Redação Pragmatismo
Saúde 27/Aug/2013 às 10:23
223
Comentários

Médicas "patricinhas" envergonham o Brasil

A foto abaixo diz tudo; um médico cubano, que chegou ao Brasil para trabalhar em um dos 701 municípios que não atraíram o interesse de nenhum profissional brasileiro, foi hostilizado por jovens médicas brasileiras; com quem a população fica: com quem vai aos rincões para salvar vidas ou com uma classe que lhe nega apoio?

cubano-xingado

Ao contrário de todos os países em que atuam, onde são sempre muito bem-vindos, médicos cubanos são recebidos no Brasil com hostilidade por médicos brasileiros (Foto de Jarbas de Oliveira estampou a capa da Folha e de outros veículos de imprensa)

Em nenhum país do mundo, os médicos cubanos estão sendo tratados como no Brasil. Aqui, são chamados de “escravos” por colunistas da imprensa brasileira e hostilizados por médicos tupiniquins, como se estivessem roubando seus empregos e suas oportunidades. Foi o que aconteceu ontem em Fortaleza, quando o médico cubano negro foi cercado e vaiado por jovens profissionais brasileiras (veja aqui).

Detalhe: os cubanos, assim como os demais profissionais estrangeiros, irão atuar nos 701 municípios que não atraíram o interesse de nenhum médico brasileiro, a despeito da bolsa de R$ 10 mil oferecida pelo governo brasileiro. Ou seja: não estão tirando oportunidades de ninguém. Mas, ainda assim, são hostilizadas por uma classe que, com suas atitudes, destrói a própria imagem. Preocupado com a tensão e com as ameaças dos médicos, o ministro Alexandre Padilha avisou ontem que o “Brasil não vai tolerar a xenofobia”.

Ontem, o governo também publicou um decreto limitando a atuação dos profissionais estrangeiros ao âmbito do programa Mais Médicos – mais um sinal de que nenhum médico brasileiro terá seu emprego “roubado” por cubanos, espanhóis, argentinos ou portugueses. Ainda assim, cabe a pergunta. Com quem fica a população: com o cubano que vai aos rincões salvar vidas ou com os médicas que decidiram vaiá-lo?

Abaixo, reportagem da Agência Brasil sobre a carteira provisória dos profissionais estrangeiros:

Aline Leal Valcarenghi
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O governo federal publicou ontem (26) decreto determinando que a carteira provisória dos médicos com diploma estrangeiro que atuarão pelo Mais Médicos deverão trazer mensagem expressa quanto à vedação ao exercício da medicina fora das atividades do programa.

Para atuar no Brasil, médicos formados no exterior precisam fazer o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida). No entanto, a medida provisória que cria o Mais Médicos prevê que os profissionais que forem trabalhar por meio do programa não precisarão passar pelo procedimento para atuar no local especificado pelo Ministério da Saúde. Se o médico inscrito quiser atuar em outro local, deverá passar pelo Revalida.

O registro provisório do “médico intercambista” deverá ser solicitado ao Conselho Regional de Medicina (CRM) do estado onde o médico atuará. Os conselhos regionais disseram que entrariam na Justiça para terem o direito de não registrar os profissionais que não têm o Revalida. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse que esta é uma determinação legal, e portanto, deve ser cumprida.

Segundo o decreto presidencial, a declaração de participação do médico intercambista no Mais Médicos, acompanhada dos documentos especificados, é condição necessária e suficiente para a expedição de registro profissional provisório e da carteira profissional.O registro deverá ser expedido pelo CRM no prazo de 15 dias a partir da apresentação do requerimento pela coordenação do programa.

O decreto publicado hoje prevê ainda que o supervisor e o tutor acadêmico, que acompanharão trabalho dos médicos que atuarão pelo programa, poderão ser representados judicial e extrajudicialmente pela Advocacia-Geral da União, entidade que defende a União.

Os tutores são professores indicados pelas universidades federais que aderiram ao programa. Já os supervisores podem ser profissionais de saúde ou docentes das instituições. De acordo com o Ministério da Educação, que determina o processo de supervisão, haverá um tutor para cada dez supervisores, e um supervisor para no máximo dez médicos. Os supervisores deverão fazer visitas periódicas aos médicos, no mínimo uma por mês.

com Brasil 247

Posts relacionados

Comentários

  1. Claudemar Postado em 27/Aug/2013 às 10:36

    Está passando nos jornais há algum tempo, situações - ou farra - em que alguns médicos na rede pública de saúde batem os cartões e simplesmente vão embora para casa ou voltam para seus consultórios particulares. Médicos esses que estão pouco se "lixando" para a saúde da população, limpando a bunda com o juramento de Hipócrates. Esses são os mesmos médicos que vão para as ruas de roupinha branca e cartazes desfavoráveis a vinda de médicos estrangeiros. Mas qual o motivo alegado? Falta de revalida? falta de estrutura para o atendimento? incompetência? Acho que é isso. A revalida não haverá não adianta espernear, a falta de estrutura existe, mas não é somente ela que impede os médicos-shopping irem para o interiorzão e para Norte e Nordeste onde se acumula a parte mais carente da população brasileira, é a falta de humanidade e sensibilidade mesmo. Incompetência? E os INCOMPETENTES daqui? Eles não existem? Sou totalmente contra o trabalho escravo, sou contra médicos cubanos ganharem uma mixaria enquanto o governo desonesto de Cuba engorda seus bolsos. Mas sou mais a favor da população carente do Brasil.

    • Morgana Postado em 27/Sep/2013 às 10:24

      Sou a favor da vinda de médicos para atender nas regiões desamparadas. Mas acho uma vergonha trazer médicos de qualidade mais do que duvidosa (visto o uruguaio que ao atender um atropelamento, removeu a vítima sem os devidos cuidados preventivos de lesão em coluna! Médico de verdade jamais faria isso!!!). Pq não zelar pelo melhor para a população? Entendo que a política do PT é tapar o sol com a peneira mesmo, pra garantir as eleições do ano q vem. Entendo tbm que esse acordo estava firmado com Cuba desde março de 2012 (segundo o Lula afirmou na abertura do Foro de SP desse ano) e que as manifestações tenham sido encomendadas pelo próprio governo para justificar os (lembram dos 3 mentores, funcionários do governo, que depois "sumiram" da mídia?). Entendo tbm que o PT precisa de muita grana pra garantir o caixa 2 pras próximas eleições. Não esperaria nada diferente desses políticos que estão no poder, até ai tudo bem. Afinal, o povo elegeu gerrilheiros, bandidos, sequestradores, baderneros, milionários que nunca trabalharam e sempre se fizeram de "pobrinhos". Agora, fazer isso com a saúde do povo é sacanagem!!!! É de saúde que estamos falando! É coisa séria!!!!!

      • pilistrika Postado em 20/Nov/2013 às 20:28

        resposta típica de um psdbista derrotado!

  2. Cainã Postado em 27/Aug/2013 às 10:38

    Seja lá de onde forem os médicos, o que a população (entenda população como classe baixa, pobres, desfavorecidos, etc) quer, e PRECISA, é de atendimento. Se o brasileiro rico e formado não quer lá trabalhar, o estrangeiro quer e vai atender tal demanda. O riquinho que não quer ir está incomodado? Estude mais, paparique alguém, chupe o saco de muita gente, e vai pedir vaga em hospital de nome nas grande capitais do sul e sudeste. Enquanto isso, os riquinhos que não atrapalhem o trabalho de quem REALMENTE quer trabalhar com SAÚDE, seja onde for e com quem for.

  3. Ricardo Machado Jorge Postado em 27/Aug/2013 às 10:40

    A maioria desses "médicos" brasileiros, que decidiram fazer esse protestinho ridículo tem origem na classe média alta e burguesia (afinal de contas são eles é que tem poder econômico para pagar as mensalidades e demais acessórios para o curso de medicina) e como são acostumados a ter um padrão altíssimo de vida com dinheirinho no bolso, carrinho e apartamentos dados pelo papai, eles não vão querer largar o osso para se embrenhar nos mais distantes lugares do país para atender a demanda e principalmente porque tem ódio, preconceito contra as pessoas pobres. Eu sou formado em história e convivi com os formandos em medicina e posso dizer isso tranquilamente, pois falo o que vi e o que ouvi dessas pessoas e fora os casos de injuria racial praticados e o fato de morar em um prédio onde estas pessoas que vão ser médicos jogam o seu lixo pela janela. É claro que a sociedade se esquece, que os cubanos já estiveram aqui a pedido do PSDB na gestão de FHC, mas como não tem caráter nenhum agora criticam é vergonhoso, mas é assim que funciona para o mal caráter porque ele se escora nas deficiências do povo para dar a sua opinião que oculta verdades sobre si. Essas reclamações, protestos dos médicos não tem cabimentos porque eles querem manter uma situação que não tem mais como se sustentar não dá mais para deixar as pessoas morrerem por falta de médicos é simples, os médicos brasileiros estão mostrando bem que eles são e é bom saber. Se o Conselho de Medicina instruir os seus médicos a não colaborar com os cubanos, espanhóis, argentinos e portugueses, ou seja, se omitir só para fazer pressão é bom lembrar que omissão é crime e, portanto, devem ser criminalizados.

    • OLIVIA RUSSANO Postado em 19/Mar/2014 às 17:40

      sem mais palavras.....ADOREIIIII.

  4. leo Postado em 27/Aug/2013 às 10:43

    máfia do jaleco branco

  5. Sinara Postado em 27/Aug/2013 às 10:48

    Vergonha da classe média brasileira, vergonha dessa atitude xenofóbica.

  6. taddeo escultor Postado em 27/Aug/2013 às 10:49

    Ta loco, pensou ser um cearense pobre, doente e ser atendido por uma garota reles dessas?

  7. Gilmar Postado em 27/Aug/2013 às 10:50

    A vinda dos médicos Cubanos vai ajudar quem? 1º O governo Cubano; 2º O governo brasileiro que administra mal, sem prevenção; 3º Os pobres em áreas longes ; 4º a sociedade brasileira como um todo, pois os médicos atendem mal na rede pública e muito bem e caro em seus consultórios particulares. Aí terão de abaixar os preços e atender melhor. A concorrência é justa. QUE VENHAM OS MÉDICOS CUBANOS. VOU CONSULTAR SÓ COM ELES SE PUDER. E não adianta falar de infra-estrutura não. Na minha cidade ela é muito boa, os profissionais e políticos é que são antiéticos.

  8. Mirna Postado em 27/Aug/2013 às 10:51

    Estou envergonhada com a atitude dessas médicas,a falta de ética em vaiar colegas seus,pois são seus colegas,porque não se inscreveram para ir onde ele esta disposto a ir? feio muito feio o que estão fazendo é ridículo.

  9. "Vou orientar meus médicos a não socorrerem erros dos médicos cubanos" - Pragmatismo Político Postado em 27/Aug/2013 às 10:54

    […] Médicas “patricinhas” envergonham o Brasil […]

  10. jason Postado em 27/Aug/2013 às 10:58

    só não precisava ficar pontuando que o cara era negro, atitude racista e sensacionalista de que escreveu a matéria

  11. João Postado em 27/Aug/2013 às 10:59

    Felizmente há médicos SIM no Brasil, mas infelizmente não há Médicos que queiram abrir mão da "mordomia" para irem há cidades carentes onde há a maior necessidade dos mesmos estarem atuando.

  12. Delmir dos Santos Postado em 27/Aug/2013 às 11:04

    Sou ex marido de médica,,tenho médicos em meu ciclo de trabalho e amizades,,assim como em todas as classes há profissionais e profissionais..Neste caso há quem tenha feito o juramento de hipócrates,,e há quem tenha feito o juramento de hipócrita..!!!!

  13. Eduardo Postado em 27/Aug/2013 às 11:07

    Quem tem que ser vaiado são esses governantes ,que em mais de 30 anos de democracia representativa não ouvem a população, não dão incentivo a educação,em especial esse governo do pt que não investiu praticamente nada nas universidades e vem com uma medida paliativa dessas,e uma vaia tambem a todos os estudantes de medicina que entram na profissão buscando lucro e enriquecimento e não se importam com as vidas das pessoas que não tem a minima aptidão e que so quer trabalhar em consultorio de shopping e não aceita ir tratar as pessoas do interior, agora os profissionais estrangeiros não tem culpa da nossa situação interna,eles vem buscando trabalho como qualquer outro profissional,mesmo os brasileiros que vão para o exterior.

  14. Samir de Lavor Postado em 27/Aug/2013 às 11:09

    Assistam ao vídeo desse momento que está circulando no youtube e contem quantos negros são vaiados e quantos estão vaiando, a etiologia do resultado eu já adianto: sintomático do tecido social que compõe a "classe médica" no Brazil e belo contraste com a situação social em Cuba.

  15. Francisco Sales Postado em 27/Aug/2013 às 11:10

    Deveriam ter vergonha na cara em vez de hostilizar seus colegas.

  16. Rodrigo Postado em 27/Aug/2013 às 11:10

    Pena que a situação do município permanecerá a mesma. Persistirá sem infraestrutura de saúde (medicamentos, higiene, material médico-hospitalar, bisturis, luvas, equipamentos para exames médicos etc.). O município persistirá sem segurança e sem escolas, sem transporte. O sol foi tapado com uma peneira através de cidadãos que, não bastasse atuarem em detrimento da lei e da constituição, sendo ainda discriminados quanto à sua remuneração (agora o "socialista" defende a precarização do trabalho e a exploração da força de trabalho alheia - por que não pagar os cubanos, em vez de mandar R$ 1 bi pra Fidel?). E os pacientes seguirão morrendo por falta de medicamentos. Para quê aplicar verbas, cumprir a lei quanto a investimentos em saúde, se o povo se contenta com uma ilusão, sendo tão mais fácil, ainda, prontamente julgar quem não quer dar péssima condição de estadia, segurança, transporte e escolar à própria família? Mais fácil, pois, apontar o dedo, chamar de "reaça" (em que pese muitos sequer conhecerem a etimologia e sentido do termo, mesmo o histórico, pois Hitler já afirmava que marcharia contra os "reacionários"), de "patricinha". Ir a tais rincões, que é bom, nenhum de nós está disposto, o que chega a ser lógico e racional, em que pese lamentável. De qualquer sorte, mesmo lembrando que ditaduras começam com o famoso "o interesse do povo não pode estar sujeito a leis, a uma constituição", desejo a melhor sorte, sempre, aos pacientes. E que o povo, independentemente de ter à frente um governo de "esquerda" ou "direita", se conscientize de sua condição primária de cidadãos brasileiros, tendo todo o direito de exigir a melhor contraprestação estatal, em retribuição aos tributos pagos, mas não meros "cala-bocas".

  17. Fernando Fidelis Vasconcelos Postado em 27/Aug/2013 às 11:14

    Sintam vergonha, médicos brasileiros!!! O mundo está vendo isso.

  18. Gabriela Barbosa Postado em 27/Aug/2013 às 11:39

    Que venham os médicos estrangeiros! A população agradece!

  19. Nara Cavalcante Postado em 27/Aug/2013 às 11:45

    E é esse tipo de educaçao que tem os medicos brasileiros??? Vaiando, fazendo anarquia, desrespeitando um profissional da mesma aréa, se julgando maiores e mais competentes que outros?? Onde é o consultorio do medico cubano por favor? Odeio gente mal educada!!!!!

  20. Gabriela Barbosa Postado em 27/Aug/2013 às 11:55

    Eu fico com o médico negro cubano que vai aos rincões salvar vidas!

  21. Danilo Postado em 27/Aug/2013 às 12:02

    Para mim a questao do problema do programa "mais médicos" e o tipo de contratação dos cubanos são problemas separados: -Se a melhor solução é importar médicos Para mim a contratação tem que ser temporária por uma questão emergencial, o perigo é o governo e o povo se acomodarem com a idéia. Acho que a solução é trazer mais faculdades públicas de medicina para o interior. -Se a contratação dos médicos cubanos é escravidão. Para mim isso não é problema do Brasil, se os cubanos gostam de serem tratados como nada o problema é deles. Uma coisa é ter paixão pelo seu trabalho outra coisa é ser estúpido.

  22. Mauriti Postado em 27/Aug/2013 às 12:42

    é grave pensar que estrangeiros são bem vindos aqui quando veem gastar dinheiro com o turismo, mas quando veem cuidar de vidas são enxovalhados.

  23. Shuma Postado em 27/Aug/2013 às 13:12

    Quando direitistas como Claudemar, Eduardo,e outros que comentaram acima, compartilham a mesma opinião do povo da esquerda, é porque tem alguma coisa MUITO errada. Devemos dar parabéns aos nossos médicos, pois a ganância da categoria está contribuindo para conscientizar as pessoas de que um mundo mais justo é necessário e possível.

