Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 02/Jun/2012 às 16:23
15
Comentários

Criança de 4 anos é ovacionada ao cantar que 'gays vão para o inferno'

Pastor mirim canta que gays não vão para o céu e os fiéis aplaudem de pé

Um vídeo que mostra um garotinho cantando uma música anti-gay em uma igreja se tornou viral na internet. O vídeo, postado no youtube, revela uma criança de 4 anos cantando o seguinte verso: “Eu sei bem que a Bíblia está correta… alguns estão errados. Gay nenhum vai ter lugar no céu“. Em seguida, a plateia se empolga em aplausos, ovacionando o garotinho pelos versos que acabara de proferir.

Leia mais

Esse vídeo vem na esteira de outro, recentemente divulgado, em que um pastor norte-americano sugere que todos os gays e lésbicas devem ser colocados em um cerco elétrico, para que morram de fome (ver aqui).

Em uma versão mais longa do vídeo, o pai, orgulhoso, disse algo como: “Esse é o meu garoto”.

bíblia homofobia

A igreja é a Apostólica do Tabernáculo, liderada pelo pastor Jeff Sangl, de Greensburg, Indiana.

Com informações da Rede CBS

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Ayrton Postado em 02/Jun/2012 às 23:27

    Vamos proibir a leitura da Bíblia (afiunal o que ela fez, além de fornecer os pilares da sociedade judaico cristã ocidental) e adotar a leitura obrigatória dos blogs progressistas! Ai vai!

  2. Lyndy Luca Postado em 03/Jun/2012 às 10:08

    Eu creio (e para quem acredita em Deus, Jesus...) que você foi ao cerne da questão. As religiões são importantes na vida do ser humano. São importantes no sentido de dar ao homem a ciência de Deus(a), de um(a) criador(a), Pai/Mãe, de que temos um objetivo na vida (por estarmos aqui), de buscar fazer o nosso melhor, e, para tal, Jesus Cristo veio como exemplo de como ser uma boa pessoa, um bom filho(a) de Deus(a). Entretanto, há uma imensa inversão de valores por conta do que as religiões vêm se transformando, ao longo da história, no comércio que muitas delas viraram, ou no absolutismo que muitas delas pregam, não através dos exemplos de Jesus (cito Jesus no caso das religiões cristãs, mas no caso das outras, todas possuem também o seu representante Mor, logo "abaixo" do Pai), mas através de seus próprios dogmas. É exatamente aí que tudo se complica, porque colocam de lado o exmplo de Jesus, substituindo-os por dogmas, ou, quando querem dizer que "seguem a Bíblia", abrem o velho testamento, repleto de demonstrações de um "deus" altamente vingativo e impiedoso, " o Senhor dos Exércitos", para mostrar que fulano, beltrano e ciclano estão errados. Enquanto pegam um trecho dizendo que os "homens que se deitam com homens" são abomináveis, esquecem-se dos subsequentes, ou dos anteriores, em que dizem que comer crustáceos ou carne de porco, por exemplo, é tão abominável (utilizando o mesmo termo, nas escrituras) quanto os "homens que se deitam com homens", numa clara evidência de que só retiram das escrituras o que convém aos seus dogmas. Essa é a parte altamente lamentável das religiões. E o pior de tudo, é que formam rebanhos imensos de pessoas que seguem piamente tudo o que dizem ser o correto, como se fossem embaixadores de Deus(a). Formam consciências deturpadas, pela infeliz inversão dos reais valores. Formam exércitos repletos de ódio, como bombas prestes a explodir. Todos os extremos são carentes de total razão, e ante a esse lógico raciocínio, permaneço com a ideia pessoal de que tanto a extinção das religiões, quanto o absolutismo crescente delas, deixa-me realmente entristecida. Jesus nos mostrou, através de suas ações, ser, no ponto de equilíbrio, o bom e melhor caminho a se trilhar. Deixou-nos apenas 2 mandamentos (dos mais de 600 que existiram nos tempos de Moisés e "seu" povo, que foram posteriormente substituídos apenas por 10, sendo, por fim, substituídos por Jesus, por esses 2...): (1) Amar a Deus sob todas as coisas e (2) Amar ao próximo COMO A SI MESMO. Definitivamente, se as religiões (neste caso, as cristãs) apenas seguissem os mandamentos de Jesus, seríamos um planeta absolutamente diferente do que somos... Diante disso, nada mais posso dizer.

  3. Alana Postado em 03/Jun/2012 às 16:16

    Estes extremistas não são cristãos. Com certeza eles seguem um Jesus imaginário. Não seguem o Jesus que veio e pregou o amor ao próximo, independente de qualquer diferença. Como cristã e seguidora deste Homem extraordinário que respirou o mesmo ar que nós há alguns milênios, devo dizer que estas pessoas não são dignas de levarem consigo o nome do Salvador. Somente isso.

  4. Daniafertom Postado em 04/Jun/2012 às 00:00

    E depois se entitulam espalhadores do "amor", esse blog deveria fazer uma materia especial sobre a Heterofóbia(não existe)e sobre a Ditadura GAY(não existe e nem vai existir porque os gays querem direitos iguais nem mais e nem menos) acho que seria interessante esclarecer essas falacias.

