Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Rede Globo 15/Aug/2013 às 09:50
13
Comentários

Alex sobre futebol brasileiro: "CBF é sala de reuniões. Quem cuida é a Globo"

Alex critica condução do futebol brasileiro: ‘Quem cuida é a Globo. A CBF é apenas sala de reuniões’

LanceNet

alex coritiba globo cbf

Alex é o principal líder do Coritiba (Foto: Felipe Gabriel)

Aos 35 anos, ele é artilheiro do Coritiba no Brasileirão com seis gols e tido por muitos como o craque da competição nacional até agora.

Na entrevista a seguir, realizada pelo periódico lancenet, o camisa 10 do Coxa não fez média com ninguém, declarou que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) se submete à Globo, alertou que grandes jogadores não são suficientes para lotar estádios no Brasil, criticou a profissionalização de jogadores aos 16 anos – fruto da Lei Pelé – e também destacou que no Brasil há mais preocupação com a parte física que técnica.

– Acho que a CBF não tem uma interferência dentro do futebol tão grande. A CBF cuida apenas da Seleção Brasileira. Quem realmente cuida do futebol brasileiro é a Globo. A gente sabe que a Globo trabalha na dependência da novela. A gente brinca aqui no Coritiba que os jogos de quarta-feira só rolam depois do último beijo da novela – desabafou o jogador, ao ser abordado se o jogador no Brasil se preocupa com a política do futebol.

Leia também

– Pô, a gente joga bola dez horas da noite. Eu, que vou jogar, vejo uma situação ruim, preciso ficar no hotel o dia inteiro esperando um jogo dez horas da noite. Isso é ruim. Mas estou dentro de um hotel, confortável, tranquilão, vou jogar 90 minutos, tomar banho e vou embora para casa. E o torcedor? O cara sai de casa ou do trabalho, precisa ir para o estádio dez horas da noite, assistir ao jogo, voltar para casa, e ainda precisa acordar sete horas da manhã no outro dia. Poxa, isso é desumano. Por isso que os estádios estão vazios. A CBF é apenas uma sala de reuniões – complementou.

Mais do que criticar duramente os cartolas do principal esporte do país, Alex ainda demonstrou enorme preocupação com a formação dos jovens jogadores. Mas, segundo ele, o Brasil ainda pode reencontrar o caminho do sucesso.

– A Lei Pelé bagunçou um pouquinho a coisa. Não sei se a culpa é do Pelé, mas a lei leva o nome dele. Quando você oferece o nome, você também oferece responsabilidade. Você ter um contrato profissional aos 16 anos, isso aí mudou muita coisa. A molecada hoje em dia chega para treinar com empresário, assessor, quatro ou cinco celulares. Para piorar, hoje é assim: “Pô, esse garoto aí é baixo”. Poxa, nem olham para ver se ele tem qualidade, tiram a conclusão somente pela altura. A nossa escola na parte técnica está perdida. Mas ainda dá tempo de recuperar. Trazendo a discussão para dentro dos clubes, local onde se formam os jogadores, deixamos de lado a parte de técnica e priorizamos a parte física – finalizou.

Recomendados para você

Comentários

  1. renato Postado em 15/Aug/2013 às 10:03

    Ele pensa como todo mundo pensa, maas entre pensar e ir a um jogo dde futebol. Já era. Futebol só é bom na telinha, depois tomo chocolate quente e vou dormir. Com este frio amigo. Seleção perde de um a zero para os branquelos. Santos perde de oito a zero. Palmeiras na segunda divisão. Jogos ruins de se ver, dificilmente vou até o fim.. è uma pena.

  2. Lyndon Johnson Postado em 15/Aug/2013 às 12:39

    Um dos melhores jogadores da Historia do futebol mundial de todos os tempos... crack das antigas

  3. Altair Ahad Postado em 15/Aug/2013 às 14:46

    ele só disse o Fato!

  4. roger Postado em 15/Aug/2013 às 16:37

    eu sempre soube disso , a globo é quem manda reparem que ela não critica qualquer um , por exemplo o CE , o FELIPE do flamengo o Renato Abreu etc sou flamenguista , mas por pior que esses caras estejam jogando a globo nunca critica mas vai um rafinha ou o adryan dar um toque errado pra ver . acredito que a Globo é dona de muitos passes de vários jogadores aqui no Brasil

  5. Marcelo Postado em 15/Aug/2013 às 18:42

    Queria ver se a Record, Rede TV! ou a Band, mudariam a tua grade de programação para transmitir jogos mais cedo sem se preocupar com a maldita audiência. A Rede Record transmitiu sozinha a Copa do Mundo e as Olimpíadas e o que fez a Globo quanto a audiência da Record? Ganhou disparada em cima da rival. Detalhe: a Globo sabe como se virar sem ser apelativa. Eu queria mesmo que ela deixasse de transmitir o futebol às quartas-feiras para ver o que o povo iria assistir. Hahahahaha. As outras emissoras teriam que mudar tudo nas tuas programações e isso não se faz da noite pro dia!

    • márcio Postado em 04/Nov/2013 às 16:26

      É verdade, se não tiver futebol na globo na quarta o povo vai morrer de fome, disse tudo hein!!

  6. Carlos John Postado em 15/Aug/2013 às 20:09

    o aléx é imério!

  7. Carlos John Postado em 15/Aug/2013 às 20:16

    ops, IMPÉRIO, alviverde.

  8. Pedro Borges Postado em 15/Aug/2013 às 22:43

    Pois entao tire a globo e deixe sem o patrocinio master. Perca renda e seu salario cai pra 1/10 do q eh atualmente... Duvido q ele queira isso. So me resta rir desses pseudo-intelectuais.

  9. Rodrigo Postado em 16/Aug/2013 às 18:49

    Depois de uma verdade destas, provavelmente o Coxa (Grande clube Paranaense) comece a cair na tabela.

  10. oscar newlands Postado em 16/Aug/2013 às 21:19

    A rede esgoto já me aprontou várias dessas indiadas que o Alex fala: jogos a meia-luz, quase clima de boate. Enquanto isto, o Sr. Marin , como o antecessor Medeiros estão nadando em dinheiro e comissões milionárias. ACORDA BRASIL ...

  11. Wagner Souza Postado em 15/Nov/2013 às 02:18

    Eu jamais iria a um estadio assistir a um jogo de futebol as 10 horas da noite, se e o que a globo quer comigo ela perde, eu nao vou e prefiro pegar o resultado do jogo no outro dia. Alex esta certo, nao e atoa que muita gente quer acabar com este poder podre da globo, lei dos meios de comunicacao na cabeca deles…isto e, se o supremo que tambem trabalha para eles deixar! Nao e mesmo Gilmar? nao e mesmo Joaquim?

  12. Xande Postado em 10/Dec/2013 às 07:41

    Os jogadores de hoje, quer dizer empresários da bola... Quando o torcedor ganha um salario mínimo e paga 50 reais pra ficar no pior lugar do estádio e perder a voz de tanto gritar pelo time do coração... os jogadores estão preocupado com o tempo de serviço, dizem que estão trabalhando d+ e ganhado pouco eu acho tbm... Bom respondendo isso é Brasil, trabalhador vai ter q ficar em casa sem ver o jogo a noite pq tem bonitão ganhado montes de dinheiro e não quer se apresentar no espetáculo... ve se o trabalhador que ganha um salario mínimo reclama de ter que sair as 5:00 voltar as 19:00 e depois pagar pra ir ao estádio e ver um cara que ganha uns 200 mil por mês reclamando q ficou no hotel 5 estrelas o dia inteiro... para né Alex volta pra realidade...