Redação Pragmatismo
Compartilhar
Copa do Mundo 25/Jun/2014 às 16:32
174
Comentários

Maitê Proença e Peninha justificam xingamento ao Nordeste

Jornalista que chamou o nordeste de “aquela bosta” se defendeu com arrogância e mais agressões, enquanto Maitê Proença disse que declaração era justificável

A emenda saiu pior do que soneto. Eduardo Bueno, (*) comentarista do programa “Extraordinários” do canal SporTV, das Organizações Globo, chamou o nordeste de “aquela bosta” durante um debate (veja aqui). Diante de protestos contra preconceito e estereótipos, ao invés de se desculpar, ele tentou “se defender” com arrogância e mais agressões, piorando a situação (assista aqui).

Disse que estava “cagando” para os internautas que protestaram, a quem chamou de “idiotas” e “bando de babacas”.

Quis dar “carteirada” de intelectual no telespectador, afirmando que para discutir com ele sobre o Nordeste era preciso ler os 15 livros de Câmara Cascudo que ele diz ter lido. Depois, quase balbuciando em meio à intervenções de outro comentarista que procurava colocar panos quentes, disse que estava era “brincando”, como se reforçar estereótipos, preconceitos e alimentar ódios fossem brincadeiras aceitáveis.

Para piorar, a apresentadora Maitê Proença (**) disse que “essa gente é de uma leviandade…” (referindo-se a quem se sentiu ofendido, sobretudo nordestinos, mas também todos os brasileiros que amam o Nordeste), e concluiu: “O cara tem que entender que o contexto desse programa permite esse tipo de coisa”.

Quer dizer que o contexto do programa permite chamar o Nordeste de “aquela bosta”, tranquilamente? E leviano é quem se sente ofendido? E quem é chamado de “bosta” é que deveria pedir desculpas ao programa da poderosa TV GloboSat?

É por isso que é difícil assistir qualquer canal que seja das Organizações Globo. Nem jogo da Copa. Só contratam e só convidam quem detona o Brasil, o Nordeste, o povo brasileiro, nossa cultura, nossa gente. Chique, para eles, é Nova York, Milão, Paris, etc.

E os patrocinadores? Quando um executivo da Philips destratou o Piauí durante o movimento “Cansei”, houve um boicote geral, com ninguém comprando produtos da empresa. Será que a Claro, o Itaú, o McDonalds, a Ipiranga, a Kia e Budweiser (mesmo fabricante da Skol, Brahma e Antartica) querem ir pelo mesmo caminho?

(*) Eduardo Bueno é um historiador jornalista gaúcho, mais conhecido no Rio Grande do Sul como Peninha.

(**) Atriz da Globo. Nas eleições de 2010, para apoiar José Serra (PSDB), cunhou a frase “machos selvagens nos salvem de Dilma” (relembre aqui), apelando para homens machistas não votarem em mulher.

Zé Augusto

Recomendados para você

Comentários

  1. adriano Postado em 25/Jun/2014 às 16:40

    Desculpa, mas concordo com o Peninha. Achar uma bosta um lugar não é racismo, é a opinião dele sobre o lugar...

    • Áureo Postado em 25/Jun/2014 às 17:03

      Claro! principalmente quando é um imbecil preconceituoso.

    • IVAN Postado em 25/Jun/2014 às 17:10

      ESSE BOSTA LAVE A BOCA PRA FALAR DO MEU NORDESTE!!

      • Átila Postado em 25/Jun/2014 às 18:15

        Eu não concordo com esse verme, pois nós, gaúchos, não somos assim. No entanto, somos alvos de boa parte do país. Sem falar na mídia (paulista) que demonstra um certo "ciúmes" de nós

      • nilce mota Postado em 25/Jun/2014 às 23:04

        Ele deveri a comer a bosta em vez de joga-la fora!!!!(SOU NORDESTINA COM MUITO ORGULHO!!!!)

    • Adriano de Sousa Postado em 25/Jun/2014 às 17:54

      E se eu achar você um bosta, não é ofensa, certo? Seria tão-somente minha opinião?

      • Marcelo Postado em 25/Jun/2014 às 18:14

        perfeito Adriano de Souza

      • ELIANE Postado em 25/Jun/2014 às 22:18

        EXCELENTE! SIMPLESMENTE DELICIOSAMENTE INTELIGENTE!!!

      • Alexandre Postado em 26/Jun/2014 às 09:32

        Mas você não pode expor sua opinião em meios de comunicação cidadão. Porque ai você é um formador de opinião.

      • Felipe Postado em 26/Jun/2014 às 10:14

        Entao vem ca expressar tua opiniao seu covarde quero ver tu expressar aqui!!

      • anon Postado em 26/Jun/2014 às 14:12

        Não, pois analise discursiva. Fim.

      • Marcelo Postado em 23/Jul/2014 às 15:48

        Somos um povo soberano cada um rico em sua cultura de sua região, cada uma mais bonita que outra, seja, nordestino, gaúcho, paulista, carioca ou os demais. Sou Nordestino e vejo que algumas regiões são preconceituosos com nordestinos, não tenho problema nenhum com isso, apesar de que quando estou em São Paulo sou incomodado com essas brincadeirinhas imbecis de chamar nordestino de Paraíba ou de Ceará( o nordestino pode ser de qualquer região do nordeste, mas o nome dele é sempre esse), é por causa de vagabundos como esse peninha que são alimentados esse tipo de coisa, liberdade de imprensa não deveria ser favorecido a certos parasitas.

    • Durr Campos Postado em 25/Jun/2014 às 18:05

      De fato não é racismo, 'adriano'. O correto seria xenofobia.

    • Rodrigo Postado em 25/Jun/2014 às 18:20

      Eita! Pelo que entendi, o Peninha chamou o Nordeste de 1600 (auge da produção açucareira) de "aquela bosta". O pessoal ta tomando as dores pelos habitantes do nordeste de 400 anos atrás! Interpretação é importante também!

      • Deco Postado em 10/Jan/2015 às 14:27

        Meu amigo, você é um bosta, pois sequer consegue ouvir e compreender! Assista de novo o video mais umas 10x talvez você compreenda.

    • Gustavo Postado em 25/Jun/2014 às 18:32

      claro que não é racismo pois racismo vem de raça e não região, isso é pre-conceito e falta de educação

    • Lairson Postado em 25/Jun/2014 às 18:52

      Nesse caso, achar VOCÊ um bosta, não é racismo ou difamação. É a MINHA opinião sobre uma pessoa...

    • Luciano Postado em 25/Jun/2014 às 19:29

      Só que ele não conhece nem a propria terra e quer malhar a dos outros vai ver foi rejeitado por algum cabra macho .

    • Emerson Postado em 25/Jun/2014 às 19:43

      Muito diferente de achar ruim um determinado lugar ou situação e fazer críticas ponderadas e razoáveis é destilar desrespeito induzindo diretamente e de forma fechada uma imagem negativa. Quanto a liberdade, se o contexto do programa permite que pessoas defequem as porcarias que bem entenderem, o público e os que se sentirem ofendidos, dentro do contexto democrático, têm todo o direito de manifestar sua indignação e discordância.

    • Debora Candida Postado em 25/Jun/2014 às 20:05

      Será que ele gostaria de ouvir que a terra dele é uma bosta? Eu até que gostava dele e do programa. Agora não vou mais assistir NADA no SportTV. Um canal que permite que divulgue esse tipo.de preconceito não merece nosso respeito assim.como.esse tal de Peninha.

    • Raimundo Postado em 25/Jun/2014 às 20:14

      Mais bosta ainda é quem assiste esse bosta...

    • John Postado em 25/Jun/2014 às 20:38

      Exato, sua opinião é uma bosta. Mas é só a minha opinião. E você é feio, escroto, brocha e imbecil. Mas tudo bem, é só minha opinião, se você achar ruim, é mimimi. É assim que funciona? E nem venha me dizer que eu não te conheço, porque duvido que o Peninha conheça "o Nordeste" do jeito que ele sugere quando junta tudo numa palavra só (como se o NE fosse uma unidade) e diz que é uma bosta.

      • Emanuel Postado em 25/Jun/2014 às 22:59

        Perfeito John! Sem mais.

      • nilce mota Postado em 25/Jun/2014 às 23:10

        Esse palhaço não sabe de nada :aposto que nunca deu duro na vida e vem chamar o povo trabalhador do Ne de bosta!!!(palhaço) sabe por que nunca assisti nada dele? por que é bosta!

    • Jane Postado em 25/Jun/2014 às 20:43

      Deixa eu perguntar uma coisa. Se ele "está cagando pra opinião dos babacas", porque usou um espaço na TV pra falar isso e se defender? Quem está se lixando esquece, não fica lembrando

    • Luís Gonzaga Postado em 25/Jun/2014 às 22:05

      Na verdade, ele é que é uma bosta.

    • Erico Almeida Postado em 25/Jun/2014 às 22:42

      adriano (sem sobrenome e minusculo), você até pode concordar com as palavras do falso historiador, pois você deve ser um grande de um desinformado que com certeza não conhece nada do Nordeste, nossa cultura, nossas belezas naturais, nossa culinária, nossa gente e principalmente nossa historia e muito mais. Para finalizar, você não vale mais que o meu cachorro enterra.