  24. MArcos Garcia Neto Postado em 27/Aug/2013 às 13:15

    Não, as patricinhas não estão certas. Mas que reportagem mais triste hein? Isso NÃO é xenofobia e isso NÃO é racismo, isso é revolta com uma política de governo que não agrada. Ou vocês concordaram quando Feliciano foi eleito presidente da CDHM? Respeitaram a "escolha política" deles? Não né? Direito de discordar, direito à liberdade de expressão. Não tem nada a ver o fato dele ser "negro", parem de vitimizar o sujeito, seus racistas, ele não é mais vulnerável por causa da etnia. Aliás, faltou um detalhe nessa reportagenzinha: QUEM vai receber a bolsa de 10 mil reais do governo hein? Por favor, esclareça.

  25. Larissa Paola Postado em 27/Aug/2013 às 13:22

    Falta de respeito! Essa máfia do jaleco branco nos envergonha!

  26. LV, Bragança Postado em 27/Aug/2013 às 13:43

    Que coisa mais aviltante, esdrúxula, deprimente! É...diploma não dá cultura, educação, sensibilidade; em algumas situações apenas comprovam o passar por um curso. No caso dos xenófobos aí, mostra que receberam técnicas de tratar o corpo, mas estão com a alma doente.

  27. Rafael Postado em 27/Aug/2013 às 13:44

    O Povo brasileiro é um povo cheio de doentes por causa desse bando de bandidos que juraram perante a sociedade que iriam prezar pela saude do povo e prezam pela saude de suas contas bancarias, nao dao conta de tamto trabalho ainda querem manter seu CARTEL, para deixarem o pais ainda mais doente. CRIEM VERGONHA E TRABALHEM DIREITO!

  28. suzi Postado em 27/Aug/2013 às 13:51

    uma boa parte dos médicos brasileiros se formam em medicina porque a tal lhes dá status, não são médicos por amor querem ficar ricos com a profissão, reclamam que passam uma vida toda estudando , poxa se sabem disso então porque seguem essa profissão . quer moromia ? vira jogador de futebol então

  29. fatima Postado em 27/Aug/2013 às 13:56

    estou com vergolha alheia...

  30. Fernanda Postado em 27/Aug/2013 às 13:58

    É uma vergonha esses médicos daqui!!!!!!! Se não querem trabalhar que deem lugar pra quem quer, com o respeito que eles merecem!!!!!!!!!!!!!!

  31. Lucas Forte Postado em 27/Aug/2013 às 14:04

    Marcos Garcia, se o problema é a política do governo, pq xingar e humilhar os médicos? Que critiquem a Dilma e o Padilha!!! Ao chamar os médicos de incompetentes, escravos e vaiar na sua cara, pra mim isso é uma ofensa às pessoas e não ao programa.

    • MArcos Garcia Neto Postado em 11/Sep/2013 às 14:47

      Os médicos aceitaram violar nossa soberania nacional de livre e espontânea vontade (afinal, não vão obedecer às leis trabalhistas brasileiras). São dignos de críticas. Mas sim, acho que tu tá certíssimo, o certo era criticar os líderes da administração que comandaram isso. O problema é: como encontrar a dona dilma para bater um papo? Experimentar chegar perto pra ver... esses dias no RS um grupo de 100 professoras foram cantar para o governador Tarso Genro. Prontamente mais de 200 policiais da tropa de choque apareceram e jogaram gás nelas, em sua maioria senhoras mal remuneradas. Afinal, grande perigo para vida daquele pilantra né? Tias cantando musiquinha perto da casa dele.

  32. Vinicius Vidal Souza Postado em 27/Aug/2013 às 14:05

    a culpa não é deles, a culpa é do governo que não paga um salario digno aos médicos e os descasos dos médicos com a população. Em quanto o governo gastam bilhões com copa do mundo tem gente morrendo por falta de médico competentes, e por falta de estrutura nos hospitais públicos. Não acho certo pegar médicos de fora mas também não é motivo para vaia-los e humilha-los de tal forma. Eles estão vindo para ajudar, não para roubar verbas públicas, como o governo faz . Antes de tudo nos devemos trata-los com respeito e recebe-los com a cordialidade Brasileira. Sejam bem vindos

  33. kANROBERT Postado em 27/Aug/2013 às 14:06

    Os que vaiam e xingam são da mesma classe de médicos que burlam o controle de presença no plantões dos hospitais públicos brasileiros usando vários dedos de silicones.

  34. Isa Postado em 27/Aug/2013 às 14:10

    É o que eu sempre digo: enquanto as pessoas não escolherem a medicina por AMOR em primeiro lugar e não somente pelo DINHEIRO, cenas como estas continuarão acontecendo. Uma pena uma cena dessas para a nação; uma pena a formação de médicos egoístas, mercenários e ignorantes. E viva o Brasil dos trouxas!

  35. leonardo Postado em 27/Aug/2013 às 14:13

    O impostômetro até agora gerou a cifra de 3 trilhões e todos já sabemos que 90% da verba vai para bancar os estádios entre outros tipos de pão e circo, em vez de investirem este dinheiro na educação para formar profissionais nesta áreas remotas. Estou mais convencido que eles são agentes comunistas para doutrinar a população pouco instruída, ou você acha que cuba consegue formar 4000 médicos? Vcs também estão praticando o racismo anti branco, chamando os médicos de patricinhas e mauricinhos por serem brancos, vcs não sabem o quanto eles ralaram e estudaram para chegar aonde estão. Eles tem o direito de cobrar caro para recompensar seu esforços e sua competência. Eles têm o direito de se divertirem, morar em cidades etc etc

  36. Rodrigo Postado em 27/Aug/2013 às 14:19

    Quero mais é passem no revalida e trabalhem aqui no Rio de Janeiro!

  37. Frederico Alberto Postado em 27/Aug/2013 às 14:24

    Atitude deplorável. E por favor, parem de generalizar, como se fosse todo médico assim. Não sabem que vocês também são preconceituosos com a classe média alta. Conheço muitos médicos que foram para o interior trabalhar, e pra quem não sabe, onde não tem médico eles aumentam o salário que chega quase a 30 mil em alguns lugares, então não venha me dizer que os médicos que vocês chamam de "playboyzinhos" (com um traço de inveja) não vão pelo salário "baixo". Eles não vão pq não querem, e tenho certeza que vocês não iriam se tivessem a oportunidade de trabalhar em um lugar mais desenvolvido, nas cidades grandes. Não iriam se meter no fim do mundo. E não, não sou médico nem filho de médico. Trabalho na saúde pública, tenho o salário baixissimo, e repudio a atitude dessas médicas, o que eu defendo é classe médica honesta. Ninguém é obrigado a largar o conforto, só quem quer. É isso que é o capitalismo, minha gente.

  38. Camila Postado em 27/Aug/2013 às 14:28

    Sou estudante de Medicina e estou com muita vergonha das atitudes dos médicos ... No inicio eu era contra a vinda dos médicos estrangeiros sem o revalida, hoje, eu penso três vezes antes de falar qualquer coisa ...

  39. Jorge Postado em 27/Aug/2013 às 14:30

    Concordo que no Brasil falta estrutura, pouco hospitais, os que tem estão sucateados, falta de medicamentos, aparelhamento, mas tbém faltam profissionais compromissados com o seu dever. Não generalizo, pois conheço muitos médicos dedicados e preocupados com a qualidade do atendimento dos seus pacientes, mas tbém vejo muito médico escorado, burlando sua carga horário e trabalhando nos seus consultórios. Sou totalmente a favor dos médicos que, realmente querem trabalhar, seja ele brasileiro ou estrangeiro. Acorda Brasil !!

  40. claudio Gomes Postado em 27/Aug/2013 às 14:31

    Que falta de respeito aos colegas, que vergonha................

  41. Luciana Postado em 27/Aug/2013 às 14:37

    Eduardo: A criação das universidades faz parte do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais Brasileiras (Reuni), que, entre 2003 e 2010, o foi responsável pela criação de 14 novas universidades federais e 126 novos campi ou unidades acadêmicas, chegando agora a 63 universidades e 321 campi em todo o país. A expansão aumentou também o número de municípios brasileiros atendidos por universidades federais, passando de 114, em 2003, para 272, em 2010.

  42. Anderson Postado em 27/Aug/2013 às 14:38

    Bando de burguês que tem um coração petrificado com relação aos de condição humilde, a única coisa que se preocupam é se terão condições de trocar de lancha na próxima temporada.

  43. Juliana Postado em 27/Aug/2013 às 14:39

    Nao sei em que tanto odio possa ajudar quem realmente interessa: o coitado doente, morrendo sem atendimento no bolsao da miseria. As "doutoras" que vaiaram esses medicos que acabaram de colocar os pes no pais para levar alguma assistencia aos esquecidos dessas areas aonde ninguem quis ir realmente causaram bastante vergonha alheia, mas isso tambem nao pode ser colocado como uma perseguicao aos medicos brasileiros, como se todos eles atendessem mal ou se recusassem a ir para essas regioes por puro egoismo. Nem todos sao filhinhos de papai, estudando por status, como dizem. Uma boa parte batalhou MUITO para entrar em uma Universidade publica e oferecer a populacao um tratamento de qualidade. Imagine voce em uma profissao em que praticamente, nao se pode errar, com a tarefa de operar alguem, mas falta papel, falta curativo, falta instrumento, e se aquela pessoa viver ou morrer, a responsabilidade eh sua. Acho que os medicos cubanos devem sim ser muito bem recebidos, afinal de contas, estao aqui para fazer o bem, mas isso nao significa que as exigencias dos nossos medicos por melhores condicoes de trabalho sejam irrelevantes, "coisa de mauricinho" e nao devam ser ouvidas. Isso eh outro enorme absurdo. Se a saude publica esta esse caos, a culpa nao eh dos medicos.

  44. wagner Postado em 27/Aug/2013 às 14:40

    Próximo a minha casa a UPA está sempre lotada e pasmem, só há no máximo dois médicos de plantão. Acho que os médicos brasileiros deveriam se sentir felizes pela vinda desses profissionais que vão ajudar a promover saúde para quem precisa e não pode pagar.

  45. gabriel Postado em 27/Aug/2013 às 14:43

    foi aqui na minha cidade, essas fede a merda envergonham a população de fortaleza. Eles não têm culpa de ser contratado não, vocês deviam vaiar vos mesmas, ficam ai defendendo o próprio rabo.Se quisessem um bem social a todos vaiariam o governo por não construir mais universidades principalmente no estado do ceará tendo assim uma maior contingente de médicos fazendo dessa profissão um cargo comum como qualquer outro aumentando assim a concorrência e com isso diminuindo a pré-potência de muitos desses profissionais se é que se pode chamar assim esses principalmente de fortaleza que a maioria se forma numa faculdade particular e a minoria numa faculdade pública de baixa concorrência porque a grande maioria que se escrevem nos vestibulares aqui e no brasil são de escola pública que numa nota de 1 a 100 é 0 e essas ai se formando nessas circunstância ficam vaiando querendo ser merda e o pior é que são mesmo muita merda. Isso tudo é o medo dessa profissão ficar comum a todos e vocês terem realmente que prestar um serviço de qualidade o que nunca o fizeram.Quero é que venham é de milhares e que eles que eles coloquem suas clínicas aqui e joguem o preço lá em baixo ai a arrogância e a pré-potência de vocês vão lá para baixo também.

  46. Marcos Britto Postado em 27/Aug/2013 às 14:48

    Patricinhas idiotas, imbecís e que compraram o diplomazinho, agora estão com ciúmes... Mas na hora do trabalho à sério, não quiseram ir para os tais municípios onde a população se encontra mais carente. Mal sabem elas que os médicos cubanos são considerados um dos melhores do mundo, principalmente em ortopedía. Ficaram com medinho de perder o emprego. Tomara que percam mesmo essa cambada de sem-educação e racistas.

  47. Duce Postado em 27/Aug/2013 às 14:49

    O que tem a ver se o médico é negro? Qual o motivo da distinção étnica que a reportagem faz? De resto, quanto à atitude das médicas, acho uma perda de tempo delas. Se são contrárias ao Programa Mais Médicos, que protestem contra o governo federal, e não contra os médicos estrangeiros.

  48. Agatha Postado em 27/Aug/2013 às 14:53

    Apesar de discordar absolutamente das reclamações das ditas "patricinhas", preciso observar que esta generalização foi misógina e inapropriada. Havia homens e mulheres protestando, e ao utilizar apenas substantivos femininos e chamar o grupo de "patricinhas", o autor está se utilizando de um apelo ao ridículo machista para fortalecer seu argumento. Vamos melhorar isso, por favor. Poderia ser "patricinhas e filhinhos de papai" ou algo que o valha, sem nenhum problema.

  49. Jana Postado em 27/Aug/2013 às 14:56

    Tive o prazer de ter aula com médicos cubanos, e a visão de homem e de saúde pública é muito diferente dos nossos médicos brasileiros, que não estão nem aí para o seu Zé lá do Morro ou do Sertão Nordestino!!!!! Viva os médicos Cubanos!!!!Quem sabe eles possam ensinar um pouco de compromisso social para os nossos médicos!!!

  50. Postado em 27/Aug/2013 às 15:00

    Por que a policia nao senta o porrete nelas?

  51. Marcos,o Crítico Postado em 27/Aug/2013 às 15:00

    Essas jovens médicas brasileiras,ao invés de hostilizarem os médicos que vem de fora,deveriam elas irem para as cidades onde precisa-se desses profissionais.Só que elas não querem se misturar à população pobre e de baixa renda.Mesmo indo ganhar mais de R$ 10.000,00. Preferem ficar nas grandes cidades e nos grandes centros urbanos para poderem ir para suas baladas,curtirem a noite com seus amigos e atenderem apenas pacientes que lhe agradem,de preferência em grandes hospitais e clínicas de luxo onde os pacientes tenham muito dinheiro.Querem protestar?? Protestem contra o governo federal.O mais curioso disso tudo é que eles,os médicos de fora, vêm para trabalhar num local onde elas não querem,ou seja,não vieram ocupar o espaço delas. Vão para locais que elas sequer pensam em pisar. Bando de patricinhas fúteis,racistas e xenofóbicas.

  52. ADRIANO Postado em 27/Aug/2013 às 15:00

    KD O GIGANTE NAO ACORDOU ???? NADA É PAPO FURADO NAO TEM ESSA ONDA DE GIGANTE NAO ..O BRASILEIRO TEM NO DNA A CURRUPÇÃO EM TODO MEIO SOCIAL O QUE TEM HAVER ISSO QUE ESTOU FALANDO ??? SEREI BREVE; O MEDICO BRASILEIRO HOJE EM DIA QUE POR MUITAS VEZES PASSAM PAGANDO GABARITOS OU TENDO ALGUM TIPO DE BENEFICIO PARA TER SEU DIPLOMA, OUTROS MEDICOS DÃO PLANTAO APENAS DUAS VEZES NOS MUNICPIOS PARA RECEBEREM 10 MIL REAIS E AS POR MUITAS VEZES NEM ACABAM INDO TODA SEMANA PQ TRABALHAM EM OUTRO MUNICIPIO TB... OS QUE DESEJAM TRABALHAR COM ALGUM TEMPO DESEJAM SER CANDIDATO A PREFEITO DA CIDADE....E SEMPRE É UMA PESSIMA ADMINISTRAÇAO PQ MEDICO NAO SABE O QUE É POLITICA COM DNA CURRUPTO... AGORA VEM OS CAMARADAS LÁ DE CUBA E SEREM HOSTIRIZADOS É UM ABSURDO SABENDO QUE TB ATRAS ESTA A MIDIA PARA DETONAR OS QUE FAZEM PROTESTO PQ O GOVERNO NAO ACEITA ISSO E POR SUA VEZ FAZ COM QUE A MIDIA TENTE E CONSIGA FAZER QUE VC ESTA CONTRA ESTE ATO PODEM PERCEBER QUE ESTAO FAZENDO REPORTAGENS A TODO MOMENTO MOSTRANDO QUE O MEDICO DAQUI É VAGABUNDO....ENTAO GIGANTE CONTINUA A DORMIR PQ O POVO É UMA ETRENA MARIONETE

  53. leonardo Postado em 27/Aug/2013 às 15:04

    Acredito que a melhor forma de protestar seria boicotando. Se a população não se interessa-se em futebol o a verba pública voltaria para áreas como saúde e educação. Acho que sou um dos 0,5% do sexo masculino que não assiste futebol. Não dou dinheiro para traficante, pratico o consumismo consciente, não me interesso por produtos de grife etc etc

  54. Suely Postado em 27/Aug/2013 às 15:05

    Uma demonstração bem típica da nossa educação de 3° mundo. Equivocada, lamentável, vergonhosa e desnecessária. Se elas são contra a contratação dos médicos cubanos, por razões que possam ir além da nossa compreensão, tudo bem, que vão então buscar dispositivos legais ou político para resolver o problema. Os profissionais contratados merecem RESPEITO, porque o ser humano deve ser respeitado em qualquer lugar. Vaiar esses profissionais, além de uma atitude inútil, mostra o quanto nosso comportamento ainda é infantil, despreparado e motivado pela ignorância, não por preceitos profissionais ou de cidadania. Veja que não são um grupo de estudantes adolescentes em de ensino médio. São profissionais formados, que passaram por toda a hierarquia de ensino, logo, o minimo que deveriam ter é educação doméstica.

