Redação Pragmatismo
Compartilhar
Barbárie 24/Apr/2012 às 22:38
2
Comentários

Décio de Sá: mais um blogueiro covardemente assassinado

O jornalista e blogueiro Décio Sá foi assassinado na noite desta segunda-feira no bar Estrela D'Alva, na Avenida Litorânea, por volta de 23h30. Está mais do que na hora de os blogueiros dizerem para as autoridades que “chegou a hora da onça beber água”.

décio sá maranhão jornalista blogueiro
Blogueiro e jornalista Décio de Sá: assassinado a sangue frio no Maranhão

Segundo o delegado Gutemberg Rêgo, ele estava sentado quando um homem caminhando entrou no banheiro do bar para se certificar que era de fato o jornalista. Quando saiu, iniciou uma série de disparos contra a cabeça de Décio, que morreu na hora. Ele aguardava um amigo no restaurante.

Depois de atirar, o matador saiu caminhando e fugiu em uma moto, que o aguardava do outro lado da pista. Para praticar o crime, ele não usava capacete e pôde ser visto por testemunhas.

Curiosos, amigos, jornalistas e o secretário de segurança, Aluísio Mendes, foram ao local ao saber da morte de Décio. A polícia faz diligências no momento para prender os criminosos. Segundo Aluísio, trata-se de um crime encomendado.

Décio Sá era repórter do jornal O Estado do Maranhão. No seu blog pessoal, colecionava milhares de acessos e algumas polêmicas pelo estilo crítico dos seus textos e dos assuntos que explorava. Ele dedicava o trabalho a cobrir a política do Maranhão. Durante a carreira ganhou a simpatia de muitos e a antipatia de outros tantos.

Leia mais

Décio Sá se formou na Universidade Federal do Maranhão. Além de O Estado, jornal no qual trabalhava como repórter de política há quase uma década, também foi repórter de O Imparcial.

Jornalistas maranhenses estão indiganados com o crime contra o colega de profissão Décio Sá. Pelo Twitter, dezenas de postagens condenam o atentado e pedem respeito aos profissionais de imprensa do Maranhão.

“Estou vendo agora a notícia sobre o Décio Sá e ainda não estou acreditando”, disse o jornalista Clodoaldo Corrêa. “No Maranhão, se fala morre. Se cala, morre do mesmo jeito, num pântano de silêncios. Chocado com a execução do jornalista”, comentou o jornalista Alex Palhano.

E mais: “Esse é um crime contra os jornalistas e contra a liberdade de expressão. Não podemos aceitar“, criticou Wal Oliveira.

Outros profissionais, via Twitter, também postam mensagens indignadas. “É inaceitável, intolerável, que numa sociedade democrática haja espaço para crimes assim. No campo, na cidade, em qualquer lugar. Reação!”, disse o jurista Cláudio Pavão.

Mário Macieira, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional no Maranhão, chamou a execução de “crime de pistolagem”. “Crime de pistolagem contra jornalista, na capital do estado em pleno sec XXI?!! Inaceitável! Incencebível! O Estado precisa responder”.

Abaixo, comentário de Renato Rovai e detalhes sobre o último post de Décio

Conversei há pouco com o presidente do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão, Leonardo Monteiro. Ele saía do enterro do jornalista e blogueiro Décio de Sá, assassinado covardemente na noite de ontem, às 23h30, com seis tiros no bar Estrela D´alva, na Avenida Litorânea, em São Luis.

A cena se repetiu. Um rapaz que estava na garupa de uma moto, desceu, fez de conta que ia ao banheiro e na volta, passou por Décio de Sá e descarregou sua arma. Mais uma vez. Do mesmo jeito.

Há alguns dias escrevi um texto cujo título era: “Ainda há tempo para agir contra a tomada do Estado pelo crime organizado”. Mas os governantes estão dando mole. Os que não estão no bolso dos esquemas, têm medo de mexer com eles. Essa é a sensação que se tem.

Enquanto isso, blogueiros e jornalistas, principalmente os que não têm a proteção de uma grande empresa de comunicação, vão sendo assassinados e ameaçados. “Ele mexeu com coisas que arrepiam e era um blogueiro muito acessado. Algum bandido achou que ele estava incomodando, decidiu que era hora de ele pagar com a própria vida”, afirmou Leonardo Monteiro.

Entre as coisas que arrepiam, nas palavras de Leonardo Monteiro, este ingênuo blogueiro achou o seguinte trecho de um dos seus últimos posts:

Pistoleiros pedem transferência do júri de Pedro Teles para capital alegando ‘jogo de cartas marcadas

A defesa dos pistoleiros Moises Alexandre Pereira e Raimundo Pereira, acusados de matar no ano de 1997, em Barra do Corda, o líder comunitário e sem-teto Miguel Pereira Araújo, o Miguelzinho, a mando do empresário Pedro Teles, ajuizaram nesta segunda-feira pedido no Tribunal de Justiça do Maranhão solicitando a transferência do julgamento para São Luís.