    • Thaís Postado em 26/Jun/2014 às 02:33

      Eu ia dizer o mesmo, em momento algum ele ofendeu os nordestinos, só disse q o lugar aonde moram é uma bosta. Acho muita frescura desse povo. Quem nunca disse q algum lugar é uma bosta, ou um lixo, algo do tipo? Não significa que quem vive no lugar também seja. É a opinião dele, poderia ter usado uma outra palavra, por estar na televisão, para evitar esse tipo de problema, mas não vi nada demais. Eu acho shopping uma bosta, nem por isso estou desmerecendo seus donos e funcionários. É apenas a minha opinião sobre um lugar que não gosto.

    • Val Moraes Postado em 26/Jun/2014 às 06:13

      Ai que besteira essa historia de "Sou nordestina com muito orgulho! Isso sim eh que eh ignorancia vc sente orgulho porque se acha uma merda! Sou nordestina, achei a escolha da palavra do Peninha infeliz mas nao vi nenhum preconceito, sobretudo no contexto pelo qual foi dito. Oh auto-estima fragil!

      • eu daqui Postado em 30/Sep/2014 às 13:10

        Concordo que quem precisa de orgulho é viralata. Por outro lado, aqui no nordeste não tem só merda. Tem coisa boa também.

    • Henrique Postado em 26/Jun/2014 às 07:20

      Só tem um detalhe, o "Nordeste" não é um lugar, é uma região inteira, maior que metade da Europa e com mais de 50 milhões de habitantes, portanto esse cunho de "Nordeste" já é preconceituoso em si, jpg tudo "no mesmo saco". So o fato das pessoas citarem "O Nordeste" já me deixa irritado, não precisa nem chamar de bosta. E BOSTA é que assume preconceitos sem ao menos conhecer sobre o que está falando, daí o nome pré conceito.

    • Lui Carneiro Postado em 26/Jun/2014 às 07:46

      Nordeste não é "um lugar". É uma região, com história, tradição, cultura e povo. Quando chama isso de "bosta" inclui o contexto. Mas que podemos esperar da ignorância? ???

    • Maria Postado em 26/Jun/2014 às 07:53

      Ele tb é um bosta. Que sem conhecimento de causa para falar de determinado assunto coloca palavrões. Bosta por bosta, fico como Nordeste que está na frente no ENEM - inclusive da região Sudeste - mostrando assim que pelo menos em termo de informações somos melhores!!!!!

    • Rafaelle Postado em 26/Jun/2014 às 09:01

      Sim logico, quando se é um IGNORANTE, quando se falta educação no ser humanom sai coisas desse tipo pela boca

    • adriano andrade Postado em 26/Jun/2014 às 09:18

      Vc é nojento Adriano

    • Paulo Postado em 26/Jun/2014 às 09:20

      Este tal de Peninha está treinado para ser humorista de Stand-up Commedy???

    • fabio Postado em 26/Jun/2014 às 09:47

      falr sem ...conhecer é o conceito de ignorancia....falar sem ter conhecimento...sem ter visto, ouvido lido....todo o brasil ´tem o lado bom e o ruim...todos sabemos...o brasil só é bom para quem tem dinheiro..se isola da pobreza e vive um mundo de fantasia.

    • Kleber Postado em 26/Jun/2014 às 10:12

      Quero ver ele expressar a opiniao dele aqui!!

    • Lais Postado em 26/Jun/2014 às 10:27

      Adriano concordo com vc pq o peninha é uma bosta de apresentador e a maitê uma atriz mediocre...

    • zepires Postado em 26/Jun/2014 às 10:28

      E eu concordo com você: tu também é uma bosta, talvez até pior que a outra!

    • Patricia Postado em 26/Jun/2014 às 10:44

      Chamar qualquer pessoa ou qualquer lugar de "bosta" é uma ofensa meu querido, existem outras formas de argumentar quando você não gosta de um coisa ;)

    • Ernesto Postado em 27/Jun/2014 às 09:30

      Bosta e ouvir um monte de bosta achar que tem cultura suficiente para tentar aparecer de alguma forma, já que a competência para coisas mais inteligentes e escassa.

    • Cezar Postado em 28/Jun/2014 às 11:26

      É sempre assim. Pra ocultar um preconceito e contornar uma situação ridícula sempre levamos pro lado da "brincadeirinha". Pimenta no dos outros é refresco. Não foi assim que fez aquele pseudo-humorista Danilo Gentili quando oferece 'bananas' a internauta negro pelo Twitter?

    • Alexandre Postado em 03/Jul/2014 às 17:58

      Você concorda porque é outro BOSTA igual a ele! Hipócrita!

    • Marcelo Postado em 23/Jul/2014 às 15:40

      Bote sua opnião no cu

  2. Jenner Martins Postado em 25/Jun/2014 às 16:44

    Ele não é historiador....

    • Tammy Postado em 25/Jun/2014 às 17:58

      Exatamente. Ele escreve livros de "história" mas não é historiador. A formação dele é em jornalismo. Mas então tá... é opinião dele achar o nordeste uma bosta. É minha opinião achar que ele é um historiador de merda... Mas tudo na paz, no amor, tá gente? Só brincadeira.

    • Maria Postado em 26/Jun/2014 às 07:54

      Não, certamente ele é um bosta!!!! Sem ofensas. KKKKKKKKK

  3. Felipe Basso Postado em 25/Jun/2014 às 16:45

    Na moral, eu assisti o programa inteiro, quem foi que gastou xingamentos foi a Maitê, ela burguesa que nunca estudou nada. O Peninha desde o começo defendeu o Nordestino entre outras coisas, por que o debate era sobre civilidade (ele puxou para o conceito histórico), já não é a primeira vez que eles debatem sobre, e o discurso era meter o pau no pobre favelado que por ser isso automaticamente é bandido vagabundo (para Maitê), o Peninha levantou a bandeira defendendo o pobre e o favelado muito conhecedor da história que temos, não estou defendendo ele nem nada, mas ele falou aquilo como forma de expressão de um contexto de uma região a muito abandonada que agora cresce e que sofre discriminação de paulista babaca. O que estão fazendo é como um jornalista disse esses dias "jornalismo de espirito de porco" que o Brasil tem e mantém, o ultra sensacionalismo. (quando falou que os jornais de fora do país estão rindo de jornalistas que tentaram criar o apocalypse da copa, que o mundo ia acabar, aeroportos explodirem e etc.)

    • Carol Postado em 25/Jun/2014 às 21:49

      Olha só, quem não entendeu?? Quando ele fala aquela bosta, logo em seguida ele diz: capaz, é maravilhoso, isso é uma brincadeira!! Quem conhece o Peninha sabe que ele não tem nenhum tipo de preconceito em relação ao nordeste!! Ele não é arrogante!! É um programa com tons de humor e mesmo assim ele INTEIROU QUE ERA BRINCADEIRA E ELOGIOU O NORDESTE NO MESMO MOMENTO!! Estão querendo achar bobagem onde não tem!! Gosto muito desse site, agora nesse assunto estão pegando MUITO PESADO!! Ele tem razão em estar de cara, porque foi super ofendido de verdade, e super mal interpretado e pessoas de má fé, que querem promover um assunto que não existiu, (ele foi até irônico quando disse aquela bosta)!! Mas se é bom para o IBOPE ficar mentindo e distorcendo um coisa dessas para aparecer!! PARABÉNS, estão fazendo o que a direita faz e vocês reclamam, distorcendo palavras e transformando pessoas inocentes em monstros para ganhar pontos!!! Sou gaúcha, amo o nordeste, moraria lá hoje sem dúvida, mas nesse caso, estou com o Peninha, ele não ofendeu ninguém!!

      • walter p de sousa Postado em 29/Jun/2014 às 16:30

        No contesto de agora os nervos esta nais altura qualquer coisa que se fala tem um contorno maior. UM país como nosso que tem uma revista como a veja uns jornalista cheios de preconceito e a midia da todo apoio fica dificil acreditar se é brincadeira ou e´coisa seria.

    • Neto Postado em 26/Jun/2014 às 02:30

      "...que agora cresce e que sofre discriminação de paulista babaca." Quem está sendo preconceituoso agora? Lembrando que o cara que falou essa merda é gaucho, nem paulista é... Fácil olha o dos outro quando não olhamos o nosso próprio né?

  4. Anna Postado em 25/Jun/2014 às 16:46

    Não chame este bosta de historiador!

    • divino Postado em 25/Jun/2014 às 19:53

      nao ofendam a bosta...

  5. João Postado em 25/Jun/2014 às 16:49

    Esse cara não é historiador! Ele não é graduado em História, ele não é estudado na academia. Ele é jornalista metido a historiador. Medíocre como jornalista e mais medíocre ainda como historiador.

