Redação Pragmatismo
Compartilhar
Barbárie 06/May/2014 às 14:46
4
Comentários

"Justiçamento" de dona de casa serve de alerta: cuidado com o que compartilha!

A única certeza de todo o episódio é que Fabiane de Jesus foi condenada à morte a partir de uma rede de boataria criminosa. Vítima de instintos animalescos que por alguma razão acreditam que a justiça pode ser alcançada com as próprias mãos

“Compartilhe para salvar fulano”. “Curta e compartilhe para denunciar beltrano”. “Espalhe esta foto para ajudar beltrano”. Desde os tempos em que as correntes de e-mail prometiam doar dinheiro para as crianças da África ou o Orkut ficaria verde se você compartilhasse certa mensagem, a internet enfrenta uma chuva de informações falsas, espalhadas por usuários que, nem sempre, possuem um objetivo claro. Recentemente, o compartilhamento de informações falsas levou a consequências trágicas.

De acordo com informações divulgadas em Pragmatismo Político domingo de manhã, Fabiane Maria de Jesus, 33 anos, foi amarrada e espancada por moradores do bairro de Morrinhos, no Guarujá, no último sábado (3). O motivo: os populares a acusavam de ser uma sequestradora de crianças que praticava magia negra com as vítimas. Uma página no Facebook havia divulgado o retrato falado de uma mulher que, supostamente, realizava tais atos na cidade.

Segundo o advogado da vítima, Airton Sinto, o retrato falado era falso e não havia nenhum registro nas Delegacias de Guarujá sobre o caso, e nem acusados desse crime. “Não tem uma ocorrência contra nenhuma sequestradora no Guarujá”. A Polícia afirmou a Airton Sinto que não fez nenhum retrato falado.

Fabiane não resistiu aos ferimentos e faleceu nesta segunda-feira (5).

O marido da moça, o porteiro Jaílson Alves das Neves, diz que uma página do Facebook foi o principal motivo para o ato dos moradores. “Começou com um boato na internet. Eles colocaram uma foto de uma pessoa parecida e todo mundo achou que era ela. Quando ela voltou para o bairro, eles a cercaram e começaram as agressões”.

Após as agressões, internautas que conheciam Fabiane utilizaram as redes sociais para dizer que ela é portadora de transtorno bipolar e que jamais fez mal a criança alguma. O marido da moça confirmou o tratamento. “Esse transtorno dela não é algo que a deixe agressiva. Ela é super tranquila e toma os remédios dela para minimizar os efeitos”, afirma.

A única certeza de todo o episódio é que Fabiane foi condenada à morte a partir de uma rede de boataria criminosa. Vítima de instintos animalescos que por alguma razão acreditam que a justiça pode ser alcançada com as próprias mãos.

Pragmatismo e Adnews

Recomendados para você

Comentários

  1. Leonardo Lemes Postado em 06/May/2014 às 15:38

    Especialmente aos fãs do discurso reaça de R. Sherezade e cia.

    • Aleluia Postado em 07/May/2014 às 12:33

      Pois é. Engraçado que com notícias como essa, esses fãs simplesmente desaparecem

  2. Ela mesma Postado em 06/May/2014 às 17:19

    Lamentável. Algo que devemos nos envergonhar. Que sociedade é essa que estamos construindo?

    • Carlos Santos Postado em 06/May/2014 às 18:02

      "Estamos" coisa alguma! Fale por si (e com seu próprio nome). Quem deseja construir uma sociedade assim é uma pequena minoria que só tem influência porque os empresários da comunicação lhes oferecem espaço pra divulgar suas teses abomináveis. A sede de lucro dessas empresas, para as quais não há limite, é que está por trás disso.