  55. talita Postado em 27/Aug/2013 às 15:06

    tudo nesse país gera uma polêmica, más no fundo ninguém se preocupa com as verdadeiras vitimas do sistemas. Os médicos não querem ir e ficam criticando quem vai, o governo fica tapeando o povo com conversa de acudir a população mais carente e o povo ainda tem o entendimento fechado pra isso, também eles não tem educação como poderão desenvolver o senso crítico pra cobrar seus direitos? no final é tudo a mesma coisa isso estará longe de resolver a questão da saúde do Brasil. porém se esses médicos vão de fato dar assistência as famílias mais carentes que venham. "o Brasil é de todos".

  56. Juliana Peres Postado em 27/Aug/2013 às 15:26

    É ridículo e nojento o preconceito com o qual os médicos cubanos estão sendo recebidos no Brasil. No entanto, o título "Médicas patricinhas envergonham o Brasil" foi tão infeliz quanto o que se pretendeu denunciar.

  57. adilson Postado em 27/Aug/2013 às 15:26

    manda as patilets trabalharem no SUS, quero ver!!!

  58. Franquelina Postado em 27/Aug/2013 às 15:29

    Que paradoxo o humano desumano! Mas tão verdadeiro neste momento. Àqueles que de longe vieram, sejam bem vindos, para tratar o humano, não somente a doença, com sua prática de medicina humanitária: olhar e ver/escutar e ouvir "o humano" em primeira anamnese e logo mais o diagóstico da doença. Como o ser humano comporta uma complementaridade "SER-VIVO", digo ainda mais que um vivo hipervivo, a complexidade da relação doente-doença há que ter o "olhar" com vista nesse duplo, que dado momento são*complementares, concorrente e antagônicos que se alimentam uma da outra , se completam, mas também se opõem e combatem(E.Morin, A humanidade da humanidade). Médicos brasileiros compartilhem o que vocês tem de melhor em tecnologia/conhecimento e recebam em humanização. MENOS COMPETIÇÃO, MAIS COOPERAÇÃO.

  59. Leandro Postado em 27/Aug/2013 às 15:30

    Esses médicos brasileiros estão a envergonhar até o próprio jaleco que vestem, e nem isso mereciam ter. A revolta maior deles, talvez, seja porque os médicos cubanos vieram para trabalhar e acabar com a mordomia deles, passar na cara dos profissionais da medicina brasileira o que um médico de verdade faz.

  60. Dherik Benjamin Postado em 27/Aug/2013 às 15:31

    As pessoas estão criticando a vinda dos médicos cubanos para o Brasil. Mas, pergunto-me: e os médicos brasileiros? porque não vão para os locais mais remotos do país para trabalharem? E o juramento de Hipócrates que fazem e dizem "... fazer vida comum e, se necessário for, com ele partilhar meus bens; ter seus filhos por meus próprios irmãos; ensinar-lhes esta arte, se eles tiverem necessidade de aprendê-la, sem remuneração e nem compromisso escrito; fazer participar dos preceitos, das lições e de todo o resto do ensino, meus filhos, os de meu mestre e os discípulos inscritos segundo os regulamentos da profissão, porém, só a estes...". Deveria ser o juramento de "hipócratas" para algum. Trabalhar em um consultório no centro da cidade, almoçar no shopping, ter todas as facilidades que a tecnologia oferece... Quem não quer trabalhar assim? Até eu quero. Mas,se não querem ir trabalhar em condições ruins, com pouco ou nenhum equipamento, não critiquem quem vem fazê-lo e ainda acha o salário bom. ao invés de bradar aos quatro ventos suas fúria, vá lá e faça melhor! Você tem a oportunidade, basta levantar de sua cadeira macia e ir ajudar quem precisa no meio do sertão nordestino ou do tempo chuvoso e abafado da região norte. E o povo que reclama? É, você mesmo que tem condições de pagar um plano de saúde! Está reclamando sem nem saber o que diz. Seria melhor para você se os médicos fossem suecos ou noruegueses, ou quem sabe ingleses? Claro, tem que ser médicos padrão FIFA, certo?

  61. Nayara Rodrigues Postado em 27/Aug/2013 às 15:34

    Como tem gente ignorante nesse mundo não é? Independentemente dos médicos que vaiaram o médico cubano serem patricinhas e mauricinhos mimados ou pessoas que ralaram de verdade para se formarem em medicina, a atitude deles foi totalmente errada. Se a indignação é contra a medida do governo, que façam algo à respeito contra o governo, não humilhem um colega de trabalho que estudou da mesma maneira que eles. O programa convida médicos estrangeiros para atuar em áreas que NÃO INTERESSAM aos médicos daqui, ou seja, lugares que os médicos daqui não querem trabalhar, afinal não se mataram de estudar para atender a população que precisa e sim para ganhar dinheiro não é? Não existe nenhum tipo de compromisso com a vida para um médico. O problema do Brasil não é a política, ela em tese é um sistema perfeito, o problema são as pessoas, cidadãos e governantes que não tem senso de ética e só enxergam os próprios interesses ao invés de agir com o mínimo de decência esperada.

  62. Reginaldo Antonietti Postado em 27/Aug/2013 às 15:34

    É UMA VERGONHA o que esses mafiosos "MÉDICOS BRASILEIRAS" e essas vagabundas médicas que DESRESPEITAM o seu próprio cargo fazendo isso com os MÉDICOS CUBANOS, no caso esse exemplo. E ainda por cima ENVERGONHAM O BRASIL perante o planeta. Criem vergonha nesta cara, bando de inúteis e vão trabalhar naquilo que vocês escolheram fazer. Ou seja, ajudar as pessoas na área da medicina. E não ficarem com medo de terem seus empregos "roubados". Eles não estão vindo aqui para roubar ninguém. Os médicos de fora apenas estão aproveitando a chance de poderem trabalhar em um outro país e ajudar as pessoas. Com relação aos ganhos, eles merecem MUITO, MUITO mas MUITO mais que vocês, pois DÚVIDO que vocês fariam o mesmo pelo povo de outro país. Provem isso para mim vai....

  63. antoniolsp Postado em 27/Aug/2013 às 15:37

    sinceramente deveria passa um trator nessas faculdades publicas nem uma atende o povo aonde estão esses profissionais medicos dentistas engenheiros professores etc q o povo pago pelo curso deles cuba estados unidos estão certos tem q presta serviços pro governo pra paga o curso q concluiu esses profissionais não são diferentes dos politicos brasileiros q tiram o maximo do povo e não retribui nada pro povo

  64. Wellington Postado em 27/Aug/2013 às 15:39

    isso é triste, ver pessoas que estudam para salvar vidas fazendo este tipo de manifestação, não quer os médicos cubanos, argentinos etc.... vão trabalhar nos subúrbios, em areas remotas. isso elas não querem né. fico triste em ver essa atitude... Juramento de Hipócrita.....

  65. Stephany Postado em 27/Aug/2013 às 15:41

    Desculpe, o jeito que foi tratado não é uma maneira certa, com todo certeza, mas se o governo aumenta-se o salario de um medico na rede publica, garanto que não teria falta médicos, os salario são extremamente baixos, não há pessoa que passo 2 anos dentro de um cursinho caro, e 6 anos de faculdade e mais 2 anos de especialização, ou seja 10 anos estudando, pra ganhar um salario baixo na rede publica, alem das condições precárias de pseudos hospitais, ainda com risco do medico ser processado por negligencia. Temos médicos sim, muitos médicos, mas eles não vão trabalhar por salários abusivos , por isso que eles optam pela rede particular.

  66. Junior França Postado em 27/Aug/2013 às 15:43

    Tinha que ter punição para as pseudo médicas patricinhas que vaiaram. Em um país em que um humorista pagou 150 mil reais de indenização porque fez uma PIADA de mal gosto, essas aí deveriam ser identificadas e pagar no mínimo o dobro de indenização. Mas em um país onde no mesmo dia você vê a notícia de um VEREADOR de uma cidade de São Paulo chutar um policial em briga de torcida organizada dentro do estádio mostra a situação caótica que estamos. Fico imaginando quem votou nesse cara, é de não só se envergonhar, mas de dar vontade de pegar as malas e ir pra outro país.

  67. Michelle Postado em 27/Aug/2013 às 15:44

    Deveriam está se opondo e vaiando os vários "médicos" irresponsáveis que por descuido e falta de profissionalismo tiram vidas ao invés de fazer o todo possível para ajudar. Conheço vários casos de erros médicos que não só tiraram a qualidade de vida das pessoas como tbm tiraram algumas vidas. Ex: um amigo que foi operar a perna direita e operaram a perna boa esquerda. Minha Tia que foi tirar um ovário e teve todos os órgãos do sistema reprodutor retirados e só ficou sabendo muito tempo depois quando veio a menopausa e sofreu pra caramba. E assim vai..... Se estão em aeroportos vaiando médicos cubanos, quem está nos hospitais e clínicas tratando os pacientes???? Xenofobia é crime e o Governo Brasileiro tem que tratar isso nos rigores da Lei.

  68. Marcelo Postado em 27/Aug/2013 às 15:45

    Médicos Cubanos sejam bem vindos. Sou prova de que nem os médicos particulares, inclusive médicos que se dizem professores numa consulta resolveu meu problema, o dirá por aí. Maioria o que interessa é dinheiro no bolso e o resto é resto. E olhem e nem voto pro PT e anda com raiva no PT. Óbvio que precisamos de infraestrutura, mas médicos tbm, principalmente para pessoas de baixa renda. E outra, estamos no capitalismo, é sadio a concorrência, os médicos estão com medo de que?

  69. Lauro de Miranda Postado em 27/Aug/2013 às 15:48

    É delicada a fonte da matéria. Digo isto pela incitação à revolta só por citar "um médico cubano negro", ao meu ver desnecessário. Que não é novidade que os médicos da rede pública atendem mal, todos sabemos. Mas de quem será a culpa? Será que a culpa fica restrita aos "profissionais" que a mídia tanto bombardeia? Ou será que a cerne da questão esta ligada a má administração, bem como um mal repasse das verbas públicas de nosso país? "a corda sempre arrebentará no lado mais fraco" que nessa vez é dos médicos, tornando mais uma vez os políticos ilesos do caos que é a saúde pública. Se não há um mínimo instrumento de trabalho, e aqui não me refiro a estrutura física, difícil será a prestação do trabalho. Boa tarde!

  70. José Luiz Postado em 27/Aug/2013 às 15:56

    Conheço umas dessas cidades que estão urgentemente precisando de médicos, infelizmente a falta de interesse é o obstáculo para essa solução. São médicos que não querem sair de suas cidades movimentadas pra não viver em cidades pacatas, até aí tudo bem, a escolha é relevante. Mas essas pseudomédicas vaiarem um colega de trabalho estrangeiro que está vindo pra atender a cidades pacatas, com certeza as mesmas cidades que essas patricinhas e os coça saco de jaleco branco negam a irem, demonstra uma falta de caráter ao extremo, via perguntar se esses mesmos que vaiam e protestam aceitam mudar de cidades movimentas para cidades pobres, eu aposto que cada um sai de fininho assobiando pro alto...

  71. Erasmo Matipó MG Postado em 27/Aug/2013 às 15:56

    ESSAS AI EM HIPÓTESE ALGUMA VÃO TRABALHAR NOS GROTÕES DO NORTE E NORDESTE ,PORQUE PREFEREM FICAR NO SUL E SUDESTE PARA FREQUENTAR AS BALADAS, BEBER E DANÇAR FUNK

  72. leandro Postado em 27/Aug/2013 às 16:01

    não era para ninguém de fora tomar o emprego desse médicos ,mas os daqui não querem trabalhar só estão indo ao serviço para bater ponto e irem embora com seu dia ganho e o que da o governo da faculdade e oportunidade para play boyzinhos duvido se pegasse algum pobre e desse uma oportunidade de faculdade para quem mostra interesse ele iria ter o maior prazer em trabalhar na área

  73. vasco Postado em 27/Aug/2013 às 16:02

    quem conhece Cuba sente vergonha de ser brasileiro

  74. Vanda Postado em 27/Aug/2013 às 16:03

    Revoltante e vergonhoso esses movimentos contrários aos médicos CUBANOS. Mais vergonhoso e revoltante ainda é a falta de compromisso e o desinteresse dos profissionais Brasileiros pela vida da população mais humilde!

  75. Luiz Postado em 27/Aug/2013 às 16:06

    Tanque de roupa ou louça pra lavar essas médicas não tem né?

  76. Juli Postado em 27/Aug/2013 às 16:07

    Pouco me importa os acordos feitos para os Cubanos virem trabalhar, o que me importa é que eles aceitaram vir trabalhar aqui no interior nordestino onde nenhum médico brasileiro quis vir... OBRIGADO CUBANOS - SEJAM BEM VINDOS, aqui necessitamos de vocês sim... Pois aqui onde a seca assola e não tem infra-estrutura nenhuma... vocês são o sinal da esperança para nós.

  77. Rafaela Postado em 27/Aug/2013 às 16:08

    Se os médicos brasileiros fossem tão superiores saberiam que andar na rua com seus jalecos pode levar contaminação aos hospitais.

  78. John Claid Postado em 27/Aug/2013 às 16:12

    Médico brasileiro que ganhar muito e que se dane o resto.

  79. LUIS Postado em 27/Aug/2013 às 16:12

    Depois de ver esta foto, mudei totalmente de opinião. Nada justifica este tratamento com nossos irmãos cubanos. É lamentável, ver justamente uma classe que deveria demonstrar amor ao próximo, respeito e solidariedade, se comportando dessa forma. Que venham nossos irmãos cubanos e que sejam recebidos por aqueles que tem alma e sentimento fraterno com amor e carinho.

  80. JOEL Postado em 27/Aug/2013 às 16:14

    "Foi o que aconteceu ontem em Fortaleza, quando o médico cubano negro foi cercado e vaiado por jovens profissionais brasileiras", CERGADO POR JOVENS PROFISSIONAIS, NAO VEJA PROFISSIONAL NENHUM NESTAS PESSOAS.

  81. denise Postado em 27/Aug/2013 às 16:15

    Que venham os médicos estrangeiros, sejam eles negros, morenos, pretos ou branco, que seja qualquer cor a população agradecem e que sejam bem vindos! muito vergonhoso esse tipo de baixaria dessas patricinhas!!!

  82. Matheus Postado em 27/Aug/2013 às 16:22

    Quem tem fome tem pressa; quem está doente também. Um médico pode salvar vidas sim, ainda que sem os recursos da cidade grande. Que haja médicos estrangeiros onde nenhum "doutor" brazuca quer ir. Que atendam a população com os recursos disponíveis e que peçam os materiais necessários. Que Deus os abençoe.

  83. Jussara Rodrigues Postado em 27/Aug/2013 às 16:24

    Racismo puro e idiota, somos um País que foi colonizado por portugueses condenados, ladrões, deixados pela cora portuguesa para viverem aqui, será que não aprenderam história? o legado bom foi deixados pelos negros que a coroa os trouxe para cá como escravos, somos negros, tenho orgulho de ser neta de uma linda negra, os seus bisavós foram escravos, carregaram nas costas o progresso deste País. A nossa cultura está diretamente liga à Africa. Racistas idiotas. "Patricinhas" ou "Idiotas"?