    • NDutra Postado em 25/Jun/2014 às 17:09

      (TEXTO DA WIKIPEDIA): Eduardo Bueno é jornalista, escritor e tradutor. Ficou conhecido nacionalmente por traduzir "On the Road", de Jack Kerouac, um clássico da cultura beatnik da década de 1950. À época (sua tradução é da década de 1980), não apenas aderiu ao movimento, como também se tornou um de seus maiores divulgadores no país. Aproveitando o contexto de preparação das comemorações pelos quinhentos anos do descobrimento do Brasil, fechou contrato com a Editora Objetiva para a redação de cinco livros sobre História do Brasil voltada para leigos, a Coleção Terra Brasilis: 1. A Viagem do Descobrimento (1998) 2. Náufragos, Traficantes e Degredados (1998) 3. Capitães do Brasil (1999) 4. A Coroa, a Cruz e a Espada (2006) 5. A França Antártica (previsto para 2007) Apenas a vendagem dos três primeiros títulos alcançou 500 000 exemplares até 2006. Embora suas obras sejam utilizadas no cotidiano das salas de aula brasileiras e Bueno seja, por vezes, confundido com um historiador, sua formação acadêmica e experiência profissional são na área de jornalismo, o que lhe rendeu críticas (ORA VEJAM...) por parte da Revista Veja, que avaliou seus livros como superficiais e presos ao campo da memória e curiosidades na história, prejudicando a publicação de trabalhos sérios do campo historiográfico. Porém, o seu sucesso como escritor, ao menos em termos de vendagem de livros, é indiscutível. O autor considera, ainda, que há espaço para outras obras e afirma ter desejo de escrever ainda sobre o período pré-Cabralino, sobre as bandeiras e sobre o Brasil Holandês. Algumas de suas obras: • A viagem do Descobrimento: a Verdadeira História da Expedição de Cabral. Rio de Janeiro: Objetiva, 1998. • Náufragos, Traficantes e Degredados: as Primeiras Expedições ao Brasil, 1500-1531. Rio de Janeiro: Objetiva, 1998. • Capitães do Brasil: a Saga dos Primeiros Colonizadores. Rio de Janeiro: Objetiva, 1999. • Brasil: Terra à Vista! A Aventura Ilustrada do Descobrimento. Porto Alegre (RS): L&PM Editores, 2000. • Brasil: uma História - a Incrível Saga de um País. São Paulo: Ática, 2003. • Pau-brasil. Rio de Janeiro: Axis Mundi, 2003. • Blá, Blá, Blá: a Biografia Autorizada dos Mamonas Assassinas. Porto Alegre, L&PM Editores. • À sua Saúde: a Vigilância Sanitária na História do Brasil. Brasília: ANVISA

  6. Raphael Postado em 25/Jun/2014 às 16:55

    Esse sujeito nunca cursou história, favor corrigir pragmatismo político.

  7. Gisela Postado em 25/Jun/2014 às 17:01

    Por favor, corrijam! Eduardo Bueno não é, nunca foi e nunca será historiador... Não desmoralize a nossa classe chamando um pulha desse de historiador. Não serve para isso, para ser comentarista... Acho que não serve, nem ao menos para ser gente esse camarada!

    • Carlos Postado em 25/Jun/2014 às 20:43

      Esse idiota é mesmo um vagabundo que ganha dinheiro escrevendo e falando o que ouve, não por conhecimento, será que ele é Gaúcho de três facas?

  8. Julio Postado em 25/Jun/2014 às 17:06

    [...]a região rica do Brasil, aquela bosta de nordeste...porque o Rio Grande do Sul era o centro do mundo...haha...[...] acho que temos alguns Sheldons Coopers (do seriado The Big Bang Theory) aqui, com dificuldades de entender uma ironia, uma piada irônica.

    • Nati Postado em 26/Jun/2014 às 09:12

      E você acha que preconceito não pode ser cunhado de uma ironia???? Faça-me o favor! Incrível que as pessoas não visualizem o preconceito, nas palavras alheias. Isso ocorre, porque só sabe quem passa por isso. Então mais respeito, por favor!!!! Conheço o Brasil todo, e não troco o nordeste por nada!

    • Gustavo Postado em 26/Jun/2014 às 09:19

      Comentário perfeito!

  9. Pablo Postado em 25/Jun/2014 às 17:06

    Esse idiota não é historiador.

  10. daniel Postado em 25/Jun/2014 às 17:08

    ai que polemica desnecessária, vão se ocupar a construir algo

  11. IVAN Postado em 25/Jun/2014 às 17:09

    DOIS IMBECIS, SERIA BOM UM BOICOTE FORTE CONTRA OS PATROCINADORES E ESSA EMISSORA, APESAR QUE A AUDIÊNCIA DA COPA É A PIOR ENTRE TODAS. SINTO PENA DESSA ATRIZ E DESSE "PENA"

    • poliana Postado em 26/Jun/2014 às 08:44

      atriz!!!!???? q atriz!!!??? qual foi a contribuição dessa senhora pro mundo da teledramaturgia?! do teatro? do cinema??? agora ela quer ser apresentadora!!!??? essa senhora é um nada no mundo da atuação, é apenas uma demagoga puxa saco das organizações globos..além de ladra do dinheiro público. ela acha q é um direito adquirido receber 13 mil reais de pensão do papai suicida, ex procurador da república, pq nunca "casou". por isso é tão conveniente manter uma união estável com algum macho é?! sobretudo o pai de sua filha, com quem ela conviveu (mas n casou!) por 14 anos! mas uma sangue suga q vive mamando nas tetas do estado! apenas uma burguesinha loirinha de olho azul..mas um nada na história do país!

      • nana Postado em 26/Jun/2014 às 10:27

        isso mesmo. Que moral esta otária tem para chamar alguém de vagabundo? quem vive as custas da previdência é esta aproveitadora. Globo sim é uma bosta.....

  12. Otto Postado em 25/Jun/2014 às 17:14

    Eduardo Bueno NÃO é historiador. Historiador é quem faz história e passa anos aprendendo a lidar com métodos de pesquisa

  13. Paulo Postado em 25/Jun/2014 às 17:15

    Historiador não, por favor!

  14. Deisi Postado em 25/Jun/2014 às 17:16

    Pelo que eu entendi, ele é um pseudo historiador, um jornalista que gosta de fazer piadas, mesmo carregada de preconceitos, se fosse viver de humor tão apreciado pelos pseudos intelectuais, morreria de fome, o sujeitinho sem graça. se ele fosse demitido, coisa que não acredito se tratando do grupo platinada, talvez tirasse alguma lição, algo praticamente impossível, isto está enraizado. Ele poderia tentar uma vaga no CQC ou no Pânico, formula esgotada e sem graça, mais um bosta, entre tanta merda. graças a Deus tenho controle remoto, esse sim é meu amigo de todas as horas.

  15. Ariander Postado em 25/Jun/2014 às 17:16

    Essa gente como como a atriz e o outro ai que não me importo que é ele, não sabem o que sofre e o que passa o povo nordestino, pra falar besteiras, hipócritas , sim essas pessoas que empodressem o país.

  16. prof. Klinger Ericeira Postado em 25/Jun/2014 às 17:16

    Não é essa vagabunda que recebe uma pensão vitalícia imoral (paga com recursos públicos) apesar de ter sua própria renda e de já ter se amasiado várias vezes?!

    • Tammy Postado em 25/Jun/2014 às 18:00

      Exatamente Klinger... Benefício conhecido como "pensão para as filhas solteiras de militares". É uma lady essa dona. Digna de todo o meu respeito. Só que não.

      • Luciane Postado em 25/Jun/2014 às 19:40

        Esperta ela que continua com o beneficio

    • Luciane Postado em 25/Jun/2014 às 19:37

      Ela mesma!!

    • poliana Postado em 26/Jun/2014 às 08:48

      ela mesmo!!! nojenta!

  17. dimitri Postado em 25/Jun/2014 às 17:16

    Zé Augusto, se liga no seu texto também pois o cara não é historiador. E tá na cara que vc quer adjetiva-lo como "gaúcho", simulando uma falsa rivalidade. Vcs só escrevem merda hein... é sensacionalismo por tudo que é lado.

  18. Saul Britto Postado em 25/Jun/2014 às 17:19

    Esse rapaz tem o direito de achar o que ele quiser,afinal a "midia" vive mostrando a maravilha que é o sudeste e este país inteiro,um jornalista espanhol,só porque a espanha foi desclassificada,chamou o Brasil de tudo quanto não presta, e dái? FODA-SE!

  19. José Henrique Martinez Postado em 25/Jun/2014 às 17:21

    Foi uma piada de mau gosto!!! Ele exagerou, duvido que volte a repetir, contudo a atitude arrogante que o condena, se ele dissesse no programa dizendo que foi mal interpretado e que ama o nordeste (como disse) ficaria melhor!!!

  20. red Postado em 25/Jun/2014 às 17:23

    Certo mesmo é um nordestino analfabeto e alcoolatra tratar todos os paulistas como elite, dizer que os pretos são uma população feia e pobre... Aí, a discriminação é justificada, pq atende ao interesse na defesa da nossa goverAnta...

  21. Daniela Postado em 25/Jun/2014 às 17:24

    Bosta é a Maitê Proença, que até hoje vive de pensão do pai militar.

    • Luciane Postado em 25/Jun/2014 às 19:45

      E todos sabem que ela já casou varias vezes mas continua recebendo,pq será?

    • poliana Postado em 26/Jun/2014 às 08:50

      o pai dela era procurador da república! e sim, é realmente uma bosta essa burguesinha! conviveu com o pai de sua filha por 14 anos, mas nunca oficializou a união pra n perder a mamata de 13 mil mensais! é uma imoral! uma nojenta! ridícula essa senhora!!!

    • Felipe P Postado em 26/Jun/2014 às 10:44

      Hehehehe. Tenho um amigo (Bebeto, ex jogador do corinthians em 2005, de Mano menezes) que diz que ela é puta. Dá pra geral lá no coringão. Fora ela, muitas outras globais o fazem. Burguesa ela não é. Ela é uma putinha, assim como muitas, que vivem às custas dos outros, prestando serviços.

