Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 22/Mar/2014 às 21:45
24
Comentários

Aposentado que vestia vermelho é expulso da Marcha da Família com Deus

Aposentado foi "acusado" de ser petista por trajar calça e tênis vermelhos durante evento em São Paulo. Em outro ponto, jovens fãs de Metallica foram confundidos com black blocs e xingados de "lixo"

marcha família com deus
Manifestante foi cercado e chamado de “comunista” e “petista” durante o evento Foto: Renato Mendes / Futura Press

Com gritos de “Fora, Lula” e “Dilma safada”, cerca de 300 pessoas realizaram a Marcha da Família com Deus, na região central de São Paulo, no final da tarde deste sábado. O grupo se concentrou na Praça da República e, por volta das 16h20, saiu em caminhada em direção à Praça da Sé –onde outro grupo se concentrava para a Marcha Antifascista e começava caminhada em direção à antiga sede do Dops (sigla para Departamento de Ordem Política e Social, órgão de repressão da ditadura).

Houve tumulto na Praça da República. Manifestantes se insurgiram contra pessoas que acusaram de ser “comunistas” ou “petistas”. Um aposentado que usava calça e tênis vermelhos foi expulso da marcha, pois, segundo seus algozes, seria do PT. “Sou a favor do Brasil acima de tudo, independentemente de qualquer partido político. Se um dia for preciso, defendo intervenção militar”, declarou o aposentado hostilizado, que se identificou apenas como Walter.

Na confusão, o fotógrafo Leonardo Martins, 25 anos, da agência Frame, acabou agredido quando um manifestante bateu em sua câmera, que, com o golpe, atingiu e feriu a testa do profissional. “Eles começaram a cercar uma pessoa e, quando vi, estavam em cima de mim”, relatou. Ninguém foi preso.

Durante a marcha, os manifestantes gritavam palavras de ordem como “Deus, pátria e família” e “Verde e amarelo contra a foice nem martelo”, estes, símbolos da bandeira do Partido Comunista. Boa parte carregava a bandeira do Brasil ou mesmo se vestia com ela, enquanto o Hino Nacional tocava repetidamente. Nas proximidades da rua Xavier de Toledo, eles cruzaram com jovens vestidos de preto, que se encaminhavam para o show da banda Metallica. Confundidos com black blocs, os jovens, que seguiam para a estação de metrô Anhangabaú, foram xingados de “lixo” e quase apanharam.

Na caminhada para a Sé, pouco depois de passarem pelo Viaduto do Chá, alguns manifestantes se irritaram com dois homens vestidos de mulheres e com cartazes que ironizavam a marcha, nos quais se lia “Marcha praticamente da família”. Os jovens foram expulsos da multidão e tiveram os cartazes destruídos.

marcha da família com deus
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Janaina Garcia, Terra

Recomendados para você

Comentários

  1. Denisbaldo Postado em 22/Mar/2014 às 21:49

    Não vi o Roger nem o Lobão nesta passeata. Qual foi, amarelaram???

    • Cláudio Argolo Postado em 22/Mar/2014 às 22:45

      Lobão afinou pro Mano Brow, já o Roger eu não sei o que aconteceu.

    • Joaquim Postado em 22/Mar/2014 às 23:41

      E o Lobão é lá de participar de passeata ? Isso é coisa da massa, que ele não se mistura. O Roger é intelectual demais, não ia sujar os pés nas ruas.

    • Mauro Ribeiro Postado em 23/Mar/2014 às 09:06

      Eles são libertários, não?

      • Denisbaldo Postado em 23/Mar/2014 às 13:49

        eles defendem a ditadura em suas declarações, deveriam estar lá então.

      • Mauro Ribeiro Postado em 23/Mar/2014 às 17:47

        Eles defendem o golpe de 64, mas nunca vi eles pedindo a volta dos militares.

      • Denisbaldo Postado em 24/Mar/2014 às 13:48

        eu já li comentários do Roger dizendo que a volta da democracia em 85 foi um erro. quem defende o Golpe de 64 é tão imbecil quanto quem defende a volta da ditadura de qualquer maneira. deveriam estar lá nesta passeata. nem pra isso eles prestam.

