Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Homofobia 08/Nov/2012 às 20:01
17
Comentários

Bilhete de suicídio de jovem gay que sofria bullying é publicado em jornal

Pais de jovem que se matou após sofrer bullying publicam nota de suicídio em jornal. Garoto que se suicidou diz que foi ridicularizado e excluído durante toda a sua vida

Os pais do jovem Tim Ribberink, um holandês que se matou após sofrer anos de bullying por ser gay, decidiram publicar sua carta de suicídio em um jornal local da Holanda, dividindo opiniões no país.

jovem gay tim bullying

Pais de jovem holandês que se matou após anos de bullying leram mensagem durante seu funeral. (Foto: divulgação)

Ribberink estava em treinamento para atuar como professor de história e se matou na última quinta-feira.

Gerrit e Hetty Ribberink se disseram surpresos com o drama vivido pelo filho e pediram que as autoridades abram uma investigação sobre duas mensagens falsas postadas na internet em nome de Tim. Uma delas, publicada em 2010, dizia: “Sou um perdedor e um homossexual”.

Na nota em que se despede dos pais, publicada pela imprensa holandesa, o jovem diz: “Queridos mamãe e papai, fui ridicularizado, abusado, sofri bullying e fui excluído durante toda a minha vida. Vocês são pessoas fantásticas. Espero que não estejam bravos comigo. Até que nos encontremos novamente, Tim”.

Ao lado da nota, o jornal publicou uma grande foto do jovem sorridente e sua certidão de óbito.

Leia também

Poucas horas após a publicação, a foto do jovem já havia sido compartilhada mais de 5 mil vezes na internet. No Twitter, a hashtag #timribberink tornou-se uma das mais comentadas na Holanda, e embora a maioria tenha apoiado a decisão de seus pais, houve um número considerável de crítcias.

Durante o funeral do jovem, Gerrit e Hetty leram uma mensagem: “Tim não era fraco nem patético. Ele era forte. É assim que os conhecemos, e é assim que gostaríamos que o mundo se lembrasse dele”.

O centro no qual o holandês estava estudando para se tornar professor e sua escola durante a adolescência disseram não ter conhecimento sobre o bullying sofrido pelo jovem durante anos.

BBC

Recomendados para você

Comentários

  1. Cássio Postado em 08/Nov/2012 às 20:06

    pra vocês verem como anda o nível de preconceito, na Holanda - um dos países mais liberais da Europa - isso ocorre, imagina como sofrem os homossexuais em todo o globo?

  2. Leonardo Postado em 08/Nov/2012 às 20:57

    "Pais de jovem que se matou após bullying" Essa frase tem ambiguidade. Atenção na proxima ^^

    • Mateus Postado em 08/Jun/2014 às 17:32

      Ambiguidade teria se as palavras não secessitasem de acentuação. Paíse pais, quando escrito não apresentam este problema

  3. LUCAS ROVER Postado em 09/Nov/2012 às 01:58

    as vezes ele era muito sensível e se abalava com qualquer comentário. Conheci um caso semelhante no interior do Paraná, que nem no jornal local apareceu a história...

  4. Raoni Japiassu Postado em 09/Nov/2012 às 10:57

    Ahn, então a culpa é dele. A culpa é sempre dos viados não é?

    • caio Postado em 21/Mar/2014 às 17:49

      dos viados não, de fresco que não consegue aceitar a vida do jeito que é e ao invés de resolver seus problemas prefere o caminho mais fácil!!!

      • Júnior Postado em 11/Jul/2014 às 04:26

        prefere o caminho mais fácil???? (eu não li isso). Vc n[ao é gente.

  5. Carol Postado em 09/Nov/2012 às 12:18

    Triste. =(

  6. Mateus Postado em 09/Nov/2012 às 14:23

    E triste ver comentários como o de Lucar Rover.

  7. Bill Postado em 09/Nov/2012 às 15:19

    Raoni Japiassu, em 9 de novembro de 2012 às 10:57 disse: Ahn, então a culpa é dele. A culpa é sempre dos viados não é? pois é. o povo vem aqui falar cada asneira... enfim, uma grande perda. ele poderia virar uma história de superação e aceitação, porém foi o contrário. e ainda tem gente que diz que ele poderia "ser sensível demais".

  8. Larissa Postado em 10/Nov/2012 às 00:17

    Esse é o Raoni Japiassu de Brasília? Acho que te conheço rs

  9. Rodolfo Postado em 10/Nov/2012 às 01:03

    Tristeza. A propósito, apesar de não encorajar o suicídio nem encara-lo como uma boa alternativa, considero que tem que se ter muita coragem para tirar a própria vida; afinal, ao faze-lo, é quebrado um dos impulsos mais enraizados nos sere vivos: a auto preservação.

  10. Liza Postado em 20/Nov/2012 às 21:25

    Será que ninguém notou que O Raoni Japiassu estava sendo IRÔNICO?????????? Em resposta ao comentário do LUCAS ROVER acima dele!!! O centro onde ele estudava "não tinha conhecimento" sobre isso... será que não???? Duvido... Talvez eles quisessem encobrir a história do homossexual na instituição...

  11. ari Postado em 29/Jan/2013 às 15:17

    Nos EUA varias igrejas evangelicas ate proibiram os pais de velarem seus filhos gays que se suicidam. Tem ate pais e familiares que comemoram o suicidio do filho. Isso e muito comum no Brasil.

  12. Guilherme Postado em 27/Mar/2014 às 02:10

    Horrível isso!!!!!!!!!!!!!! gente estou passando por mementos difíceis de ser aceito... meus pais são evangélicos assim como eu também sou. SEMPRE sofri muito pelo fato de ser bi. não queria contar a minha vida aqui, só que as vezes eu só queria alguém que eu pudesse sei la, desabafar... muitos gays morrem no Brasil por sofrer preconceito, muitos pensam "já que eu sou o problema na família, não tem o pq não me matar, vai ser melhor pra mim e para os meus pais que estão passando "vergonha comigo", eu mesmo ja pensei assim, mas eu sei que tenho um Deus fiel e que esta comigo... olha estou muito espantado, mas saiba que essa é a realidade não só na Holanda, mas é também a realidade de muitas famílias brasileiras, inclusive a minha.