  22. Felipe Silva Postado em 25/Jun/2014 às 17:30

    Eduardo Bueno não é um historiador. Ele escreve sobre História, mas está longe de ser um historiador;

  23. Cristiano Postado em 25/Jun/2014 às 17:31

    Ela não se emenda (a Maitê)! Os Portugueses que o digam!!!

  24. Brisa Postado em 25/Jun/2014 às 17:37

    Sou baiana, amo meu estado/região e abomino qualquer tipo de preconceito, inclusive piadas que incitem preconceito, sou do tipo chata politicamente correta. Acho esse programa péssimo e sou fã do Pragmatismo Político. Mas acho que houve um equívoco. Acredito que o Peninha reagiu dessa forma porque o que entenderam sobre ele é exatamente o oposto do que ele pensa, eu também ficaria muito contrariada se pensassem que sou algo que abomino. Vi e revi o vídeo inúmeras vezes e me parece que ele falou "aquela bosta" ironicamente, ironizando que quem explorou as riquezas do nordeste é quem chama a região de bosta. Entendo ele quando ele fala: "vocês pegaram a pessoa errada". Acho que há muitos inimigos por ai, muitos mesmo, pessoas conservadoras, reacionárias, com pouco respeito, compaixão e conhecimento sobre o próximo. Posso estar enganada, mas me parece que essa pessoa realmente não é o Peninha.

    • Mariana Brito Postado em 26/Jun/2014 às 06:25

      Vi os dois programas e tive a mesma interpretação... do primeiro programa e só no que diz respeito a Peninha (que realmente não é historiador, pelo amor de Deus, tirem isso!). Contudo, no programa seguinte ele desata ofensas desnecessárias, ao invés de esclarecer aos ignorantes o significado da palavra ironia. E isso, eu acho que merece a devida repreensão pois só trouxe mais incômodo. Agora... dona Maitê precisa urgentemente cuidar da língua ferina ou vai ficar tão malquista na mídia que o diabo é quem irá contratá-la para algo ao vivo. Ela sim foi preconceituosa, agressiva e burra, que não entendeu uma só ironia do Peninha e aproveitou pra liberar todo o preconceito que a coxinha tem em si.

  25. Cláudio Menezes Postado em 25/Jun/2014 às 17:40

    Como diz o Baiano Marcelo Nova '' falta de cultura pra cuspir na escultura, outra: ''´é melhor escrever errado a coisa certa, do que escrever certo a coisa errada ( Patativa do Assaré)'' Não troco meu ''OXENTE'' pelo ''OK'' de ninguém ( Ariano Suasuna ). Prestem atenção: se não gostam ou querem que o nordeste e até o Norte no Brasil não faça parte dos demais estados que nos desprezam o problema e de vocês, pois temos orgulho de sermos quem somos e temos a certeza de que o nosso Pais só é o que é graças ao povo valente, persistente e lutador. #Nordestinocommuintoorgulho vou citar alguns nomes de pessoas importantes na historia e na cultura do Nordeste (Brasil): Mário Schenberg, considerado o físico teórico mais importante do Brasil; Ruy Barbosa, intelectual brasileiro, conhecido como "Águia de Haia"; Paulo Freire, um dos pensadores mais notáveis da história da pedagogia mundial; Aurélio Buarque de Holanda, autor do principal dicionário de português no Brasil; José Leite Lopes, o único físico brasileiro detentor do UNESCO Science Prize; Nelson Rodrigues, o maior dramaturgo brasileiro; Casimiro Montenegro Filho, criador do ITA e do CTA e pioneiro do CAN; Leopoldo Nachbin, o maior matemático brasileiro; Correia Picanço, fundador da primeira escola de medicina do Brasil; Celso Furtado, um dos economistas mais influentes da história latinoamericana; Josué de Castro, cientista de grande renome internacional; Gilberto Freyre, um dos mais importantes sociólogos do século XX; Fernando de Mendonça, fundador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE); Pedro Américo, um dos maiores artistas plásticos brasileiros; Clóvis Beviláqua, considerado o maior jurista brasileiro; Paulo Ribenboim, o único matemático brasileiro com verbete no The MacTutor; João Cabral de Melo Neto, primeiro brasileiro galardoado com o Prêmio Camões; Jorge Amado, um dos escritores com mais livros traduzidos no mundo; José de Alencar, um dos maiores escritores românticos da língua portuguesa; Rachel de Queiroz, a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras; Marechal Deodoro da Fonseca, o proclamador da República; Ariano Suassuna, o idealizador do Movimento Armorial; Assis Chateaubriand, fundador do MASP e da TV Tupi (pioneira na América do Sul); Maurício Peixoto, um dos pioneiros mundiais no estudo da estabilidade estrutural; Cardeal Arcoverde, o primeiro cardeal da América Latina; Luís da Câmara Cascudo, o maior folclorista do país; José Ermírio de Moraes, engenheiro, fundador do Grupo Votorantim; Norberto Odebrecht, engenheiro, fundador da Organização Odebrecht; Antônio de Queiroz Galvão, engenheiro, fundador do Grupo Queiroz Galvão; Delmiro Gouveia, um dos pioneiros da industrialização no Brasil; Ferreira Gullar, um dos fundadores do neoconcretismo; Pontes de Miranda, um dos maiores juristas do Brasil; Anísio Teixeira, difusor dos pressupostos do movimento da Escola Nova; Pirajá da Silva, responsável pela identificação do ciclo fisiopatológico da esquistossomose; Teixeira de Freitas, autor de um dos esboços do código civil brasileiro que influenciou profundamente os códigos civis do Paraguai, do Uruguai e principalmente da Argentina, ao qual serviu como modelo; Nas Ciências Humanas e Sociais, nomes como Joaquim Nabuco, Nelson Rodrigues, José de Alencar, Tobias Barreto, Assis Chateaubriand, Rachel de Queiroz, Paulo Freire, Castro Alves, João Cabral de Melo Neto, Jorge Amado, Raimundo Correia, Álvaro Lins, Clarice Lispector, Graciliano Ramos, Gilberto Freyre, José Lins do Rêgo, Marcos Vilaça, Jorge de Lima, João Ubaldo Ribeiro, Josué de Castro, Dias Gomes, Clóvis Beviláqua, Aurélio Buarque de Holanda, Gregório de Matos, Aluísio Azevedo, Ferreira Gullar, Gonçalves Dias, Anísio Teixeira, Ariano Suassuna, Artur de Azevedo, José Américo de Almeida, Graça Aranha, Martins Júnior, Adolfo Caminha, Josué Montello, Sílvio Romero, Viriato Correia, Manuel Bandeira, Pontes de Miranda, Nísia Floresta, Auta de Souza, Coelho Neto, Osman Lins, Dantas Barreto, Geraldo Holanda Cavalcanti, Joaquim Cardoso, Antonio Lavareda, Luiz Felipe Pondé, Adonias Filho, Afrânio Peixoto, Ernesto Carneiro Ribeiro, Teixeira de Freitas, José Sarney, Olegário Mariano, Raimundo de Farias Brito, Catulo da Paixão Cearense, Laudelino Freire, Adelmar Tavares, Capistrano de Abreu, Hermes Fontes, José da Silva Lisboa, Augusto dos Anjos, Carlos Pena Filho, José Condé, Sousândrade, Marcelino Freire, Isa Grinspum Ferraz, Manuel Correia de Andradre, Milton Santos, Carlos Ayres Britto, Clodomir Cardoso, João Ribeiro, Augusto Tavares de Lyra, Roberto Lyra, João Carneiro de Sousa Bandeira e Antonio Herculano de Sousa Bandeira; Nas Ciências Exatas e Biológicas, nomes como Mário Schenberg, José Leite Lopes, Leopoldo Nachbin, Paulo Ribenboim, Josué de Castro, Aron Simis, Luís Freire, Casimiro Montenegro Filho, Joaquim Cardoso, Correia Picanço, Israel Vainsencher, Norberto Odebrecht, Elon Lages Lima, Pirajá da Silva, Nise da Silveira, Cândido Firmino de Melo Leitão, Otto de Alencar, Antonio Mário Antunes Sette, Carlos Paz de Araújo, Joaquim Gomes de Sousa, Elsimar Coutinho, Juliano Moreira, Reginaldo Marinho, Edson Mororó Moura, Miguel Mauricio da Rocha, Alberto Passos Guimarães Filho, Expedito José de Sá Parente, Alexandre Rodrigues Ferreira, Fernando Antonio Figueiredo Cardoso da Silva, Arnaldo Carvalho de Melo, Rubens de Azevedo, Antônio de Queiroz Galvão, João Santos, Bezerra de Menezes, entre muitos outros; Na Música, os exemplos mais conhecidos são João Gilberto, Raul Seixas, Luiz Gonzaga, Dorival Caymmi, Bezerra da Silva, Astrud Gilberto, Chico Science, Gilberto Gil, Belchior, Lenine, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Alceu Valença, Djavan, Gal Costa, Zé Ramalho, Elba Ramalho, Alcione, Michael Sullivan, Simone, Moraes Moreira, Geraldo Azevedo, Margareth Menezes, Daniela Mercury, Ivete Sangalo, Ademilde Fonseca, Waldick Soriano, Pitty, Herbert Vianna, Dinho dos Mamonas Assassinas, Roberta Miranda, Roberta Sá, Tom Zé, Fagner, Marina Elali, Mara Maravilha, Gilliard, Zeca Baleiro, Chico César, Luiz Caldas, Otto, Renata Arruda, Geraldo Vandré, Nando Cordel, Antônio Nóbrega, Dominguinhos, Patricia Mellodi, Amelinha, Fred Zero Quatro, Clarice Falcão, Filipe Guerra, Naná Vasconcelos, Jackson do Pandeiro, Pepeu Gomes, Armandinho, Dodô e Osmar, Robertinho do Recife, Fernando Lobo, Cynthia Zamorano, Nelson Jacobina, Carlinhos Brown, Reginaldo Rossi, Falcão, Xangai, Jorge de Altinho, Capiba, Turibio Santos, Hermeto Pascoal, Sivuca, Eleazar de Carvalho, Miguel Kertsman, Marlos Nobre, Antônio Meneses, Luperce Miranda, James Strauss, Walter Wanderley, João Pernambuco, Luís Álvares Pinto, Jacques Klein e Tânia Maria; Nas Artes Cênicas (teatro, cinema e televisão), destaque para Marco Nanini, José Wilker, Othon Bastos, Arlete Salles, Chacrinha, Wagner Moura, Lázaro Ramos, Hermila Guedes, Bruno Garcia, Virgínia Cavendish, Irandhir Santos, João Miguel, Rebecca da Costa, Patrícia França, Priscila Fantin, Carmem Verônica, Solange Couto, Antonio Pitanga, Tuca Andrada, Guilherme Berenguer, Chandelly Braz, Mayana Neiva, Armando Babaioff, Jesuíta Barbosa, Lucy Ramos, Rhaisa Batista, Arlindo Grund, Daniel Boaventura, Anthero Montenegro, Ingra Liberato, Luíza Tomé, Giselle Tigre, Lucci Ferreira, Emanuelle Araújo, Carolina Holanda, Gustavo Falcão, Torquato Neto, Guel Arraes, Aguinaldo Silva, Glauber Rocha, Kleber Mendonça Filho, Cacá Diegues, Cláudio Assis, Marcelo Gomes, Heitor Dhalia, Fernando Coni Campos, Emiliano Queiroz, Natália do Vale, Sílvia Salgado, Luiz Carlos Vasconcelos, Ildi Silva, Jorge Pontual, Regina Dourado, Chica Xavier, Arnaud Rodrigues, Fábio Lago, André Valli, Aramis Trindade, Sebastião Vasconcelos, Tânia Alves, Íris Bustamante, Lupe Gigliotti, Gero Camilo, Ilva Niño, Walter Breda, Luiz Armando Queiroz, Lívia Falcão, Jackson Costa, Erom Cordeiro, Alexandre Schumacher, Pedro Malta, Louise Wischermann, Carolina Magalhães, Viviane Victorette, Chico Anysio, Renato Aragão, Tom Cavalcante, Wellington Muniz, Fabiana Karla, João Cláudio Moreno, Zé Lezin, Espanta, Adamastor Pitaco, Shaolin, dentre outros tantos; No Jornalismo, destaque para Francisco José, José Raimundo, Tadeu Schmidt, Ricardo Noblat, Ricardo Callado, Moacir Japiassu, Alan Severiano, Márcio Canuto, Luciana Ávila, Michelle Loreto, Rosana Jatobá, Ticiana Villas Boas, entre muitos outros; Nas Artes Plásticas e Design, destacam-se Pedro Américo, Romero Britto, Francisco Brennand, Cícero Dias, Vicente do Rego Monteiro, Aldemir Martins, Aloísio Magalhães, Mário Cravo, Mestre Vitalino, Andree Guittcis, Carybé, Telles Júnior, Bispo do Rosário, Sante Scaldaferri, Antonio Maia, Lucília Fraga, Otacílio de Azevedo, Abelardo da Hora, Joãosinho Trinta, entre outros; Nos esportes, destaque para Zagallo, Oscar Schmidt, Karol Meyer, Carlos Burle, Marta, Rivaldo, Bebeto, Dida, Vampeta, Vavá, Júnior, Juninho Pernambucano, Daniel Alves, Edílson, Hulk, Hernanes, Ricardo Rocha, Manga, Almir Pernambuquinho, Manoel Tobias, Jaqueline Carvalho, Dani Lins, Pampa, Shelda Bede, Ricardo, Joanna Maranhão, Edvaldo Valério, Clodoaldo Silva, Yane Marques, Beto Monteiro, Tony Kanaan, Robyn Regehr, Teliana Pereira, Keila Costa, Wagner Domingos, Popó, Lyoto Machida, Minotauro e Minotouro; Dentre modelos, pode-se citar Adriana Lima, Emanuela de Paula, Lais Ribeiro, Fernanda Tavares, Arthur Sales, Kamila Hansen, Isabella Melo, Rhaisa Batista, Rebecca da Costa, Schynaider de Moura Souza, Ingrid Kelly, a eterna Miss Brasil Martha Rocha e a Miss Universo 1968 Martha Vasconcellos; Dentre Políticos e Líderes, nordestinos importantes no cenário nacional como Marquês de Olinda, Marechal Deodoro da Fonseca, Floriano Peixoto, Teotônio Vilela, Epitácio Pessoa, Humberto de Alencar Castelo Branco, Itamar Franco, Luiz Inácio Lula da Silva, José Sarney, Marco Maciel, Cristovam Buarque, Heloísa Helena, Jarbas Vasconcelos, Antônio Carlos Magalhães, Fernando Lyra, Roberto Freire, Luciano Bivar, Sérgio Guerra, Eduardo Campos, Armando Monteiro Neto, Fernando Bezerra Coelho, Randolfe Rodrigues, Raul Jungmann, Rildo Souto Maior, Estácio Gonçalves Souto Maior, Alzira Soriano, Frei Caneca, Barão de São Borja, Zumbi dos Palmares, Antônio Conselheiro, Padre Cícero Romão Batista, dentre outros tantos; e no cenário internacional, como o General Abreu e Lima.

