Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Corrupção 24/May/2012 às 18:34
5
Comentários

Engavetador-Geral do governo FHC recebeu dinheiro de Carlinhos Cachoeira

De acordo com o senador Pedro Taques, o escritório do hoje subprocurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, que foi o chefe do Ministério Público durante o governo Fernando Henrique Cardoso, recebeu R$ 161 mil do bicheiro. Senador Pedro Taques pede explicações

geraldo brindeiro

Geraldo Brindeiro foi chefe do Ministério Público durante a gestão FHC

O escritório de advocacia do subprocurador-geral da República Geraldo Brindeiro recebeu R$ 161.279,85 de Geovani Pereira da Silva, contador do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. A informação foi passada nesta quinta-feira (24) pelo senador Pedro Taques (PDT-MT).

De acordo com o pedetista, a transação financeira está dentro do inquérito da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal. A análise dos peritos contábeis da Polícia Federal encontrou cinco transferências do contador para a conta do escritório Morais, Castilho e Brindeiro Sociedade de Advogados.

Elas foram nos valores de R$ 5.266,45, R$ 76.000,00, R$ 13,40 e duas de R$ 40.000 (quarenta mil reais). “Considerando que o subprocurador-geral é membro da Sociedade de Advogados Morais, Castilho e Brindeiro, penso que é necessário obtermos maiores informações envolvendo essa transação financeira”, disse Taques.

Leia mais

Ele apresentou hoje um requerimento pedindo mais informações sobre a transação financeira. Por enquanto, não existe um pedido de convocação do membro do Ministério Público, que foi o procurador-geral da República durante os oito anos de governo de Fernando Henrique Cardoso. De acordo com o portal G1, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel,disse que vai analisar as informações dadas pelo senador matogrossense, que é procurador da República licenciado.

Por que Engavetador?

De 626 inquéritos criminais que Geraldo Brindeiro recebeu enquanto Procurador-Geral da República, engavetou 242 e arquivou outros 217. Somente 60 denúncias foram aceitas. As acusações recaiam sobre 194 deputados, 33 senadores, 11 ministros e quatro ao próprio presidente FHC. Por conta disso, Brindeiro recebeu o jocoso apelido de “engavetador-geral da república”

Arquivamentos históricos de Geraldo Brindeiro

Uma das maiores obras de Geraldo Brindeiro, no Governo FHC, foi engavetar a Pasta Rosa, onde se encontrava uma parte da República que, hoje, repousa nos HDs, CDs e pendrives que o inclito delegado Protógenes Queiroz encontrou atrás da parede falsa do Daniel Dantas. Outra engavetação providencial foi livrar o ex-senador Arthur Virgilio (PSDB-AM) da cadeia.

Pragmatismo Politico e Congresso em Foco

Recomendados para você

Comentários

  1. Caio saldanha Postado em 25/May/2012 às 08:59

    Poderias dar a noticia que Marcio Tomas Bastos ex-ministro da justiça de Lula esta recebendo 18 milhões de Cachoeira.E consta que parte do pagto será feito pelo PT.Certamente farias um ótimo comentário.

  2. ALEXANDRE VIEIRA RIBEIRO Postado em 25/May/2012 às 11:55

    CARO CAIO SALDANHA, ACREDITAS MESMO QUE O PT IRÁ CUSTEAR HONORÁRIOS DO SR.DR.MÁRICO TOMÁS BASTOS? ACREDITAS EM PAPAI NOEL? O SR.DR.BASTOS NÃO É DO PT, NUNCA FOI E NUNCA SERÁ. A PROPÓSITO, O EX-MINISTRO SR. DR. ADVOGADO BASTOS TEM TODA E PLENA LIBERDADE CONSTITUCIONAL DO MUNDO P/DEFENDER QUEM BEM ENTENDER, DESDE QUE, LHE PAGUEM MUITO BEM. NÃO CONFUNDA AS COISAS, DESDE JÁ, O MINISTÉRIO DA CULTURA INFORMA: LER "VEJA" CAUSA MIÓPIA E EMBURRECIMENTO DO LEITOR.

  3. Carlos Eduardo da Maia Postado em 25/May/2012 às 15:41

    Não foi Brindeiro que recebeu, mas o escritório onde ele trabalha. R$ 161.000,00 é titiquinha perto dos 16 milhões que o ex ministro da Justiça do Lula vai receber do Cachoeira, Márcio Thomaz Bastos. Vocês estão perdendo o foco, o que efetivamente importa é saber as relações de Cachoeira com a Delta do Cavendish que tem contratos com o governo federal de mais de 3 bilhões de reais e com governos estaduais tucanos (GO), petistas (DF) e pemedebistas (RJ). E o que é mais escandaloso: a Delta, por conta das picaretagens e que pode se tornar inidônea está para ser vendida ao grupo J&F (JBS-Friboi), do Lulinha, com o aval do governo Dilma. E a J&F não vai colocar um tostão na negociação. Esse negócio vale bilhões e vocês estão preocupados com o Poli e o Brindeiro??? Francamente.

  4. Gabriel Quireza Postado em 26/Nov/2012 às 10:40

    Pedro Taques não é procurador licenciado. Ele teve que pedir exoneração pra se candidatar. Por favor corrijam essa informação...

  5. Oswaldo Martins Postado em 04/Oct/2014 às 16:52

    Aprendi que RB corresponde à sigla de República do Brasil. Mas, pelos múltiplos escândalos - envolvendo gente de todos os partidos políticos - a que estamos assistindo serem revelados pelas muitas mídias no Brasil, RB mais se nos parece ser, de fato, República de Bandidos. Mais que uma vergonha nacional, isso é uma tristeza para o povo brasileiro! Cadeia para essa gentalha toda!