  5. Ayrton Postado em 05/Jun/2012 às 22:13

    Em nome da justiça: . VATICANO - 24 PRÊMIOS NOBEL DE CIÊNCIAS Prêmios Nobel na Pontifícia Academia das Ciências do Vaticano, existente desde 1.582 A primeira ou mais antiga Academia de Ciências do mundo foi criada pela Igreja Católica, em 1603. A história da Academia poe ser examinada no site do Vaticano, em Pontifical Academy of Sciences. O artigo abaixo mostra que a Academia de Ciências do Vaticano foi integrada pelos melhores cientistas do mundo, ganhadores de muitos Prêmios Nobel. Pontifícia Academia das Ciências do Vaticano. A que mais ganhou Prêmios Nobel até hoje. Das muitas acusações feitas contra a Igreja, uma das mais despropositais é de que ela é contra a ciência. Que ela tem perseguido a ciência ao longo dos milênios. Muitos fatos desmentem essa calúnia. Um dos mais evidentes é que o próprio Vaticano, através da ação de muitos papas, mantém um Observatório Astronômico, ou ‘Specola Vaticana’ em italiano, como é geralmente conhecido. Este observatório, edificado no coração da Igreja, é prova viva, testemunho eloquente, da relação de amor da Igreja e de seus membros, pela ciência. E de que esta, quando livre de uma hermenêutica materialista, está de pleno acordo com a fé católica.

  6. Amato Postado em 06/Jun/2012 às 10:14

    Quando um casal de homens ou um casal de mulheres conseguir gerar um filho de modo natural, será algo comum e normal. Todo radicalismo é nocivo, mas não dá pra engolir uma anomalia com a normalidade que sugerem.

  7. Lupe Postado em 14/Jun/2012 às 00:45

    Acredito que a maior anomalia é a ignorância do ser humano que se acha, no direito de usar uma paalvra como essa "anomalia" para se referir as relações de gêneros. Acredito que não cabe a vc Amato ou a qualquer pessoa criticar ou defenir isso como anomalia. Amar e expressar isso, a outra pessoa, está muito longe do que é ser macho ou fêmea! O sentimento transcende essa visão hipócrita e machista, que é muito mais uma questão cultural do que de consciência, ou melhor de ignorância.

  8. Fabio Postado em 14/Jun/2012 às 12:24

    Caro Amato, os seres humanos estão na terra para serem felizes, em primeiro lugar. Não como meros reprodutores. A população da terra está em 7 bilhões de pessoas. Sequer pensar que a população gay ameaça a existência humana é improcedente e descabido. E nada inteligente, diga-se de passagem. Não use a sua homofobia, aprendida através da sua arcaica religião, como desculpa para proferir tal estupidez.

  9. Pablo Vieira de Mendonça Postado em 06/Jul/2012 às 18:36

    Isso tudo faz parte de um grande surto coletivo em nome de uma fé epidérmica . Esse menininho está sendo USADO pelo pai para fins questionáveis e de marketing religioso . Jesus não tem NADA A VER com essas panacéias surreais . Só lamento .

  10. adison Postado em 15/Jul/2012 às 21:40

    esta criança está sendo usada para a fama e criar formas de ganhar dinheiro, como é "normal" em todos os evangélicos, usam Jesus para obtenção de bens materiais. Como são considerados como uns idiotas, e não são considerados pelo meio cultural e intelectual como seres pensantes, eles então criaram uma maneira - vide - Silas Salafraio - para pegar carona na mídia, que na época era a votação no Congresso sobre a união civil gay, então foram contra, entraram na mídia e aí, pronto, descobriram este - mote - e continuaram, viram como o Silas Salafraio não sai da mídia, espertos estes evangélicos, espertos e idiotas.

  11. Andre Postado em 23/Aug/2012 às 09:33

    eles falam o que aprendem ue.....eu não gosto de Gays, porem não quero que eles morram, sejam encarcerados ou algo do tipo, sob o manto da escolha sexual tem um ser humano, acima de tudo! Porem criticar alguém que teve uma lavagem cerebral desde pequeno, é no minimo errado.

  12. Mamonas assassinas Postado em 24/Aug/2012 às 22:06

    abra sua mente, gay também eh gente...

  13. anonimo Postado em 10/Jan/2014 às 13:18

    Isso é ridiculo. GAY NÃO VAI PRO INFERNO. Gay não escolhe ser gay, nasce assim. Pra mim devia ser proibido ensinar tanto preconceito para as pessoas, um menino de apenas 4 anos aprendendo coisas tão ruins. Vc hetero escolheu ser hetero? Gay nasce assim, e não tem jeito de mudar. Sou mulher, namoro com um homem, e pra mim é impossivel eu gostar de uma mulher. Pq um gay gostaria e conseguiria mudar a forma que nasceu?GAY NASCE GAY E NÃO TEM JEITO DE MUDAR.

  14. Henrique Postado em 12/Feb/2014 às 05:44

    Se informem, pelo amor de DEUS. O versículo que condena os gays, sendo este uma composição do antigo testamento, é patenteado pelas igrejas e cultos, mas os outros fragmentos que condenam os negros já não são mais explorador. Caso houver um paraíso, não é pelo beijo no seu amiguinho que você vai lhe isentar de ir parar lá, se for assim, de acordo com a bíblia, Nelson Mandela está no inferno. :)

  15. Robson Postado em 15/Mar/2014 às 12:07

    Tb acho uma anomalia casais que não podem gerar filhos. Onde já se viu? Não tenho culpa que a natureza errou com eles. Quando puderem gerar filhos os considerarei casais normais.