    • JOGUINHA Postado em 25/Jun/2014 às 18:20

      FALOU TUDO!!!!!

    • Marina Carvalho Postado em 25/Jun/2014 às 18:50

      PARABÉNS!!! VOCÊ DISSE TUDO E MAIS ALGUMA COISA!!!!

    • Josefa Postado em 25/Jun/2014 às 20:17

      E eu, Josefa Maria de França Silva, professora no Estado de São Paulo. Mas com muito orgulho Pernambucana.

    • Herick Murad Postado em 26/Jun/2014 às 01:52

      Muito bom ! Parabéns pela Seleção de Ilustres Nordestinos.

    • poliana Postado em 26/Jun/2014 às 08:54

      post sensacional claudio! parabéns! fiquei emocionada!brilhante!!!!!!!!!!

    • Marcelle Postado em 26/Jun/2014 às 10:33

      Ainda querem falar mau de Nordestino, amei o post!!

  26. Rafael Martini Postado em 25/Jun/2014 às 17:42

    Uau, deve ser "engraçadaço" um humorístico produzido pelo SporTV em que participam a Maitê Proença e o Cláudio Manoel. Como diria Chaves, "melhor ver o filme do Pelé".

    • Vera Postado em 25/Jun/2014 às 19:00

      O Cláudio Manoel e um baiano metido a intelectual, ele também e bosta na visão desse jornalista. Engoliu calado por que e otário e puxa saco..

  27. Gabriel Postado em 25/Jun/2014 às 17:47

    Ele NÃO É HISTORIADOR. Isso é um absurdo e uma ofensa a todos os profissionais de história!

  28. Tadeu Postado em 25/Jun/2014 às 17:58

    Maitê fazendo Maetices.

  29. Josue Postado em 25/Jun/2014 às 18:27

    Tem tempos que já vejo esse cara falando bobagem no sportv, ou melhor, quando ele estava presente sempre foi essa pessoa insuportável , dai eu trocava de canal. Essa mulher aí tbm é uma besta quadrada que se acha. Mas como o outro já disse, esperar o que de globosat.

  30. Bruno Postado em 25/Jun/2014 às 18:51

    Cade os reaças de plantão?Pereira,José Ferreira,Rodrido,Elias,etc.?

    • Thiago Teixeira Postado em 25/Jun/2014 às 18:58

      Estão comprando ingressos para as oitavas de final.

      • José Ferreira Postado em 26/Jun/2014 às 09:07

        Eu não!!! Vai Chile!!!

