Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Mídia desonesta 07/May/2013 às 11:34
16
Comentários

Jornalista do Globo tem viagem paga pelo STF para cobrir Barbosa

Jornalista Paulo Nogueira diz que o fato de o STF pagar viagem de repórter de O Globo “é um dado que mostra várias coisas ao mesmo tempo”; “Viagens pagas são consensualmente julgadas inaceitáveis eticamente. As contas do jornalista estão sendo bancadas pela pessoa ou organização que é central nas reportagens”, critica

Paulo Nogueira, em seu sítio

Um asterisco aparece no nome da jornalista do Globo que escreve textos sobre Joaquim Barbosa em falas na Costa Rica.

Vou ver o que é o asterisco.

E dou numa infração ética que jamais poderia acontecer no Brasil de 2013. A repórter viaja a convite do Supremo.

É um dado que mostra várias coisas ao mesmo tempo. Primeiro, a ausência de noção de ética do Supremo e do Globo.

joaquim barbosa costa rica

Joaquim Barbisa na Costa Rica (Foto: Reprodução / TV)

Viagens pagas já faz tempo, no ambiente editorial mundial e mesmo brasileiro, são consensualmente julgadas inaceitáveis eticamente.

Por razões óbvias: o conteúdo é viciado por natureza. As contas do jornalista estão sendo bancadas pela pessoa ou organização que é central nas reportagens.

Na Abril, onde me formei, viagens pagas há mais de vinte anos são proibidas pelo código de ética da empresa.

Quando fui para a Editora Globo, em 2006, não havia código de ética lá. Tentei montar um, mas não tive nem apoio e nem tempo.

Tive um problema sério, na Globo, em torno de uma viagem paga que um editor aceitou.

Leia também

Era uma boca-livre promovida por João Dória, e o editor voltou dela repleto de brindes caros, outro foco pernicioso de corrupção nas redações.

Fiquei absolutamente indignado quando soube, e isso me motivou a fazer de imediato um código de ética na editora.

Surgiu um conflito do qual resultaria minha saída. Dias depois de meu desligamento, o editor voltou a fazer outra viagem bancada por Dória, e desta vez internacional.

Bem, na companhia do editor foi o diretor geral da editora, Fred Kachar, um dos maiores frequentadores de boca livre do circuito da mídia brasileira.

Isto é Globo.

De volta à viagem de Costa Rica.

Quando ficou claro que viagens pagas não podiam ser aceitas eticamente, foi a Folha que trouxe uma gambiarra ridícula.

A Folha passou a adotar o expediente que se viu agora no Globo: avisar que estava precaricando, como se isso resolvesse o caso da prevaricação.

A transparência, nesta situação, apenas amplia a indecência.

A Globo sabe disso. Mas quando se trata de dinheiro seus limites morais são indescritivelmente frouxos.

Durante muito tempo, as empresas jornalísticas justificaram este pecado com a alegação de que não tinham dinheiro suficiente para bancar viagens.

Quem acredita nisso acredita em tudo, como disse Wellington. Veja o patrimônio pessoal dos donos da Globo, caso tenha alguma dúvida.

É ganância e despudor misturados – e o sentimento cínico de que o leitor brasileiro não repara em nada a engole tudo.

Então a Globo sabe que não deveria fazer o que fez.

E o Supremo, não tem noção disso?

É o dinheiro público torrado numa cobertura jornalística que será torta moralmente, é uma relação promíscua – mídia e judiciário – alimentada na sombra.

Para usar a teoria do domínio dos fatos, minha presunção é que o Supremo não imaginava que viesse à luz, num asterisco, a informação de que dinheiro do contribuinte estava sendo usado para bancar a viagem da jornalista do Globo.

Como dizia meu professor de jornalismo nas madrugadas de fechamento de revista, quando um texto capital chegava a ele e tinha que ser reescrito contra o relógio da gráfica, a quem apelar?