  2. Carlos Postado em 22/Mar/2014 às 22:15

    ainda bem que a marcha era com Deus, senão.....

  3. Samuel Alencar Postado em 23/Mar/2014 às 02:16

    Deus não se envolve em sarcasmo!

  4. Thiago Teixeira Postado em 23/Mar/2014 às 07:16

    O loco galera do metal, porque não chamaram a turma da roda de bate-cabeça, ou os fãs do Slayer, Sepultura, Kreator ou Destruction para dar uma coça nesses neonazistas cheirosos?

  5. Suely Postado em 23/Mar/2014 às 08:41

    Como diziam alguns em Janeiro, arrumar um lote pra capinar ninguém quer, né?

  6. Ivan Postado em 23/Mar/2014 às 13:09

    O que Deus fez pra merecer isso???

    • Rodrigo Postado em 23/Mar/2014 às 19:21

      Rodrigo curtiu

  7. Denisbaldo Postado em 23/Mar/2014 às 13:24

    Esta marcha deveria se chamar "A marcha sem pé nem cabeça", ou, "A volta dos que não foram", ou, "Ignorantes preguiçosos que não querem votar", ou, "Quanto mais idiota melhor", ou, "Não sei se é melhor, mas ouvi falar que é", ou, "Quer saber, tô sem saco pra tentar fazer melhor"

  8. Antonio Carlos Bueno Postado em 23/Mar/2014 às 14:14

    Essa "marcha da família" É mesmo uma piada. Pelo número de manifestantes reunidos em várias cidades, dá para perceber que, felizmente, a quantidade de imbecis deste País é menor do que se pensa.

  9. Rodrigo Postado em 23/Mar/2014 às 19:20

    É porque o cara achou que estava no período do Pentecostes

  10. Luiz Postado em 24/Mar/2014 às 00:38

    Mentalidade tacanha dessa galera!!! Em momentos de crise as respostas em tentar controlar o desequilíbrio do sistema beiravam tanto o radicalismo quanto a ingenuidade... a ânsia pelo controle da situação, ia evidenciando o conservadorismo por detrás da pele do cordeiro... um momento propício para superar a imbecialidade, se caso você a tiver!!!

  11. luiz carlos ubaldo Postado em 24/Mar/2014 às 07:55

    São uns babacas que fazem de tudo para aparecer, depois do tal do BBB é tudo motivo para um aboa inagem, são uns merdas que não aguentam um sacode!

  12. Emília Barbosa Postado em 24/Mar/2014 às 09:41

    Acho até engraçado confundirem fãs do Metálica com os Black Blocs porque eu estive na marcha antifascista e, enquanto o pessoal saia para ir em direção ao DOPS fiquei nas escadarias da catedral olhando o pessoal sair e fotografando a praça. Foi quando vi um casal de meia idade que conversava entre si, diziam coisas como: Eles nem sabem o que aquilo significa (referindo-se a roda dentada, símbolo da bandeira do PCO), pareciam tentar desqualificar os integrantes da marcha dizendo ainda que eles nem sabiam o que era fascismo para ser contra... Mas mediante a informação de que confundiram metaleiros com Black Blocs me pergunto: Quem são os desinformados dessa história???

  13. Emília Barbosa Postado em 24/Mar/2014 às 09:45

    Ah, outro registro interessante sobre a marcha antifascista é que o nobre senador Eduardo Suplicy esteve por lá; discursou e, adivinhem... catou! Imaginem o Suplicy cantando "Pra não dizer que não falei das flores", acompanhado e, aplaudido pelos demais integrantes da manifestação!!!

  14. Pereira Postado em 24/Mar/2014 às 11:17

    Nada dos escÂndalos na Petrobrás !!!

  15. Pereira Postado em 24/Mar/2014 às 11:18

    Enquanto isso a ma administração na Petrobrás corre solta

    • Thiago Teixeira Postado em 24/Mar/2014 às 18:16

      CPI é uma solução, para compensar o "mensalão" que resultou em decréscimo de apenas 0,004% nas intensões de voto da presidenta Dilma.

  16. eudaqui Postado em 24/Mar/2014 às 11:39

    Eta deus que sofre ! Eu é que não queria estar na pele dele !