  84. Marcelo Carneiro Leão Postado em 27/Aug/2013 às 16:24

    A HIPOCRISIA DE HIPÓCRATES!!! Na ocasião de sua formatura o médico profere solenemente o famoso JURAMENTE DE HIPÓCRATES: “Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência. Penetrando no interior dos lares, meus olhos serão cegos, minha língua calará os segredos que me forem revelados, o que terei como preceito de honra. Nunca me servirei da minha profissão para corromper os costumes ou favorecer o crime. Se eu cumprir este juramento com fidelidade, goze eu para sempre a minha vida e a minha arte com boa reputação entre os homens; se o infringir ou dele afastar-me, suceda-me o contrário.” Lendo atentamente o citado juramento, paro para refletir sobre as “ações” que tenho visto nos últimos dias contra o Programa “Mais Médicos”. Inicialmente, o discurso contrário era que se estava retirando vagas de médicos Brasileiros!!! As inscrições foram abertas, com preferência a médicos Brasileiros, e apenas 15% das vagas foram preenchidas!!! O governo então começa a trazer médicos estrangeiros!!! Portugueses, Cubanos (os espiões do mal), Italianos, Espanhóis, etc. Mas o discurso não muda!!! Ao contrário se intensifica: “Eles não falam Português” dizem os que outrora fizeram o Juramento de Hipócrates de “...honestidade, caridade e da ciência”. Esquecem que aquela população do interior do País precisa URGENTEMENTE são MÉDICOS. Que falem Português, Inglês, Francês, Espanhol, Japonês, pouco importa. Talvez até escrevam receitas e prescrições mais legíveis, quem sabe!!! Os dias passam, e o discurso se intensifica, com a colaboração fundamental de boa parte da mídia, inclusive com revistas que na década de 90 eram favoráveis à vinda de médicos Cubanos, proposta pelo Governo FHC, através de seu Ministro da Saúde Serra!!! VEJA que coisa, agora eles são contra!!! Chega-se ao ponto de hostis recepções aos profissionais estrangeiros que vão trabalhar onde os nossos médicos não quiseram ir!!! Hostilidades feitas por estes próprios médicos. Mas alguém, incomodado com este texto, vai bradar: “O problema não é a falta de médicos no Interior. O problema é a infraestrutura hospital no interior do Brasil”. Como se fossem amigos, problemas excludentes!!! É claro que se eu não tiver uma boa estrutura de hospitais, os médicos não poderão cumprir plenamente suas funções. Mas também é obvio, que um hospital super equipado, não cumprirá sua missão SEM MÉDICOS!!! Precisamos dos dois!!! Por fim, no “desespero” do último argumento, dirá: “Mas tem de fazer o REVALIDA”. Esta afirmação leva consigo, implicitamente, o “PRÉ-CONCEITO” e que os cursos médicos de Portugal, Cuba, Espanha, Itália, etc. não servem de nada. Mas ainda INSISTEM: “mas por que então não fazer o REVALIDA? Esquecem de refletir que ao fazerem o REVALIDA, e serem aprovados, passarão a poder exercer a medicina livremente em TODO o Brasil. Será que ficarão no interior? Ou farão como a maioria de nossos médicos, que preferem ficar na Capital, próximos aos seus consultórios particulares? Amigos, sugiro que se faça um “REVALIDA” no JURAMENTO DE HIPÓCRATES de nossos médicos!!! Quem sabe não se lembrem: “Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência. Penetrando no interior dos lares...”. Por Marcelo Carneiro Leão

  85. Kelly Postado em 27/Aug/2013 às 16:25

    O MÉDICOS BRASILEIROS DEVIAM FICAR BEM CALADINHOS. POIS OS ESTRANGEIROS VEM PORQUE OS BONITINHOS HIPÓCRITAS QUE TEMOS NÃO QUEREM TRABALHAR! ESTUDARAM PRA QUE? EXIBIR DIPLOMA? POUSAR DE SABIDÃO? FAÇAM-NOS O FAVOR, FIQUEM QUIETOS! QUEM MERECE VAIA É VOCÊS!

  86. Lia Joca Postado em 27/Aug/2013 às 16:33

    Medo de concorrência desleal. Já que são gente que quer e vai trabalhar. Ao contrário dessa penca de sabe tudo, Médicos do talvez, que só exercem a profissão por dinheiro e status. Na maioria aqui no Ceará só pra agradar os pais e ter nome de Doutor. Conta-se nos dedos no nosso estado entre rede pública e privada também, quem faça as práticas da medicina por paixão e vocação. Quem trate ser humano com dignidade, respeito e cumprindo o dever de socorrer a todos que necessitam. Não me admiro a recepção estupida, preconceituosa e politiqueira. Em geral é assim que tratam no dia dia seus pacientes. Ademais, nunca estiveram do lado de cá! Do lado de quem precisa de assistência pública, do lado onde falta do leito á medicação e a mão do profissional que acolhe e trata gente como gente. E não pobre como lixo e rico como Deus. Educação não parece ser lição dada as cadeiras e residências medicas. Com certeza quem precisa de atendimento no fim do arco-íris, lá nas tongas do interior cearense vai ser muito bem assistido. Pois vocês senhores doutores do Ceará já mostraram a estes profissionais como não devem se portar. De doutores em estupidez e especialistas em coice o SUS está vomitando. Há! Vão trabalhar! #Prontofalei!

  87. robertodsauro Postado em 27/Aug/2013 às 16:34

    Com certeza essa galera que hostilizam os médicos cubanos,são uma turma de incompetentes e levianas. Gostam de humilhar as pessoas.Melhor ir trabalhar em boates.

  88. Paulo J. B. dos Santos Postado em 27/Aug/2013 às 16:49

    PROGRAMA FEDERAL MAIS MÉDICO, vem para atender a demanda das unidades de saúde pública das periferias e dos municípios que sofrem com a falta desses profissionais, principalmente com os especializados, os médicos brasileiros não querem ir trabalhara nas periferias e muito menos no interior do estado. O atendimento na saúde pública é uma calamidade, com poucas exceções, o que se percebe é que antes não havia manifestação alguma dos médicos brasileiros em defesa da melhoria no sistema público de saúde, de uma hora para outra todas as mazelas do sistema apareceram. O que estamos presenciando é uma categoria de elite lutando não pela saúde pública, mas pela preservação de reserva de mercado, pois sabem que muitas pessoas que tem condições de pagar uma consulta irão preferir o atendimento público se este for bom.

  89. Carmen Lúcia de Santana Postado em 27/Aug/2013 às 16:53

    Meus pais marcaram consultas pelo SUS e muitas vezes remarcaram, pois o "profissional" não compareceu e nem mesmo avisou que faltaria. E isso não ocorreu apenas uma vez. Idosos que moram longe e dependem de ônibus, acabam ficando horas aguardando pela consulta, para serem avisados que não serão atendidos. É um total descaso e os médicos daqui ainda se acham no direito de desrespeitar um colega profissional de outro país? Por que não levam à sério a profissão? Por que não respeitam os pacientes?

  90. Paloma Postado em 27/Aug/2013 às 17:00

    Me senti mal ao ler essa reportagem,qual o direito que os médicos brasileiros têm para ofender os cubanos? Os cubanos vieram por que precisam de serviço, eles não vieram roubar emprego de ninguém,até porque quem não quis prestar serviço para a população carente foram os brasileiros. Os médicos brasileiros tratam os pacientes mal,e falo por experiência propia que sempre frequento o sistema sus , os brasileiros deveriam estar satisfeitos com a vinda dos cubanos que mesmo em condições precárias iram servir a população brasileira.

  91. LARISSA Postado em 27/Aug/2013 às 17:00

    QUE VENHAM MAIS E MAIS MEDICOS DE FORA POIS ESSES DO BRASIL ESTÃO CADA DIA MAIS TRISTE.

  92. Bernardo Leite Postado em 27/Aug/2013 às 17:03

    Concordo com a matéria e sinto vergonha da atitude das médicas. Só não entendi porque o jornalista insiste em citar que o médico cubano era negro. O fato dele ser negro não tem nada a ver com a atitude deplorável das médicas e nem com a matéria em si.

  93. maira Postado em 27/Aug/2013 às 17:05

    Claro que foi uma demonstração vergonhosa de racismo de xenofobia. Dá para imaginar a qualidade de atendimento que esses tipos podem fornecer aos seus pobres pacientes. Não têm educação, não têm sensibilidade, e muito menos decência. Acho que deveriam ser identificados e posteriormente processados por racismo. E que sabe um exame psicológico e psiquiátrico, porque, QUEM GOSTARIA DE SER ATENDIDO POR UM MÉDICO DESSA ESPÉCIE???????????

  94. mary Postado em 27/Aug/2013 às 17:11

    Quem tem que ser vaiado é a população universitaria "medicina" que só quer o diploma para dizer que é médico...parabens governo brasileiro pois os lugares onde os MEDICOS cubanos vão trabalhar, são aqueles dos que mais necessita e não estão morando no centro da cidade, onde encontra-se muitos consultorios e "medicos" que não entenderam direito as funções de um profissional de medicina, que sirva de exemplo para o futuro daqueles que acham que devem investir na carreira de MEDICINA.

  95. Rodrigo Borges Postado em 27/Aug/2013 às 17:12

    kkkkkkkkk meu deus, estou mais preocupado com o tipo de " mediquinhos " que irão cuidar de mim quando eu estiver doente, do que a doença ...... depois não sabe porque o Brasil é vaiado por outros países

  96. NELSON Postado em 27/Aug/2013 às 17:26

    DOUTORES???? DE QUE???? DA ESTUPIDEZ, DA FALTA DE EDUCAÇÃO, DA IGNORÂNCIA.É ESSE TIPO QUE QUER CUIDAR DE NOSSA SAÚDE??? NEM PENSAR.....UMA VERGONHA MUNDIAL!!!

  97. Marçal Postado em 27/Aug/2013 às 17:29

    Uma pena mesmo é a gente só poder expressar a opiniao aqui, porque olha , quem ja foi no SUS ser atendido por esses filhinhos de papai, sabe bem como é, os caras (homens Mulheres) tem nojo de atender as pessoas , muitos nem olham direito par o paciente, e nao é um caso ou dois são muitos, e que fique claro que não é só médico não enfermeiros e enfermeiras tambem, tratam mal com más respostas com cara fechada, como se vc estivesse atrapalhando o descanso deles, muitos criticam o SUS e com certeza falta muita coisa , mas muita coisa mesmo, mas se os funcionários que la trabalham desde a recepcionista ate o diretor de cada unidade tivesse educação respeito com o proximo que se esta ali certamente porque esta precisando de atendimento ja melhoraria em 40% o atendimento SUS, uma das coisas que o governo tinha de fazer era auditoria, investigação, colocar gente filmando escondido pra repreender e as pessoal que la estão atendendo com má vontade , mandar embora justa causa.

  98. suzyrodrigues Postado em 27/Aug/2013 às 17:30

    esses medicos brasileiros estão muito mal acostumados eles não horão com seus compromissos de medico[a].por isso que eu sou a favor de médicos de fora,agora fica esses filhinhos de papai fazendo baderna preconceituosos. médico que quer trabalhar e gosta do que faz ele vai para qualquer bairro de periferia.

  99. iza adriane carriel Postado em 27/Aug/2013 às 17:31

    não adianta ter estudo ser formadas em medicinas e não ter educação e não saber respeitar seus colegas de profissão isso é lastimável......................

  100. Marcelo Postado em 27/Aug/2013 às 17:37

    Em vez de vaias e deboches, vista o seu jaleco e vai a luta com eles, Essas pessoas não são as culpadas pelo caos na saúde; Eles estão sendo direcionados para trabalhar onde brasileiros se negam a ir. se é por falta de estrutura a culpa não é desses que vieram a somar com as senhoritas e senhores. Jamais julgue alguém por suas aparências, primeiro conheça o, ninguém e mais inteligente que o outro, um dia vossas Senhoritas poderão aprender algo com essa pessoa. Em vez de chacotas com os profissionais, vai ate o governo onde la tem deputados senadores que ganham seus milhões de reais ao ano e esquece de investir na saúde do pais.

  101. adriana Postado em 27/Aug/2013 às 17:38

    Concordo com todos comentários, é uma vergonha o que essa médicas (isso que se pode chama-lás assim), pois se não tem nem um pingo de rrespeito e nem educação com um colega (pois é isso que esses médicos são), imagina o que fariam conosco reles mortais precisando de atendimento e sem condições financeiras de pagar um hospital particular, peço desculpa ao médico cubano pela atitude de alguns brasileiros.

  102. David Postado em 27/Aug/2013 às 17:38

    Gostaria de pedir desculpas a esse senhor cubano por tal atitude de uma classe que não representa a maioria do povo brasileiro..

  103. ´leisson Postado em 27/Aug/2013 às 17:42

    Vergonha mesmo, olha só o tipo dos médicos brasileiros, sem contar os que batem cartão e não trabalham. Um medico cubano deu esse depoimento “Somos médicos por vocação, não nos interessa um salário, fazemos por amor”, afirmou Nelson Rodrigues, 45. Isso os médicos brasileiros não tem, humildade. Vergonha isso que sinto.

  104. samela Postado em 27/Aug/2013 às 17:46

    Deveriam ter vergonha na cara em vez de hostilizar seus colegas.

  105. carlos escalante Postado em 27/Aug/2013 às 17:48

    Antes de mais nada gostaria de parabenizar os médicos brasileiros que se preocupam e trabalham pela população carente, quero dizer aqueles que consideram o seu trabalho um trabalho de amor e valor, mas existem muitos na nossa medicina que são verdadeiros mercenários infelizmente; já consultei pelo sus e fui mal recebido por um médico ao qual não sitarei o nome, pois não estou aqui para acusar ninguém e sim contar um fato verídico da minha vida; nesse mesmo dia retornei ao hospital para uma nova avaliação, mas dessa vez era particular; fui bem recebido pela porta da frente e acabei em uma sala muito bonita e bem confortável; não esperei muito, no máximo 5 minutos, não tomo café, mas mesmo que tomasse não teria dado tempo, pois foi muito rápido e em seguida que fui chamado entrei por uma porta muito bonita e acompanhado por uma recepcionista mais bela ainda, mas quando entrei na sala do médico era o mesmo que havia me atendido pelo sus anteriormente; paguei e foi realizada a cirurgia da qual eu precisava devido a um acidente, ok e tudo foi um sucesso; mas fica a minha indignação para com os nossos líderes políticos que só lembram de nós nas épocas de eleições.

  106. Gabriel Postado em 27/Aug/2013 às 17:49

    Com certeza a atitudes delas é errada e xenofobica, os medicos ja estao aqui e terao que trabalhar na area limitada, agora generalizar a classe medica? Dizer mafia do jaleco branco? Para de achar que internet é privada do seu cerebro amigao, aparece la no SUS infartando, e quando demorar pra atender, vc culpa o medico! Sou medico, nao aceito a atitude dessas medicas, acho q a classe medica tem problemas, assim como qualquer classe, porem estudamos mais anos que todo mundo, nossas jornadas de trabalho sao maiores, trabalhamos com estruturas precarias e sem valorizacao da nossa carreira! O problema do Brasil nao é falta de médicos, e digo isso sem medo que venham medicos estrangeiros, meu emprego esta garantido pro resto da minha vida! Estudem antes de vomitar pela internet! Um abraco

  107. Denise Postado em 27/Aug/2013 às 17:50

    Tratam a população como cães nos atendimentos públicos e agora hostilizam uma ajuda humanitária, pessoas que querem realmente ajudar quem lhes paga o salário. É uma falta de caráter dessa classe, repulsivo!

  108. Adelair Postado em 27/Aug/2013 às 17:50

    Não sou médico, mas tenho amigos e parentes médicos. Convivo com médicos, pois, sou representante de produtos hospitalares e farmacêuticos. Há muito tempo, os verdadeiros médicos,como diziam meus pais, atendiam em casas, roças, sítios e em qualquer lugar. Tinham respeito pelo paciente e, acima de tudo, pelo próximo. Meu cunhado, médico dessa época e dessa formação generosa e respeitosa, me disse certa vez que os novos médicos são totalmente equivocados e antiéticos, além de elitista e mau formados. Pois, em cada cidade pipocam universidades e faculdades de medicina. As mesmas cobram preços absurdos e somente quem paga são os abastados e endinheirados. Penso que são POUQUÍSSIMOS que realmente merecem nosso respeito e atenção, aos outros só nos resta esperar pelos PROFISSIONAIS EXCELENTES NAS ÁREAS MÉDICAS. QUE VENHAM OS NOVOS MÉDICOS! E os que aí estão aprendam o que é de fato ser MÉDICO.

  109. Felipe Postado em 27/Aug/2013 às 17:52

    Acho o comportamento de agredir colégas errado independente da nacionalidade, a grande maioria dos médicos não são contra os cubanos e sim contra a medida do governo em resolver o problema de saúde assim, o médico brasileiro quer ir ao interior mas não aceita trabalhar vendo esse descaso de falta de tudo, acho muito fácil criticar afinal ninguém de vcs são responsáveis civil e criminalmente pelos atos praticados. Outra a grande maioria dos médicos se formam em universidades particulares, porque as vagas nas públicas são limitadas, então o futuro médico se sujeita a gastar quase 500 mil para se formar muitas vezes com financiamentos, e depois q formam a sociedade cobram deles mais um sacrifício franciscano, de trabalhar em locais sem estrutura nenhuma. Quamto achar q 4000 cubanos vão tirar emprego dos médicos brasileiros isso é umum total equívoco, hj no país sao 400.000 e nesteano se formam mais 17.000 aki o q 4000 representam neste universo. Será q falta medicos ou o governo não consegue tornar esses lugares do interior dignos para o exercício profissional. Fiquei sabendo q la no interior ta faltando dentistas, enfermeiros, advogados, engenheiros, professores de quimica física, matemática, deve ter alguém aki com essas profissões perqunto pq não vão pra lá?

  110. Regina Postado em 27/Aug/2013 às 17:55

    Os Cubanos sim merecem nosso respeito, vão trabalhar por um salário menor do que esses "médicos" do Brasil e ainda vem com toda garra. São contratos pelo governo Cubano, tem que seguir regras, não recebem direto do governo brasileiro, recebem repassem menor do que o governo brasileiro repassa a Cuba e estão aí, empolgados para meter a mão na massa. Estão de parabéns os MÉDICOS CUBANOS!

  111. Enivaldo Freitas Postado em 27/Aug/2013 às 17:56

    Estes médicos brasileiros na verdade não querem concorrência. Pois querem continuar cobrando a metade de um salário em uma consulta de 10 minutos, roubando o suor dos pobres que recebe uma aposentadoria de um salario minimo.Cambada de hipócritas! Parabéns Dilma!

  112. Frederick Freitas Postado em 27/Aug/2013 às 17:57

    O comportamento por si só é reprovável. Assim como é desnecessária a vinculação sensacionalista ao racismo.

