom disse que as normas do Instagram tinham o objetivo de torná-lo “o mais seguro possível para adolescentes e adultos”.

Os termos de uso do Instagram estabelecem que “você não pode publicar fotos violentas, de nu total ou parcial (…) ou sexualmente sugestivas”, ele destaca.

Seus comentários foram feitos depois que Scout Willis, a filha de Bruce Willis e Demi Moore, protestou contra a remoção de uma de suas fotografias do Instagram.

A cantora Rihanna – que no mês passado fechou sua conta no Instagram após ser censurada por postar fotos nua – tuitou seu apoio ao protesto.

rihanna instagram
Cantora Rihanna saiu do Instagram após confrontos com a política de nudez da rede social (Reprodução)

Facebook

Systrom, que tem 30 anos e cofundou o Instagram em 2010, disse que foi uma “decisão fácil” vender sua empresa para a rede social. “Existem inúmeros exemplos de como o Facebook tem nos ajudado a crescer”, contou.

Ele descreveu sua parceria com o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, como “maravilhosa”.

“Nós compartilhamos uma quantidade enorme de humildade e respeito pelo fato de que muitas pessoas usam nossos produtos para mudar o mundo”.

“É maravilhoso quando você associa empreendedores porque eles podem compartilhar experiências e, de alguma maneira, estimular um ao outro para criar produtos melhores daqui para frente.”

Veja também: A polêmica em torno do “Xereca Satânica”

informações de BBC Brasil

Recomendados para você

Comentários

  1. Luís Postado em 04/Jun/2014 às 16:59

    É uma imprensa privada, eles tem direito. Quando tem censura séria, ou seja, parte do Estado, por causa de leis do politicamente correto (comediantes que fazem piada com gente rica) vocês aqui do Pragmatismo elogiam. Vocês tem que rever suas prioridades.

    • Luís Postado em 04/Jun/2014 às 17:19

      impresa: ninguém me censure pelo erro, ok??? rsrs

      • Magnus Postado em 04/Jun/2014 às 20:42

        qual deles? o imprensa ou impresa?

    • Felipe P Postado em 04/Jun/2014 às 17:19

      Acho que tu fizeste uma salada, Luís. Uma coisa é atingir o próximo, deliberadamente e de maneira certeira (não vou discutir sobre o "politicamente correto"), outra coisa é quando estamos falando de um "Tabu" (podemos dizer isso?), que é o nudismo, em forma de protesto (no caso da marcha das vadias, por mais que não seja esse o propósito da marcha), ou em forma de liberdade individual (no caso da rihanna, e muitos outros).

      • Luís Postado em 04/Jun/2014 às 17:26

        Quando o Estado coibe palavras é censura, Felipe. Onde está a salada?

    • Anderson Postado em 04/Jun/2014 às 21:33

      A que ponto chegamos em que algo banal (na minha opinião) se torna alvo de discussão politica... não deveríamos nem ler isso quanto menos discutir sobre isso

      • Gustavo Postado em 05/Jun/2014 às 17:41

        Pois é... Pela falta de discussão que essas coisas têm que virar notícia. Ou você acha normal que se publique fotos de homens sem camisas sem maiores problemas, mas mulher... aí pega mal, né? Por quê?? (se é algo tããão banal?) Eu te pergunto.

  2. Thiago Teixeira Postado em 04/Jun/2014 às 17:11

    "sexualmente sugestivas" ... que termo mais fita!!

  3. Felipe P Postado em 04/Jun/2014 às 17:15

    Merda de pauta. Se ainda fizessem um estudo ou uma análise das implicações das fotos no comportamento humano, que seja, seria legal. Horrível.

  4. Leticia Postado em 04/Jun/2014 às 19:00

    Todo apoio à pauta! questionar esses tipos de tabus, essas cristalizações sociais bizarras, é função TAMBÉM do jornalismo. Parabéns ao Pragmatismo, por não ser "só mais um". Questionar é preciso! Há muito mais na matéria do que mamilos - mas com os olhos vendados é impossível enxergar.

    • Felipe Postado em 04/Jun/2014 às 20:38

      questionamento? alô? onde? só vejo aspas na pauta, letícia.

    • Felipe P Postado em 04/Jun/2014 às 20:40

      Parabéns ao Pragmatismo, por não ser "só mais um". Questionar é preciso! mel dels... sem palavras nesse momento... Acho que ler a pauta é preciso, às vezes. Mas só às vezes, porque, quando tiver com preguiça, só comente.

  5. John Postado em 04/Jun/2014 às 21:32

    Cara, eu fico meio confuso quanto a isso. Por um lado, entendo que nudez é um tabu e é uma bobagem tentar censurar ou impedir que alguém exponha seu corpo da forma que quiser. Por outro, o Instagram é uma empresa e oferece um serviço gratuito com regras de conduta e não vejo porque não podem ter o direto de censurar o que quiserem. O povo tem todo o direito de reclamar, mas, se quer mostrar seu corpo na internet (e eu ainda não consigo entender o porquê das pessoas quererem tanto fazer isso, seja com ou sem roupa), que o faça no seu próprio blog. No dia que começarem a impedir que as pessoas postem fotos de nus em blogs pessoais, aí me acordem porque eu vou estar preocupado.

    • diogo Postado em 05/Jun/2014 às 10:43

      Ufa... ainda existe a luz do bom senso! rsrsrs exatamente.... daqui a pouco vão protestar contra condomínios que não permitem animais de estimação!....se é uma postura que a pessoa não concorda, só mudar de rede social (ou prédio, como no exemplo)! Não concorda, simples, só não usar!

  6. fred Postado em 04/Jun/2014 às 22:16

    Não concorda, faça como a moça: não use. Ou alguém aí paga para usar o instagram?

  7. Fabiano Postado em 05/Jun/2014 às 00:28

    caralho meu, segurança??? Qual é o problema de um adolescente ver os seios de uma mulher? Os seios de uma mulher é algum tipo de crime? Que mundo de merda! Povo quer se fazer de santo das maneiras mais absurdas.