      • Rodrigo Postado em 26/Jun/2014 às 10:59

        (Outro Rodrigo) não sei se o pré-julgamento é a mim direcionado ou aos demais Rodrigos que aqui comentam. Então apenas repito o que disse acima, a uma conterrânea, antes ressalvando que, não, não estou em condições de comprar ingresso de copa, tendo, sim, de me preocupar em trabalhar a cada dia mais: "(Outro Rodrigo) Poliana, eu sou do Nordeste, baiano. E fiquei preocupado com a hipótese de, quanto ao jornalista, a fala ter sido descontextualizada, a partir de quando a frase inteira é: "[...] todo o açúcar era refinado na área rica do Brasil, aquela bosta lá do Nordeste, o que era ótimo, excelente, uma maravilha; o Rio Grande do Sul era o centro do mundo..." . A ironia não foi entendida, mostrando que o que hoje, para muitos (realmente, muitos há que discriminam), seria "uma bosta", ontem era a região mais rica e desenvolvida, ao que o Rio Grande do Sul não tinha tanta expressão - ou sejam, para muitos, o NE é apenas atraso, mas poucos conhecem a história a contar, mesmo, com a instalação momentânea em Recife do grupo de judeus que, após passarem a situação de risco, com a saída dos holandeses, foi fundar Nova Iorque. No caso específico, pois, não enxerguei discriminação alguma, mas, devidamente contextualizado, um esclarecimento a quem ignora o período histórico em questão e crê que, desde sempre, o desenvolvimento industrial, econômico e científico deu-se no Sul e Sudeste (falo especificamente à fala, em seu devido contexto)." P.S.: quanto à atriz e sua pensão, a discussão remeteria à teoria no sentido de nem tudo que é moral ser direito e nem tudo que é direito, ser moral (o benefício foi previsto para filhas solteiras, no meu caso particular eu entendendo que aquela que estiver em união estável deveria apresentar pedido de cessação do benefício, o instituto da união estável não devendo ser usado para burlar o sistema - não sei se a atriz encontra-se ou já se encontrou em união estável, destaco). P.S.2: realmente está faltando leitura ao povo brasileiro, não de sucintos artigos, postagens, ou comentários, mas, efetivamente, de livros (ao bel prazer do leitor, especialmente face aos gratuitamente divulgados por autores e bibliotecas).

      • Pereira Postado em 26/Jun/2014 às 16:53

        Eu não compro ingresso, meu caro coxinha extremista petista. Eu tenho credencial, entro de graça nessa porcaria.

  31. alexandre Postado em 25/Jun/2014 às 18:51

    Legal que a maioria dos comentários ofendidos por ele dizer que acha alguma coisa "uma bosta" chamam ele e a maitê de "bosta" ahahahahaha, saiam da Internet e vão cuidar da vida de vcs.

  32. Deisi Postado em 25/Jun/2014 às 19:00

    A "atriz" em questão, sem talento, sem carisma, que recebe pensão de 13 mil, do pai, que se diz solteira, mas tem uma filha, e já teve várias uniões estáveis, mas mesmo assim não abre mão da pensão, essa sim merece respeito, só que não mulherzinha sem escrúpulos, o pior de tudo é tentar passar de paladina da justiça, patética essa idiota.

  33. Aline Postado em 25/Jun/2014 às 19:07

    RIDÍCULO esses dois "bostas", não troco o meu nordeste por nenhum outro lugar, e antes de sermos nordestinos somos brasileiros e merecemos todo o respeito.

  34. JUÇANÃ SANTOS Postado em 25/Jun/2014 às 19:07

    É tudo um rebanho de merda. Meio mundo medíocre falando de coisas que não tem aptidão sem nenhum sentido. Quero que ele, maitê e quem mais os defendam vão a m***, mas tudo na brincadeira, pois o espaço permite.

  35. robson omara de assis Postado em 25/Jun/2014 às 19:40

    As deficiências que essas duas mulas constatam do nosso Nordeste, perpetuaram-se exatamente pela atitude desprezível de governantes, seja na esfera federal, seja na estadual, que, êmulos do coronelismo centenário, desfrutaram de todas as conveniências que uma região pobre, até que um novo olhar se dirigisse para ela, lhes proporcionou. Indesculpável, seja por qualquer ângulo a atitude deses energúmenos. Ambos não seriam capazes de elencar meia dúzia de gênios que nos arrolou o cidadão acima.

  36. Rafael Sosa Postado em 25/Jun/2014 às 20:01

    mas por favor!!! Vcs tem que conhecer a pessoa antes de criticar. Quem conhece o Peninha sabe que antes de tudo o cara é um piadista, inclusive ele mesmo fala isso no video, dizendo que era uma brincadeira. É muita forçação de barra!!!! Ele é bairrista, sempre tem umas tiradas pra dizer que o RS é melhor em tudo, mas é muito mais personagem do que realidade. Como disse a Maitê, tem que analisar o contexto do programa!

  37. antonio Postado em 25/Jun/2014 às 20:13

    eita Maitê você cospe no prato que come,chamar Nordestino de bosta,acho que tu comeu bosta e não lavou essa boca,por isso estava com esse paladar,agente aqui no Nordeste chupa caju e arrota castanha,tu ai deve ter comido merda para arrotar bosta,peço mil desculpa para quem ler essa palavras grosseiras,mas no meu entender ela não merecia outras.

  38. Vanicleiton Postado em 25/Jun/2014 às 20:23

    Historiador é quem analisa a historia do homem no tempo, seus métodos de trabalho, hábitos culturais, processos políticos, desenvolvimentos econômicos e movimentações sociais. Essas investigações são coligadas sob a égide ideológica "muitas vezes dominante" que por sua vez, caracteriza o contexto histórico. Contudo, tal pressuposto teórico e prático antes pesquisado, servirá de fundamento analítico para compreender a posteridade em outros aspectos. Por conta da diferenciação temporal, como exemplo: Mudança de valores, culturais, sociais, políticos e econômicos. Enfim, ler uma poção de livros de história e não compreender cada modo cultural peculiar na raiz, é simplesmente corroborar com o contexto ideológico reinante. Aquele dito acima, acabado, inviolado e positivista. Com idéias reducionistas para definir culturas inferiores e superiores! Por que, os dominados não tiveram participação direta nessas mudanças e viram bestializados o decorrer do processo. Pessoas desse tipo não acrescem o que nós Brasileiros necessitamos. Uma unidade nacional que compreenda o outro como diferente. Para podermos ser o que ainda não somos em reconhecimento um povo Brasileiro.

  39. Marilia Postado em 25/Jun/2014 às 20:43

    ENTÃO MANDA ELES CHAMAREM SÃO PAULO DE BOSTA, OU O RIO DE JANEIRO, OU O RIO GRANDE DE SUL...PRA VER O QUE ACONTECE!.....NO MÍNIMO JÁ ESTARIAM DESPEDIDOS HÁ MUITO TEMPO!.

  40. succa Postado em 25/Jun/2014 às 20:51

    Essa senhora sempre foi metida a intelectual e formadora de opinião. No entanto é só e somente só, uma "atrizinha" preconceituosa e desprovida de talento tanto quantono jornalista em questão.

  41. Marcos Postado em 25/Jun/2014 às 20:55

    Resumindo, Eduardo Bueno é uma bosta, o programa da globo é uma bosta e todos que assistem esse programa são uma bosta!!!

  42. Beto de Faria Postado em 25/Jun/2014 às 21:10

    Mandar a presidenta tomar no cu pode né. E a opinião do cara e isso não vai deixar o nordeste menos feio ou mais bonito. Gente sem serviço. Tenho medo desse povo ultra sensível!

  43. Angela Lobo Postado em 25/Jun/2014 às 21:12

    Pois é assim, com esse debate todo, que um narcisista ganha nome, dá até uma peninha. Quem estuda Arte não é necessariamente artista; quem estuda História não vira historiador. Maitê Proença deu amplas provas de pouca percepção e pequena inteligência em anos do programa Saia Justa. Tão bonita, podia ficar só na beleza..........................

  44. Leila Postado em 25/Jun/2014 às 21:55

    Engraçado esse povo que chama o nordeste de "bosta" quando sai do Brasil, são tudo bosta do mesmo saco. Bando de ignorante, querem impor uma superioridade que não existe, e quando jogam uma banana para um brasileiro se acham ofendidos, fazem campanhas, MAS NÃO RESPEITAM O POVO QUE FAZEM PARTE DESSE PAÍS.

  45. Jurandir de Araújo Barbos Postado em 25/Jun/2014 às 22:12

    Chamar de jornalista a esse elemento é ofender os profissionais desse nosso Brasil.Quanto à Maitê Proença,é mais uma que recebe indevidamente uma pensão do pai,e que para não perder o direito de recebê-la não casa no civil,preferindo amasiar-se, dando um péssimo exemplo não só para os seus mas para o resto da Nação.São duas pragas que têm que ser extirpadas do cenário televisivo.

  46. Bia malcriada Postado em 25/Jun/2014 às 23:13

    Tô entendendo nada! Quem é esse homem? E essa mulher é uma que fez uma novela por nome de "felicidade" (reprisou outro dia no Viva - único canal dessa emissora que ainda dou uma olhada)? Se for, jurava que era ela, outro dia, sentada na parada pedindo dinheiro num bairro mais humilde, aqui em Natal. Gente! Bem que falam que hoje em dia só não acham comida pronta na tv, pq do resto (daí em diante), a tv tá especialista. Qto a pedir dinheiro, é só o fato de pedir. Pelo que li nos comentários, ela não deixa de ser alimentada e sustentada pelo contribuinte.

  47. Renata Postado em 25/Jun/2014 às 23:29

    Já morei no nordeste e posso falar com maestria que lá não é muito legal não: pessoas muito mal educadas. Mas falar que lá é uma bosta é preconceito. Minha opinião.