  113. Cleiton Postado em 27/Aug/2013 às 17:59

    É medo da concorrência, da perda do coronelismo. Tem médico que quer os hospitais das capitais superlotados, a morte dos outros lhes fazem preciosidades, raridades. O povo podre se depara com o SUS e corre para o particular, ai vem a máfia. Esse projeto do governo mostrou quão compromissados são os médicos brasileiros em atender o seu código de ética. Só lembram do artigo 3. http://www.crmpi.com.br/pdf/codigo_etica_medica.pdf

  114. Maria Postado em 27/Aug/2013 às 18:02

    vc é tratada como cão denise?

  115. michel Postado em 27/Aug/2013 às 18:02

    essa e educaçao q receberam da familia,isso e para ver o quanto nossa populaçao de medicos sao pouco istruidos atitudes de pessoas q parecem n ter nem um minimo de estudo,humildade,respeito,espero q a populaçao saia para rua e cobre do governo alguma atitude contra essa raça, pois se eles n sabem alem de um crime contra a populaçao brasileira isso e um crime sofrida contra a dignidade humana e crime racial.

  116. Juliana Peres Postado em 27/Aug/2013 às 18:03

    É ridículo e nojento o preconceito com o qual os médicos cubanos estão sendo recebidos no Brasil. No entanto, o título “Médicas patricinhas envergonham o Brasil” foi tão infeliz quanto o que se pretendeu denunciar.

  117. José Postado em 27/Aug/2013 às 18:11

    Socialistas boyzinhos e patricinhas já tinham envergonhado o Brasil antes... Perguntem à Yoani Sánchez.

  118. magal Postado em 27/Aug/2013 às 18:11

    Os Médicos brasileiros em sua maioria são formados no intuito de ganhar dinheiro e ficar rico, "burgueses idiotas" querem atender apenas em grandes centros e a população das regiões mais distante que se lasque essa é a grande verdade. cobram preços altíssimos em consultas, pois tem cidades que se quer tem medico na rede publica, em alguns casos para não morrerem o povo com poder aquisitivo baixo que labutam para sobreviver, obrigam-se a custear uma consulta deixando faltar até mesmo o alimento do dia a dia. evidentemente com a vinda dos cubanos essas patricinhas estejam fazendo manisfesto, contra a atitude do governo, ridiculo isso!!!! sejam bem vindos medicos cubanos a população pobre agradece.

  119. Rodrigo Postado em 27/Aug/2013 às 18:12

    " sou playboy não quero ficar perto de gente pobre..." by.: médicos brasileiros.

  120. Dimitry Postado em 27/Aug/2013 às 18:14

    isso e um absurdo, na época de hoje as pessoas hostilizarem as outras dessa forma, sou totalmente a favor do programa mais medico, faço medicina tenho 1 irmão que também faz e mesmo assim não vejo problema algum de que as pessoas migrem para o brasil para ter uma saúde de muitas melhorias. sou totalmente contra a esse tipo de "monopólio" para ter uma saúde fraca e a população ficar a me cer de uma pessoa que só quer trabalhar por muito dinheiro!!!

  121. livia Postado em 27/Aug/2013 às 18:16

    q vergonha q estão fazendo com os medicos cubanos.

  122. Julio Gomes Postado em 27/Aug/2013 às 18:20

    Este homem que você vê na foto, apesar da expressão tensa que seu rosto expressa e de sua camisa simples, não é um bandido, nem um desempregado, nem um sem teto, nem um trabalhador desqualificado. É um médico cubano que veio ao Brasil para trabalhar digna e honestamente, salvando vidas. Seus colegas brasileiros, ao invés de recebê-lo com educação e respeito, o estão recebendo sob vaias. Será que se fosse um médico branco, vindo dos EUA, elas agiriam assim? É hora de escolher de que lado estamos. Eu já escolhi. Estou ao lado de quem quer trabalhar, pouco importando a nacionalidade, a etnia, o estado civil ou outras opções pessoais, que se tornam irrelevantes quando nos conduzimos com ética em nossa vida profissional. VIVA TODOS OS MÉDICOS ESTRANGEIROS QUE ESTÃO VINDO PARA O BRASIL! ABAIXO O DESRESPEITO ÀQUELES QUE VEM TRABALHAR E CUIDAR DA SAÚDE DE NOSSO POVO!

  123. Jordana. Postado em 27/Aug/2013 às 18:21

    É por este e outros motivos que concordo cada vez mais com que os médicos de fora devem sim, entrar no lugar de médicos e médicas 'patricinhas'como essas desinteressados na saúde do Brasil!!! É isso ai que elas fazem (vaiar os medicos estrangeiros) enquanto há vários pacientes precisando de um atendimento em hospitais que necessitam de profissionais. Por isto eles devem tomar o lugar de pessoas como elas! #medicosjá

  124. renato Postado em 27/Aug/2013 às 18:25

    Quero consultar com médico Cubano, já pensou o charme que vai ser, alem de pagar ablar em castelhano. E ainda com um desses aí que aparecem na TV. Nós vamos ficar chiques. Os médicos daqui, não te olham na cara, é escrevem mal e porcamente, para que se o tratamento der errado, ele diz que receitou outra coisa. Quero Médico Cubano, não quero espanhol, nem português, nem Canadense.

  125. Nivaldo Bernardino Postado em 27/Aug/2013 às 18:26

    Tem pessoas criticando os Governos por não investirem nas universidades.Se eles não investem,as universidades particulares,apesar de cobrarem mensalidades altìssimas,investem muito menos,pois podem consultar qualquer ranking das melhores universidades do Brasil,pelo menos as 10 primeiras são federais ou estaduais.É só consultar para ver.

  126. Andre Souto Postado em 27/Aug/2013 às 18:27

    A categoria médica brasileira é burguesa, não precisa entra nos rincões brasileiros pra ganhar R$10 mil, pois são filhinhos de papai e um bando de massa de manobras. Querem ter status quo e mais nada. São pessoas hipócritas 'e que não tem necessidade, pois se tivessem realmente estariam em um dos municípios que não tem médicos para atender a população carente, ou a população que coloca a comida na mesa do povo brasileiro, ou seja, o produtor rural, o pescador, as pessoas que trabalham duro pra alimentar mais de 190 milhões de brasileiros e que não têm dinheiro suficiente para pagar um bom plano de saúde e dependem única e exclusivamente do serviço público. São ignorantes ma essência da palavra e não aprenderam nada na universidade, principalmente, sobre ética e direitos humanos. Pessoas como essa ou uma essa categoria classista e corporativista que envergonham o povo brasileiro. O CRM tem que fiscalizar o serviço prestado e seja por médicos brasileiros ou cubanos, ou seja a nacionalidade que for. Mas, tenho certeza que a medida da Presidenta Dilma tomou a decisão acertada, pois que está na ponta, não irá fazer diferença entre médicos brasileiros ou estrangeiros, pois eles querem é ser atendidos e bem atendidos por um profissional de saúde.

  127. renato Postado em 27/Aug/2013 às 18:28

    Quero que este Cubano, aí da foto ( Meu Respeito por ele). Mas quero que ele faça exame de Próstata nos Tucanos. E sem vaselina.Só com luva, que é para não sujar a mão do Médico, e depois quero que o médico diga que não tem papel por falta de verba.

  128. geraldo Postado em 27/Aug/2013 às 18:32

    Agora deixem quem quer trabalhar seus exploradores Racista preconceituosos , O Povo Merece + Respeito...

  129. Mari Postado em 27/Aug/2013 às 18:33

    Que sejam bem vindos os médicos cubanos!!! Os médicos Brasileiros quando atendem só sabem diagnosticar virose, não chegam perto dos pacientes, (parece que sentem nojo de encostar e pegar alguma doença) sem contar nas filas intermináveis para se chegar até eles e estão sempre de mau humor!! Um bando de Patricinhas e playboy esnobe.. Vergonha, repulsa é o que eu sinto vendo a atitude dessas pessoas!!

  130. rosana Postado em 27/Aug/2013 às 18:34

    Cainã, o Rio Grande do Sul é pioneiro nessa prática,pois há muitos anos existe um acordo entre governo estadual e uruguaio nos nossos hospitais do interior onde trabalham médicos estrangeiros,pesquisem sobre isso,o que deu muito certo.Quanto a foto,acho que estavam vaiando a vinda e não por ele ser negro,foi uma foto provencial do jornal.Que sejam benvindos cubanos...

  131. Sonia Postado em 27/Aug/2013 às 18:34

    Ele mostrou a que veio honrar o juramento feito. Deixou seu pais, sua gente para aqui prestar a medicina do cuidar, do ser solidário. Tem dinheiro envolvido, pode até ser que sim, mas nem relógio trabalha de graça, precisa de corda. Não digo que nossos médicos perderam essa sensibilidade, este querer em fazer o que e certo por ser certo, mas em sua maioria o dinheiro contaminou, deixou os olhos vendados. E bom ser medico nos grandes centros, mas já pensaram como seria se todos pensássemos assim, não teríamos o que comer porque nos grandes centros não tem espaço para plantar, não teríamos o que vestir porque a roupa vem dos campos, somos uma cadeia, com elos que atrelados fazemos a diferença. Vamos dar um desconto a estas pessoas que belas por fora são de grande bolor por dentro. São novas tem um grande caminho a percorrer.

  132. Andre Souto Postado em 27/Aug/2013 às 18:34

    Outro fato que temos que mensurar, passa pela questão da prevenção, os médicos estrangeiros vão atuar na medicina preventiva. Coisa que os médicos brasileiros donos de clínicas particulares curativas não querem, pois quando menos pessoas doentes para gastarem nas redes particulares, menos lucros e menos receita nas redes particulares. O descaso da saúde no Brasil começar por médicos sem escrúpulos e sem ética que desmantelam o sistema público para lucrarem em suas clínicas particulares com a saúde curativa. Fato que o CRM não falar o escamoteia a verdade.

  133. Daniela Postado em 27/Aug/2013 às 18:35

    Me sinto envergonhada com essa atitude... Sem mais palavras pra demonstrar meu nojo por alguns dessa categoria, que dão vexames como esse, hostilizando pessoas que vem fazer pelos menos favorecidos o que os médicos daqui escolheram não fazer..

  134. Ediene Postado em 27/Aug/2013 às 18:35

    O legal é que todo mundo que disse que quer se consultar com médicos cubanos deve falar espanhol perfeitamente ! Porque português eles com certeza não sabem falar! E quase a totalidade dos médicos formados no Brasil são de classe média e alta , visto que a educação publica oferecida pelo governo é de péssima qualidade , não permitindo que as classes baixas ocupem esses cargos. Por mais que faltem médicos e que muitos esqueceram da verdadeira missão da profissão , ajudar e salvar vidas, não podemos generalizar e esquecer daqueles muitos que já nos salvaram .

  135. Os "escravos cubanos" perturbam os médicos brasileiros - Pragmatismo Político Postado em 27/Aug/2013 às 18:37

    […] Médicas “patricinhas” envergonham o Brasil […]

  136. Victor Postado em 27/Aug/2013 às 18:42

    Engraçado, você falam como se nascer rico fosse um crime. Vêm aqui falar de preconceito e já sai generalizando como se toda pessoa com um poder aquisitivo maior fosse um vagabundo que nunca se esforçou pra nada e sempre foi bancado pelos pais. E mesmo que isso fosse verdade, qual o problema? É errado ter dinheiro? Por que exatamente o jovem pobre que se esforçou é melhor do que o rico que conseguiu as coisas mais facilmente? Bando de hipócritas. Agora ignorando a origem desses médicos. Me diga exatamente que pessoa que dedicou pelo menos 8 anos de sua vida aos estudos e gastou muito dinheiro, seja com a mensalidade, seja com o material/moradia/transporte, gostaria de ir trabalhar em um fim de mundo, não ter boas condições para atender o público e ainda por cima ganhar mal? O governo gasta milhões de reais para bancar um bando de f.d.p sem o mínimo de graduação, para não fazer absolutamente nada (políticos) e quer oferecer um salário de 3mil reais para uma pessoa que estudou por anos e ainda por cima carrega uma grande responsabilidade. E a culpa é dos médicos que não querem ir trabalhar fora das metrópoles? Garanto que se pagassem metade do salário que pagam ao um político, iria aumentar muito a procura por uma vaga dessas. Acham ruim? Então quero ver você que se formou em um curso de 4/5 anos, aceitar um cargo na p.q.p para receber 2mil reais. Depois que você fizer isso, ai você vem aqui falar dos outros.

  137. Sandra Regina Postado em 27/Aug/2013 às 18:44

    Concordo com todos os comentários. Fui a um médico angiovascular relatei toda minha dores, angustias que estava passando..Ele apenas falou que não era nada, passou uma ultra, antes de fazer minhas pernas começaram a ficarem com manchas escuras. Fiquei apavorada, mas, ainda confiando no diagnostico dos médicos. Só que voltei com a ultra ele nem olhou e falou que meu caso não tinha jeito ia apenas receitar uns remédios para aliviar. Ora, fiz a consulta porque estava com sintomas de dores intensa nas pernas, falei, só não gritei pois pensei que estava sendo ouvida. Agora os médicos falam que os que vem de CUBA não vai entender minha linguagem.... tenho pena, pois é melhor ser atendida por um desse que não entende meu idioma mais entende a minha dor, me trata, olha para mim... e não o que me ouve e nem olha para mim. Que venha os CUBANOS...

  138. Karine Martins Postado em 27/Aug/2013 às 18:44

    Que venham os médicos estrangeiros! A população agradece Quero Médico Cubano! Trata bem e respeitoso com as pessoas pobres estão sofrendo e o Médico Cubano Vai salvar! Eu creio que sim! Que vegonhoso de medico boyzinho e patricinhas não resolvem para o atendimento pela pessoa doente e mal tratando com pessoas estão nem ai e só pensam interesseiros pelo dinheiro e lucro só pra variar. Nada a ver ser "negro". Posso fazer uma pergunta?! o Jesus tem peçe de NEGRO OU BRANCO? NINGUEM SABE! JESUS SE FOR NEGRO! VCS VÃO FICAR BEM CALADOS! Respeita pela sociedade!

  139. Elexsandra Postado em 27/Aug/2013 às 18:46

    Essas "não tem nem como dar um nome" vamos chamar mediguetes. Não há possibilidade de classificar como uma profissional de medicina. Um profissional não precisa se expor ao ridículo para manifestar indignação por não serem capazes de aceitar os empregos que esses heróis assim por dizer vão enfrentar, são tão incompetentes que nem sequer sabem expressar, quem dirá em atender um enfermo. Peçamos a Deus para nunca sermos atendidos por estas, se um dia chegar em um hospital e encontrar um desses seres abomináveis eu me recuso ser atendida. Quero mais é que venham médicos de fora para provar que trabalho é digno em qualquer parte do mundo, e não precisa estar em capitais para provar competência e profissionalismo. VERGONHA PARA O POVO BRASILEIRO...Bando de desocupados, deixem quem quer realmente trabalhar em paz...

  140. Beatriz Mota Postado em 27/Aug/2013 às 18:46

    Olha só, que papelão! Uma coisa são os médicos brasileiros não darem apoio às medidas tomadas pelo Governo ao contratar os Médicos Cubanos, outra que é de inadmissível, é a atitude de certos médicos que, não conformados com a situação "batem de frente" com os Médicos Cubanos! Pense bem, eles são empregados, perceberam que havia uma oportunidade boa de emprego no Brasil e vieram trabalhar. Eles NÃO PODEM ser crucificados porque estão trabalhando! Essa atitude das Médicas "patricinhas" são no mínimo... vergonha para o Brasil!

  141. Rodrigo Postado em 27/Aug/2013 às 18:47

    Realmente não entendo esses médicos Brasileiros...se as vagas não foram preenchidas por eles, qual o problema de colocar médicos Cubanos???? Eles preferem ver a população morrendo, ser ter ajuda alguma, do que ver um Cubano lá?? Se acharem ruim, que pegassem as vagas e pronto. Pelo que sei, a Escola Cubana de Medicina é uma das melhores do mundo. Lá em Cuba, a pessoa é médico, musico, professor, padeiro etc por amar a profissão já que financeiramente são todos iguais. Diferentemente daqui, aonde muitos escolhem a profissão baseada em retornos financeiros. Eu morei com 2 Cubanos no Brasil e eles realmente amam a profissão..É muita hipocrisia desses médicos brasileiros vaiarem os Cubanos. Será que quando um médico do Brasil vai fazer alguma especialização em outro pais, tem o mesmo tratamento????

  142. MT Postado em 27/Aug/2013 às 18:47

    Reparem bem no juramento e depois comparem com as atitudes desses "médicos" brasileiros. Se é que podem ser chamados de médicos. “Eu, solenemente, juro consagrar minha vida a serviço da Humanidade. Darei como reconhecimento a meus mestres, meu respeito e minha gratidão. Praticarei a minha profissão com consciência e dignidade. A saúde dos meus pacientes será a minha primeira preocupação. Respeitarei os segredos a mim confiados. Manterei, a todo custo, no máximo possível, a honra e a tradição da profissão médica. Meus colegas serão meus irmãos. Não permitirei que concepções religiosas, nacionais, raciais, partidárias ou sociais intervenham entre meu dever e meus pacientes. Manterei o mais alto respeito pela vida humana, desde sua concepção. Mesmo sob ameaça, não usarei meu conhecimento médico em princípios contrários às leis da natureza. Faço estas promessas, solene e livremente, pela minha própria honra.”

