Redação Pragmatismo
Compartilhar
Polícia Militar 24/Oct/2013 às 15:56
9
Comentários

Policiais fazem piada com família de Amarildo

“Passamos por tanto sufoco, e agora a família ainda tem que ouvir piadinhas de policiais quando nos encontram nas ruas. Sempre perguntam: 'Cadê o Amarildo?' É difícil.”

amarildo tortura polícia
Ato lembra desaparecimento do ajudante de pedreiro Amarildo (Reprodução)

Um dia após o Ministério Público divulgar com detalhes como o ajudante de pedreiro Amarildo de Souza foi torturado e morto por policiais da UPP da Rocinha, parentes da vítima contaram que vêm sendo hostilizados por PMs na favela. Na quarta-feira, na casa onde mora a família da vítima, Michelle Lacerda, sobrinha de Amarildo, afirmou que policiais debocham e fazem piadas quando veem a viúva e a filha de 13 anos:
— Passamos por tanto sufoco, e agora a família ainda tem que ouvir piadinhas de policiais quando nos encontram nas ruas. Sempre perguntam: “Cadê o Amarildo?” É difícil.

Leia também

A PM informou que não recebeu qualquer denúncia de parentes do pedreiro e que todos os casos que chegam oficialmente ao comando são investigados.

Sobre a denúncia contra 25 PMs, a família de Amarildo, resignada, disse apenas que ela mostrou o que todos já sabiam. Anderson de Souza, filho do pedreiro, quer agora que os policiais revelem onde está o corpo.
— Queremos enterrar nosso pai — afirmou.

Amarildo torturado

Para a Polícia Civil, Amarildo foi torturado e morto depois de ter sido levado por policiais para a sede da UPP da Rocinha, um dia depois de a PM realizar a operação Paz Armada, que investigou o tráfico de drogas na Rocinha.

De acordo com o delegado titular da DH, Rivaldo Barbosa, que coordenou a investigação, as pessoas que se disseram vítimas de tortura de policiais da unidade foram ouvidas de março a julho deste ano para revelar detalhes do esquema do tráfico de drogas no local.

Todas as 22 testemunhas que narraram mecanismos de tortura apontam homens comandados pelo major Edson Santos (ex-comandante da UPP afastado no mês passado após ser denunciado pelo caso Amarildo) como agressores. Pela linha de investigação da polícia, Amarildo seria a 23ª vítima do grupo – e a única que foi morta.

Asfixia com saco plástico, choque elétrico com corpo molhado, introdução de objetos nas partes íntimas e até ingestão de cera líquida eram alguns dos “castigos” aplicados aos moradores da Rocinha, dentro e fora das dependências da UPP — alguns depoimentos falam em sessões de tortura em becos da comunidade, incluindo o beco do Cotó, onde, segundo a polícia, Amarildo foi sequestrado.

com agências

Recomendados para você

Comentários

  1. renato Postado em 24/Oct/2013 às 17:26

    Quais policiais estão tirando com a família. Não foram todos presos!!

  2. Alexandre Lopes Postado em 24/Oct/2013 às 19:05

    mais uma prova cabal de que a nossa constituição é mero mecanismo de retórica . o art.5 III de nossa CF veda a prática de tortura ou de ato desumano ou degradante . O que aconteceu com o Amarildo ocorre , sistematicamente , no Brasil . E uma das instituições que sempre protagonizam essas atrocidades é a ilustríssima Polícia Militar, grande resquício da ditadura que funciona , hodiernamente , como mecanismo de mitigação da democracia ou de manutenção do arcabouço ideológico do regime militar . Portanto, pergunto eu : ALGUÉM DUVIDA DE QUE A PM PRECISAR SER EXTINGA ?

    • Selton Postado em 24/Oct/2013 às 22:34

      Eu concordo em parte.A extinção da PM não é o problema,mas sim a anencefalia policial.Tem-se que educar essa classe,mostrar a eles que toda ordem esdrúxula deve ser repudiada,mostra-los até que ponto eles são subservientes ao estado.Agora,como conseguir isso? Pegar nosso código penal,constituição,parlamentares o diabo a quatro,e rasgar,destituir,e começar tudo de novo.Essa nossa constituição cidadã é uma constituição extremamente utópica,onde as instituições se comprometem demasiadamente com o povo brasileiro.Ora,se você diz que,ainda citando o artigo 5 que você falou,os filhos dos trabalhadores tem direito a creches fornecidas pelo governo,assistência social etc.,e não consegue cumprir tudo isso,significa que nossa constituição é falha,inútil,porque boa parte dela é composta disso.Só que infelizmente isso nunca vai ser possível-quero dizer dessa reforma política e legislativa-afinal,como reformular tudo isso se o senado federal é quem manda?Se todos os programas políticos passam pelas mão daqueles canalhas?

      • Marcos Postado em 25/Oct/2013 às 23:50

        70% dos policiais são professores formados, no futuro 100% dos policiais serão professores, policiais em geral são o oposto da visão utópica humana, preferem encarar a realidade e conseguem saber onde os verdadeiros vilões esta, "ativistas" em geral vivem de fantasia não entendem absolutamente nada como a sociedade realmente funciona, querem mudar o mundo? O homem mudou?

      • Selton Postado em 31/Dec/2013 às 19:17

        Sim,Marcos,são realmente professores! Professores de cursos dentro da própria polícia! Digo isso porque as forças armadas seguem esse mesmo padrão.O que adianta?

  3. renato Postado em 24/Oct/2013 às 19:23

    Ainda não me debrucei (sentido figurado)(vocês são muito lisos), sobre pendenga. Mas não MITIGAREI (palavra muito usada após discurso de Dilma), esforços para aclarar meus conhecimentos. Portanto começarei com aquilo que é muito rico numa discussão, a Pergunta. O que substituirá a Policia Militar, e os Bombeiros, como ocorreria isto, caro amigo Alexandre. Interessante discussão.

  4. Flávio Postado em 25/Oct/2013 às 09:21

    Onde estão os PM's que "sumiram" com o Amarildo? Podiam responder com outra pergunta.

  5. Marcos Postado em 26/Oct/2013 às 03:00

    Os leitores desse blog são TÃO BURROS que até agora não entenderam o porque que esse tipo de site de esquerda ataca a PM, porque eles querem desmilitarizar a PM, querem acabar com a PM essa é a intenção povo burro, 99% dos PMs são honestos mas eles irão focar nos 1% a PM sempre lutou contra comunas por isso que querem o fim delas.

  6. Thiago Teixeira Postado em 28/Oct/2013 às 13:39

    Generalizar é coisa de gente ignorante e sem fundamento algum. Tem policial fazendo piadinha? Reclame ao capitão, tenho certeza que ele dará varada nas guarnições. As pessoas tem uma visão muito superficial dos militares.