A alegação é de que das 25 pessoas selecionadas para participar do júri popular, pelo menos 20 têm ligação com o empresário, seu pai, o prefeito Manoel Mariano de Sousa, o Nezim, e o deputado Rigo Teles (PV), irmão de Pedro (veja relação abaixo).

“Verifica-se que a lista de jurados sorteados é totalmente viciada, não havendo qualquer imparcialidade dos mesmos, nem tampouco haveria possibilidade de excluir aqueles que poderiam ser imparciais, já que dos listados com alguma ligação com a família do pronunciado Pedro Teles, só sobrariam cinco jurados, número insuficiente para compor o corpo de jurados, pois todos são amigos ou tem alguma ligação com a família do pronunciado”, diz o pedido.

A petição é assinada por Leandro Morais Sampaio Peixoto, filho do ex-prefeito Avelar Sampaio (PTB). Na época, foi Avelar quem cedeu Moisés e Raimundo para atuarem como segurança de Nenzim. O ex-prefeito deve prestar depoimento durante o julgamento.

*****

Este ingênuo blogueiro não está acusando o empresário Pedro Teles pelo assassinato de Décio de Sá, mas considera que é uma vergonha que o ministro da Justiça não se manifeste com clareza acerca da suspeita levantada por Décio de Sá nesta nota.

Quando Chico Mendes foi assassinado no Acre, um líder político que depois se tornaria presidente da República disse: “Chegou a hora de a onça beber água”. Foi muito criticado porque alguns entenderam a frase como uma incitação a uma reação dos seringueiros.

Está mais do que na hora de os blogueiros dizerem para as autoridades que “chegou a hora da onça beber água”.

O que o ministro da Justiça vai fazer em relação a este caso? Vai ficar quieto esperando que caia no esquecimento como outros? E a ministra dos Direitos Humanos, vai fazer de conta que não é com ela? E os pilantras que governam o Maranhão e são aliados do governo federal?

A blogosfera precisa reagir. Como não somos bandidos e não é possível sair atirando em quem atira contra os nossos, precisamos gritar alto contra aqueles que têm o dever de garantir o Estado de Direito. Eles tem nome.

Agências com Revista Fórum

Recomendados para você

Comentários

  1. JOÃO SZABO Postado em 25/Apr/2012 às 07:51

    Aliás, já passou da hora de dizer para as autoridades que está na hora de a onça beber água. Mas que “autoridades” Será, que a esta altura da corrupção que atingiu o Brasil, temos, ainda, alguma autoridade para dizer que chegou a hora de a onça beber água? Se os membros do Supremo Federal transformaram aquela Corte de Justiça, na casa da mãe Joana, em quem mais confiar. O PT instalou a bandalheira no país, após a tomada do poder pelo Lula. A criação descarada de cerca de 40 ministérios, mais umas tantas secretarias com idêntico poder, tão somente para agasalhar os corruptos do PT, visando aumentar o Caixa 2 do partido. A Dilma embora administre um governo corrupto, não pode dizer que recebeu uma herança maldita, pois tem que manter os corruptos do PT agasalhados no governo, e toda vez, e isto é quase diário, surgem denúncias de corrupção, a mesma corre no Lula, para saber se pode demitir o bandido? O Congresso Nacional, hoje uma verdadeira quadrilha, não fará leis para punir bandidos, pois sabem que mais cedo ou mais tarde sentarão na cadeira do Réu, e não podem dar ao Judiciário armas para puni-los, enquanto o povo tem que ficar trancafiado em casa, com seus muros de 4 metros e casas gradeadas, em verdadeiras prisões, enquanto os bandidos circulam impunemente, sem serem importunados. SOMENTE TEREMOS ALGUMA AUTORIDADE QUANDO O POVO, DE FORMA INTELIGENTE DESLOJAR O PT, O PARTIDO MAIS CORRUPTO QUE JÁ SURGIU NA HISTÓRIA DESTE PAÍS.

  2. Kazu Postado em 27/Apr/2012 às 09:59

    E o PSDB no estado de São Paulo não pratica corrupções mil vezes piores que o de Brasilia? Se associando ao PCC para premeditar assassinato de um estudante de economica da USP e assim para poder justificar a presença da PM no campus da USP, que no fundo politico tem o objetivo de reprimir e calar a livre manifestação de idéias, dentre outras que o governo paulista joga debaixo do tapete sujo? Além de comprar 90% de mídia nacional e manipular as informações que mais convem à máfia paulista, como faz a Oia, FSP, Rede Bobo, OESP, rádio CBN, etc? Que inventou o mensaloção petista, que inventou o Carlinhos Cachoeira? Que inventou o arauto da moralidade politica do Brasil o senador Demostenes? De molhar as mãozinhas do juízes, até de STF? Chega de noticias manipuladas e selecionadas, chega de demagogia de guerra de informações partidarizadas! A imprensa no mundo todo nunca foi isenta ou independente de partidos politicos, no Brasil a lei da mídia deve regulamentada, como nos ditos paises do primeiro mundo. Se fosse nos Estados Unidos ou na Alemanha, a Rede Bobo e outras já estariam fechadas!