  143. Jonathan Postado em 27/Aug/2013 às 18:48

    É fato, o ocorrido, só que a questão não é essa, tem algo mais por traz disso, vejam estao dizendo que sao 4 mil cubanos, não é estranho !!! Eu acho que sim, tem algo muito maior por traz disso e acho que não são esses trabalhadores vindos de cuba !!! Um abraço.

  144. Ronaldo Postado em 27/Aug/2013 às 18:52

    Se ao invés do governo gastar milhões neste projeto inútil, pagando tutores, supervisores e outros envolvidos na administração do programa, o governo investisse na melhoria de hospitais e de centros de saúdes nas regiões mais carentes, com certeza os médicos brasileiros iriam atuar nessas áreas. Mas qual pessoa, independente da profissão vai querer trabalhar em um lugar onde as suas chances de progresso profissional são nulas? Assim como qualquer profissão há trabalhadores honestos e desonestos, infelizmente a mídia só mostra a desgraça o que manipula a mente dos mais fracos e os convence que só há médicos ruins. Não sou contra a vinda de estrangeiros ao Brasil, sou contra a proposta do governo que ao invés investir na melhora o sistema de saúde do país, investe em medidas inúteis, pois esses médicos estrangeiros vão atuar em área onde não há estrutura para eles exercerem a medicina.

  145. newton jose Postado em 27/Aug/2013 às 18:54

    sinto vergonha de ter certos tipos de médicos assim manda uma patricinhas dessa para o nordeste se elas querem manda elas irem para uma favela se elas querem oi vocês médicos que tumultuam vocês são a vergonha do brasil ok

  146. Marcela Postado em 27/Aug/2013 às 18:57

    Renato, o que eu quero é ver se você vai realmente se tratar com um médico cubano... Já que você entrou no assunto de política, que ver a Dilma tratando o câncer dela com um médico cubado, já que eles são tão bons e tão melhores que os médicos daqui. Acho que jamais vou ver qualquer uma dessas duas situações, infelizmente......

  147. RUDSON PENNA BARTASSON Postado em 27/Aug/2013 às 18:59

    QUE VENHAM , TODOS OS MÉDICOS CUBANOS , POIS E UMA VERGONHA O ATENDIMENTO EM POSTOS MÉDICOS , ESTA CLASSE E MUITO PODRE , NÃO HONRAM OS SEUS COMPROMISSOS NO SEU JURAMENTO DE FORMATURA , SÓ PENSAM EM DINHEIRO E MAIS DINHEIRO , BOA PARTE ALOPRADOS E BEBERRÕES , SE ACHAM UM SEMI DEUS NA TERRA , SÁLARIO DE DEZ MIL E NÃO HÁ PRETENDENTES E AINDA QUEREM , PROTESTAR , VEM TRABALHAR NAO POLÍCIA MILITAR DE GOIÁS OU NO CORPO DE BOMBEIROS COMO SOLDADOS , AI SIM VOCÊS IRÃO A DAR VALOR , AQUILO QUE JURAM SOBRE SUAS FARDAS , CAMBADA DE " PATRICINHOS E PATRICINHAS PLAYBOYS".

  148. KELLY Postado em 27/Aug/2013 às 18:59

    NÃO E NOVIDADES QUE ESSAS PRATICINHAS SÓ PRESTAM PRA CARREGAR BOLSAS DE MARCAS E CARINHAS DE ARROGANTES .ISSO E BRAAAAAAAASIL.

  149. RILDO Postado em 27/Aug/2013 às 19:05

    QUE VERGONHA DESSSAS PESSOAS QUE SE DIZEM PROFISSIONAIS MAS NA VERDADE NAO PASSAM DE BADERNEIROS PORQUE ESSE HOMEM E´NEGRO MAS E´MEDICO ELE E´MEDICO AQUI E A ONDE ELE CHEGAR DEVEMOS AGRADESCER POR ELE TER VINDO PRECISAMOS DELES E DE MAIS MEDICOS DA QUI DO BRASIL E DE VARIOS PAISES E DO MUNDO APRENDA A RESPEITAR O PROXIMO VÇS SAO IGUAIS PERANTE ALEI DE DEUS.

  150. Paulo Postado em 27/Aug/2013 às 19:05

    hipocrates ou hipocritas?

  151. FERNANDO Postado em 27/Aug/2013 às 19:06

    OLHA AS AUTORIDADES BRASILEIRAS TEM QUE TER MUITO CUIDADO COM A SEGURANÇA DESSES MEDICOS QUE ESTÃO VINDO DE FORA, ESSA GALERA QUE TA CONTRA ELES VÃO TENTA TODOS OS MEIOS, SE NÃO CONSEGUIR , TODO MUNDO VAI VER COMEÇA A MEDICO SER MORTO POR AI E ASSIM AFUGENTA OS OUTROS, NO BRASIL NÃO É ASSIM? QUANDO NÃO TEM OUTRO JEITO OS PISTOLEIROS ENTRAM EM AÇÃO.

  152. isabel Postado em 27/Aug/2013 às 19:07

    este sim é o nosso povo brasileiro , medicos que se vendem estes infelizes , que vejam este vídeo e respondam se os medicos que estavam la neste dia , foram realmente medicos ! isto aconteceu aq em curitiba e ninguem mostra ou se importa com os nossos pacientes , que venham os cubanos e mostrem a estes incompetentes como é e oque é ser medico de verdade ! Unidade de saúde fecha as portas depois de morte de motorista; família alega mal atendimento -... www.bandab.com.br Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha A morte do motorista Vilmar Cardoso, 57 anos, no Centro Municipal de Urgências Médicas (CMUM) do bairro Pinheirinho, em Curitiba, no fim da tarde desta quinta-feira (18) causou confusão e denúncias da família de Cardoso. Eles acusam os médicos do local de ma... 91Curtir · · Compartilhar

  153. leandro Postado em 27/Aug/2013 às 20:08

    que venha os cubanos e façam um bom atendimento por aqui porque e facil atende onde vc tem de tudo mas e nas regioes pobres quem vai atender ... os riquinhos ...... que venham os cubanos e eu torço q façam um bom trabalho

  154. Jani Postado em 27/Aug/2013 às 20:08

    Que horror! nada justifica o tratamento que estão dando para os colegas . Educação , Repeito e Bom, mas parece que essa disciplina vcs não aprenderam na faculdade Brasileira que cursaram a tão sonhada medicina.

  155. Marcelo Postado em 27/Aug/2013 às 20:09

    É aí que eu vejo como no Brasil tem muita gente que se formou médico que não tem nem um pouco de ética e cidadania perante ao próximo. Não conheço nenhuma dessas moças, não conheço os seus passados, mas agiram como filhinhas de papai mimadas toda a vida, que sempre estudaram nas melhores escolas e nunca, NUNCA passaram por nenhuma dificuldade na vida, que puderam ter a visão que hoje você está em cima, mas no amanhã as coisas podem mudar, se inverter. Numa sociedade onde o status de poder dizer ''sou médica'' é mais importante do que a vida do próximo que está doente é isso mesmo que podíamos esperar. Espero que a vontade e amor em exercer Medicina desses médicos estrangeiros sejam maiores que todas as desavenças e humilhações que eles já passaram e com certeza ainda irão passar por aqui, e quanto a essas médicas que foram ''protestar'' eu peço que cada uma delas olhe com um olhar HUMANO para esses médicos e não com um olhar CAPITALISTA, sendo o que mais importa é o bem-estar daquele povo que paga seus impostos, trabalha duro todos os dias e querem ter uma vida digna. Boa noite!

  156. Anna Paula Rodrigues Postado em 27/Aug/2013 às 20:38

    Médicos e estudantes de medicina no Brasil "se acham", são muito prepotentes, esquecem o verdadeiro significado da Arte de Curar!!

  157. Nelson miura Postado em 27/Aug/2013 às 20:38

    Os médicos brasileiros não,para merecer o que ganha.os cubanos que esta chegando no Brasil e para ajudar mais a populações carentes que por falta de oportunidades tem que morar em lugares distante onde os vagabundos dos médicos brasileiros não querem ir ate lá pois teriam que trabalhar pelo menos a metade do seria de obrigação deles ,os cubanos cumpri com a jura que fizeram na formatura de atender todos os Pacientes que precisassem da profissão deles,independente de classe social.os médicos brasileiro só vai só hospital ou clinica para ganhar o salário deles e sim não querem cumprir com a obrigação deles. RESUMINDO O MEDICO BRASILEIRO E VAGABUNDO E NÃO QUEREM Trabalhar e nem querem aceitar os médicos que estão afim de ajudarem as pessoas.

  158. Dan Postado em 27/Aug/2013 às 23:14

    Vergonha, vergonha, vergonha, bando de médicos hipócritas eles não querem ir para o interior e ficam criticando o programa do governo que só vem a beneficiar a população carente brasileira, afinal de contas quanto mais médicos para atender a população melhor. Será que é por medo de acabar o quartel até então imposto por eles, com consultas, com preços exorbitantes que só quem tem condições pode obter o serviço de saúde? Infelizmente no Brasil o preconceito ainda é latente, enquanto essa burguesia medíocre estiver no poder a população carente sempre será tida como inferior...

  159. ROGELTON ELEGAR FOSS Postado em 27/Aug/2013 às 23:14

    A VINDA DE MÉDICOS AO BRASIL SE TORNOU ALVO DE MANIFESTAÇÕES E MOTIVOS PARA CRÍTICAS EM TODOS OS ASPECTOS: SEJA NA DISCRIMINAÇÃO RACIAL,SEJA NA XENOFOBIA E SEJA NA FORMA DE REMUNERAÇÃO! MAS AÍ VEM AS PERGUNTAS A SEREM RESPONDIDAS PELOS ÓRGÃOS DE COMPETÊNCIA MÉDICA, TAIS COMO O CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA E DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA FEDERAL: COM QUE ARGUMENTAÇÃO RACIONAL VOCÊS TEM A DIZER SOBRE ISSO? COM QUE IMPETULÂNCIA E ARROGÂNCIA CORPORATIVISTA VOCÊS ESTÃO REIVINDICANDO? COM O CÓDIGO DE ÉTICA DE VOCÊS JURARAM NA FORMATURA, DA ONDE VOCÊS VÊM CUMPRINDO? POR QUÊ AGEM DESTA FORMA? ORA,MÉDICO É PRA SALVAR VIDAS EM TODO O LUGAR,ONDE QUER QUE SEJA,SEM PINTAR AS UNHAS,SEM COLOCAR GEL NO CABELO,SEM DESFILAR NOS HOSPITAIS E POSTOS DE SAÚDE COM ROUPAS ,BOLSAS E SAPATOS DE GRIFE ! SEM CARROS LUXUOSOS VOCÊS MÉDICOS,TÊM QUE SALVAR VIDAS! SENÃO PEGUEM SEUS CÓDIGO DE ÉTICA E RASGUEM! DEIXEM EM PAZ ESSES ME´DICOS QUE VIRÃO SALVAR VIDAS! VÃO CUIDAR DA VIDA DE VOCÊS!

  160. Genivaldo Postado em 27/Aug/2013 às 23:17

    Elas tiveram essa atitude (errônea)... mas antes errou a presidentA. De não ter competência de resolver o problema interno... nossos políticos não querem trabalhar - vamos importar... aliás... tudo que tiver ruim vamos importar... "isso resolve tudo"... fácil assim...

  161. ivete Postado em 27/Aug/2013 às 23:22

    Será que esses idiotas gostariam de ser tratados assim se a situação fosse inversa?Depois querem ser tratados com dignidade em outros países.Essas patricinhas IDIOTAS,não sabem o mínimo de medicina.,acham que colocando um jaleco branco já são as tais.Idiotas nosso país precisa é de alguém cuide de suas mazelas onde nenhum brasileiro médico quis ir.Voces não roem o osso e não dão para outro roer.Demonstraram não ter a mínima educação ,ética, amor ao próximo.Sendo brasileira me envergonho de vocês.

  162. inboxc Postado em 27/Aug/2013 às 23:24

    O que essas amebas estão vaiando se não estão tirando nada delas?

  163. Luiz Marcelo Krusicki Postado em 27/Aug/2013 às 23:31

    Por que nos protestos dos "médicos" contra os médicos cubanos só tem "médicos" com jaléquinho sem vergonha, sem o apoio da população, E PORQUE ESSES PROTESTOS ESTÃO SENDO MOSTRADOS MAIS DO QUE AS MANIFESTAÇÕES QUE REUNIRAM MAIS DE 10mi DE 'CITIZENS'. por que não tão fazendo residência (o papai é dono da Clínica?).. Estudo Agronomia, quase formado e não me importaria de agrônomos de outros países colarem pra cá afim de diminuir a fome mundial !!!

  164. Diumara Postado em 27/Aug/2013 às 23:32

    Acho que hoje em dia não podemos escolher a nacionalidade dos médicos ,mesmo porque aqui temos muitos médicos mau qualificado que so sabem tirar vidas e receber salarios altissimos......e o apoio de toda sociedade eles ganham bem d+ para não fazerem nada e essas patricinhas so sabem fumar maconha e cheirar cocaina.

  165. Míriam Barbosa Postado em 27/Aug/2013 às 23:34

    Estamos cansados de ser tratados como escória por pessoas que se dizem "médicos" que mesmo contratadas e bem pagas ou não pelo SUS, vão quando querem nos postos de saúde; sejam municipais, estaduais ou federais, e sequer olham na cara do paciente; alguns tem nojo de tocar no pobre; como se pobreza pegasse...As vezes o paciente não está sujo ou fedendo, está limpo, mas eles tratam como algo imundo. Ignoram as informações do paciente, como se este não tivesse sentimentos, já vi várias vezes as pessoas reclamando de falta de respeito dos médicos que ficam durante toda a consulta no celular, namorando, dando orientações a empregada doméstica , ao marido, ao diabo que carregue... Quero fazer justiça. Não são todos. Já conheci profissionais humanos, super competentes, mas que a cada gestão política são transferidos de forma irresponsáveis.E ai todo o trabalho estruturado há anos em uma região, vai por água abaixo, porque o outro médico que chega, não tem o mesmo comprometimento do anterior, e por ai vai... Sei que a importação de médicos não é "salvação da lavoura" mas já assegura aquelas regiões onde os "pedantes" não querem trabalhar...porem ensinem a estes profissionais a tratar as pessoas com humanidade, com educação, como gente... Em cada posto de saúde existe milhares de avisos de desacato aos profissionais de saúde... mas que acata os pacientes? eles são desacatados claramente quando chegam com dores, gemendo ou sangrando, e são deixados na recepção, esperando, e ai bate o desespero, e alguns não se seguram...já vi num posto de emergência 03 enfermeiras que não sabiam pegar uma veia.A todo o momento chamava um enfermeiro mais experiente para fazer o procedimento... To torcendo que essa nova experiência dê certo, pois logo teremos que trazer enfermeiros, técnicos e outros profissionais da área de saúde tão necessários no nosso querido Brasil.

  166. Pedro Borges Postado em 27/Aug/2013 às 23:43

    A cor da pele desse cubano não tem nada a ver com a situação, no protesto que houve foram vaiados brancos, negros etc O problema está em esses "profissionais" chegarem e desprestigiarem todas as lutas que houve em favor das CLT, sendo praticamente escravos mesmo... Infelizmente nossa população ainda é muito influenciável por medidas populista... Só lamento essa situação.

  167. Cláudio Postado em 27/Aug/2013 às 23:47

    Nós nordestinos temos a obrigação de procurarmos sempre ser atendido pelos médicos cubanos, pois, eles não nos descrimina, enquanto que os médicos brasileiros não estão nem ai pra gente. Sou 100% a favor dos cubanos, vinheram para nos ajudar. sejam bem vindos.