  48. Mauricio Meneguel Postado em 25/Jun/2014 às 23:41

    Sou do Rio, acho são paulo (cidade) uma bosta, rio grande do sul uma bosta, mato grosso e mato grosso do sul duas bostas, e quase todos os estados do nordeste uma bosta. Do norte me abstenho por nunca ter ido lá, de resto falo com propriedade de já ter pelo menos passado. Acredito que muitos acham meu Rio uma bosta também, e dai? Vai ficar se mordendo agora? Cada um desses lugares que citei ser uma "bosta" tenho lá meus motivos, o da MAIORIA dos estados do nordeste que citei é a ignorância de 90% da população. Em qualquer favela carioca ou periferia de são paulo que eu já conheci as pessoas são MUITO mais inteligentes (no sentido geral da palavra) do que 90% (veja bem, 90% não são todos) do nordeste. Se vc é nordestino e está se sentindo ofendido, vote em políticos melhores que assegurem que as riquezas de vocês fiquem por aí, e q sejam investidas em educação. Por hora, é isso.

    • Rafael Martini Postado em 27/Jun/2014 às 18:41

      Seu comentário é que é uma demonstração cabal de inteligência, Maurício. Você é 90% inteligente. Continue assim, inteligentão desse jeito, rumo aos 100%.

    • Marcelo Postado em 23/Jul/2014 às 16:04

      Vai morar na lua otario

  49. Isa Oliveira Postado em 25/Jun/2014 às 23:45

    Eu assisti o programa e ele se referiu ao nordeste como "bosta" no sentido de estar abandonado, de ser considerado politicamente algo a que se deve rejeitar, expelir... Meu entendimento foi esse... Quanto à Maitê, essa sim, foi extremamente preconceituosa.

  50. eliezer Postado em 25/Jun/2014 às 23:55

    Na boa, matéria fecal mesmo é este programa, e os apresentadores é uma cloaca.

  51. Diego Postado em 26/Jun/2014 às 00:13

    O Brasil esta se tornando um país de coxinhas, todos vcs que chingaram o jornalista tem que ir fazer análise no psicólogo pois nada mais pode se falar nesta porcaria de país... se falar preto, é racista, se falar pobre é elitista se falar de nordestino é um absurdo se falar de gay é homofóbico... todos vcs vão morar na suíça onde todo mundo tem grana aí vcs param de se sensibilizar com tudo

    • WASHINGTON LACERDA Postado em 26/Jun/2014 às 09:53

      CONHECER O NORDESTE TEM QUE PASSAR AQUI,MORAR AQUI, LER LIVRO SOBRE O NORDESTE NÃO FAZ CONHECER NA INTEGRA POR BAIXO, NO DIA A DIA. SABE DE NADA INOCENTE.

  52. zwcho Postado em 26/Jun/2014 às 00:22

    É questão de bom senso e saber o impacto do que é dito. Existe sutileza entre ofender e ser preconceituoso e te uma opinião de não gostar de algo. Quando alguém do sul chama o nordeste de bosta, já existindo todo um histórico de preconceito sobre o nordeste ele alimenta mais ainda esse preconceito e ponto final. Não existe contexto.

  53. Marcio Postado em 26/Jun/2014 às 00:44

    Quem é Maite? Uma global que no inicio da carreira frequentava diariamente o Maksoud Plaza frequentando quartos por hora?

  54. Augusto Postado em 26/Jun/2014 às 01:14

    Não conhecem Peninha. O cara é phodha, há anos, irônico, crítico e engraçado. Já falaram aí acima sobre contexto e tal. Deixem de bobagem e vejam seus videos no youtube.

  55. Roque Maranhão Postado em 26/Jun/2014 às 01:56

    O mais interessante é que o sudeste elegeu um PALHAÇO nordestino para o Parlamento. Coisas de quem ovaciona Maluf. Dá pra entender? JK afundou o Brasil em dívida pra realizar seu sonho de transferência da capital aliás, construida por maioria nordestina e São Paulo se lambuza de bosta há anos para se erguer se utilizando de nordestinos pq alguns paulistanos deixam de lutar por sua cidade pra ir lavar prato nos EUA e arrotar patriotismo(americano).

  56. Inaldo de Melo Gomes Postado em 26/Jun/2014 às 02:08

    Essa merda desse Eduardo Bueno, intelectual fajuta, arrogante, que se acha melhor do que os outros não possui capacidade intelectual nenhuma para falar do NORDESTE. Exigimos que esse BOSTA cale a boca e engula o que falou.

  57. Inaldo de Melo Gomes Postado em 26/Jun/2014 às 02:11

    Essa global chamada Maitê Proença deveria estar caladinha, pois seus comentários são uma verdadeira baboseira de quem demonstra uma enorme incompetência.

  58. Nilton Silva Postado em 26/Jun/2014 às 03:39

    O problema todo foi pq antes dele falar (à bosta do Nordeste) o outro rapaz tinha dito? a parte rica do brasil!! aí quis deixar explicito que aqui no nordeste é uma (merda, isso é preconceito simmmm)

  59. Fefe Postado em 26/Jun/2014 às 05:42

    Assim como tem bosta no NE, tem no sul, sudeste, centro -oeste e MC da leste

  60. Aninha Postado em 26/Jun/2014 às 05:58

    Essa "bosta" mesmo, onde você e a maioria vem passar férias em busca de tranquilidade, diversão sadia, riqueza cultural e natural. Aqui onde a língua portuguesa é corretamente empregada. Pode vir, essa "bosta " é nordeste! #nosdestinaComOrgulho #ParaíbaSimSenhor

  61. João Gonçalves Postado em 26/Jun/2014 às 06:49

    Vamos pressionar os patrocinadores. Como não assisto esse programa, não sei quem são, mas vou me informar. Parabéns à colocação de Cláudio Meneses.

  62. Thiane Postado em 26/Jun/2014 às 08:16

    Ele cursou História, mas não é um intelectual da área. Já Maitê, não me admira seu esvaziamento. Ela usa uma capa de mulher culta, mas na realidade é fútil. É só ouvir nas rádios a propaganda que ela faz de um rejuvenescedor.

  63. Francisco Eugenio Postado em 26/Jun/2014 às 08:35

    Acho de pouca valia dar atencao a pessoas incultas e sem conhecimento sobre a formacao historica,politica e sociologica do povo do Nordeste. Esses pobres coitados, sem expressao intelectual alguma querem criar polemica, e estar na midia.Sao nada mais do que pseudos intelectuais!

  64. Tony Leal Postado em 26/Jun/2014 às 08:51

    Parei no Gaúcho.. essa gente não gosta do NE

  65. Olavo Postado em 26/Jun/2014 às 09:02

    Outro dia ela proferiu: grandes italianos na ciencia como galileu, copernico... Durante uma bajulação que ela e aquele debiloide faziam a Italia Vira latas complexados!

  66. Margarete Postado em 26/Jun/2014 às 09:04

    Não me surpreendo com os comentários. Neste programa eles só falam bobagens. Eu não consegui assistir mais do que uma vez, não suportei. Horrível! Eles não tem profundidade nenhuma, são rasos como um pires.

  67. Eduardo Melo Postado em 26/Jun/2014 às 09:15

    Peninha... 15 livros de Camara Cascudo para entender o nordeste, é uma piada. Cascudo era um folclorista reacionário e preconceituoso. Teve o mérito de focar nossas tradições mas com um olhar influenciado pelo glamour europeu. Lamentável.

  68. Luiz Inácio de Araújo Fil Postado em 26/Jun/2014 às 09:35

    Custo acreditar que esta falsa moralista, que vive ainda mamando nas tetas do governo federal, em face de uma pensão de militar e este idiota, que não entende nada de historia, venham falar de nós nordestinos...escovem estas bocas seus imundos e salafrários... Digo isto não só como nordestino que sou, e me sinto orgulhoso em sê-lo, como também conhecedor de nossa historia, mas como sociólogo e advogado...daí vem dois deletérios desses falar de nós e da nossa rica cultura.

  69. FRANCISCO Postado em 26/Jun/2014 às 09:41

    UMA OPINIÃO BEM PRECONCEITUOSA DESSE PENINHA.

  70. TEODORO VERGNE Postado em 26/Jun/2014 às 09:50

    EU CHAMO ESSES COMENTÁRIOS IDIOTAS, DESSAS PESSOAS PRECONCEITUOSA DE NADA. POBRES COITADOS VÃO PARA O MESMO BURACO SETE PALMOS DE TERRA. ATRIZ QUE NÃO REPRESENTA NADA É NADA.

  71. Geraldo Postado em 26/Jun/2014 às 09:56

    Ele parece que é jornalista. Deve ser um jornalista de merda. Se fosse um jornalista respeitado não estaria em um programa de imbecis. Maite Proença... Faça me o favor. Ninguém merece isso.

  72. Tiago Postado em 26/Jun/2014 às 09:57

    Tudo é preconceito, tudo! Sociedade hipócrita, gritam alto sobre preconceito e por as escondidas fazem coisas terríveis. O Brasil é uma bosta, não é exclusividade do Nordeste!

  73. Veridyana Postado em 26/Jun/2014 às 10:16

    Quem é Peninha no jogo do bicho mesmo? Nunca ouvi falar nesse bosta.... Desculpe é só minha opinião....