Recomendados para você

Comentários

  1. cacique Postado em 07/May/2013 às 14:26

    Acho que tem gente que não se importa em pagar imposto para as autoridades públicas bancarem viagem de jornalista fanfarrão.

  2. Jeferson Postado em 07/May/2013 às 14:40

    Prática muito comum no país mais corrupto do mundo. Tanto o PT quanto os tucanos praticam tal ato há séculos... Só depende do jogo de poder entre governo, oposição e mídia podre. Afinal tudo se compra nesse país, inclusive o silêncio e a falta de conhecimento da população. Este juís do STF é só um exemplo. Imagina quanto o PT não com jornalista? Ainda mais agora que a Dilma parou de trabalhar e só está fazendo política chorando em desastre, indo a Roma fazer a social com o papa pra mostrar ao eleitorado católico. TNC.

  3. Rodrigo Postado em 07/May/2013 às 18:08

    Joaquim Barbosa... não precisa de ninguém para desmoraliza-lo

  4. antonio Postado em 07/May/2013 às 20:11

    Suzana, em nenhum momento o site fez crítica ao Joaquim Barbosa. Você ou não leu o texto todo ou você precisa voltar a fazer interpretação textual na escola.

  5. Ricardo da Costa Postado em 08/May/2013 às 07:48

    O Gilmar Mendes foi pego em jatinho particular de empresário corrupto, juntamente com DEMóstenes Torres, e até agora não pediram a cabeça dele, já que receber vantagens em cargo público, é crime... E devemos sim, "condenar" Joaquim, quando ele faz algo considerado anti-ético e errado. O que ele fez para o Lula indicar ele ao Supremo??

  6. André Postado em 08/May/2013 às 17:05

    Concordo em número e gênero, mas acho que a gradação não está clara. Lembro-me vivamente de várias viagens do Lula em que os repórteres da Globo iam a convite e no mesmo avião (oficial). Pq não há nenhum link para esses eventos? É claro que também lembro disso, por ser dito pelo noticiário da própria Globo, que emendava: o valor referente às despesas de viagem serão doados a "não sei que instituição". Alguém mais lembra disso? De qualquer forma fico triste com isso, pois admiro o J. Barbosa.

  7. Dinio Postado em 08/May/2013 às 19:05

    Ora, amigos a "Boba" só faz o jogo que fez desde a sua fundação, lembram, lá no início da ditadura. O "Joaca" precisa massagear seu ego...e quem melhor pra fazer isto do que o monopólio de mídia e poder. Acham ruim o financiamento público de campanha...Vamos ler e estudar mais sobre política, quem sabe um dia teremos uma real democracia, não esta de mentira.

  8. [email protected] Postado em 15/May/2013 às 22:58

    Rodrigo, o Presidente do STF o Joaquim Barbosa não precisa de ninguém? então ele é a própria desmoralização. Se nesse Brasil se compra tudo, quanto tá pedindo o Barbosa? Eu queria fazer uma avaliação de quanto custou o silêncio da CORRUPÇÃO DOS VAMPIROS, BANCO MARKA, ANOÊS DO ORÇAMENTO, TRT-SP, OPERAÇÃO NAVALHA e SUDAM.

  9. Msgnolia Alves Guimarães Postado em 19/May/2013 às 18:24

    Precisamos de pessoas com responsabilidade, e de bom caráter para representar o nosso povo, a minha cidade está enfrentando problema político porque não tem alguém para enfrentar a corrupção e denunciar.Espero um dia a minha cidade brilhar de honestidade>

  10. Socorro Viana Postado em 11/Jun/2013 às 17:41

    Quem tá defendendo, saibam que é dinheiro público envolvido!!!

  11. iBuarque. Postado em 19/Jul/2013 às 23:42

    Condenar culpados não é mérito de ninguém. É DEVER. E fazer sua obrigação não torna ninguém acima da aplicação das próprias leis. Recado para os manés que criticam o site por falar o outro lado do Joaquim. E sobre STJ, ele poderia começar a se ocupar planejando um nova forma de apuração de votos não fraudulenta.