  168. Herbert Postado em 27/Aug/2013 às 23:52

    Sabe qual o problema disso tudo? Eu e vocês temos plano de saúde. A população desses 701 municípios não tem acesso a nenhum tipo de assistência médica e merece, pelo menos, que os médicos que vão lhes tratar tenham o mínimo de conhecimento possível. Revalidação de diploma é o mínimo que se espera em qualquer lugar do mundo. Até no Paraguai a revalidação é necessária. O Brasil precisa muito de médicos de qualidade e também de infra-estrutura para que trabalhemos com a dignidade de que os dois lados( médicos e pacientes) merecem. Não sou a favor de hostilidade contra ninguém. Eles merecem respeito. Mas vamos continuar pensando no assunto: trazer médicos para trabalhar sem que saibam falar Português e sem revalidação de diploma é CRIMINOSO. Como falei lá no começo, eu e vocês que estamos lendo isso aqui temos plano de saúde. Não vamos passar pela situação de ser atendidos por alguém que estudou 3 anos ( isso mesmo! Três anos!!!) em Cuba. A educação por lá é decrépita e não há sequer livros atualizados e ultrassonografia é sinônimo de modernidade. O Brasil precisa parar de colocar a culpa nos "médicos que não se interessaram por trabalhar nas áreas remotas e carentes". Eu trabalhei na área rural de Lagarto-SE e lá não havia nem maca pra colocar paciente em cima pra que fosse examinado. Eu tinha que improvisar uma porta de cozinha e fazer daquilo meu suporte complementar. Tem um monte de patricinhas e bandidos em qualquer profissão. Parem de culpar os médicos pelas mazelas do Brasil. Pensem nos bons profissionais- e eu me incluo neste meio- que dão o suor e queimam as pestanas durantes as madrugadas, estudando e tentando melhorar alguma coisa. Criticar é muito fácil mas o que cada um de vocês está fazendo para melhorar a situação? Médicos estrangeiros são bem-vindos, contanto que façam revalidação de diploma e proficiência em língua portuguesa. Nenhum país que se preze abre as portas de forma tão escancarada, sem qualquer prova de qualidade. Viva o assistencialismo, o populismo, o Lulismo!!! Vamos dar ao povo o que ele pede ( saúde, educação e segurança) mas só vamos dar meia-saúde, meia-segurança, meia-educação. Por que não consertar tudo o que está errado? Vamos continuar tapando os buraquinhos da represa que está toda furada????

  169. Jéssica T. Postado em 27/Aug/2013 às 23:53

    Os médicos cubanos são bem formados e capacitados, pois pelo menos uma coisa que funciona lá é a educação..ontem estive em um hospital universitário com minha avó (que esperou quase 12 horas para ser internada) e um dos estudantes, ao ver a matéria sobre os médicos, disse que ele "tinha medo" desses médicos, pois seriam maus profissionais...ridículo! Minha mãe esteve em Cuba a trabalho e um dos colegas dela precisou de atendimento médico e foi super bem tratado lá! Ele foi picado por um escorpião e graças ao profissionalismo e eficiência dos médicos, deu tudo certo! Agora aqui, infelizmente temos que esperar os "mini-deuses" terem vontade para atender as pessoas! Se for estrangeiro então ferrou, pois o SUS não atende estrangeiros, segundo conhecidos meus que estudam medicina, e eles são penalizados por isso. Mil vezes esses profissionais de qualidade do que os mediC*zinhos que temos aqui! Os 10 mil deveriam ir direto pra eles, pois certamente seria um bom investimento.

  170. Rui Postado em 27/Aug/2013 às 23:58

    Sou Português, e venho aqui dar o meu testemunho sobre os Médicos Cubanos que tenho no meu país. Fiquem sabendo que OS Médicos Cubanos são profissionais da mais alta qualidade e profissionalismo que aceitaram ir para zonas mais remotas de Portugal, zonas essas, que são despovoadas e com carência de Médicos, como cá no Brasil. Acho doentia, hipócrita, estúpida, interesseira, egoísta e xenófoba a atitude de essas ditas "médicas" brasileiras (uso propositado de minúsculas) que vaiaram esse Médico Cubano. Essas médicas têm é dor de cotovelo do Cubano, pois sentem-se ameaçadas com a sua presença no Brasil. POIS DEVEM TER MEDO, MUITO MEDO, porque os médicos Cubanos são em geral, TÃO BONS OU MELHORES QUE ELAS! Eles apenas necessitam aprender Português; elas no entanto, necessitam de melhorar a sua FORMAÇÃO, e serem mais BEM EDUCADAS E HUMILDES! Essas hipócritas QUE VÃO MAS É TRABALHAR, que há muito doente no Brasil que necessita de cuidados médicos!

  171. mar oliveira Postado em 28/Aug/2013 às 00:12

    Q vergonha receber os médicos dessa forma,me desculpem mas alguns médicos do SUS ñ estão com nada, uma grande parte só trabalha quando quer,muitas pessoas já se queixaram q vão ao médico e ele nem olha na cara do paciente,pelo amor de Deus,sem contar q é uma tremenda falta de educação,olha ñ sei nem o q dizer,como assim,chamá-los de escravos?e os brasileiros são o q??Já pararam p/ pensar no valor do salário mínimo?? Me poupem!Esses aí estudaram tanto e ñ sabem de nada,a verdade é essa!!Cresçam e apareçam se quiserem ter algum valor perante o governo e se estão insatisfeitos vão hostilizar ops governantes e ñ essas pessoas q estão aqui p/ trabalhar,espero q eles calem a boca desse povinho mostrando competência!!!

  172. Jonathan Postado em 28/Aug/2013 às 00:12

    Inúteis! Deixem os médicos trabalharem! Eles se importam com os pacientes também, não só com o pagamento no fim do mês igual a vcs que são umas inúteis de jaleco branco!

  173. Alessandra Freire Postado em 28/Aug/2013 às 00:17

    A reação dos médicos brasileiros ia ser essa mesmo, ainda mais que o bolso deles vai se mexido, ai está o X da questão, ou não? Vai entender esse sistema que infelizmente só que prejudicar quem é menos favorecido e os da alta ajudam com todo o prazer!!! Passei por momentos de não atendimento em posto da minha cidade e relatei também pessoas não recebendo o devido atendimento hospitalar, e para completar o povo da saúde daqui da minha cidade, está com mania de fazer chacota das denuncias que a população faz do mal atendimento, Afff!!! A FAVOR DA VINDA DOS MÉDICOS ESTRANGEIROS, SIM!

  174. Carla Postado em 28/Aug/2013 às 00:22

    Hipocritas; Farinha pouca, meu pirão primeiro ...

  175. rita de cassia siman Postado em 28/Aug/2013 às 00:31

    Grosseria sem fim dessas burguesas horrorosas, desumanas, nojentas, recebendo mal um colega estrangeiro e negro. Não tem justificativa. Acho inclusive que foi um crime coletivo de racismo que deveria ter punição exemplar. Na grande maioria, claro que tem exceção, os médicos brasileiros se enriquecem rapidinho, roubam de todos nós trabalhando de mentira no SUS e ganhando horrores nos consultórios com consultas a 300 reais em média. Povinho sem vergonha. E deixando tesoura, esparadrapo, agulha, dentro de paciente. Cortando a perna esquerda quando deveria cortar a direita. Medicando pros cocos, ou fazendo consulta popular de 120 reais por 15 minutos, quando o pobre paciente sequer consegue explicar o que tem.

  176. Lia Postado em 28/Aug/2013 às 00:37

    Se esse bando de idiotas procurassem trabalhar melhor e tratar os pacientes com dignidade com certeza não seria preciso trazer médico de outro país, mas são um bando de esnobes que acham que estão fazendo favor ao povo,favor nenhum pq cada trabalhador contribui sendo descontado do seu salário todo mês, estão sendo pagos, então que sejam bem vindos os cubanos que querem trabalhar e se Deus quiser o povo será mais com mais dignidade e que nunca esqueçam o juramento q eles fizeram de salvar vida acima de tudo como muitos dos nossos médicos fizeram...

  177. Professora lucia Postado em 28/Aug/2013 às 00:39

    Eu era contra os médicos virem de cuba trabalhar aqui, mas depois dessa reportagem que esclareceu tudo, mudei meus conceitos e minha opinião. Enquanto as atitudes dessas médicas sem noção, é uma vergonha p/ nós brasileiros!

  178. Rafa Postado em 28/Aug/2013 às 00:47

    Na minha opinião esses médicos cubanos e de outros países não deveriam estar no Brasil e sim nossos compatriotas formados no exterior que são muitos e governo Brasileiro nega o próprio cidadão. E se investisse mas em educação e na saúde, nos estudantes de Medicina no exterior não precisaríamos de estar aqui hoje. Medíocre é a presidente Dilma e sua cúpula, pq esses médicos que estão protestando não estão protestando os cubanos mas o instrumento que o governo esta usando para passar a mão na bunda do Brasileiro mais uma vez, não vai ser assim que vai resolver os problemas de saúde do brasil. Vergonha é termos que passar por esse vexame de trazer médicos de outros países como si o Brasil foce um pais pobre, sendo que tem muita capacidade de ter profissionais para todo o pais.

  179. Marcos Postado em 28/Aug/2013 às 00:49

    Eu to achando tudo isso ótimo, o ódio que a esquerda produz entre as pessoas é fantástico, é como ver na pratica o que esta escrito nos livros, as pessoas em poucos meses passaram a odiar os médicos brasileiros é impressionante esqueceram até mesmo da coitada da polícia uhauhauha, muito interessante. Aos doutrinados de plantão os médicos brasileiros não são malvados capitalistas kkk, exigem a revalidação dos médicos Cubanos, diferente da esquerda em geral que acredita em tudo, acreditar na medicina Cubana é de uma ingenuidade sem limites a revalidação tem que acontecer, condenar pobres a médicos de segunda linha sendo que o afastamento dos médicos brasileiro é culpa do governo e políticos brasileiro é um absurdo, alugar médicos é algo importante sim, mas a verdadeira vitoria da esquerda é a vilanização dos nossos médicos e o PT e Cuba saindo como salvadores do Brasil, uma estrategia politica digna de aplausos, nem o demônio utiliza o ódio de maneira mais perfeita.

  180. Midiã Postado em 28/Aug/2013 às 00:51

    Os médicos brasileiros - representados no vídeo- devem estar mortos de vergonha; vocês(minoria, acho) conseguiram envergonhar todos os médicos do Brasil com essa manifestação preconceituosa; vão trabalhar, procurar o quê fazer...

  181. James Postado em 28/Aug/2013 às 01:08

    Vagabundas! Tenho certeza que as filas médicas estão cheias no entanto deve sobrar tempo para fazer terrorismo capitalista.

  182. Chaiane Postado em 28/Aug/2013 às 01:20

    E que venha mais, muito mais! sim eu acredito em um mundo no qual a tal Medicina seja considerada apenas, uma profissão comum, exercida com amor. Como acreditar que as vaias não tem algum interesse financeiro? a por favor, quantas pessoas em situações precárias! são em média 5 anos de faculdade e que seja 7! Acredito que um ser humano para exercer essa profissão tem que saber o básico. Viver experiências! Não querem trabalhar no SUS, deixa que quer, quem tem amor por aquilo que faz e não se importa em ganhar tão pouco! Só quem é pobre e precisa de médicos sabe o quão é difícil encontrar alguém que se disponibilize a ajudar que REALMENTE precisa! Os novos projetos, são considerados ótimos a quem realmente ama essa profissão! Mas já os patrícios não estão gostando? ué se vocês fossem tão bons, não seria necessário mais médicos! Tenho certeza que esses médicos, terão muito o que oferecer para os brasileiros, carinho, amor, entre vários outros aspectos! De verdade espero um dia poder trabalhar por um mundo melhor ao lado de vocês.

  183. Rita Postado em 28/Aug/2013 às 01:58

    Que vergonha, que absurdo! Estes médicos estão vindo de outro pais, para atender em lugares em que os próprios médicos daqui, não querem nem pisar. Vão trabalhar no meio da pobreza ganhar pouco e ficar longe da família, tudo para socorrer o povo Brasileiro que precisa. Quantos médicos do Brasil podem afirmar que fariam isso?

  184. Denise Postado em 28/Aug/2013 às 02:01

    DENISE, em 28/08/13 as 01:58 disse: Precisamos importar tb estudo de ética nas escolas de medicina talvez os cubanos possam servir de exemplo para este tema e se mesmo assim não funcionar, haja visto que educação vem de berço uma simples aula não daria certo. Então a solução para essas ¨patricinhas¨ que não honram a sua classe e menos ainda a sua categoria, deveriam reencarnar em algum lugar remoto aqui mesmo no Brasil visto que a situação está longe de melhorar. Somente assim sentiriam na sua cútis branca ou negra porém pobre e refém de uma má administração o que é ser escravo, ter pouco grau de instrução assim não teriam o árduo trabalho de tanto estudar, talvez nessas condições aceitaria ser atendidas por profissionais estrangeiros e o dilema seria outro a falta de medicação por exemplo e etc e tal.

  185. Petrucio Postado em 28/Aug/2013 às 02:10

    Onde está a educação dessas patricinhas, acho que elas tem algum trauma de infância! GOSTARIA AQUI DEIXAR MINHA SUGESTÃO, POIS AMOR A PROFISSÃO TEM QUE EXISTIR SEMPRE, JÁ ESTUEI EM UNIVERSIDADE PUBLICA E GOSTARIA QUE FOSSE OBRIGATÓRIO PARA ALUNOS QUE ESTUDAM EM FACULDADE E UNIVERSIDADE NÃO PAGA, PRESTAR SERVIÇO GRATUITO POR UM DETERMINADO TEMPO, POIS PARA TODO BÔNUS EXISTEM UM ÔNUS E VENHAMOS E CONVIEMOS NESTAS INSTITUIÇÕES TEM MUITA GENTE QUE TEM CONDIÇÃO DE PAGAR UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO

  186. vania Postado em 28/Aug/2013 às 02:12

    Acho errado, esses filhos de classe média, que sempre estudaram em boas escolas e que estudam nas faculdades públicas do Brasil, com o dinheiro do povo não serem obrigados a trabalharem para o povo após terem se formado. Deveriam ser obrigados a trabalharem um determinado número de horas para os postos do SUS. Ainda ficam vaiando e tratando mal, aqueles que se formaram com o dinheiro público de Cuba, mas que tiveram e talvéz ainda tenham obrigações para com seu governo e seu povo.

  187. Heitor Postado em 28/Aug/2013 às 02:46

    É um absurdo importar médicos, acho que imigrantes no Brasil deveria vir fazer o trabalho braçal que é o papel do imigrante em qualquer lugar do mundo. Não é nenhum tipo de preconceito, mas tantas pessoas lutando para entrar na universidade, em medicina mesmo tem faculdades aí que tem "1" vaga disputada por mais de 500 pessoas, agora o governo vem dizer que os médicos não querem trabalhar no interior ainda, paguem bem aos médicos brasileiro e formem mais para eles verem se tem tanta opção assim, eu mesmo como engenheiro e vejo muitos colegas já formados engenheiro aceitando emprego no nordeste porque é onde tem vaga e não vejo ninguém recusar. Acho que tem de contratar alguém para nos ensinar algo que não aprendemos ainda a desenvolver para formar novos profissionais no Brasil. Agora contratar gente de fora que temos total capacidade de fazer é errado sim, eu discordo plenamente, nós lutando para conseguir um lugar no mercado de trabalho e contratam gente de fora??? É o mesmo uma pessoa estar em um empresa há muitos anos e na hora dele conseguir aquela promoção que espera a anos a empresa contrata alguém de fora para ocupar a vaga, é errado. Com os impostos que pagamos era para ter mais faculdades, mais cadeias, polícia mais bem remunerada, espaço de lazer de sobra e um ótimo sistema de saúde com profissionais brasileiros. Agora também não é para ter racismo ou mesmo preconceito, só que a vaga tem de ser do Brasileiro.

  188. Alexsandro Oliveira Postado em 28/Aug/2013 às 03:31

    Palhaçada isso o Brasil prescisa de medico nao de critica! Esses @3$% por ai que nao vivencia a saude publica no nosso pais fica criticando os medicos estrangeiros, onde eu tenho certeza que eles sao melhores que muitos medicos daqui que fica se achando e esqueçe oque realmente e sua função dentro de um Hospital!

  189. altair ahad Postado em 28/Aug/2013 às 04:31

    medicas coxinhas... vergonha da naçao!

  190. Carla Postado em 28/Aug/2013 às 07:56

    1. Deveriam identificar essas médicas e retirar as credenciais delas. 2. Então, essas médicas não querem se mudar para municípios afastados, rurais, pobres, onde só existem pessoas carentes. O que deveria acontecer com esses pobres? Ficar sem médicos? 3. Os Cubanos não são escravos. Cuba providenciou educação totalmente grátis para eles. É parte do contrato que eles assinam com o seu governo. Eles são educados de graça, mas sabem que deverão ao Estado, terão que pagar de volta de uma forma ou outra. 4. Do jeito que está o serviço de saúde pública no Brasil, não pode continuar. Para virar um país de primeiro mundo, essa situação tem que melhorar. O governo está tentando encontrar soluções, mas parece que alguns Brasileiros nunca estão satisfeitos com nada, o que gostam mesmo, é de um "barraco", ao julgar por essas jovens médicas e suas atitudes.

  191. João Postado em 28/Aug/2013 às 08:12

    Essa repulsa aos médicos que chegam é corporativismo e se esses médicos cairem na graça da população o governo vai ganhar Ibope e essa importação vai continuar.Ficam questionando capacidade de médicos, pedindo o exame Revalida, que deixa o médico estrangeiro, se aprovado, apto a exercer a medicina no País.Sei que temos médicos competentes brasileiros, mas também milhares que pararam no tempo e sequer saíram do Brasil para participarem de algum congresso sobre a evolução da medicina, como novas técnicas cirúrgicas, diagnósticos, etc.....Então, já que questionam tanto, defendo que a o Governo Federal aplique esse exame também aos que se formam no Brasil, e aí ficaremos sabendo a qualidade e capacidade do profissional ao qual colocamos nosso mais precioso bem, que é a vida.Os advogados fazem a prova da OAB para exercerem o Direito e, assim, nada mais justo que os médicos façam o Revalida.Essa prova final,acredito eu, somente não é exigida ainda pela carência de médicos no Brasil.Que venham os estrangeiros, e que venham muitos para tratar essa população de baixa renda que morre sem ao menos ter o consolo de ter tido um médico ao seu lado nos momentos que antecederam seu último suspiro.