  74. Luciane Algarve Vendramim Postado em 26/Jun/2014 às 10:26

    Não concordo, assisti o programa no dia e tudo parecia uma brincadeira, tipo daquelas que fazemos quando contamos uma piada de português. Achei ridículo relacionar a atris com o partido político dela, me pareceu uma grande inveja do escritor até porque no dia não se falou sobre opções ou preferências partidárias. Tudo isso no fundo só serviu pra mostrar que o ibooe do programa está lá em cima, por se tratar de algo diferente, algo que fazemos em casa, nas ruas, numa mesa de bar, quando sentamos pra trocar idéias e falar oque achamos do fato que acabou de acontecer. Muitas pessoas que conheço, estão se desdobrando pra ficarem acordadas até mais tarde pra ver o programa de tão bom que está e espero que depois que acabar a copa não acabem com o programa também. Xô Invejosos!!!

  75. márcia Postado em 26/Jun/2014 às 10:30

    Eu não assisti o programa, mas se ele realmente disse isso, lamentável..Pior de tudo isso é que ainda tem gente que acha "normal" classificar (menosprezar) pessoas pela raça, cor, sexo, olha, sem noção..

    • Vitor Postado em 26/Jun/2014 às 11:25

      Não perdeu nada....um show de inutilidade esse programa...

    • Vitor Postado em 26/Jun/2014 às 11:25

      Não perdeu nada....um show de inutilidade esse programa...

  76. Giancarlo Postado em 26/Jun/2014 às 10:30

    Da 'peninha' morar onde eles passam o ano juntando dinheiro para passar férias :\

  77. Maria Neves Postado em 26/Jun/2014 às 10:34

    "O sertanejo é, antes de tudo, um forte. Não tem o raquitismo exaustivo dos mestiços neurastênicos do litoral. A sua aparência, entretanto, ao primeiro lance de vista revela o contrário. Falta-lhe a plástica impecável, o desempeno, a estrutura corretíssima das organizações atléticas. É desgracioso, desengonçado, torto. Hércules-Quasímodo, reflete no aspecto a fealdade típica dos fracos. O andar sem firmeza, sem aprumo, quase gingante e sinuoso, aparenta a translação de membros desarticulados. Agrava-o a postura normalmente abatida, num manifestar de displicência que lhe dá um caráter de humildade deprimente. (...) É um homem permanentemente fatigado. Reflete a preguiça invencível, a atonia muscular perene, em tudo: na palavra remorada, no gesto contrafeito, no andar desprumado, na cadência langorosa das modinhas, na tendência constante à imobilidade e à quietude. Entretanto, toda esta aparência de cansaço ilude. Naquela organização combalida operam-se, em segundos, transmutações completas. Basta o aparecimento de qualquer incidente exigindo-lhe o desencadear das energias adormidas. O homem transfigura-se. Empertiga-se; (...) e corrigem-se-lhe, prestes, numa descarga nervosa instantânea, todos os efeitos do relaxamento habitual dos órgãos; e da figura vulgar do tabaréu canhestro, reponta inesperadamente o aspecto dominador de um titã acobreado e potente, num desdobramento surpreendente de força e agilidade extraordinárias." "Canudos não se rendeu. Exemplo único em toda a história, resistiu até o esgotamento completo. Expugnado palmo a palmo, na precisão integral do termo, caiu no dia 5, ao entardecer, quando caíram os seus últimos defensores, que todos morreram. Eram quatro apenas: ura velho, dois homens feitos e uma criança, na frente dos quais rugiam raivosamente cinco mil soldados... ". Euclides da Cunha

  78. Franci Postado em 26/Jun/2014 às 10:49

    Acho que estão dando importância demais pra esse "Bosta". Deixa ele falar o que quiser. O importante é saber quem somos.

    • Marcelo Postado em 23/Jul/2014 às 15:54

      Apoiado

  79. Aldo Jr Postado em 26/Jun/2014 às 10:54

    Esse cidadão tem cara de bosta.

  80. Ciro Messias Postado em 26/Jun/2014 às 11:21

    A Maitê Proença, pensionista do exército até hoje, vale ressaltar, sabe por acaso o significado da palavra "leviandade"?????

  81. Vitor Postado em 26/Jun/2014 às 11:24

    Proponho que os Ordinários debatam sobre a pensão gorda que a Sra. Maitê ainda recebe, isso apesar de viver maritalmente com alguém e não ter assinado um papel apenas para manter sua mordomia. Bosta é esse programa, um festival de chorume, preferia ver VT's dos jogos, os melhores momentos, os gols da rodada, talvez até a colocação da terceira divisão de qualquer estadual do que ver essas criaturas inúteis bostejar.

    • Marcelo Postado em 23/Jul/2014 às 15:53

      Apoiado

  82. Thiago Albuquerque Postado em 26/Jun/2014 às 16:08

    Nojenta é a inclinação desse site, SOU NASCIDO E CRIADO EM RECIFE e entendi perfeitamente a piada de Eduardo Bueno. Nordestinos adoram posar de coitadinhos, e no caso em questão a coisa é asquerosa, uma tentativa fascista de calar os outros. Ainda mais numa região altamente racista como o nordeste, muitos desses que ficam indignados com ofensas contra nordestinos, são os mesmos que jamais beijariam um negro ou uma negra, que não gostam de negros... Já foram em Fortaleza? ou no Interior de Pernambuco, ou do Ceará? vão e constatem o quão racistas são esses lugares.

    • Marcelo Postado em 23/Jul/2014 às 15:52

      Vc é um imbecil

  83. Pereira Postado em 26/Jun/2014 às 16:56

    Peninha eu conheci pessoalmente, é uma baita figura e um baita sujeito. É o avesso dessa hipocrisia do politcamente correto, quando ofendem os gaúchos pode e é engraçado, agora quando tiram um sarro com os nordestino é racismo. Dale peninha, torcedor ilustre do nosso Grêmio !!!

  84. Pereira Postado em 26/Jun/2014 às 16:59

    E quem colocou a cultura do nordeste na moda foi a família ACM com seus imenso jabá, que pagaram durante décadas. Se não fosse isso ninguém saberia quem é luiz gonzaga, elba ramalho e muitos outros.

  85. Mauricio Patrício Jr Postado em 27/Jun/2014 às 08:37

    Sou de Natal-RN, casado com uma gaúcha de Caxias do Sul-RS, vou pra lá todo ano, onde sou muito bem recebido, e as menções à minha terra de origem são normalmente sobre suas belezas naturais; esse estereótipo do gaúcho preconceituoso já está mais que datado, gente escrota e preconceituosa tem em qualquer canto -e aqui em Natal tem que sobra- não podemos atribuir ao Sul o monopólio da estupidez racista; é uma terra linda de gente hospitaleira e querida, assim como o Nordeste.

  86. Eduardo Ongaro Postado em 03/Jul/2014 às 10:24

    O povo do nordeste é tudo baba ovo do Sul. Pode cagar na boca deles que eles acham bom. Vejo aquela declaração do Danilo Gentili falando um monte de merda sovre o Nordeste e eles acham bom. O povinho desunido. Eles estão un 1000 anos atrasados

    • Marcelo Postado em 23/Jul/2014 às 15:50

      Sua mãe está atrasada babaca, vem pra cá para conhecer o nordeste, para poder falar rato.

  87. José Evaristo Postado em 09/Oct/2014 às 08:06

    Aconselho, Maitê pensionista 13.000,00 por mês que vá morar em Portugal. O povo de lá que ver o cão e não a querem ver nem pintada. Lá sim, talvez ela começasse a refletir sobre o que é discriminação.

  88. Roger Postado em 06/Nov/2014 às 22:52

    Essa maldita Maitê embolsando R$ 13.000,00 de pensão do INSS todo mês. Minha mãe, coitada, 65 anos, e a BOSTA do INSS enrolando para aposentá-la, mesmo com todas as contribuições necessárias já recolhidas. E essa riquinha patética faladora de asneiras, atriz de quinta categoria, na maior, com toda essa grana e sem precisar. Por que o MP permite tais absurdos? Alguma coisa tá muito errada aí.

  89. poliana Postado em 26/Jun/2014 às 08:36

    polêmica vazia pq vc n é do nordeste n é naro solbo!!!??? no dos outros é refresco, aí pode né?!!!!! vc é mais um sudestino arrogante e antipático, q se acha no direito de ofender o nordeste e o povo nordestino!! vc é um idiota!

  90. Rodrigo Postado em 26/Jun/2014 às 10:50

    (Outro Rodrigo) Poliana, eu sou do Nordeste, baiano. E fiquei preocupado com a hipótese de, quanto ao jornalista, a fala ter sido descontextualizada, a partir de quando a frase inteira é: "[...] todo o açúcar era refinado na área rica do Brasil, aquela bosta lá do Nordeste, o que era ótimo, excelente, uma maravilha; o Rio Grande do Sul era o centro do mundo..." . A ironia não foi entendida, mostrando que o que hoje, para muitos (realmente, muitos há que discriminam), seria "uma bosta", ontem era a região mais rica e desenvolvida, ao que o Rio Grande do Sul não tinha tanta expressão - ou sejam, para muitos, o NE é apenas atraso, mas poucos conhecem a história a contar, mesmo, com a instalação momentânea em Recife do grupo de judeus que, após passarem a situação de risco, com a saída dos holandeses, foi fundar Nova Iorque. No caso específico, pois, não enxerguei discriminação alguma, mas, devidamente contextualizado, um esclarecimento a quem ignora o período histórico em questão e crê que, desde sempre, o desenvolvimento industrial, econômico e científico deu-se no Sul e Sudeste (falo especificamente à fala, em seu devido contexto).