Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 17/Dec/2013 às 19:16
12
Comentários

Pensando em 2014, Joaquim Barbosa quer contratar agências de publicidade

Pensando em 2014, Joaquim Barbosa coloca em pauta uma proposta inacreditável: contratar agências de publicidade para divulgar atividades do Judiciário e até criar uma rede nacional de rádio

Nesta terça-feira, na última sessão do Conselho Nacional de Justiça em 2013, ou seja, no apagar das luzes desse exercício, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, colocará em pauta uma proposta inacreditável.

Leia também

Ele quer contratar agências de publicidade para divulgar as atividades do Poder Judiciário e até criar uma rede nacional de rádio. Como o próprio Barbosa é um potencial candidato à presidência da República e tem até março para decidir se concorre ou não na disputa de 2014, ele poderá ter recursos para se promover ainda mais – além do que já fez na condução da Ação Penal 470.

Como relator do chamado “mensalão”, Barbosa liderou a condenação de um ex-presidente da Câmara dos Deputados, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), em razão de um suposto peculato num contrato de publicidade da casa. Barbosa considerou como desvios valores que foram pagos por veículos como Globo, Abril e Folha de S. Paulo à agência de publicidade SMPB – uma prática normal do mercado publicitário por anúncios que, efetivamente, foram veiculados. Recentemente, João Paulo Cunha desafiou publicamente o presidente do STF a apontar onde houve o peculato (leia mais aqui).

A proposta de Joaquim Barbosa é surreal. O Poder Judiciário brasileiro busca recursos para divulgar, sem a fixação de um teto, suas atividades, numa iniciativa liderada pelo presidente do STF. Uma atitude típica de quem se comporta como político – e não como juiz.

Leia mais aqui o documento que Barbosa leva hoje ao CNJ.

Brasil 247

Recomendados para você

Comentários

  1. renato Postado em 17/Dec/2013 às 22:38

    Então ele não sabe que existe a voz do Brasil. A TV Justiça, O site da Justiça, o correio amigo da Justiça. O Diário Oficial.O Ministério da Justiça, a Policia da Justiça, etc...e tais. MAS....para que tudo isto se a JUSTIÇA, não funciona...

  2. Junnyperos Postado em 18/Dec/2013 às 07:17

    não posso afirmar com certeza, mas talvez essa seja uma transição de juiz para politico inedita no país. estaria ele sugerindo uma nova forma de poder?

    • Leon Postado em 20/Dec/2013 às 09:43

      é tipo Juiz Dredd

  3. luiz carlos ubaldo Postado em 18/Dec/2013 às 07:34

    Plano B da direita sendo colocado em platica, como a candidatura de Aébrio Never não decola, Marininha é só vento que passa, não restou outra alternativa a não ser a do serviçal da elite começar uma cruzada país a fora, Feliciano de vice e teremos uma chapa puro sangue azul, o meu sangue só teram, quando estiver morto!

  4. Ibanez Postado em 18/Dec/2013 às 09:30

    Este senhor é intocavel por acaso? A OAB e a associação dos magistrados já entraram com ações contra ele, e ai deu em que?E os outros ministros do STF também não agem contra as arbritariedades deste "coronel"?! As vezes tenho a impressão que a democracia no Brasil vai entrar em colapso e o país vai "implodir!"

  5. Valdumiro Galindo Postado em 18/Dec/2013 às 10:10

    Quanto a políticos se encontrarem vamos deixar de radicalismo porque é legítimo em democracias. Quanto a Joaquim Barbosa é necessário cortar as asas desse cidadão antes que seja tarde demais. Ele é um PERIGO para a justiça brasileira, porque sem escrúpulos, arbitrário, pedante, mentiroso, etc.

  6. Eduardo Abreu Postado em 18/Dec/2013 às 11:15

    até quem foi o maior presidente que o Brasil já teve, errou. Se indicar esse moço para este cargo fosse considerado improbidade administrativa, Lula deveria ser preso sem julgamento.

  7. wesley Postado em 18/Dec/2013 às 12:57

    "Recentemente, João Paulo Cunha desafiou publicamente o presidente do STF a apontar onde houve o peculato (leia mais aqui)." Está sem o link!

  8. Pedro L. Postado em 18/Dec/2013 às 16:34

    Pegue corrupção,adicione tirania e salpique propaganda...Deixe de 3 a 12 meses no forno e você terá um fascismo pronto para uso imediato.

  9. Alexandre Lopes Postado em 18/Dec/2013 às 22:55

    Não contraditem o Joaquim Barbosa !!! Todos os acertos morais concebíveis estão no âmbito de sua personalidade , somente em sua personalidade, nada fora dela . Ele é praticamente o Mussolini do judiciário !!

  10. Frederico Postado em 06/Jan/2014 às 19:42

    Se ele já quer chegar lá no Top of the Top é porque já não tá mais pensando como Juiz já tem um tempo. Digo e repito: ele não é infalível nem indiscutível! Ele é um sujeito como qualquer um e nós, com boas e más índoles na mesma medida. Se chegar ao topo do País, vai fazer mais ações irrelevantes do que relevantes, como boa parte dos nossos Governantes já fez e ainda faz, por isso questiono sua chegada ao poder, caso ocorra. Fortíssimo candidato à Titanic no poder.

  11. Taiguara Postado em 07/Mar/2014 às 14:11

    Essa matéria é tendenciosa. Faz crer que agências serão criadas para promoção individual do ministro Joaquim Barbosa. Que ruim isso..