  192. Henrique Postado em 28/Aug/2013 às 08:13

    Absurdo!!! Enquanto médicas mimadas hostilizam o Médico cubano, pessoas lotam os corredores dos hospitais públicos. VERGONHA da nossa classe médica brasileira!

  193. Ubiratan Postado em 28/Aug/2013 às 08:18

    Fico triste, porque ainda tem gente preconceituosa nesse mundo. E Depois vem falar que é fiel a Deus.

  194. marcia Postado em 28/Aug/2013 às 08:30

    isso e uma vergonha por medicos brasileiro nao passa 2 hora no posto de saude nem olha pra cara do pasiente seja bem vindos medicos estrangeiros

  195. Sandra Zhafir Postado em 28/Aug/2013 às 08:33

    Repudio veementemente este tipo de atitude mediocre destes medicos brasileiros…. que esqueceram seu voto de Hiprocates no sbmundo perfido de suas consciencias..

  196. Francisco Postado em 28/Aug/2013 às 08:34

    Sou a favor do programa MAIS MÉDICOS. Quantas pessoas pobres morrem por dia, no Brasil, por falta de atendimento médico e muitos deles(médicos) estão nos seus consultórios ou em clínicas particulares, atendendo quem pode pagar um plano de saúde e o pobre que fique a esperar. É desumano vê uma pessoa morrer por falta de socorro, e isso vemos a toda hora, principalmente no Norte e Nordeste.

  197. Reginaldo Postado em 28/Aug/2013 às 08:43

    são desgraçadas: Significado de Desgraçado adj. Sem sorte; que se encontra em desgraça; que permanece infeliz; desventurado. Que vive em condições de miséria; indigente. Que provoca desprezo; que é infame; vil: assassino desgraçado. Que merece pena; que inspira piedade; desventurado. Que não demonstra agilidade na realização de alguma coisa; que é desajeitado; sem habilidade; inábil ou incapaz. Brasil. Uso Popular e Informal. De caráter extraordinário; que é excepcional ou extraordinário; danado: talento desgraçado. Que não demonstra conveniência; que é despropositado; inconveniente: um amor desgraçado. s.m. Sujeito que merece desprezo por seus péssimos costumes: aquele desgraçado teve o que mereceu. Indivíduo que é digno de pena; aquele que merece piedade.

  198. Lidy Postado em 28/Aug/2013 às 09:19

    q venha os cubanos e q faça um bom trabalho e q roubem os trabalhos dessa idiotas, sem noção. Nos pagamos ela é pra trabalhar e naum para fazer o Brasil passar mais vergonha do q ja passa com esse politico.

  199. MÚRCIO PAIVA Postado em 28/Aug/2013 às 09:23

    No Brasil existem muitos médicos de alto nível e de grande competência,pena que é pra poucas pessoas.A maioria da população não tem acesso aos bons profissionais que aqui trabalham. Não podemos esquecer que os políticos na sua maioria são corruptos,e que também muitos médicos só atendem particular e não são profissionais humanos. Falando da foto acima.Essas moças ai, estão faltando com respeito aos colegas de profissão e dando um mal exemplo de acolhimento com pessoas de outros países.É UMA VERGONHA ESSAS PATRICINHAS, ELAS NÃO REPRESENTAM OS MÉDICOS DE ALTO NÍVEL QUE TEMOS NO NOSSO BRASIL.DEUS ABENÇOE OS VERDADEIROS PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE.

  200. Cristiano Carvalho Postado em 28/Aug/2013 às 09:27

    Ridículas, capitalistas que não querem ir para o interior, para as áreas mais remotas do Brasil, Respeitem esses homens que estudaram tanto ou mais que vocês, e que estão aqui em busca de um emprego largaram suas famílias, seu país. gostaria de saber se vivêssemos em um país .socialistas, se elas ganhassem apenas o necessário para viver estariam fazendo tanta questão dessas vagas que nunca são preenchidas, burguesas sem amor ao seu próprio povo. essas atitudes me desespera ao saber que precisamos tanto desses médicos e ainda existe pessoas hostilizando esses homens!!

  201. Maria Eugênia Tótola Postado em 28/Aug/2013 às 09:28

    Eu sou médica e não vou pra um lugar ermo trabalhar sozinha DE JEITO NENHUM!Sem exames,sem bons profissionais de apoio,sem hospitais de referência para aceitarem meus casos graves,sem escola de qualidade para eu colocar meus filhos pra estudar...ah,e o que é pior!!Todos os bonzinhos,os solidários com os pobres,etc,etc,que estão aí postando bobagenzinhas pseudo-socialistas,enfiem a carapuça:quem,em sã consciência,vai se embrenhar em um lugar ermo e desconhecido,sem infra-estrutura,pra ganhar uma BOLSA???????Sem carteira assinada,sem garantias trabalhistas,sem férias,décimo-terceiro???Vcs iriam???Sinceramente???Largariam suas cidades,suas famílias,pra ir pra um lugar desconhecido sem garantia nenhuma???E se adoecessem por lá,fariam o que? Porque a bolsa só é paga se vc está produzindo...adoeceu,teve que se afastar...babau!!!Foda-se!!!E aí,quem topa???Ah,os cubanos topam... os cubanos mortos-de-fome,doidos pra fugir da tirania castrista,doidos pra arrumar um casamento em outro país pra poder se naturalizar e cair fora do inferno cubano...é claro!!!Esses posam de bonzinhos,quando na verdade estão felizes de poder sair de Cuba...e olha que eles não vão receber nem um quarto da bolsa que o governo está dando para Cuba,pra vocês verem o tamanho do desespero dos caras...daqui a pouco vamos ver cubano sumido pra tudo quanto é lugar desse país e para os States,aguardem...

    • Leonardo Postado em 02/Sep/2013 às 17:59

      Você insinua que seria mais uma forma de roubar? Pois se os medicos vão receber so uma parte, a outra parte vai pro Fidel, de quanto seria esta parte? quem vai saber o quanto sera desviado neste programa? Não era contra esta programa, mas esta se desenhando um golpe. Quanto aos estrangeiros ainda penso que sao apenas massa de manobra. Mas que precisamos de medicos nos confins do Brasil não se pode negar. Mas como tudo no Brasil, nada se resolve. Pois se resolver como vamos remediar e roubar? Como a industria da seca, da pobreza, das estradas. Para que resolver? Como ficarei nos proximos mandatos se eu resolver o problema da saude?Não terei mais o que prometer e me reeleger

  202. Frederico Postado em 28/Aug/2013 às 09:37

    Lamentável essa atitude. É a "máfia do jaleco branco", como disse um nobre colega de site. Vergonhoso, inclusive de se crer que eles devem salvar vidas, onde quer que elas estejam! Uma pena mesmo que hajam profissionais assim ainda, mas o nosso fantástico sistema de saúde também ajuda né...

  203. Thiago Teixeira Postado em 28/Aug/2013 às 15:04

    Dá vontade de boicotar essas "MÉRDICAS" e passar a ser atendido só por Cubanos. Espero que venham mais, pois estou com nojo dessa classe profissional tão inútil.

    • ODILON Postado em 02/Sep/2013 às 13:52

      fica doente f.d.p e tu vais ver o que é classe inútil ........

  204. arnaldo Postado em 28/Aug/2013 às 15:47

    Não existe essa história de Xenofobia ou racismo, cubanos são bem vindos ao Brasil se respeitarem, nossas leis , nossa democracia, nossa cultura e nossa liberdade, se vierem para ca para dizer que não prestamos e nos ensinar o que é certo, é melhor voltar no mesmo aviao que vieram

  205. Danillo Postado em 28/Aug/2013 às 22:42

    Por favor, só queria saber se as tais "médicas" pertencem realmente a profissão. Até agora não vi ninguém fazendo a identificação das "patricinhas".

  206. Nicolau Postado em 29/Aug/2013 às 17:20

    O "negão" cubano na foto acima é o tipico bandidos comunista da policia secreta dos assassinos nonogenários irmãos ditadores da Dinastia comunista Castro! Esses criminosos cubanos trabalham para o Capital-Comunismo ser implantado no Brasil. Acordam Porra!

  207. Endrigo Postado em 30/Aug/2013 às 17:05

    Acho que vcs foram tão preconceituosos quanto os médicos foram com os cubanos... É muita hipocrisia criticar a atitude preconceituosa dos manifestantes, quando o titulo do texto é um preconceito total tb... Chamar as medicas de patricinhas por serem brancas e novas, é a mesma ofensa de chamar os cubanos de escravos por serem negros... pense nisso...

  208. Thiago Teixeira Postado em 30/Aug/2013 às 20:12

    É impressionante como a Folha é imunda. Chamada golpista para a Dilma em cima, e uma chamada totalmente confusa e desconexa do acontecimento das vais. "Cubamos recebem vaias de colegas"???????? Quem está fora do contesto vai minimizar o fato e achar que eram "colegas" de classe.

  209. Marcos Postado em 30/Aug/2013 às 20:16

    Endrigo a mais pura verdade, medicas patricinhas? Que merda é essa? Racismo é cota racial isso sim, isso a esquerda fica quieta.

    • Juliana Peres Postado em 16/Sep/2013 às 16:41

      Querido, cota não é racismo. Aliás, seguindo o exemplo do autor do artigo e do famigerado título, você está sendo reducionista. Vá ler um pouco mais sobre isso, por favor. Recomendo a cartilha "Cotas, por que sim?" elaborada pelo IBASE http://www.ibase.br/userimages/cart_ibase_cotas_final.pdf

  210. Fernando Postado em 01/Sep/2013 às 17:00

    não consigo publicar o meu comentário pq?

  211. gustavo Postado em 03/Sep/2013 às 10:16

    Sou a favor da importação de medicos de Cuba. Médicos do SUS: Ganham 10.000/mês para 04 de trabalho. Chegam atrasado, faltam ao serviço e entre uma consulta e outra, ficam resolvendo problemas pessoais pela internet e os pacientes morrendo no corredor. As consultas não passam de 05 minutos e alguns médicos tem nojo de cumprimentar os pacientes dos SUS. Só quem freguenta o SUS sabe o descaso que estes profissionais da saúde fazem com o povão. Os médicos estão querendo ganhar quanto? R$100.000,00. E olha quem faz o curso de medicina, é a burguesia. Médicos de convenio: Sem falar que demora meses para agendar uma consulta. Os médicos realizam de 10 a 20 consultas por dia via convenio. Recebem de 35,00 a 60,00 por consulta e não chegam a 5 minutos de consulta. Realizam pelo menos 02 consultas particulares/dia, que vai de 200,00 a 500,00, isto mesmo, mais caro que a mensalidade de um plano de saúde. Qualquer procedimento medico, é uma fortuna. Um parto (que é um ato de amor são 10 salarios mínimos). Área de saúde é o maior comercio no Brasil, qualquer entrada num consultório dentário, é outra fortuna. Não existe tratamento inferior a 2.000,00. Veja que todos os imóveis comerciais de luxo e alto luxo são ocupados por médicos, laboratórios e clinicas e quem compra apto de luxo e carro de luxo, é este pessoal. Outra: médicos só dá diagnostico e receita remédios. Não explica nada para o paciente. Imagine se a cada duvida, o paciente tiver que marcar uma consulta. Felizmente, hoje temos a internet para tirarmos dúvidas. E vc ainda vai solidarizar com médicos????? Vai bater na porta de um medico, morrendo de dor. Sem dinheiro, vc morre na porta. Acorda Brasil. Na próxima encarnação, quero ser medico para ficar rico.

  212. Lurana Glória Guimarães Postado em 25/Sep/2013 às 19:38

    ''Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência. Penetrando no interior dos lares, meus olhos serão cegos, minha língua calará os segredos que me forem revelados, o que terei como preceito de honra. Nunca me servirei da minha profissão para corromper os costumes ou favorecer o crime. Se eu cumprir este juramento com fidelidade, goze eu para sempre a minha vida e a minha arte com boa reputação entre os homens; se o infringir ou dele afastar-me, suceda-me o contrário.'' Realmente, acho q se esqueceram do juramento....

  213. deco hyppolito Postado em 09/Oct/2013 às 10:25

    R$ 10.000,00 não é um bom salario? são R$ 120.000,00 no ano tem empresas que nao faturam isso

  214. Nicolau Postado em 25/Oct/2013 às 16:33

    Um artigo escrito por um Idiota subdesenvolvido comunista do Brasil! Morte aos comunistas cubanos!

  215. Felipe Postado em 15/Nov/2013 às 03:15

    Este artigo me envergonha, não o que as médicas fizeram!

  216. André Vieira Postado em 26/Dec/2013 às 18:00

    POIS É O BURACO É MAIS EMBAIXO... Hoje logo cedo postei esta noticia no minha TL* e logo em seguida um grande amigo meu! MÉDICO, que VIVE ESSA REALIDADE retrucou com toda a razão: "Guilherme Pimentel médico não faz saúde sozinho Apu,! além de infra-estrutura, é preciso equipe multidisciplinar com enfermagem, psicologia, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia e por aí vai... ninguem vai pra esses interiores, porque não tem nada disso. o contrato firmado com a prefeitura é quase verbal e, por isso, eles pagam no primeiro e segundo meses, no terceiro pagam apenas uma parte e do quarto em diante não pagam mais. eu tabalho num interior a 50 Km da região metropolitana do recife e já reduziram meu salário 2 vezes em apenas 1 ano e seis meses em que trabalho lá, perfazendo um total de quase 20 porcento do que ganho por mês. fizeram isso sem nem sequer me avisar com antecedencia. além disso, deixaram de me pagar o salário de dezembro do ano passado, porque mudou a gestão do município. com a alteração, vários médicos e outros profissionais de saúde foram postos pra fora, pra dar lugar aos que apoiaram o novo prefeito ( eu tive "sorte" e fiquei ). todos, absolutamente todos, os funcionários da secretaria foram demitidos. isso acontece em todos esses municipios, uma vez que o profissional não tem garantia nenhuma. não é concursado e nem há um contrato de verdade. além disso, em um interior desses onde médico não quer ir, ele, muito provavelmente, seria o unico profissional de saude da região e, certamente, todos saberiam onde ele moraria. qualquer emergencia que porventura aparecesse, em qualquer horário e em qualquer dia, iriam bater à sua porta para atender àquela ocorrencia. sem nenhum suporte material ou humano ( sete dias por semana, 24 horas por dia de sobreaviso, além das 40 horas/semana já estabelecidas ). outra coisa: não há garantia trabalhista absolutamente nenhuma. não há décimo terceiro, férias, adicional por insalubridade, bonus por hora extra... nada. CLT não existe!! mais uma: você médico iria, mas, com certeza, sua esposa e seus filhos não poderiam ir, já que nos locais mais longinquos não haveria onde sua mulher trabalhar ou onde suas crianças estudarem... percebesse que só os cubanos estão vindo?? esses coitados vivem numa ditadura. o salário mensal deles é de 300 reais. pra eles é, realmente, uma grande vantagem vir para cá ( e com isso ter a ilusão que fugiram, mesmo que por um breve momento, de seu governo totalitário ) e ganhar R$ 700/ mês ( porque, dos 10000 reais que o governo faz propaganda, 300 fica com a familia do cubano na ilha e os 9000 restantes vão para o governo da família castro ). a briga dos médicos nunca foi contra a vinda de médicos. é contra a vinda de médicos sem fazer prova que comprove que os mesmos são competentes. estrangeiros e brasileiros formados no exterior sempre vieram e sempre foram bem recebidos, desde que mostrassem competencia. o governo federal está empurrando supostos médicos sem sequer lhes exigir um diploma original.... os absurdos prescritos por esses profissionais aparecem diariamente aqui na net. o ministério da saúde impôs uma medicina de qualidade duvidosa à população mais pobre. é um apartheid na saúde institucionalizado pelo PT. organizações médicas pediram ao governo que se instituísse uma carreira de estado para os médicos nos moldes do judiciário onde o profissional começaria atendendo nos interiores ( claro que, como no judiciario, se exigiria estrutura e regulamentação dos vinculos trabalhistas ) e viria aos poucos se aproximando das regiões metropolitanas, se quisessem, claro. mas esse projeto foi vetado recentemente pela bancada governista, que quer usar os cubanos como engodo eleitoreiro por vários anos.... tudo isso, Apu, é fachada!! eles não tem a mínima vontade de resolver o problema e os cubanos não são mais bonzinhos do que ninguem. tu achas que eles são uma raça superior, é? que são bons por natureza?? por que médicos de outros países fugiram?? faz essa pergunta primeiro... abraço, meu filho!!"

O e-mail não será publicado.